Em defesa da arte urbana nos muros | Fabio Gomes | Digestivo Cultural

busca | avançada
56607 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> FAAP discute Semana de Arte Moderna de 22
>>> Toda Quinta retoma 1ª edição no Teatro Vivo com menção a Dominguinhos
>>> ENSINAR A FAZER - MARCENARIA
>>> O Peso do Pássaro Morto faz duas sessões online dias 30 e 31/10
>>> Exposição recupera a memória da ditadura brasileira
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
Últimos Posts
>>> Mundo Brasil
>>> Anônimos
>>> Eu tu eles
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Meu primeiro computador pessoal
>>> Um homem de Oz
>>> 12 de Junho #digestivo10anos
>>> crônica - ou ensaio - à la hatoum
>>> Prenda-me se for capaz
>>> Sobre futebol e hinos nacionais
>>> Zeitgeist
>>> Capacidade de expressão X capacidade linguística
>>> Silêncio e grito
>>> Sejam Bem-Vindos
Mais Recentes
>>> Os fundamentos Históricos da Pedagogia Espírita de Pinheiro Martins pela Léon Denis (1967)
>>> Esculpindo o próprio destino de André Luiz Ruiz pela Ide (2008)
>>> Seara Vermelha de Jorge Amado pela Martins (1968)
>>> Espiritualismo cientifico a vida fora da matéria de Espiritualismo cientifico a vida fora da matéria pela Sem
>>> Manual de Direito dos Homossexuais de Cláudia Thomé Toni pela Srs (2008)
>>> Os Segredos da Grande Pirâmide de João Medeiros pela Ediouro (1986)
>>> Os Segredos da Grande Pirâmide de João Medeiros pela Ediouro (1986)
>>> Heróis de verdade de Roberto T. Shinyashiki pela Gente (2005)
>>> Almas gêmeas reecarnação de Luanda kaly pela Madras
>>> Espiritismo básico de Pedro Franco Barbosa pela Feb (1987)
>>> Em busca do mestre de Vinícius pela Feesp
>>> O Sistema de Pietro Ubaldi pela Fundapu (1984)
>>> Exilados por amor de Sandra Carneiro pela VivaLuz (2010)
>>> Os homens sempre voltam de Penélope parker pela L&Pm Editores (2008)
>>> A pessoa certa de Kathy Freston pela Fontanar (2010)
>>> Malungos na Escola Questões Sobre Culturas Afrodescendentes e Educação de Edmilson de Almeida Pereira pela Paulinas (2007)
>>> Desenvolvimento e crise no brasil 1930 1983 de Luiz carlos bresser pereira pela Brasiliense (1968)
>>> Observações sobre Édipo e observações sobre Antígona de Hölderkin & Beaufret pela Zahar (2008)
>>> Quem tem medo de envelhecer de Magdalena léa pela Record (1983)
>>> A coragem de mudar de José augusto de morais pela Record (1996)
>>> de Lynette Lucas pela Record (1989)
>>> Um só coração de Oneida terra pela Boa Nova (1999)
>>> Reflexões de Conversando com Deus de Neale Donald Walsch pela Ediouro (2006)
>>> A lei da atração para a vida o amor e a felicidade de Debbie frank pela Larousse (2008)
>>> Auto da barca do inferno de Gil Vicente pela Ateliê Editorial (2014)
COLUNAS

Segunda-feira, 6/2/2017
Em defesa da arte urbana nos muros
Fabio Gomes

+ de 4100 Acessos

Um dos assuntos mais comentados deste começo de ano é a investida do novo prefeito de São Paulo, João Dória, contra a arte nos muros da cidade. Dória está encarando qualquer dessas intervenções, seja grafitti, seja pichação, como um mal a ser extirpado. A única coisa boa que vejo em investidas claras assim é que elas indignam a sociedade e acabam por mobilizar uma reação contrária. 

Infelizmente esta reação nunca, ou raramente, se verifica quando não há o correspondente alarde no apagar a arte mural urbana. E devo dizer que, pelo que constato, esta é a regra - a tendência é que inscrições ou pinturas em muros sejam logo cobertos por tinta, seja pelas prefeituras, seja pelos donos do imóvel. 

Em meu blog já mencionei dois casos acontecidos em Macapá. Um deles foi o do muro na Praça Floriano Peixoto, pintado pela artista Carla Antunes, que acabou sendo o cenário do meu ensaio Todo Mundo Quer Amor, com a modelo Suelen Leão. Fizemos as fotos em outubro de 2014 e em menos de um mês o muro já havia sido descaracterizado. Outro foi de um dizer nos degraus próximos ao Trapiche Eliezer Levy , que também fotografei em 2014.

