O mal de Vila-Matas | Luiz Rebinski Junior | Digestivo Cultural

busca | avançada
83119 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Quilombaque acolhe 'Ensaios Perversos' de fevereiro
>>> Espetáculo com Zora Santos traz a comida como arte e a arte como alimento no Sesc Avenida Paulista
>>> Kura retoma Grand Bazaar em curta temporada
>>> Dan Stulbach recebe Pedro Doria abrindo o Projeto Diálogos 2024 da CIP
>>> Brotas apresenta 2º Festival de Música Cristã
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Bill Ackman no Lex Fridman (2024)
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
Últimos Posts
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A música que surge do nada
>>> Hackeando o Sistema Democrático
>>> Capitu, a melhor do ano
>>> Vontade de abraçar todo mundo
>>> Italo Calvino: descobridor do fantástico no real
>>> Notícias do Brasil
>>> Making it new
>>> Nick Carr sobre The Shallows
>>> O bom e velho formato site
>>> Escrever não é trabalho, é ofício
Mais Recentes
>>> Gramática de Hoje - Curso Ilustrado para 5º a 8º Série de Ernani e Nicola pela Scipione (1995)
>>> Guia do Brigadeiro de Sem Autor pela Alto astral (2012)
>>> Dinâmicas de Grupo: Redescobrindo Valores de Giovanna Leal Borges pela Vozes (2002)
>>> A Chave dos Lusíadas 11ª edição. de Luís de Camões (prefacio e notas de José Agostinho pela Figueirinhas Porto
>>> Guia Arte e Artesanato Bonecas de Pano de Varios Autores pela Casadois (2014)
>>> Guia de Ouro: Patch Apliquê - 290 Ideias de Moldes de Guia de Ouro pela Alto Astral (2013)
>>> Páginas Preferidas (versos) primeiro volume de Armando Gonçalves pela Autor (1964)
>>> Guia Arte e Artesanato Applique 52 Modelos Passo a Passo de Janaina Medeiros pela Artesanato (2013)
>>> Market Leader Upper Intermediate Business English Practice File de John Rogers pela Pearson Longman (2006)
>>> Os Temperamentos - a Face Revela o Homem- II de Norbert Glas pela Antroposofica (2011)
>>> Noções fundamentais da língua latina de Napoleão Mendes de Almeida pela Saraiva (1957)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis (14) pela Folha (2008)
>>> Uma Historia de Sabedoria e Riqueza de Mark Fisher pela Ediouro (1997)
>>> Five-minute Activities: a Resource Book of Short Activities de Penny Ur e Andrew Wright pela Cambridge University Press (1992)
>>> Sexo e Sexualidade Adolescência: Feliz... Idade de TodoLivro pela Todolivro
>>> Quem mexeu na minha bagunça ? de Celi Piernikarz pela Cortez
>>> Viagem ao Centro da Terra Em Quadrinhos de Júlio Verne pela Farol Hq (2010)
>>> Crianca Aos 9 Anos, A de Hermann Koepke pela Antroposofica (2014)
>>> Dom Quixote. O Cavaleiro Da Triste Figura - Coleção Reencontro Literatura de Miguel De Cervantes pela Scipione (paradidaticos) (2007)
>>> Quando os Lobos Uivam de Aquino Ribeiro pela Livraria Bertrand (1958)
>>> Amargo Despertar de Sardou Victorien pela O Clarim (1978)
>>> Querida Mamãe: Obrigado Por Tudo de Bradley Trevor Greive pela Sextante (2001)
>>> Os Mais Relevantes Projetos de Conclusão dos Cursos - Mbas 2014 de Strong Educacional pela Fgv (2015)
>>> Mobimento: Educação e Comunicação Mobile de Wagner Merije pela Peirópolis (2012)
>>> Go beyond students book pack 2 workbook de Nina Lauder, Ingrid Wisniewska pela Macmillan Education (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 1/8/2012
O mal de Vila-Matas
Luiz Rebinski Junior
+ de 4300 Acessos

Quando este texto estiver disponível, o senhor Enrique Vila-Matas já vai ter voltado para sua terra depois de ter enfeitiçado a plateia brasileira que tirou um bom dinheirinho do bolso e fez vigília na frente do computador para comprar um ingressinho para vê-lo na Flip, a festa mais bacanuda das letras nacionais. Vila-Matas é um bom escritor, mas seus livros o transformaram em algo bem maior. Claro, os romances de Vila-Matas são tão gostosos de ler quanto um romance policial barato, mas com a vantagem que o leitor termina o livro com uma leve sensação de que é uma pessoa inteligente, que acaba de ler um romancista que não é pra qualquer um. Afinal, as histórias que Vila-Matas conta estão recheadas de referências à literatura, autores e livros clássicos. Para entender um dos títulos mais aclamados do catalão, é preciso saber quem foi Melville, o criador de Bartleby, personagem que serve de mote para Bartleby e companhia, romance de Vila-Matas. E assim, nessa toada metalinguística segue a obra do escritor, com livros tão ou mais reverentes à literatura quanto Bartleby e companhia.

