Histórias de superação que não fazem sucesso | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Promessa da Política, de Hannah Arendt
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Luciano do Valle (1947-2014)
>>> Por que as velhas redações se tornaram insustentáveis on-line
>>> Ação Social
>>> Dá-lhe, Villa!
>>> forças infernais
>>> 20 de Abril #digestivo10anos
>>> Pensando sozinho
>>> Minha casa, minha cama, minha mesa
Mais Recentes
>>> Sade em Sodoma de Flávio Braga pela BestSeller (2008)
>>> Curso de Filosofia em Seis Horas e Quinze Minutos de Witold Gombrowicz pela José Olympio (2011)
>>> O pequeno Principe de Antoine de Saint Exupery pela Agir (2009)
>>> Zoloé e Suas Duas Amantes de Marquês de Sade pela Record (1968)
>>> Expressões Diante do Trono de Ministério de Louvor Diante do Trono pela Diante do Trono (2003)
>>> A separação dos amantes - uma fenomenologia da morte de Igor Caruso pela Cortez (1989)
>>> Os Titãs / A Saga da Família Kent (Volume V) de John Jakes pela Record/ RJ.
>>> A Universidade em Ritmo de Barbárie de José Arthur Giannotti pela Brasiliense (1986)
>>> A Mulher Só de Harold Robbins/ (Tradução) Nelson Rodrigues pela Record/ RJ.
>>> Dependência e desenvolvimento na América Latina - ensaio de interpretação sociológica de Fernando Henrique Cardoso e Enzo Faletto pela Zahar (1970)
>>> Tubarão de Peter Benchley pela Nova Cultural (1987)
>>> O Titã de Fred Mustard Stewart pela Record
>>> O Beijo da Mulher Aranha de Manuel Puig pela Codecri/ RJ. (1981)
>>> A Traição de Rita Hayworth/ Capa Dura de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1993)
>>> Boquitas Pintadas/ Capa Dura de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1988)
>>> Kit De Estudo Para Concursos: Só concursos (3 CDs + Folheto) + Guia do Concurseiro + Redação para Concursos de Equipe Mundial Editorial pela DCL - difusão cultural do livro (2016)
>>> Numa Terra Estranha de James Baldwin pela Rio Gráfica (1986)
>>> 1934 de Alberto Moravia pela Rio Gráfica (1986)
>>> Mil Platôs Vol. 1 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2011)
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Intrínseca/RJ. (2007)
>>> Mil Platôs Vol. 2 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2011)
>>> Mil Platôs Vol. 3 de Gilles Deleuze e Félix Guattari pela 34 (2012)
>>> Ajin - Demi-Human #01 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Ajin - Demi-Human #02 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Ajin - Demi-Human #03 de Gamon Sakurai pela Panini (2016)
>>> Incendio de Troia (capa dura couro) de Marion ZimmerBradley pela Circulo do Livro/ SP. (1994)
>>> Ajin - Demi-Human #04 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #05 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #06 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #07 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #08 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> Ajin - Demi-Human #09 de Gamon Sakurai pela Panini (2017)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Nova Cultural (1987)
>>> Ajin - Demi-Human #10 de Gamon Sakurai pela Panini (2018)
>>> Ajin - Demi-Human #11 de Gamon Sakurai pela Panini (2018)
>>> Estratégia da Decepção de Paul Virilio pela Estação Liberdade (2000)
>>> Ajin - Demi-Human #12 de Gamon Sakurai pela Panini (2019)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Circulo do Livro/ SP. (1989)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Codecri (1981)
>>> Fort of Apocalypse #10 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> The Buenos Aires Affair de Manuel Puig pela Codecri (1981)
>>> Fort of Apocalypse #09 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #08 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Festa Sob as Bombas - Os Anos Ingleses de Elias Canetti pela Estação Liberdade (2009)
>>> Fort of Apocalypse #07 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #06 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #05 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Fort of Apocalypse #04 de Yu Kuraishi, Kazu Inabe pela JBC/Ink Comics (2016)
>>> Antologia da Poesia Parnasiana Brasileira de João Ribeiro Francisca Júlia/ Alberto Oliveira... pela Cia. Ed. Nacional/ Lazuli (2008)
>>> Antologia Poética de Ernesto Cardenal pela Salamandra (1979)
COLUNAS

Quinta-feira, 10/4/2014
Histórias de superação que não fazem sucesso
Elisa Andrade Buzzo

+ de 1900 Acessos


Imagem do filme Estação Liberdade

Dois longas-metragens marcados por uma escalada tortuosa rumo ao encontro de si mesmo. Situações-limite nas quais seus protagonistas são lançados em uma trajetória individual, marcada por poucas palavras e um corpo a corpo com a malha urbana, cujo resultado final seria a superação e o entendimento daquele momento da vida para prosseguir de forma mais harmônica, quem sabe.

Algumas semelhanças entre O abismo prateado (direção de Karim Aïnouz) e Estação Liberdade (direção de Caíto Ortiz), que estrearam em 2013 nos cinemas. Não para por aí a lista de pontos em comum nessas jornadas que não têm muito de herói, mas que mais se aproximam da vida real. No entanto, quanto mais perto desta nossa realidade mais distante parece o público. Isso porque, às vezes, histórias de superação não fazem sucesso. Ao menos quando um anti-herói nos aguarda, ou seja, quando o personagem se mostra nem bonzinho, nem bandido, mas com nuances e a capacidade de surpreender.