Estes dois casos evidentemente não são os únicos. Abaixo posto uma foto feita em 17 de abril de 2015, com uma inscrição pintada em um muro próximo à orla do rio Amazonas no bairro Santa Inês, em Macapá. Ela também hoje é apenas lembrança. 



Bom, me parece inegável que a ação contínua do poder público contra a arte urbana se funda num princípio burguês de que arte é uma produção feita sobre suportes transportáveis (ex: uma tela) e que só têm lugar, nas cidades, em espaços previamente designados (galerias, museus). Sob essa visão, tudo o que ousar vir a público fora dessa moldura não só mereceria proteção estatal (afinal, não é "arte"!) como ainda poderia (e vem sendo) simplesmente eliminada sem dó nem piedade - e no mais das vezes, sem o alarde de Dória, o que acaba resultando em pouca ou mesmo nenhuma manifestação contra essa ação de censura estatal.

De minha parte, devo dizer que considero inscrições e pinturas murais Arte, sim (se ainda não ficou claro...), e como fotógrafo procuro registrar sempre que isto me é possível, tanto na cidade onde moro, quanto naquelas que percorro em viagens. Entendo que, de alguma forma, os muros da cidade acabam sendo importantes espaços de manifestação do pensamento dos cidadãos, uma espécie de rede social a céu aberto. E, não sejamos ingênuos, é óbvio que o poder público também tem essa consciência - por isso quer muros que sejam menos Twitter e mais Snapchat!

A maioria das manifestações que tenho lido contra a cruzada de Dória é, no geral, de "leigos" em arte mural. Por isto considero interessante citar aqui trechos desse post feito pelo designer Gustavo Cortelazzi, de São Paulo, ao saber do apagamento de um mural seu na av. 23 de Maio. 

ONTEM MEU PINTADO DE 7 METROS FOI APAGADO NA 23 DE MAIO 😱 E o que eu acho disso? Acho que graffiti é assim mesmo!!!! É uma arte efêmera! Boa enquanto durou e que se renova!! É triste? É chato? É sim.. (...) Acho que a prefeitura está errando em respeito a esse lance de sair apagando tudo o que ver pela frente...(...) Mas por outro lado vejo uma amiga que estava a pelo menos 3 meses na fila de um Pré-Natal e sem esperança de ser atendida até o dia do parto...ser atendida em 2 (dois) dias após a posse do tal tão mal falado e playboy prefeito! Cara, eu quero meu povo feliz, educado e com saúde....e quando isso acontece eu nem ligo de ter que refazer toda semana as minhas artes!!!! (...)

Ah, sim, até agora não falei da foto que abre a coluna. Ela mostra uma inscrição numa parede que fotografei em outubro de 2013 em Belém e que resiste bravamente ao tempo, ainda se encontra lá no mesmo lugar - não vou nem dizer a rua que é pra não dar idéia pra ninguém apagar!


Fabio Gomes
Macapá, 6/2/2017


Mais Fabio Gomes
Mais Acessadas de Fabio Gomes em 2017
01. O jornalismo cultural na era das mídias sociais - 11/9/2017
02. Noel Rosa - 2/10/2017
03. Longa vida à fotografia - 20/2/2017
04. Em defesa da arte urbana nos muros - 6/2/2017
05. O que te move? - 29/5/2017


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Como Eu era Antes de Voce
Jojo Moyes
Intrinseca
(2013)



Seis Razões para Amar a Natureza
Nílson José Machado; Silmara Rascalha Casadei
Escrituras
(2011)



Dicionário de Eletrônica e Física do Estado Sólido
Ronaldo Sérgio de Biasi
Record
(1980)



O Farol
P. D. James
Companhia das Letras
(2006)



Arpas Eternas -Volumes 1/2/3 - Espanhol - Esoterico
Josefa Rosalia Luque Alvarez
Kier
(1980)



Convite
Roque Jacintho
Luz no Lar
(1991)



A Mulher Só
Harold Robbins
Record
(1976)



Sua Santità. Le Carte Segrete Di Benedetto Xvi
Gianluigi Nuzzi
Chiarelettere
(2012)



Power Pixels
Miguel Chevalier
Aeroplano
(2011)



Desejo de Pintar e Outros Poemas Em Prosa: de Charles Baudelaire
Charles Baudelaire
Noovha America
(2008)





busca | avançada
56607 visitas/dia
1,8 milhão/mês