A natureza selvagem da terra | Elisa Andrade Buzzo | Digestivo Cultural

busca | avançada
63818 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
>>> Videoaulas On Demand abordam as relações do Homem com a natureza e a imagem
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> Caí na besteira de ler Nietzsche
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Santa Xuxa contra a hipocrisia atual
>>> Há vida inteligente fora da internet?
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
>>> Nos porões da ditadura
>>> É Julio mesmo, sem acento
Mais Recentes
>>> O Pensamento Político De Érico Veríssimo de Daniel Fresnot pela Graal (1977)
>>> Sobre a Literatura de Marcel Proust pela Pontes (1989)
>>> Poemas Sacros de Menotti Del Picchia pela Martins (1992)
>>> O Grotesco Na Criação De Machado De Assis de Maria Eurides Pitombeira de Freitas pela Presença (1981)
>>> Machado De Assis Para Principiantes de Org. Marcos Bagno pela Ática (1998)
>>> A Barca Dos Amantes de Antônio Barreto pela (1989)
>>> O Tao da Respiração Natural de Dennis Lewis pela Pensamento (1997)
>>> O Aprendiz Da Madrugada de Luiz Carlos Lisboa pela Gente (1994)
>>> Vencendo nos Vales da Vida de Ray Conceição pela Holy Bible (1995)
>>> Eça, Discípulo De Machado de Alberto Machado Da Rosa pela Editora Fundo De Cultura (1963)
>>> Perdão A Cura para Todos os Males de Gerald G. Jampolsky pela Cultrix (2006)
>>> Em Quincas Borba De Machado De Assis de Ivan C. Monteiro E Outro pela Livraria Acadêmica (1966)
>>> A Liberação Da Mente Através Do Tantra Yoga de Ananda Marga pela Ananda Marga Publicaçãoes (2002)
>>> O Oráculo Interior de Dick Sutphen pela Nova Era (1994)
>>> Manual Do Terapeuta Profissional De Segundo Grau de David G. Jarrell pela Pensamento (1995)
>>> O Discurso Da Libertação na Sinagoga De Nazaré de org. Leonardo Boff entre outros pela Vozes (1974)
>>> O Pensar Sacramental REB 35 de org. Leonardo Boff entre outros pela Vozes (1975)
>>> Meditações Diárias Para Casais de Dennis e Barbara Rainey pela United Press (1998)
>>> Machado De Assis de org. por Luís Martins pela Iris
>>> Massagem Para Energizar Os Chakras de Marianne Uhl pela Nova Era (2001)
>>> O Mundo Social Do Quincas Borba de Flávio Loureiro Chaves pela Movimento (1974)
>>> Pensamento Diário de Elsa kouber (entre outros) pela Rádio Transmundial (2019)
>>> O Que É Esta Religião? de Ibps do Brasil (org) pela Ibps do Brasil
>>> Meditando a Vida de Padma Samten pela Peirópolis (2001)
>>> O Poder Da Paciência de M. J. Rayan pela Sextante (2006)
>>> Liberdade? Nem Pensar! de Aquino e Bello pela Record (2001)
>>> Desafio Educacional Japonês de Merry Whitte pela Brasiliense (1988)
>>> As Flores Do Mal Nos Jardins De Itabira de Gilda Salem Szklo pela Agir (1995)
>>> A Era Do Inconcebível de Joshua Cooper Ramo pela Companhia Das Lestras (2010)
>>> A Voz e a Série de Flora Süssekind pela Sette Letras (1998)
>>> Cure Seu Corpo de Louise L. Hay pela Best Seller (2004)
>>> História Viva De Um Ideal de Hélio Brandão pela Do autor (1996)
>>> Cure Seu Corpo de Louise L. Hay pela Dag Gráfica
>>> Índice Analítico Do Vocabulário De Os Lusíadas J-Z de Org. por A. G. Cunha pela Instituto Nacional Do Livro (1966)
>>> Sempre Zen Aprender Ensinar E Ser de Monja Coen pela Publifolha (2006)
>>> I Ching O Livro das Mutações de Não Informado pela Hemus (1984)
>>> Via Zen Reflexões Sobre O Instante e O Caminho de Monja Coen pela Publifolha (2004)
>>> Praticando o Poder Do Agora de Eckhart Tolle pela Sextante (2005)
>>> La Théologie De La Foi Chez Bultmann de J. Florkowski pela Du Cerf (1971)
>>> Quatre Vingt Neuf de Georges Lefebvre pela Sociales (1964)
>>> Haikai de Paulo Franchetti (e outros) pela Unicamp (1991)
>>> As Razões Da Inconfidência de Antônio Torres pela Itatiaia (1956)
>>> Estratégias e Máscaras de um Fingidor, Crônicas de Machado De Assis de Dilson F. Cruz Jr pela Nankin editorial (2002)
>>> Anjo Caído de Daniel Silva pela Arqueiro (2013)
>>> A Paz Interior de Joseph Murphy pela Nova Era (2000)
>>> A Pedra e o Rio ( uma interpretação da poesia de João Cabral de Melo Neto) de Lauro Escorel pela Livraria Duas Cidades LTDA. (1973)
>>> Como Utilizar O Seu Poder De Cura de Joseph Murphy pela Nova Era (1997)
>>> Os sete Crimes De Édipo de Pedro Américo Corrêa Netto pela Agir (1987)
>>> Transportes Pelo Olhar de Machado de Assis de Ana Luiza Andrade pela Grifos (1999)
>>> O Poder Da Palavra De Deus de Josué Yrion pela Proclama (2000)
COLUNAS

