Notas confessionais de um angustiado (VI) | Cassionei Niches Petry | Digestivo Cultural

busca | avançada
22305 visitas/dia
957 mil/mês
Mais Recentes
>>> A Cor
>>> Ana Medeiros e Hiroshi Nishiyama levam o butoh segundo Yoshito Ohno para São Paulo
>>> As Irmãs Siamesas estreia com direção do francês Sébastien Brottet-Michel
>>> Universidade do Livro promove oficina de edição de tradução literária
>>> Conexão Berlim-Brasília chega em sua reta final
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Cidades do Algarve
>>> Gosta de escrever? Como não leu este livro ainda?
>>> Assum Preto, Me Responde?
>>> Os olhos de Ingrid Bergman
>>> Não quero ser Capitu
>>> Desdizer: a poética de Antonio Carlos Secchin
>>> Pra que mentir? Vadico, Noel e o samba
>>> De quantos modos um menino queima?
>>> Entrevista com a tradutora Denise Bottmann
>>> O Brasil que eu quero
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> O conservadorismo e a refrega de símbolos
>>> Ingmar Bergman, cada um tem o seu
>>> Em defesa do preconceito, de Theodore Dalrymple
>>> BRASIL, UM CORPO SEM ALMA E ACÉFALO
>>> Meus encontros com Luiz Melodia
>>> Evasivas admiráveis, de Theodore Dalrymple
>>> O testemunho nos caminhos de Israel
>>> UM OLHAR SOBRE A FILOSOFIA (PARTE FINAL)
>>> Os livros sem nome
>>> O mundo era mais aberto, mãe...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A quem interessa uma sociedade alienada?
>>> Filipe II da Espanha: homem e rei
>>> Filipe II da Espanha: homem e rei
>>> Público, massa e multidão
>>> Os olhos de Ingrid Bergman
>>> Tchekhov, o cirurgião da alma
>>> Blogueiros vs. Jornalistas? ROTFLOL (-:>
>>> Internet em 2005
>>> Conceitos musicais: blues, fusion, jazz, soul, R&B
>>> Amizade (1)
Mais Recentes
>>> Como se fosse dinheiro de Ruth Rocha pela FTD (2004)
>>> Bidu Caminhos de Eduardo Damasceno - Luis Felipe Garrocho pela Mauricio de Sousa (2014)
>>> Ali Babá e os Quarenta Ladrões de Tradução de Maria Aparecida dos Santos pela Visor (2002)
>>> Ali Babá e os Quarenta Ladrões de Tradução de Maria Aparecida dos Santos pela Visor (2002)
>>> Convivendo com o pecado: na sociedade colonial paulista (1719-1822) de Eliana Maria Rea Goldschmidt pela Annablume (1998)
>>> De Carta em Carta de Ana Maria Machado pela Salamandra (2010)
>>> A Colcha de Retalhos de Conceil Corrêa da Silva - Nye Ribeiro Silva pela Brasil (2009)
>>> Gente, Bicho, Planta: O mundo me encanta de Ana Maria Machado pela Global (2012)
>>> O Sanduíche da Maricota de Avelino Guedes pela Moderna (2013)
>>> Um Homem, um Menino e um Burro de Jennifer Burrows pela Girassol (2012)
>>> Bat Pat - O tesouro do cemitério de Roberto Pavanello pela Fundamento (2009)
>>> Viagem ao Centro da Terra de Julio Verne - Walcyr Carrasco pela FTD (2007)
>>> Com a Ponta dos dedos e os olhos do coração de Leila Rentroia Jannone pela Brasil (2009)
>>> O Gênio do Crime de João Carlos Marinho pela Global (2017)
>>> Minimanual Compacto de Gramática da língua portuguesa: teoria e prática de Maria Cecília Garcia pela Rideel (2000)
>>> Um amor grande demais de Yolanda Reyes pela FTD (1999)
>>> Laís, a Fofinha de Walcyr Carrasco pela Ática (2014)
>>> Zac Power - Codigo Vermelho de De H. I. Larry pela Fundamento (2010)
>>> Zac Power - Alto Risco de De H. I. Larry pela Fundamento (2009)
>>> Zac Power - Treinamento Radical de De H. I. Larry pela Fundamento (2010)
>>> Encontro Desencontro & Reencontros de Maria Helena Matarazzo pela Gente (1996)
>>> História do Brasil de Eduardo Bueno pela Zero Hora
>>> Os Irmãos Leme de Paulo Setúbal pela Nacional (1983)
>>> Enciclopédia do Charadista - Vol. 2 de Sylvio Alves pela Livraria Tupã
>>> Zac Power - Viagem `A Lua de De H. I. Larry pela Fundamento (2011)
>>> Zac Power - Aguas Profundas de De H. I. Larry pela Fundamento (2008)
>>> Zac Power - Invasão Noturna de De H. I. Larry pela Fundamento (2008)
>>> Zac Power - Aventura no espaço de De H. I. Larry pela Fundamento (2009)
>>> Zac Power - O Golpe Fatal de Zac de De H. I. Larry pela Fundamento (2011)
>>> Zac Power - O Ataque de Tubarão de Zac de De H. I. Larry pela Fundamento (2010)
>>> Zac Power - Sucesso de Cinema de De H. I. Larry pela Fundamento (2009)
>>> O peregrino e a historia de a peregrina de John bunyan pela Literatura monte siao (2012)
>>> A Vida Inquieta e Gloriosa de Victor Hugo de Jaime Brasil pela Portugália (1965)
>>> A Vida Inquieta e Gloriosa de Victor Hugo de Jaime Brasil pela Portugália (1965)
>>> L'isola Misteriosa de Giulio Verne pela Sonzogno (1912)
>>> Macário - Noite na taverna de Álvares de Azevedo pela Globo (2006)
>>> Novos poemas para rezar de Michel quoist pela Edições Paulista (1995)
>>> Ame dormante de Jean e de coulomb pela Librairie bleriot (1918)
>>> Caderneta de campo de Lélis Espartel / João Lüderitz pela Globo (1979)
>>> A Bruxinha Domitila e o robô super - tudo de Edson Gabriel Garcia pela Brasil (2014)
>>> O Conde de Monte Cristo de Alexandre Dumas - Heloisa Prieto pela FTD (2014)
>>> As injustiças de Clio de Clóvis Moura pela Oficina de Livros (1990)
>>> As Aventuras de Simão e Bartolomeu - uma viagem especial de Cesar Cavezagna pela Globo (2008)
>>> Dissertação Sobre o Direito de Caçoar + Carta a Salvador do Couto de Filippe Alberto Patroni Martins Maciel Parente pela Loyola (1992)
>>> Deixei o Pum escapar de Blandina Franco e José Carlos Lollo pela Schwarcz S.A (2013)
>>> Nietzsche em Turim de Lesley Chamberlain pela Difel (2000)
>>> Tampinha Tira Os Óculos de Mariana Caltabiano pela Scipione (2004)
>>> Quem me Dera de Ana Maria Machado pela Ática (2014)
>>> O Brasil passado a sujo. Contos de Aldir Blanc pela Geração (1993)
>>> Viva Zen de Monja Coen pela Publifolha (2018)
COLUNAS

