Náufrago: nem tanto ao mar, nem tanto à terra | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
39917 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COLUNAS >>> Especial Oscar 2001

Domingo, 25/3/2001
Náufrago: nem tanto ao mar, nem tanto à terra
Adriana Baggio

+ de 7100 Acessos
+ 2 Comentário(s)

Náufrago é um dos prediletos na edição 2001 do Oscar. Por conta disso, muito já se discutiu sobre o roteiro, sobre a atuação de Tom Hanks, sobre se há ou não pieguice, sobre as mensagens que o filme pode passar ao público: "não perca a esperança", "dê valor à vida", "o tempo é relativo", etc.

A parábola do homem perdido numa ilha deserta já é antiga, e sempre volta à tona, adaptada a cada época. Neste caso, a época é da velocidade. Nunca buscamos tanto a rapidez como nos dias de hoje. Vivemos na era do non-stop, fast food, express, on line, e, é claro, FedEx.

Chuck Noland vive obcecado pelo tempo e pela velocidade. Como o típico executivo-que-não-dá-bola-para-a-vida-pessoal, Chuck tem um compromisso pessoal com o tempo de entrega das encomendas da empresa para qual trabalha, a FedEx. Mas o avião que o transporta rapidamente de um ponto a outro cai no mar, e só ele sobrevive. E aí o tempo pára. Não é mais preciso se preocupar com as encomendas, nem com a vida pessoal, nem com o desempenho da empresa. Ele tem todo o tempo do mundo para aprender a viver na mítica ilha deserta, sem os recursos da vida moderna.

No começo ele resiste, e mantém a postura de que aquilo "é só por um tempo, logo virão me resgatar". Quando isso não acontece, é preciso aceitar a situação para sobreviver. Chuck abre as caixas com encomendas para que ajudem-no em seu novo habitat. A caixa que ele preserva intacta é o sinal de pieguice para os críticos, mas é coerente com o comportamento racional do personagem. Isolado, sem nenhum tipo de estímulo, talvez ele saiba que a única maneira de se manter ligado com a realidade anterior é conservando algum símbolo.

O filme mostra Chuck vivendo como talvez tivessem vivido os homens pré-históricos. Ele precisa do fogo, aprende a fazê-lo para sobreviver. Não se sabe se ele é religioso ou se é ateu, mas cria uma imagem, um amuleto, na forma do Wilson da bola de vôlei. Acredito que Wilson esteja mais para um deus pagão do que para o Sexta-Feira. Chuck também registra suas atividades e seus pensamentos nas pedras, marcando as datas, desenhando o rosto de Kelly (sua namorada), contando sua trajetória, exatamente como faziam os homens das cavernas.

A dor de dente de Chuck é um ótimo ponto de coerência. Em "Robinson Crusoé" ou "A Lagoa Azul", esses males menores que não matam mas incomodam profundamente a vida das pessoas nunca acontecem com os náufragos nas ilhas. Ninguém nunca teve cárie, unha encravada, micose, cistite, conjuntivite, etc.

No quarto ano na ilha, Chuck parece conformado com a vida que leva. As conversas que têm com Wilson sugerem que enlouqueceu, que perdeu a tênue ligação com o mundo de outrora. A chegada da placa de metal que servirá de vela em sua jangada acende novamente o desejo de tentar escapar. Mais tarde, ele explica que tentou se matar, mas não conseguiu fazê-lo da maneira desejada, e isso representou um sinal de que deveria permanecer vivo.

Para um homem acostumado ao controle, Chuck aprende a viver ao sabor dos acontecimentos, esperando pacientemente que as coisas aconteçam. É assim quando desiste de se matar e também quando é resgatado e volta para a civilização. Kelly está casada, e ela é o único elo de ligação entre a vida que levava antes e o agora, e que também permaneceu com ele na ilha. Chuck não pode mais contar com Kelly, e mais uma vez ele se põe pacientemente a esperar que as coisas aconteçam em sua vida.

