Marmitex | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
58188 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conversas no MAB com Sergio Vidal e Ana Paula Lopes
>>> Escola francesa de Design, Artes e Comunicação Visual inaugura campus em São Paulo
>>> TEATRO & PODCAST_'Acervo e Memória', do Célia Helena, relembra entrevista com Nydia Licia_
>>> Projeto Cultural Samba do Caxinha cria arrecadação virtual para gravação de seu primeiro EP
>>> Designer e arquiteto brasileiro, Giovanni Vannucchi participa da VIIBienal Ibero-americana de Design
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> De Kooning em retrospectiva
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Aquele apoio
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Pouca gente sabe
>>> O chilique do cabeleireiro diante da modelo
>>> Paradiso por Metheny
>>> A nova propaganda anda ruim
>>> A Erva do Diabo, de Carlos Castaneda
>>> Manual para o leitor de transporte público
Mais Recentes
>>> Vigiar e Punir: História da Violência nas Prisões de Michel Foucault pela Vozes (2004)
>>> Revistas Mamulengo n 9 11 12 de Vários pela Mec (1983)
>>> O Livro dos Chakras, da Energia e dos Corpos Sutis de Joan P. Miller pela Pensamento (2015)
>>> Casados e Felizes: Não permita que seu casamento vire uma mala sem alça de Hernandes Dias Lopes pela Hagnos (2008)
>>> Manual do Materpensene: A Síntese da Consciência de Guilherme Kunz pela Editares (2016)
>>> Manual da Conscin-Cobaia de João Paulo Costa; Dayane Rossa pela Editares (2014)
>>> Extraordinário de R J Palacio pela Intrinseca (2013)
>>> La Vie D'Anne Frank de Janny Van der Molen pela Bayard Jeunesse (2015)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> Coleção 5 Gibis - Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Panini Comics (1500)
>>> A tragédia de um povo: a Revolução Russa (1891 - 1924) de Orlando Figes pela Dom Quixote (2017)
>>> Contabilidade Geral e Avançada Esquematizadotizado de Eugenio Mototo pela Saraiva Jur (2018)
>>> Floriano Peixoto - Vida e Governo de Francolino Camêu e Arthur Vieira Peixoto pela A Noite (1925)
>>> Annaes das Guerras do Brazil com os Estados do Prata e Paraguay de Coronel J. S. Torres Homem pela Imprensa Nacional (1911)
>>> "E o sangue brasileiro correrá..." de Elvaldo de Alarcon pela Du Barry (1942)
>>> O punhal nazista no coração do Brasil de Capitão Antônio Carlos Mourão Ratton (e outros) pela Imprensa Oficial do Estado de Santa Catarina (1943)
>>> História da II Guerra Mundial 1939-1945 (6 volumes) de Edgar Mc Innis pela Globo (1958)
>>> A Canção de Ariel de Martins Fontes pela Comissão glorificadora de Martins Fontes (1938)
>>> Passagens: Estudos sobre a filosofia de Kant de Ricardo Terra pela Ufrj (2003)
>>> Vathek de William Beckford pela L&PM Pocket (2007)
>>> Natureza e ilustração: Sobre o materialismo de Diderot de Maria das Graças de Souza pela Unesp (2002)
>>> Hume et la fin de la philosophie de Yves Michaud pela Quadrige / PUF (1999)
>>> Hume: Une Philosophie Des Contradictions de Jean-Pierre Cléro pela Vrin (1998)
>>> Hume's Philosophy of Religion de J. C. A Gaskin pela MacMillan (1988)
>>> Machado de Assis: equívocos da crítica de Alfredo Jacques pela Iel (1974)
>>> Diálogos com Leuco de Cesare Pavese pela Cosac & Naify (2012)
>>> Subjetividade, Espaço E Tempo Em David Hume de Monica Loyola Stival pela Humanitas / FAPESP (2015)
>>> Biologia 1(ensino médio) biologia das células de Amabis Martho pela Moderna plus (2010)
>>> História conexões de Alexandre Alves, Letícia Fagundes pela Moderna plus (2013)
>>> Geografia conexões de Lygia Terra, Regina Araújo e Raul Borges pela Moderna plus (2012)
>>> Atividade em Feltro Foguete dos Cálculos de Claudia Maria Bertuqui Ribeiro pela Feltro (2020)
>>> Contribuição para a História da Revolução Constitucionalista de 1932 de Euclydes Figueiredo pela Livraria Martins (1954)
>>> Por São Paulo e pelo Brasil de João Neves pela Sem (1933)
>>> A Revolução Constitucionalista de Herculano C. e Silva pela Civilização Brasileira (1932)
>>> Química 1 (ensino médio) de Tito Canto pela Moderna plus (2010)
>>> Prefiero Espanol (ensino médio) 1 de Gretel Eres Fernandez pela Moderna (2010)
>>> A Columna Romão Gomes de Herbert V. Levy pela Saraiva & Cia (1933)
>>> Literatura (ensino médio) 1 de Maria Luiza M. Abaurre e Marcela Pontara pela Moderna plus (2010)
>>> Um Desconhecido de Danielle Steel pela Record (1999)
>>> Capacete de Aço de Affonso de Carvalho pela Civilização Brasileira (1933)
>>> Palmo a Palmo (a Lucta no Sector Sul) de Cap. Alves Bastos pela Sociedade Impressora Paulista (1932)
>>> Preces Atendidas de Danielle Steel pela Record (2009)
>>> Matemática (ensino médio) 1 de Manoel Paiva pela Moderna plus (2013)
>>> Agora Nós! de Paulo Duarte pela Sem (1927)
>>> Um Mundo que Mudou de Danielle Steel pela Record (1996)
COLUNAS