Quarta-feira, 28/6/2017
Notas confessionais de um angustiado (VI)
Cassionei Niches Petry

+ de 2700 Acessos

(...)

XLIV.

O tema do suicídio começa a ganhar bastante espaço na história, pois se torna uma obsessão de Fred, à medida que começam a aparecer referências sobre o tema em tudo que lê ou a que assiste. Analisei o tema em um dos ensaios na disciplina do mestrado e foi assunto recorrente em outras oportunidades dentro do curso.

Por que inserir temas como esse na narrativa? O cineasta Ingmar Bergman contou em uma entrevista uma história que retrata meu pensamento em relação ao trabalho artístico e à abordagem dos temas:

"Na ilha de Farö, vi certa vez um velho barco. Era muito bonito e havia sido construído um século antes, segundo uma prescrição especial que lhe permitiu atravessar o tempo sem afundar. Sou diretor há 27 anos e o que posso dizer é que também construí um barco como qual navego através de meus problemas como diretor. É um método prático que me permite abordar os temas difíceis que gosto de abordar."

Essa metáfora pode se aplicar àquilo que desejo conhecer. A busca pelo conhecimento me move a escrever sobre determinados assuntos. E a arte, e no meu caso específico a literatura, é uma das formas de conhecimento.

Bergman, em outra entrevista, fala também diretamente sobre o suicídio, pois o tema aparece em muito de seus filmes:

"Como todas as outras crianças, quando era pequeno, decidi um dia passear na floresta sem dizer nada a ninguém, desaparecer, me estender no chão, morto, e pensar então na família que estaria naturalmente extremamente triste! E é bem conhecido que os artistas, em princípio – principalmente se eles são como eu –, conservem durante toda a sua vida certos traços da infância muito marcados. Ou melhor, a criação, o impulso criador, está profundamente associada a um aspecto da infância ou a um vestígio da atitude da criança com relação ao mundo exterior, e creio conservei uma parte desse comportamento."