No fim, de acordo com o american way of life, Chuck parece feliz, esperançoso do que a nova vida pode lhe reservar. Provavelmente ele será um homem mais calmo, que dará mais atenção aos entes queridos, deixará de consumir tantos pratos prontos e sentirá prazer em perder tempo na cozinha. Talvez sua conexão com a internet não seja das mais velozes, seu jornal só chegue após o meio-dia, tenha apenas um telefone fixo e não celular e pager. Pode ser que ele não se irrite quando alguém demorar para perceber o semáforo verde, ou quando o correio atrasar a entrega de alguma coisa.

Mas o final deveria apresentar uma outra situação, mais realista e menos piegas. Será que o tempo passado na ilha não afetou a vida de Chuck de uma maneira mais forte do que mostra o filme? Talvez ele sinta-se perdido, por não pertencer mais ao mundo em que vivia antes, e ao mesmo tempo por não querer voltar à vida na ilha. Talvez ele tenha se tornado rústico demais para a civilização, mas continue civilizado demais para a vida rústica. Com isso tudo, talvez Chuck tenha realmente se tornado no land.


Adriana Baggio
Curitiba, 25/3/2001


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Inquietações de Ana Lira de Fabio Gomes
02. 'As vantagens do pessimismo', de Roger Scruton de Celso A. Uequed Pitol
03. Ossos, mulheres e lobos de Eugenia Zerbini
04. Eleanor Catton e seus luminares de Eugenia Zerbini
05. Beijo surdo de Ana Elisa Ribeiro


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2001
01. À luz de um casamento - 18/10/2001
02. Náufrago: nem tanto ao mar, nem tanto à terra - 25/3/2001
03. O Segredo do Vovô Coelhão - 15/11/2001
04. Marmitex - 1/11/2001
05. Aqui o sol nasce primeiro - 8/11/2001


Mais Especial Oscar 2001
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
18/2/2002
01h58min
Eu gostaria de saber o que tinha na caixa conservada.
[Leia outros Comentários de Érico R. de Castro]
18/2/2002
10h14min
Érico, sinto desapontá-lo, mas sinceramente não lembro o que havia na caixa. Ele devolve a caixa para a dona, e o filme sugere que eles começam um relacionamento. Se não me engano, ela era uma espécie de artista plástica, ou algo assim. Acho que ela estava enviando uma encomenda para alguém. Sugiro que você pegue o filme em vídeo, já deve estar disponível.
[Leia outros Comentários de Adriana]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DIREITO PROCESSUAL DO TRABALHO - TOMO 1
THEREZA C NAHAS
CAMPUS
(2007)
R$ 39,00
+ frete grátis



O MECANISMO DA NATUREZA
PAUL R. EHRLICH
CAMPUS
(1993)
R$ 19,90



PENSANDO O FUTURO
STUART CRAINER, DES DEARLOVE
ARTMED
(2015)
R$ 37,00



INDOMADA - VOL. 4 - SÉRIE HOUSE OF NIGH
P. C. CAST E KRISTIN CAST
NOVO SÉCULO
(2010)
R$ 25,00



CONTEMPORARY GRAPHIC DESIGN
CHARLOTTE FIELL, PETER FIELL
TASCHEN AMERICA LLC
(2007)
R$ 70,00



PELOTE ET VICTOIRE
PAULE DU BOUCHET - ISTVAN BANYAI
HACHETTE
(1981)
R$ 50,00



A MISTICA DA AMAZONIA - BILÍNGUEINGLÊS E PORTUGUÊS
FELIPPE COCUZZA
ZAHAR
(1992)
R$ 60,00



DICIONÁRIO DO BRASILEIRO DE BOLSO - A LÍNGUA PERVERSA
TEIXEIRA COELHO
ARX
(2003)
R$ 10,00



MICHELANGELO ESCULTOR PINTOR POETA
ROBIN RICHMOND
SALAMANDRA
(1992)
R$ 14,00



BIOLOGIA - LIVRO DE ATIVIDADES - ENSINO MÉDIO - TELECURSO
JOSÉ TRIVELLATO JR.
FRM
(2008)
R$ 25,00





busca | avançada
39917 visitas/dia
1,1 milhão/mês