Luz em agosto | Luiz Rebinski Junior | Digestivo Cultural

busca | avançada
39554 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 15/8/2012
Luz em agosto
Luiz Rebinski Junior

+ de 3400 Acessos

Faulkner é daqueles escritores que nos faz acreditar no juízo de valor artístico. Não tenho tarimba para dizer quem são os cinco ou dez melhores romancistas do século XX nos Estados Unidos, mas, diante de minha parca listinha de autores americanos lidos, o senhor Faulkner está no lugar mais alto do altar. Diferentemente do que se acredita - do que eu acreditava - sobre a prosa do escritor, Faulkner está longe de ser um autor de linguagem, da estirpe de Guimarães Rosa e Joyce. Mas ainda assim, sua obra é uma aula de escrita criativa.

É interessante notar que o autor que escreveu um livro intrincado como O som e a fúria surgisse, apenas três anos depois, em 1932, com Luz em agosto, um romance bem mais convencional, se é que esse tipo de palavra pode servir para descrever a prosa de Faulkner sem que o autor do texto passe por um idiota tão idiota quanto o Benjamin de O som e a fúria. Não que Luz em agosto seja um folhetim, mas o livro segue um rumo narrativo oposto ao que Faulkner empreendeu no seu romance mais "experimental". O som e a fúria é o livro de um autor extremamente habilidoso, mas que parece querer mostrar serviço, dizer logo a que veio e botar o pé na porta da literatura americana, transformando Hemingway e Fitzgerald em apenas dois garotinhos ricos querendo curtir a vida em Montparnasse.

Sim, O som e a fúria é um momento mágico, em que Faulkner eleva a prosa americana a um nível incrível, mas Luz em agosto parece ser o romance de um autor mais maduro, que domina melhor as tramas e conjuga, de maneira brilhante, forma e conteúdo. O problema de alguns escritores experimentais, é que, de tão experimentais, esquecem até de que o livro é - e sempre será - uma narrativa. E neste romance de quase quinhentas páginas, Faulkner escreve um pequeno épico, contado de forma nada convencional. A cena inicial, com Lena Grove - uma jovem grávida - andando a esmo à procura do parceiro que lhe deixou desamparada é magistral e prenuncia uma história de contornos épicos, contada por meio de três trajetórias: a da própria Lena, a de Joe Christmas, um homem de "sangue negro" acusado de matar uma mulher branca, e do reverendo Hightower, um homem que caiu em desgraça diante da traição e morte da esposa.

O grande barato do romance é saber como Faulkner vai amarrar essas três histórias que, por um bom trecho do livro, parecem totalmente dispares. E esse é um ótimo argumento para sustentar que Faulkner é um escritor poderoso. Cada história tem o seu próprio clima, fluxo e densidade. O senhor Faulkner sabe contar uma boa história sem entregar o ouro antes do tempo. Sabe construir personagens complexos sem transformá-los em heróis ou vilões, ainda que a derrocada esteja no caminho de todos.

A guerra civil americana e suas consequências estão no centro do trabalho do escritor. Todos os três personagens principais de Luz em agosto são produto dos acontecimentos históricos que colocaram o sul e o norte do país em conflito. A decadência e a ruína do sul do país está em cada movimento dos personagens de Luz em agosto: seja no fanatismo religioso de Hightower, seja no racismo sofrido por Christmas ou na falta de perspectiva de Lena. Dos três, Christmas tem o fim mais trágico, com acontecimentos que narram a fuga de um homem que, ainda que com uma morte terrível, se liberta de uma vida atormentada, marcada pela humilhação e o preconceito. Mas é Lena quem representa melhor a galeria de tipos que pairam pela grande obra que Faulkner, apesar da sede incontrolável, construiu. Desamparada por um homem que lhe deixou grávida e foi curtir em outras paragens, Lena inicia e termina o romance sem perspectiva nenhuma, como se todos os acontecimentos que protagonizou fossem apenas parte de um roteiro que, pelo menos para ela, já era previsível. Se Christmas é uma espécie de mártir da questão racial, Lena sustenta a condição de pária, mas também representa parte da sociedade americana que assistiu as maiores barbaridades de maneira resignada, sem reação. Claro, a outra leitura possível é a que coloca Lena como vítima da misoginia e do autoritarismo. Mas, o melhor de tudo neste livro, é que ninguém, absolutamente ninguém, é inocente. Nem mesmo Christmas, que tem morte digna das extravagâncias cinematográficas de Quentin Tarantino, é apenas vítima, pois a ele coube o papel de matar a mulher - branca - que lhe saciou a fome e o sexo.

E, cobrindo a camada existencial-sociológica do romance - que é absorvida de forma epidérmica e não a fórceps - há uma história de pegada policialesca, com direto a perseguições e muitas cenas de suspense. Desde meu debute no universo de Faulkner, venho sustentando, mentalmente, que o escritor é um romancista policial, talvez o melhor de todos, justamente porque nunca considerou a ideia de fazer literatura de "gênero". Talvez porque sabia que seus romances anulariam qualquer tentativa de classificação. E essa é a melhor maneira de encarar o escritor: sabendo que a cada tomo irá encontrar não apenas uma história, mas uma porta para um novo mundo.



Luiz Rebinski Junior
Curitiba, 15/8/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Paisagem interna agreste de Elisa Andrade Buzzo
02. Teatro sem Tamires de Elisa Andrade Buzzo
03. Nos escuros dos caminhos noturnos de Elisa Andrade Buzzo
04. As palmeiras da Politécnica de Elisa Andrade Buzzo
05. A Fera na Selva, filme de Paulo Betti de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Luiz Rebinski Junior
Mais Acessadas de Luiz Rebinski Junior em 2012
01. A arte da crônica - 4/1/2012
02. Luz em agosto - 15/8/2012
03. Os contos de degeneração de Irvine Welsh - 17/10/2012
04. O mal de Vila-Matas - 1/8/2012
05. O senhor Zimmerman e eu - 9/5/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




THE WESTERN DIET WITH A SPECIAL FOCUS ON DAIRY PRODUCTS
GERTJAN SCHAAFSMA
INSTITUT DANONE
(1997)
R$ 19,28



PROJETO DE PESQUISA - O QUE É? COMO FAZER? UM GUIA PARA .. - 8ª EDIÇÃO
DERNA PESCUMA & ANTONIO PAULO FERREIRA DE CASTILHO
OLHO DÁGUA
(2013)
R$ 27,00



O ANDARILHO E O REI
LIDICE CASTRO
PEIRÓPOLIS
(2002)
R$ 7,00



CONFIDÊNCIAS ENTRE AMIGAS - 7107
CHRISSIE PERRY
FUNDAMENTO EDUCACIONAL
(2009)
R$ 10,00



RETRATOS DA LEITURA NO BRASIL
GALENO AMORIM
IMESP
(2008)
R$ 11,00



MASTER WINE, PLACER DEL VINO AÑO 16 NO. 105
VÁRIOS
MASTER WINE
(2014)
R$ 12,00



O MISTÉRIO DO TREM AZUL
AGATHA CHRISTIE
CÍRCULO DO LIVRO
(1987)
R$ 12,00



A ECONOMIA MODERNA - TEORIA E APLICAÇÕES
KELVIN LANCASTER
ZAHAR
(1977)
R$ 15,00



CINQUENTA TONS DE LIBERDADE
E. L. JAMES
INTRÍNSECA
(2012)
R$ 35,90



DE OLHO NO DINHEIRO
PAULO HENRIQUE AMORIM
GLOBO
(1988)
R$ 4,00





busca | avançada
39554 visitas/dia
1,3 milhão/mês