Só Cronista se Explica | Joca Souza Leão | Digestivo Cultural

busca | avançada
73422 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Minute Media anuncia lançamento da plataforma The Players’ Tribune no Brasil
>>> Leonardo Brant ministra curso gratuito de documentários
>>> ESG como parâmetro do investimento responsável será debatido em evento da Amec em parceria com a CFA
>>> Jornalista e escritor Pedro Doria participa do Dilemas Éticos da CIP
>>> Em espetáculo de Fernando Lyra Jr. cadeira de rodas não é limite para a imaginação na hora do recrei
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
>>> PoloAC retoma temporada de Os Doidivanas
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 2009: intolerância e arte
>>> A Marafa Carioca, de Marques Rebelo
>>> Maiores audiências da internet
>>> Amando quem não existe
>>> 18 de Outubro #digestivo10anos
>>> A alma boa de Setsuan e a bondade
>>> Geração abandonada
>>> O dia em que a Terra parou
>>> A Geração Paissandu
>>> Srta Peregrine e suas crianças peculiares
Mais Recentes
>>> Boneco de Pano de Daniel Cole pela Arqueiro (2017)
>>> Hereges de Leonardo Padura Fuentes pela Boitempo (2015)
>>> Nix de Nathan Hill pela Intrinseca (2018)
>>> Os Anagramas de Varsóvia de Richard Zimler pela Record (2010)
>>> Os Anagramas de Varsóvia de Richard Zimler pela Record (2010)
>>> Código da Vida de Saulo Ramos pela Planeta (2007)
>>> Caras Animalescas de Renato Moriconi; Ilan Brenman pela Cia das Letrinhas (2013)
>>> Jujubalândia de Mariana Caltabiano pela Brinque Book (1997)
>>> O Pequeno Dragão - 2ª Nova Ortografia de Pedro Bandeira; Carlos Edgard Herrero pela Moderna (2009)
>>> O Coiso Estranho de Blandina Franco pela Companhia das Letras (2014)
>>> Rupi! o Menino das Cavernas de Timothy Bush; Gilda de Aquino pela Brinque-book (1997)
>>> Casa-grande Senzala - Dois Volumes de Gilberto Freyre pela Jose Olympio (1950)
>>> Condessa de Barral: a Paixão do Imprerador de Mary del Priore pela Objetiva (2008)
>>> Isso Me Traz Alegria de Marie Kondo pela Sextante (2016)
>>> As Aventuras de Benjamim: o Muiraquitã de Camila Franco; Marcela Catunda; e Outros pela Companhia das Letrinhas (2004)
>>> Vitrines e Coleções de Christine Ferreira Azzi pela Memória Visual (2010)
>>> El Nacimiento de Europa de Robert S. López pela Editorial Labor (1963)
>>> O Que é Isso, Companheiro? de Fernando Gabeira pela Companhia das Letras (1997)
>>> Mística e Espiritualidade de Leonardo Boff; Frei Betto pela Vozes (2010)
>>> As Aventuras de Pinóquio de Carlo Collodi pela Companhia das Letrinhas (2002)
>>> Livro das Perguntas de Ferreira Gullar; Pablo Neruda; Isidro Ferrer pela Cosac & Naify (2008)
>>> Entrevista Com o Vampiro de Anne Rice pela Rocco (1991)
>>> Pais Brilhantes - Professores Fascinantes de Augusto Cury pela Sextante (2003)
>>> Ciranda de Pedra de Lygia Fagundes Telles pela Rocco (1998)
>>> Uma Janela Em Copacabana de Luiz Alfredo Garcia-Roza pela Companhia das Letras (2001)
COLUNAS

Quarta-feira, 9/10/2013
Só Cronista se Explica
Joca Souza Leão

+ de 7500 Acessos

Nunca vi romancista preocupado com a diferença entre romance e novela. Nem novelista preocupado com gênero literário. Crítico, sim. Escritor, nunca. Nem tampouco vi contista preocupado com o tamanho do conto. Se alguém classificasse A Morte de Ivan Ilych, porque extenso, como romance e não conto, Tolstói daria um muxoxo. E escreveria Falso Cupom, como escreveu, com dezenas de personagens, em uma centena de páginas. E é conto (pelo menos é como está classificado na obra completa que tenho na estante). Hoje, há quem classifique As Neves do Kilimanjaro não como conto, mas novela (até romance) e O Velho e o Mar não é mais romance, agora é novela. Hemingway, pode crer, tomaria um gim Gordon's duplo e não daria a menor bola pr'esse papo. Os poetas é que são felizardos, pois escrevem em versos e estrofes - e tudo em verso e estrofe, não há dúvida, é poesia (ainda que só na intenção do pretenso poeta).

