Meu pé quebrado | Luís Fernando Amâncio | Digestivo Cultural

busca | avançada
37668 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS

Terça-feira, 18/10/2016
Meu pé quebrado
Luís Fernando Amâncio

+ de 2400 Acessos

Tive uma fratura em meu pé esquerdo há pouco mais de um mês. Foi durante uma aula de muay thai. Entre muitos chutes, recebidos e dados, a fratura aconteceu e eu nem me dei conta. Só senti, depois da aula, a dor que me acompanharia até imobilizar o pé, três dias depois. Porém, se a fratura se deu numa imperceptível fração de segundo, o processo de recuperação é de uma lentidão colossal. Ao menos para quem não estava contando com isso. E, vamos deixar claro, minha previsão para setembro e outubro não incluía ficar com o pé imobilizado.

Pelo contrário. Minha programação para esta temporada incluía férias, com viagem para Fortaleza e Jericoacoara. Praia, muita praia (eu sou mineiro, não me julguem), água de coco, jogo no Castelão, Beach Park e “turistar” sem maiores dilemas pelo Ceará. Tive que cancelar a viagem.

Foi frustrante, amigos, não vou mentir. Trocar férias por licença médica, praia por andar de muletas com o pé latejando de dor, é o equivalente a substituir paçoca por areia numa receita de doce. Mesmo se a Bela Gil disser que é uma boa, eu não indico.

Enfim, passada a revolta, resolvi fazer limonada com os limões da imobilização. Com o período forçado no estaleiro, tentei tirar algumas lições para minha vida. A primeira, natural, foi querer largar a academia. Concluí que era um sinal e eu deveria deixar as lutas para os colossos do UFC, os supinos e roscas diretas para os jovens marombeiros e assumir que estou velho. Bom, eu estou velho, não é segredo. Mas aí pensei um pouco melhor e concluí que o sedentarismo provavelmente me traria outros e mais graves estaleiros. Eu escaparia das lesões, mas seria pego por cirurgias no coração, desentupimento nas artérias, essas coisas. Prefiro não.

Tentei, então, aproveitar o período para me capacitar. Mas tinha que ser algo prático, que me ajudasse no dia a dia. Então, tentei aprender telecinesia. Acreditem, quando a sede aperta e seu pé dói com obstinação, tudo que a gente quer é trazer um copo d’água com a força da mente. Também tentei levitar. Pois quando a bexiga aperta, mesmo com o auxílio das muletas, o banheiro parece longe demais. O problema é que, quanto mais eu tentava expandir minhas capacidades mentais, mais longe o banheiro e o copo d’água ficavam. A conclusão foi triste: não nasci para ser médium.

Passei, então, para outro projeto: utilizar minha capacidade mental para fins mais conservadores. Fiz, então, planos de colocar em dia as séries que assisto, me atualizar em relação aos novos lançamentos, ler as obras que já vão formando uma pequena torre no meu criado mudo e escrever algumas bobagens, que é só o que eu dou conta. Objetivo alcançado? Bom, parcialmente. Bem parcialmente. Foi quando eu percebi que 45 dias de reclusão nem é tanto tempo assim. Os dias continuam com 24 horas, fazer almoço pulando feito saci na cozinha dá trabalho e depois do almoço bate aquele sono... Justiça seja feita, fracassei nesse objetivo também.

Enfim, agora, com meu pé prestes a se curar – bom, ainda vou encarar algumas sessões de fisioterapia, mas sejamos otimistas – me pergunto: tive algum ganho com o pé quebrado? Uma análise sensata diria, humildemente, “NÃO”, em caixa-alta, mesmo. Tive perdas, de massa, inclusive, pois minha perna esquerda ficou mais fina do que a direita – como se já não bastasse toda minha avacalhação física.

Mas, olhando pelo lado positivo, acho que tirei algumas lições do período de reclusão. A principal delas é saber que quando a gente corre para pegar o ônibus, não chega no ponto a tempo e amaldiçoa o mundo por isso, estamos sendo injustos. Pois até correr e perder o ônibus é melhor do que ficar capengando em casa de muletas, sem conseguir uma coisa básica para a dignidade humana que é aprender a fazer uma levitação.


Luís Fernando Amâncio
Belo Horizonte, 18/10/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Figuras de linguagem e a escrita criativa de Marcelo Spalding
02. Deseducação Sexual: Boneca vs. Sapo de Débora Carvalho
03. Os dilemas da globalização de Gian Danton
04. Hebreus e monstros, parte I de Guilherme Pontes Coelho
05. Amor e relacionamentos em tempos de transição de Luis Eduardo Matta


Mais Luís Fernando Amâncio
Mais Acessadas de Luís Fernando Amâncio em 2016
01. Super Campeões, trocas culturais de Brasil e Japão - 30/8/2016
02. Tricordiano, o futebol é cardíaco - 26/4/2016
03. Nos tempos de Street Fighter II - 31/5/2016
04. Radiohead e sua piscina em forma de lua - 28/6/2016
05. A futebolização da política - 29/3/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A FALA-A-MENOS
SYLVIA PAIXÃO
NUMEN
(1991)
R$ 290,00



BABINE, O PARVO - LEÃO TOLSTOI (LITERATURA INFANTIL)
LEÃO TOLSTOI
CONTEXTO (LISBOA)
(2018)
R$ 25,00



LUÍS DE CAMÕES - O LÍRICO
HERNÂNI CIDADE
BERTRAND
(1970)
R$ 20,00



CONCEPTION ET CONSTRUCTION DES CHAUSSÉES - TOME 1
G. JEUFFROY
EYROLLES EDITEUR
(1967)
R$ 100,00



A MALDIÇÃO DE JOEL DELANEY
RAMONA STEWART
CÍRCULO DO LIVRO
(1970)
R$ 12,00



LENIN PRÓ E CONTRA O JULGAMENTO DA HISTÓRIA
MARISA PALTRINIERI
MELHORAMENTOS
(1975)
R$ 15,00



THE 100 OS ESCOLHIDOS
KASS MORGAN
GALERA
(2015)
R$ 25,00



GOVERNANÇA CORPORATIVA - SEIS ANOS DE NOTÍCIAS
LUCIANO CARVALHO VENTURA
SAINT PAUL
(2005)
R$ 22,00



DE VOLTA À CAIXA DE DESEJOS
ANA CRISTINA MELO
VERMELHO MARINHO
R$ 13,50



MANUAL DO CANDIDATO - DIREITO INTERNACIONAL (2ª EDIÇÃO)
ALBERTO DO AMARAL JÚNIOR
FUNAG
(2005)
R$ 30,00





busca | avançada
37668 visitas/dia
1,1 milhão/mês