Luz em agosto | Luiz Rebinski Junior | Digestivo Cultural

busca | avançada
32489 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> Estratégia Econômica Governo
>>> Brandenburg Concertos (1 - 6)
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O soldado absoluto
>>> Felicidade: reflexões de Eduardo Giannetti
>>> Entrevista com Daniel Piza
>>> Aquarius, quebrando as expectativas
>>> Tin-tin!
>>> Cartas, de Antônio Vieira
>>> Malcolm, jornalismo em quadrinhos
>>> Cartas de Kafka a Felice Bauer, por Elias Canetti
>>> Outsiders, de Howard S. Becker
>>> A fila sempre anda
Mais Recentes
>>> Novelas/ Raul Pompeia Obras - Volume I de Raul Pompeias/ (org.: Autografo: Afrânio Coutinho) pela Civilização Brasileira/olac (1981)
>>> A Síntese Organica do Itinerarium Aetheriae de Enio Aloisio Fonda pela Fac. de Filosofia de Assis / S (1966)
>>> O Fundamento de Validade do Direito - Kant e Kelsen de Alexandre Travessione Gomes pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2004)
>>> Aspectos da Higiene Hospitalar de Hélio Lopes (Engenheiro) pela Impr. Oficial/ Belo Horizonte (2019)
>>> Fundamento da Investigação Literaria de Eduardo Portella/ Autografado pela Rosa dos tempos/ RJ. (1974)
>>> A Amazônia Misteriosa (Formato original) de Gastão Cruls pela Organização Simões: Rj. (1953)
>>> Comunicação Alternativa e Movimentos Sociais na Amazonia Ocidental de Pedro Vicente Costa Sobrinho (Autografado) pela Ed. Univ. Ufpb; João Pessoa (2001)
>>> Emoções Amazônicas: Guia Fotográfico-... dos Ecossistemas Amazônicos de Francisco Ritta Bernardino pela Photoamazonica (1998)
>>> Reumatismo e Artrite: Tratamento Médico e Cuidados Caseiros... de John H. Bland pela Ibrasa (1962)
>>> A Invasão Farmacêutica de Dupuy e Karsenty pela Graal/ RJ. (1979)
>>> A Invasão Farmacêutica de Dupuy e Karsenty pela Graal/ RJ. (1979)
>>> Mosaico Crítico: Ensaios Sobre Literatura Contemporânea de Georg Otte - Silvana Pessôa de Oliveira/ Org. pela Autêntica/ Belo Hte. (1999)
>>> A Dança da Serpente: a Revolução Silenciosa de Bárbara Heliodora de Sebastião Martins pela Ed. Lê/ Belo Horizonte (1996)
>>> A Dança da Serpente: a Revolução Silenciosa de Bárbara Heliodora de Sebastião Martins pela Ed. Lê/ Belo Horizonte (1996)
>>> Liga da Justiça "A Guerra da Trindade" de Geoff Johns pela Panini Books (2017)
>>> Star Wars "Episódio IV: Uma Nova Esperança" de Disney/ Lucasfilm pela Panini Books (2018)
>>> Terras do Sem Fim de Jorge Amado pela Martins (1964)
>>> Star Wars "Episódio V: O Império Contra-Ataca" de Disney/ Lucasfilm pela Panini Books (2018)
>>> Star Wars: Ascensão da Força Sombria; Trilogia Thrawn Livro 2 de Timothy Zahn pela Panini Books (2018)
>>> Superman "Universo DC Renascimento" Vol. 2 de K. Perkins pela Panini Books (2018)
>>> The Walking Dead: Segurança Atrás das Grades de Robert Kirkman pela Panini Books (2018)
>>> Direito e Relações Internacionais de Vicente Marotta Rangel pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> O Cão: 1000 Perguntas, 1000 Respostas de Théo Gygas pela Discubra (1987)
>>> Follow Up do Recém-Nascido de Alto Risco de Sonia Maria B. Lopes e José Maria de A. Lopes pela Medsi (1999)
>>> The Walking Dead: Os mais íntimos desejos Vol. 4 de Robert Kirkman pela Panini Books (2018)
>>> Torneio de Campeões "Coleção Histórica" de Marvel pela Panini Books (2017)
>>> Escalpo "Edição de Luxo" Livro 2 de Jason; Aaron pela Panini Books/ Vertigo (2018)
>>> Batman "O príncipe encantado das Trevas" Livro 1 de Marini pela Panini Books (2018)
>>> Universo X de Marvel pela Panini Books (2018)
>>> Fábulas 1 - Edição de Luxo de Bill Willinghan pela Panini Books (2018)
>>> O Incrível Hulk - Planeta Hulk de Greg Pak pela Panini Books (2018)
>>> Outra Vez Heidi de Johanna Spyri pela Ediouro (1972)
>>> O Cachorrinho Samba na Floresta de Maria José Dupré pela Ática (1987)
>>> Criando Meninas de Gisela Preuschoff pela Fundamento (2003)
>>> Assistência Integrada ao Recém-Nascido de Cléa Rodrigues Leone e Daisy Maria Rizatto Tronchin pela Atheneu (1996)
>>> Centro Cirúrgico: Aspectos Fundamentais Para Enfermagem de Terezinha Ghellere pela Ufsc (1993)
>>> Técnicas de Pesquisa de Marina de Andrade Marconi e Eva Maria Lakatos pela Atlas (1999)
>>> O Pensamento Vivo de Maquiavel : Edição Ilustrada/ Inclui Poster de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> O Pensamento Vivo de Maquiavel : Edição Ilustrada/ Inclui Poster de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1986)
>>> Imensa Asa Sobre o Dia de Antônio Mariano pela Dinâmica (2005)
>>> Este Padre Escapou das Garras do Papa!!! de Aníbal Pereira Reis pela Edições Caminho de Damasco (1976)
>>> O Pensamento Vivo de Marx : Edição Ilustrada de José Geraldo Simões Jr.: Pesquisa/ Tradução pela Martin Claret (1985)
>>> Programado Para Aprender de H. Ronald Pulliam e Christopher Dunford pela Zahar (1982)
>>> O Pensamento Vivo de Marx : Edição Ilustrada de José Geraldo Simões Jr.: Pesquisa/ Tradução pela Martin Claret (1985)
>>> O Pensamento Vivo de Marx : Edição Ilustrada/ Inclui Poster de José Geraldo Simões Jr.: Pesquisa/ Tradução pela Martin Claret (1986)
>>> Didática e Psicologia: Crítica ao Psicologismo na Educação de Maria Mercedes Capelo Alvite pela Edições Loyola
>>> O Pensamento Vivo de Gandhi: Edição Ilustrada de Eide M. Murta Carvalho (Pesquisa/Org. Tradução) pela Martin Claret (1985)
>>> Da Sua Vida & dos Seus Negócios de Clóvis Mezzomo pela C. Mezzomo (1998)
>>> As Batalhas do Castelo de Domingos Pellegrini pela Moderna (1991)
>>> O Diário Roubado de Régine Deforges pela Klick (1998)
COLUNAS