Mas o autor, a exemplo de um de seus personagens, parece sofrer do mal de Montano. Obcecado pela literatura e pelo literário, Vila-Matas não consegue se desvencilhar do universo dos livros. No que não está sozinho, pelo contrário. Vila-Matas apenas fez da literatura, como personagem, a marca de sua ficção, mas a tática é tão antiga quanto a própria literatura moderna. É só pensar em Dom Quixote, um livro de cavalaria que tenta sacanear os livros de cavalaria de sua época, mesmo se inspirando neles. E, seguindo os séculos, são incontáveis os livros de ficção que têm a literatura como mote. Recurso - ou seria tendência? - que parece cada vez mais presente na literatura contemporânea.

Claro, posso ser um leitor limitado e azarado, que só lê romances em que há um personagem escritor ou jornalista, ou livros cujo enredo, coincidentemente, é o próprio livro que o narrador escreveu e, também, o livro que o leitor tem em mãos. Ou seja, um tipo de literatura que só olha para dentro. Mas não sei se se trata de falta de imaginação ou comodismo. Sei que o escritor deve sempre falar daquilo que entende, mas a literatura ficaria muito chata se os escritores seguissem apenas esta lógica, pois o que mais entendem, pelo menos na teoria, é de literatura, ainda que eu conheça vários escritores que leem muito pouco, o que é algo estranho.

Mas o fato é que o personagem-escritor parece ter virado uma praga. (Tenho aqui comigo que parte disso se deve aos escritores que deram vida ao mito da escrita espontânea - que Truman Capote dizia ser datilografia e não propriamente literatura). Assim fica difícil sustentar a ficção diante de narrativas tão evidentemente autobiográficas. Mas, claro, a culpa é sempre do leitor, que é preguiçoso e, por conta de seu limitado entendimento sobre os meandros da criação, não consegue dissociar ficção de realidade. O que fica ainda mais confuso se o leitor resolve dar uma escarafunchada na biografia do escritor e descobre que, assim como o personagem do livro, o autor é um boêmio que se considera injustiçado e maldito. Borges, o grande escritor argentino, também sofreu desse mal. Claro, o escritor tem uma obra fantástica, inclusive com incursões pela literatura policial, mas o grosso de sua literatura tem nos livros o assunto principal. Borges era um tarado por livros, escritores e bibliotecas, e revelou todo esse amor em seus contos, mas, ao fazer isso, restringiu sua obra a pessoas como ele.

A literatura é fascinante e um tema inesgotável, mas que também parece ter se transformado em uma muleta para alguns escritores, que só conseguem escrever sobre seus umbigos. Não que eu queira insinuar que Borges e Vila-Matas sejam dois gênios preguiçosos, mas a opção por uma literatura autorreferente pode sugerir, a mentes pouco privilegiadas como a minha, que esses autores estão, em uma escala imaginativa, abaixo de autores que não caíram na tentação de transpor sua experiência literária a uma obra de ficção. Posso estar escrevendo uma grande bobagem, pois deve haver muitos romances brilhantes sobre escritores e livros, talvez até mais do que romances sobre pescadores, alfaiates e fumantes. Mas deve ser sempre mais instigante - e difícil? - para um autor criar algo interessante na pele de um pescador, alfaiate ou fumante do que na de um escritor. Claro, ainda posso estar falando bobagem, mas talvez porque eu mesmo esteja farto de me deparar com personagens que são escritores, professores universitários e críticos. É sempre um tédio, por mais que eu saiba que estou diante de um grande livro. Para mim, literatura sempre foi uma espécie de versão mais bacana da vida, porque, de certo modo, podemos controlá-la, apesar de seu caráter eminentemente libertário. Mas na literatura pode-se tudo, ou quase. Aquele velho chavão da viagem sem destino pelas páginas de um livro, é bastante verdadeiro para mim. Então porque se fixar em um assunto que se basta em si mesmo? Eis a questão.


Luiz Rebinski Junior
Curitiba, 1/8/2012

Mais Luiz Rebinski Junior
Mais Acessadas de Luiz Rebinski Junior em 2012
01. A arte da crônica - 4/1/2012
02. Luz em agosto - 15/8/2012
03. Os contos de degeneração de Irvine Welsh - 17/10/2012
04. O mal de Vila-Matas - 1/8/2012
05. O senhor Zimmerman e eu - 9/5/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Efeito Borboleta -um Simples Gesto, um Mundo de Diferença
Glenn Packiam
Garimpo
(2010)



Sherlock Holmes and The Dancing Men Stage 1 (02)
Não Informado
Longman
(1981)



Marika Gidali - Singular e Plural
Décio Otero
Senac
(2001)



Da Fera à Loira
Marina Warner
Companhia das Letras
(1999)



Livro Contos Os Melhores Contos 8 Rubem Braga
Rubem Braga
Global
(1997)



/Chico Bento Nº 232
Mauricio de Souza
Abril
(1995)



O Pequeno Filósofo 317
Gabriel Chalita
Globo
(2011)



Linea Diretta Corso di Italiano Per Principianti + Libro Degli Esercizi
Corrado Conforti; Linda Cusimano
Guerra
(2004)



A Grande Decisão
Álvaro Cardoso Gomes
Ftd
(2003)



/Como Falar em Público
Donald Weiss
Nobel
(1991)





busca | avançada
83119 visitas/dia
1,8 milhão/mês