Agora, cronista, foi, não foi, tá se explicando, definindo o que é crônica, artigo e ensaio. Eu, mesmo, já falei dessas coisas aqui mais de uma vez. Porque publicada em jornal, a crônica é tomada - por vezes e por alguns leitores - como notícia. Porque trata do cotidiano, a leem como fato, quando é relato. Outro dia, um amigo me pediu para definir artigo e crônica em poucas palavras. "Artigo é verdade. Crônica, mentira (ou não)" - sapequei de primeira. "Como 'ou não'?" - ele quis saber. "Bem, aí você já não quer definição em poucas palavras, quer ensaio."

Veja se não tenho razão. Moacyr Scliar escreveu mais de 20 romances e publicou mais de dez livros de contos. Não conheço texto de Scliar revelando qualquer preocupação em classificar seus contos e romances. Mas foi só alguém dizer que as crônicas que ele escrevia na Folha de São Paulo não eram crônicas, mas contos, para cuidar de classificá-las: "crônicas ficcionais." E num artigo (aí, sim, artigo), com rigor e acuidade acadêmicos, definiu crônica como gênero literário, diferençando-a do artigo, que é gênero jornalístico, analítico. Para ilustrar o que dizia e dissipar mal-entendidos, escreveu um artigo e uma crônica, no mesmo espaço, os dois sobre o mesmo assunto. O artigo falava de menores abandonados, subnutrição, maus-tratos, evasão escolar, drogas e por aí ia. A crônica contava a história de um menino pobre. Só o assunto era o mesmo. Nada mais. Nem as conclusões (se é que a crônica tinha conclusão, não lembro, acho que não).

"A crônica é a vida ao rés-do-chão", definiu Antônio Cândido num artigo. "No Brasil ela tem uma boa história, e até se poderia dizer que sob vários aspectos é um gênero brasileiro. (...) Ou que aqui se aclimatou com originalidade. Desde o início, foi ganhando certa gratuidade, certo ar de quem está escrevendo à toa." Em sua despedida como cronista do JB, Drummond disse que a crônica não usa "paletó-e-gravata". Gosto do jeito como Machado de Assis se definiu como cronista: "um escriba de coisas miúdas".

Outro dia, achei aqui na estante (ligeiramente esculhambada, diga-se) um livrinho que andava perdido: A crônica na mídia impressa, de Ana Maria Gottardi. Diz a moça: "Justamente por não ser jornalístico, por não se preocupar com a veracidade histórica ou com relatos fiéis, o texto da crônica permite-se a imprecisão, os 'vazios'. O cronista pretende-se não repórter, mas poeta ou ficcionista do cotidiano. A crônica sustenta-se pelo estilo, desenvolve-se em torno de muito pouco ou, até mesmo, em torno de nada."

Antes que alguém diga qu'isso aqui não é crônica, mas artigo, trato logo de, como Scliar, classificá-la: crônica factual. Ou não?

Nota do Editor:
Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado no Jornal do Commercio. Joca Souza Leão é o autor do livro Pano Rápido.


Joca Souza Leão
Recife, 9/10/2013


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Bruta manutenção urbana de Elisa Andrade Buzzo
02. Um caso de manipulação de Celso A. Uequed Pitol
03. Na hora do batismo de Marta Barcellos
04. O poeta, a pedra e o caminho de Wellington Machado
05. A pomba gíria de Ana Elisa Ribeiro


Mais Joca Souza Leão
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Watergate: les Fous Du President
Carl Bernstein e Bob Woodward
Robert Laffont
(1974)



Brida - Coleção Paulo Coelho
Paulo Coelho
Isto é



Ratinho: Coisa de Louco!
Beto Junqueira
Lpm
(1998)



Bichinhos do Brasil
Douglas Reis
Autodidata
(2008)



Mídia Eletrônica - Seu Controle nos Eua e no Brasil
André Mendes de Almeida
Forense
(2006)



Welcome Aboard: a Servicemanual For the Naval Officers Wife
Florece Ridgely Johnson (capa Dura)
United States Naval Institute
(1960)



La Mémoire de Lâme
Launier / Mcebius
Stardom
(2001)



Imortal
Anderson Santos
21
(2009)



Geracao T. E. E. N. Transei e Esqueci o Nome
Marty Beckerman
Ediouro
(2005)



Guilhermino Cunha: Vida e Obra
Cid Pereira Caldas e Nilson de Oliveira
Edições Catedral (rj)
(2013)





busca | avançada
73422 visitas/dia
2,5 milhões/mês