Quinta-feira, 1/11/2001
Marmitex
Adriana Baggio

+ de 7100 Acessos
+ 5 Comentário(s)

Não sei se as pessoas que moram sozinhas têm as mesmas experiências que eu. Apesar de saber cozinhar um pouco e até de gostar de cozinhar, às vezes fico de saco cheio com meu cardápio. Tudo é muito prático e rápido, com cara de lanche. No fim de semana, quando dá tempo, até que rola uma refeição com arroz, carne, ou alguma massa mais elaborada (lasanha entra nessa categoria), mas no dia a dia, é fast food mesmo. Não que os pratos não sejam saudáveis. Até que são. Procuro não fritar nada, só assar (exceção feita às batatinhas palito congeladas); uso peito de peru em vez de presunto; apesar de não gostar de salada, procuro pelo menos incluir um tomatinho na receita. E todo o dia como uma fruta e tomo leite ou iogurte, por causa da osteoporose. Se minha mãe soubesse das minhas precauções, acho que aprovaria. Nessas alturas vocês devem estar se perguntando porque eu não compro um monte de congelados ou não como em restaurante por quilo. Até faço isso de vez em quando, mas meu orçamento não permite que seja rotina. Outro ponto é que, em João Pessoa, o povo tem hábito e tempo de almoçar em casa. Ou seja, mesmo que eu pudesse almoçar sempre fora, seria muito deprimente fazer isso sozinha todo dia. Assim, almoço em casa, faço meu próprio rango e brinco um pouco com o Ferrugem, meu poodle, que passa muito tempo só.

Depois de jogar muita comida fora porque não dava tempo de consumir antes que estragasse, aprendi a usar aquele compartimento da geladeira chamado congelador. Congelo queijo mussarela, molho de tomate, carne ensopada, lasanha, arroz, enfim, tudo que dê para compor uma outra refeição. Fico muito orgulhosa da minha logística para não repetir pratos com freqüência. Mas às vezes chego em casa, morrendo de fome, e as opções parecem que não vão dar conta do recado. Um dia desses, a algumas quadras de casa, comecei a revistar mentalmente o congelador e vi que o cardápio disponível não ia ser viável para aquele almoço. Tinha carne ensopada, mas não tinha o arroz, e fazer arroz demora, ou seja, fora de cogitação. Quase chegando em casa, lamentando por ter que encarar um sanduíche na hora do almoço, passo por uma placa que diz: marmitex R$ 2,50. É uma padaria que também serve um bufê de comida por quilo, bem simples, julgando pela aparência. Confesso que sou meio enjoada para comida, mas estava com tanta fome e sem saco de comer pão que resolvi encarar o marmitex. Deixei a mulher completar a embalagem metálica com arroz, feijão, macarrão, "lombo?", "sim" e "salada?", "não!". Peguei a sacolinha com a marmita e fui para casa. Já tinha me animado com o cheirinho que saía do bufê. Tirei a tampa de papelão e me recusei a comer dentro do negócio de metal. Peguei um prato e tentei me servir separadamente de cada tipo de comida. Quando vi que luta seria infrutífera, peguei arroz, macarrão e feijão, tudo misturado mesmo. O lombo eu consegui separar. Coloquei meu paninho americano na mesa, liguei a tv, peguei o prato e encarei o marmitex. E se eu disser prá vocês que foi uma das melhores coisas que comi na minha vida? Que aquela mistura de arroz, macarrão e feijão estava uma delícia? Até o lombo foi uma surpresa, porque não era carne de porco, como eu pensava, e sim um pedaço de posta (depois de 10 meses aqui, ainda não domino completamente o dialeto local; quando se trata de comida, isso é um problema...). Posso confessar aqui que comi sofregamente o marmitex. Fiquei maravilhada como a gente pode tirar prazer das coisas simples da vida. E como minha mãe ficaria indignada comigo, que sempre reclamava da comida em casa.