Quinta-feira, 1/5/2014
A natureza selvagem da terra
Elisa Andrade Buzzo

+ de 3000 Acessos


ilustra: Renato Lima

Aqui embaixo se anuncia o visgo da terra que não vemos, ocultada por camadas e camadas de impurezas e asfalto, é ali onde as raízes penetram em surdo equilíbrio e onde a água da chuva é engolida aos pouquinhos. É bem lá onde tudo se origina e para onde tudo retorna, e as coisas são o que são, são inclusive o que eram. Tão apartada de nós está essa massa vital, em que se chega quando se aprofunda ou um desastre na via pública se anuncia.

A polpa da terra sai em abundância, ainda que delimitada pelos tapumes da obra. Há de se enquadrar a natureza selvagem da terra, que, quando posta enfim em liberdade, pode se espalhar pela cidade impermeabilizada. O maquinário está todo incrustado de barro ressequido, pneus já ostentam camadas e mais camadas de terra endurecida. Estão como que docilmente acostumados os operários ao que se poderia chamar de sujeira, mas que nada mais é o lugar onde antes se plantava e se pisava.

Enquanto os homens trabalham, vislumbro canos, serpentes ocultas na via. Uma pata de garras imensas revolte a terra. Há uma fileira de pacotes de cimentos, que, aos poucos vão sendo abertos e transformados em líquido, os operários empunhando enxadas, lançado no chão como água. Após breve abertura, a prefeitura volta a fechar a rua, como se fosse uma espécie de lubricidade e rudeza mantê-la aberta, nua. Tamanha é a rede de junções na cidade que não se pode sustentar em sua rotina um vestígio inabitado, rural.

Se no passado fosse, passaria de tropel um cavalo anunciando em seus cascos as boas-novas da instauração lenta e irremediável da civilização. Sim, a casa branca e centenária frente ao canteiro de obras está toda marchetada de respingos de lama. Há meses aquele trecho está interditado, não sabemos se por ineficiência da prefeitura ou se por capricho da terra molhada, que dificulta o trabalho de ser demovida para dentro pelos operários e engenheiros.

À margem, passam gentes com sacolas e mochilas, falando em línguas difíceis e orientais. Operários e passantes se misturam à paisagem, farta de pequenos incidentes de todo o tipo. Enquanto isso, subterraneamente às amenidades e futilidades necessárias à sobrevivência, a voz da terra vez por outra reaparece, como se lançasse um grito cortante no asfalto, como prova de sua existência frente às ilusões com que as vitrines e as esquinas nos cercam.


Elisa Andrade Buzzo
São Paulo, 1/5/2014


Quem leu este, também leu esse(s):
01. A que ponto chegamos, EUA! de Celso A. Uequed Pitol
02. Duas distopias à brasileira de Carla Ceres
03. Colocando o preto no branco das câmeras digitais de Vicente Escudero
04. Aconselhamentos aos casais ― módulo II de Ana Elisa Ribeiro
05. O suficiente para ser feliz de Ana Elisa Ribeiro


Mais Elisa Andrade Buzzo
Mais Acessadas de Elisa Andrade Buzzo em 2014
01. A Copa mais triste de todos os tempos - 12/6/2014
02. Quando as rodas param - 25/9/2014
03. Lina Chamie e sua cartografia sentimental de SP - 6/2/2014
04. A natureza selvagem da terra - 1/5/2014
05. Noites azuis - 28/8/2014


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A VIDA E O SAGRADO - 8º ANO
COLEÇÃO A VIDA E O SAGRADO
PAX
(2012)
R$ 12,00



SALUD
JOÃO NUNES MAIA / MIRAMEZ
FONTE VIVA
(1993)
R$ 15,00



OS GRANDES ENIGMAS CIVILIZAÇÕES DESAPARECIDAS II - ILUSTRADO
PAUL ULRICH (APRESENTADOR POR)
OTTO PIERRE, EDITORES
R$ 8,00



O GÊNERO DA MÚSICA - A CONSTRUÇÃO SOCIAL DA VOCAÇÃO
DALILA VASCONCELLOS DE CARVALHO
ALAMEDA
(2012)
R$ 30,00



TEMPO EM BRASÍLIA
ANTONÁDIA BORGES
RELUME DUMARÁ
(2003)
R$ 15,70



CLÁUSULA DE NÃO INDENIZAR
JOSÉ DE AGUIAR DIAS (4ª EDIÇÃO)
FORENSE (RJ)
(1980)
R$ 47,82



A CASA DO HOMEM
BARBARA WARD
ARTENOVA
(1976)
R$ 20,00



ÍTACA, O PELOPONESO E TRÓIA
HEINRICH SCHLIEMANN
ARS POÉTICA
(1992)
R$ 29,80



ANJOS CABALÍSTICOS
MONICA BUONFIGLIO
OFICINA CULTURAL ESOTÉRICA
(1993)
R$ 25,00
+ frete grátis



O ESTRANHO HÁBITO DE VIVER
JOSÉ LOUZEIRO
JOSÉ LOUZEIRO
(1978)
R$ 5,90





busca | avançada
63818 visitas/dia
2,2 milhões/mês