O tema suicídio, que me persegue há muito tempo, surgiu depois de ter ouvido uma palestra na escola com um numerólogo e psicólogo. Analisando meus dados, como a data de nascimento, por exemplo, concluiu que eu havia sido um suicida em uma de minhas supostas vidas passadas. Como era um jovem inocente, me impressionei com a afirmação. Hoje, sendo cético sobre esses assuntos, o suicídio me desperta curiosidade, principalmente quando aparece em algumas formas de arte, entre elas, a literatura. Dois trechos da entrevista de Bergman são citados por Fred em Os óculos de Paula:

“Quando a presença da religião na minha existência desapareceu completamente, a vida tornou-se imediatamente bem mais fácil de ser vivida.”

“Quando a superestrutura religiosa que pesava sobre mim desabou, os bloqueios que entravavam meu texto desapareceram igualmente.”

[P. S.: Os trechos acabaram sendo suprimidos em umas das revisões do romance.] Há um momento em que o ateísmo deixa de ser tratado por ele e entra o suicídio como uma de suas preocupações.

(...)

L

Mistério ou enigma? “Decifra-me ou te devoro”. Passei por mais uma etapa da minha dissertação com a qualificação do mestrado, que consiste na análise, por parte de outros professores doutores, do projeto e das primeiras páginas da dissertação, que nesse caso são formadas por estas notas e o romance em processo. Um dos professores, que é também escritor, Sérgio Schaefer, fez uma leitura atenta e iniciou questionando o tema, mais precisamente sobre a menção ao mistério da criação. “Se é mistério, não pode ser solucionado”, disse ele. “Que tal enigma?”, propôs.

Conhecer. Esfinge. Quero conhecer o que estou fazendo. Para conhecer, preciso escrever. Para escrever, preciso conhecer. Nesse ponto entram as contribuições da professora e doutora em Letras Eunice Piazza Gai, que frisou a necessidade de adensar mais a parte teórica dessas notas, pois se trata de um trabalho acadêmico, e de dar relevância aos aspectos do conhecimento e da cognição, objetos de pesquisa do mestrado.

O professor Sérgio Schaefer observou também sobre a possibilidade de se trabalhar o suicídio não só numa perspectiva filosófica e literária, mas também na psicológica. "Tornar-me um outro dentro de mim mesmo, eliminar o que antes me dominava”, são perspectivas de tratar do suicídio no romance, o que já está sendo feito.

LI

A notícia de que terei meu primeiro livro publicado me enche de orgulho e me proporciona mais disposição para escrever o romance. A sensação inicial de fracasso, exposta na nota V, afasta-se da minha visão, em que pese um pessimismo crônico que é parte indissociável da minha personalidade. Publicada a obra, posso me considerar um escritor?

(Obs.: Notas escritas em 2012.)


Cassionei Niches Petry
Santa Cruz do Sul, 28/6/2017


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Apresentação de Adriana Baggio


Mais Cassionei Niches Petry
Mais Acessadas de Cassionei Niches Petry em 2017
01. Notas confessionais de um angustiado (VI) - 28/6/2017
02. Super-heróis ou vilões? - 24/5/2017
03. Quem é mesmo massa de manobra? - 1/3/2017
04. Por que HQ não é literatura? - 6/12/2017
05. Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso - 13/9/2017


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MINHAS MULHERES E MEUS HOMENS
MARIO PRATA
OBJETIVA
(1999)
R$ 5,99



CINQUENTA TONS DE CINZA
E. L. JAMES
INTRÍNSECA
(2012)
R$ 18,99



SUPER-HOMEM: METRÓPOLIS - BASEADO NO FILME DE FRITZ LANG
R. J. M. LOFFICIER / ROY THOMAS / TED
BRAINSTORE
(2002)
R$ 19,90



A RELAÇÃO MULHER & HOMEM - UMA HISTÓRIA DOS SEUS ENCONTROS E DIFERENÇAS.
LUIZ CUSCHINIR
CAMPUS
(2016)
R$ 18,00



LIMITES DO SOFRIMENTO
SILAS MALAFAIA
CENTRAL GOSPEL
(2010)
R$ 10,00



ARREPENDIMENTO PARA COM DEUS
GERALD FLURRY
IDU
(2009)
R$ 8,50



O IDE É COM VOCÊ!
NORMAN LEWIS
LEITOR CRISTÃO
(1967)
R$ 45,00



INGLÊS - CADERNO 5
VÁRIOS AUTORES
ÉTICO
R$ 10,00



ALQUIMIA DO AZUL - 533 ALDRAVIAS
GABRIEL BICALHO
ALDRAVA LETRAS / ARTES
(2013)
R$ 20,00



DICIONÁRIO HISTÓRICO BIOGRÁFICO BRASILEIRO PÓS 1930 VOL. 3
ALZIRA ALVES DE ABREU / OUTROS
FGV
(2001)
R$ 50,00





busca | avançada
22305 visitas/dia
957 mil/mês