Gostaria de ter comentado sobre isso com alguém. Difícil perceber como uma situação tão prosaica possa causar tanto impacto, mas talvez algumas pessoas entendam. Não consegui pensar em ninguém para falar ao vivo sobre a refeição (por telefone não teria graça. Imagine ligar e dizer: "Oi, hoje comi um marmitex insuperável!"). Por isso, enquanto degustava a iguaria, me ocorreu que essa experiência pudesse virar um texto. Eu tinha que me expressar! Lembrei também da nossa colunista especializada em assuntos gastronômicos, a Vera Moreira. Ela escreve maravilhosamente bem sobre todos os assuntos, mas especialmente quando se trata de comida, sempre leio os textos com água na boca. Talvez ela fique horrorizada por causa da mistura de arroz e macarrão e feijão, mas tenho que te dizer, Vera, estava bom demais!

A experiência a que me refiro na primeira frase do texto é essa: sentir prazer com alguma coisa que você já desdenhou, ou que nunca deu uma atenção mais detalhada. Acredito que a comida em si foi bem feita, bem temperada, no estilo "caseiro" que esses restaurantes gostam de divulgar. Mas também sei que pude curtir tanto um prato tão simples porque meu cardápio tem passado longe dessas coisas prosaicas, saborosas e impossíveis como ter quatro tipos de comida em uma mesma refeição. Já faz uma semana que comi o meu primeiro marmitex, e ainda não repeti a dose. Tenho me mantido com o menu tradicional de pratos rápidos e o suprimento do congelador. Estou guardando e aguardando saborosamente o momento de repetir o marmitex da padaria da esquina, e ter de novo o regozijo de degustar uma mistura de arroz, feijão e macarrão.


Adriana Baggio
Curitiba, 1/11/2001


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2001
01. À luz de um casamento - 18/10/2001
02. O Segredo do Vovô Coelhão - 15/11/2001
03. Náufrago: nem tanto ao mar, nem tanto à terra - 25/3/2001
04. Marmitex - 1/11/2001
05. Aqui o sol nasce primeiro - 8/11/2001


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
6/11/2001
08h13min
Apesar de odiar comer em marmitas, confesso que de tão saborosa estava esta comida que prometir a mim mesma que irei provar o sabor de comer em uma marmitex, quem sabe não mudarei de ideia e ao invés de almoçar em restaurantes a quilo optarei por uma marmita?
[Leia outros Comentários de Teresa A. Nolasco]
6/11/2001
12h57min
Teresa Que bom que o texto conseguiu passar o sabor que eu senti. Talvez outras pessoas não sintam, mas tudo depende do estado gastronômico de cada um! Espero que a sua seja tão saborosa quanto a minha.
[Leia outros Comentários de Adriana Baggio]
6/11/2001
19h11min
Bem interessante, mas me deu uma fome... imagina que eu estava aqui na faculdade, entre uma aula e outra, e de repente abri meu E-mail e dei de cara com esse papo gastronômico, no começo achei estranho, mas depois me identifiquei, pois também morei algum tempo na Paraíba e,com certeza passei por isso. Valeu relembrar!
[Leia outros Comentários de Andréa F. Leite]
7/11/2001
00h56min
moito interesante mais eu ja comi bastante marmitex,ou marmita mesmo,ao longo da minha vida,e jamais deixarei de comer,mais um pratinho com saladas fresca e u m bom bife acebolado...
[Leia outros Comentários de oseas b. ribeiro]
7/11/2001
13h44min
Olá Andréa e Oseas Em primeiro lugar, obrigada pelos comentários! E bem vindos ao clube dos apreciadores de marmitas!
[Leia outros Comentários de Adriana Baggio]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O PATINHO FEIO VAI TRABALHAR - A SABEDORIA DOS CLÁSSICOS DE H. C.
METTE NORGAARD
DVS
(2007)
R$ 14,00



HANNIBAL
THOMAS HARRIS
RECORD
(1999)
R$ 23,00



SOCORRO! MINHA FAMÍLIA É DE ENLOUQUECER
KATHRYN LAMB
ARX JOVEM
(2005)
R$ 8,68



OFFICIUM ET CANTUS IN PROCESSIONE DOM PALMARUM IN TRIDUO
ANÔNIMO
NÃO DEFINIDA
(1830)
R$ 500,00



DIREITO DAS SUCESSÕES
REGINA GHIARONI (COORDENADORA GERAL)
FREITAS BASTOS
(2004)
R$ 14,28



OS FILHOS DA LUA
THEODORA LAU
PENSAMENTO
(2005)
R$ 11,99



DREAMANTINA
IVO PEREIRA
PRODUÇÃO INDEPENDENTE
(2014)
R$ 24,02



DARTANA
ANDRÉ VIANCO
ROCCO
(2016)
R$ 32,00



POEMAS E BUMBA-MEU-POETA
MURILO MENDES
NOVA FRONTEIRA
(1988)
R$ 8,90



ALVES & CIA
EÇA DE QUEIRÓS
LELLO & IRMÃO
(1952)
R$ 6,90





busca | avançada
58188 visitas/dia
2,0 milhões/mês