Quarta-feira, 15/8/2012
Luz em agosto
Luiz Rebinski Junior

+ de 3200 Acessos

Faulkner é daqueles escritores que nos faz acreditar no juízo de valor artístico. Não tenho tarimba para dizer quem são os cinco ou dez melhores romancistas do século XX nos Estados Unidos, mas, diante de minha parca listinha de autores americanos lidos, o senhor Faulkner está no lugar mais alto do altar. Diferentemente do que se acredita - do que eu acreditava - sobre a prosa do escritor, Faulkner está longe de ser um autor de linguagem, da estirpe de Guimarães Rosa e Joyce. Mas ainda assim, sua obra é uma aula de escrita criativa.

É interessante notar que o autor que escreveu um livro intrincado como O som e a fúria surgisse, apenas três anos depois, em 1932, com Luz em agosto, um romance bem mais convencional, se é que esse tipo de palavra pode servir para descrever a prosa de Faulkner sem que o autor do texto passe por um idiota tão idiota quanto o Benjamin de O som e a fúria. Não que Luz em agosto seja um folhetim, mas o livro segue um rumo narrativo oposto ao que Faulkner empreendeu no seu romance mais "experimental". O som e a fúria é o livro de um autor extremamente habilidoso, mas que parece querer mostrar serviço, dizer logo a que veio e botar o pé na porta da literatura americana, transformando Hemingway e Fitzgerald em apenas dois garotinhos ricos querendo curtir a vida em Montparnasse.

Sim, O som e a fúria é um momento mágico, em que Faulkner eleva a prosa americana a um nível incrível, mas Luz em agosto parece ser o romance de um autor mais maduro, que domina melhor as tramas e conjuga, de maneira brilhante, forma e conteúdo. O problema de alguns escritores experimentais, é que, de tão experimentais, esquecem até de que o livro é - e sempre será - uma narrativa. E neste romance de quase quinhentas páginas, Faulkner escreve um pequeno épico, contado de forma nada convencional. A cena inicial, com Lena Grove - uma jovem grávida - andando a esmo à procura do parceiro que lhe deixou desamparada é magistral e prenuncia uma história de contornos épicos, contada por meio de três trajetórias: a da própria Lena, a de Joe Christmas, um homem de "sangue negro" acusado de matar uma mulher branca, e do reverendo Hightower, um homem que caiu em desgraça diante da traição e morte da esposa.

O grande barato do romance é saber como Faulkner vai amarrar essas três histórias que, por um bom trecho do livro, parecem totalmente dispares. E esse é um ótimo argumento para sustentar que Faulkner é um escritor poderoso. Cada história tem o seu próprio clima, fluxo e densidade. O senhor Faulkner sabe contar uma boa história sem entregar o ouro antes do tempo. Sabe construir personagens complexos sem transformá-los em heróis ou vilões, ainda que a derrocada esteja no caminho de todos.