Em O abismo prateado, a protagonista Violeta (Alessandra Negrini) − uma dentista casada, com um filho e um apartamento novo em Copacabana − tem uma guinada ao receber um recado do marido no celular, avisando que a deixava. Seu desconsolo é abrupto quando se vê abandonada pelo marido, e ainda com um apartamento que ainda nem teve toda a mudança desfeita. Alessandra Negrini caminha sobre as frágeis bases do roteiro levando o filme adiante praticamente sozinha em sua jornada pelas ruas do Rio de Janeiro em busca do marido, de um razão.

Ainda que no decorrer do filme ela encontre a companhia de Nassir (Thiago Martins), pai solteiro, e sua filha Bel (Gabi Pereira), a atmosfera de solidão e desconsolo parece apenas se intensificar. O aeroporto vazio na madrugada, assim como a cidade trafegada, a incursão numa boate ou a amplidão do mar à noite são elementos de distanciamento, busca, sofreguidão.

O que me chamou a atenção em Estação Liberdade foi a presença desse corpo a corpo com a cidade com uma densidade ainda maior e pontual. Sabemos com detalhes os locais pelos quais seu protagonista perpassa na cidade de São Paulo (é deveras poético encontrá-lo caminhando pelas ruas penumbrosas com as características luminárias da Liberdade) e, ainda assim, há um elemento universal em seu desassossego e busca por uma identidade que tornam a trama factível em qualquer parte.

Mario Kubo (Cauê Ito) é um introspectivo filho de pai imigrante japonês e mãe brasileira, em crise existencial. Seu casamento está por um fio e o fato de ter recebido uma carta do Japão, que irá trazer à tona questões familiares, só piora a situação. Um dia, Mario sai do emprego e não volta para casa. Acaba pegando o último trem da noite, para na estação Liberdade, passando a madrugada vagando pelo bairro, reduto oriental de São Paulo.

Ele passará por uma série de lugares e contará com a ajuda de algumas pessoas a fim de se "libertar" de um peso que ele mesmo não sabe a origem (mormente o peso seja exatamente a sua "origem"). Encontra todo tipo de gente, e com elas interage, em diversos locais, como numa festa particular, onde vai a fundo literalmente até os subterrâneos das substâncias ilícitas; num karaokê, onde conhece um senhor japonês que lhe ajuda a desvendar a carta que tanto lhe angustia; num motel que lhe serve de "base" em sua noite de deslocamentos pelas ruas da Liberdade e onde tem uma aventura sexual; e mesmo pelas ruas em si, iluminadas e solitárias, espelho seu.

São filmes em que a noite na cidade tem papel preponderante no desenrolar das situações. Neste caminho percorrido por Violeta e Mario há um raro encontro (com si mesmo?), auxiliados pelos coadjuvantes. Digamos que, ao seu modo, os longas-metragens têm um "final feliz", independentemente do desfecho amoroso em ambos os casos, já que seus protagonistas, de alguma forma, superam, estão prontos para dar continuidade à sua vida. E talvez esta sua característica de introspecção, e de certa forma solitude, não agrade fácil nem leve grandes plateias aos cinemas.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 10/4/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Um Furto de Ricardo de Mattos
02. 'Hysteria' Revisitada de Duanne Ribeiro
03. Antonia, de Morena Nascimento de Elisa Andrade Buzzo
04. Saudosismo de Rennata Airoldi


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2014
01. A Copa mais triste de todos os tempos - 12/6/2014
02. Quando as rodas param - 25/9/2014
03. Lina Chamie e sua cartografia sentimental de SP - 6/2/2014
04. A natureza selvagem da terra - 1/5/2014
05. Noites azuis - 28/8/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




BUSINESS BENCHMARK PRE-INTERMEDIATE TO INTERMEDIATE STUDENTSBOOK
NORMAN WHITBY
CAMBRIDGE UNIVERSITY PRESS
(2006)
R$ 20,50



SEREIA
TRICIA RAYBURN;
VERUS
(2011)
R$ 19,00



6 º ANUARIO ARQUITETURA & ENGENHARIA
FLEX EDITORA E EVENTOS

R$ 35,00



O EVANGELHO PERDIDO
HERBERT KROSNEY
PRESTIGIO / NATION
(2006)
R$ 10,00



LIDERANÇA PARA A QUALIDADE
GEORGE V DA COSTA PATRAO
QUALITYMARK
(1997)
R$ 10,00



DE BAR EM BAR
JUDITH ROSSNER
CÍRCULO DO LIVRO
(1975)
R$ 4,00



O QUE OS RICOS SABEM E NÃO CONTAM
BRIAN SHER
FUNDAMENTO
(2017)
R$ 51,80



ASSASSINOS - MISSÃO: JERUSALÉM, ALVO : ANTICRISTO
TIM LAHAYE - JERRY B. JENKINS
UNITED PRESS
(2005)
R$ 11,90



GABRIELE BASILICO
NINA DIAS E PAOLA CHIEREGATO (CAPA DURA)
BARLÉU EDIÇÕES
(2011)
R$ 18,28



FUTEBOL PASSO A PASSO APRENDA A JOGAR COMO UM CRAQUE
DORLING KINDERSLEY
PUBLIFOLHINHA
(2011)
R$ 16,50





busca | avançada
37900 visitas/dia
1,3 milhão/mês