A guerra civil americana e suas consequências estão no centro do trabalho do escritor. Todos os três personagens principais de Luz em agosto são produto dos acontecimentos históricos que colocaram o sul e o norte do país em conflito. A decadência e a ruína do sul do país está em cada movimento dos personagens de Luz em agosto: seja no fanatismo religioso de Hightower, seja no racismo sofrido por Christmas ou na falta de perspectiva de Lena. Dos três, Christmas tem o fim mais trágico, com acontecimentos que narram a fuga de um homem que, ainda que com uma morte terrível, se liberta de uma vida atormentada, marcada pela humilhação e o preconceito. Mas é Lena quem representa melhor a galeria de tipos que pairam pela grande obra que Faulkner, apesar da sede incontrolável, construiu. Desamparada por um homem que lhe deixou grávida e foi curtir em outras paragens, Lena inicia e termina o romance sem perspectiva nenhuma, como se todos os acontecimentos que protagonizou fossem apenas parte de um roteiro que, pelo menos para ela, já era previsível. Se Christmas é uma espécie de mártir da questão racial, Lena sustenta a condição de pária, mas também representa parte da sociedade americana que assistiu as maiores barbaridades de maneira resignada, sem reação. Claro, a outra leitura possível é a que coloca Lena como vítima da misoginia e do autoritarismo. Mas, o melhor de tudo neste livro, é que ninguém, absolutamente ninguém, é inocente. Nem mesmo Christmas, que tem morte digna das extravagâncias cinematográficas de Quentin Tarantino, é apenas vítima, pois a ele coube o papel de matar a mulher - branca - que lhe saciou a fome e o sexo.

E, cobrindo a camada existencial-sociológica do romance - que é absorvida de forma epidérmica e não a fórceps - há uma história de pegada policialesca, com direto a perseguições e muitas cenas de suspense. Desde meu debute no universo de Faulkner, venho sustentando, mentalmente, que o escritor é um romancista policial, talvez o melhor de todos, justamente porque nunca considerou a ideia de fazer literatura de "gênero". Talvez porque sabia que seus romances anulariam qualquer tentativa de classificação. E essa é a melhor maneira de encarar o escritor: sabendo que a cada tomo irá encontrar não apenas uma história, mas uma porta para um novo mundo.



Luiz Rebinski Junior
Curitiba, 15/8/2012


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Cidades do Algarve de Elisa Andrade Buzzo
02. Mais outro cais de Elisa Andrade Buzzo
03. O Wunderteam de Celso A. Uequed Pitol
04. O Jagunço degolado de Wellington Machado
05. Deixa se manifestar de Vicente Escudero


Mais Luiz Rebinski Junior
Mais Acessadas de Luiz Rebinski Junior em 2012
01. A arte da crônica - 4/1/2012
02. Os contos de degeneração de Irvine Welsh - 17/10/2012
03. Luz em agosto - 15/8/2012
04. O senhor Zimmerman e eu - 9/5/2012
05. O mal de Vila-Matas - 1/8/2012


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TREINAMENTO AVANÇADO XML 7760
ROGERIO AMORIM DE FARIA
DIGERATI
(2005)
R$ 13,00



LUTAS SOCIAIS NA ROMA ANTIGA - 2ª ED.
LÉON BLOCH
PUBLICAÇÕES EUROPA- AMÉRICA
(1991)
R$ 12,90



O MISTÉRIO DO TREM AZUL - 4ª ED.
AGATHA CHRISTIE
NOVA FRONTEIRA
(1976)
R$ 14,00



ASSOCIAÇÃO ENTRE ANTIPSICÓTICOS E EVENTOS ADVERSOS CARDIOVASCULARES
ANA AMANCIO SANTOS DA SILVA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



EUGÉNIE GANDET
HONORÉ DE BALZAC
EDIOURO
(1998)
R$ 4,20



OS DIREITOS DO HOMEM DE THOMAS PAINE (UMA BIOGRAFIA)
CHRISTOPHER HITCHENS
ZAHAR
(2007)
R$ 35,00
+ frete grátis



REGULAGEM E OPERAÇÃO DE GRADE DE ARRASTO
ALOÍSIO BIANCHINI
LK
R$ 76,00



O OUTRO LADO DA MEIA-NOITE - SIDNEY SHELDON (LITERATURA NORTE-AMERICANA)
SIDNEY SHELDON
RECORD
R$ 8,00



BRASILEIRO, SIM SENHOR
JOÃO CARLOS AGOSTINI
MODERNA
(2000)
R$ 25,00



PRIVATE - MISSÃO JOGOS OLÍMPICOS
JAMES PATTERSON
ARQUEIRO
(2012)
R$ 24,00





busca | avançada
32489 visitas/dia
1,0 milhão/mês