O Segredo do Vovô Coelhão | Adriana Baggio | Digestivo Cultural

busca | avançada
38130 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Brasil não é a Seleção Brasileira
>>> Para tudo existe uma palavra
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> O Presidente Negro, de Monteiro Lobato
>>> Roçando a poesia de Alberto Beuttenmüller
>>> A Euforia Perpétua, de Pascal Bruckner
>>> A Euforia Perpétua, de Pascal Bruckner
>>> As ligações perigosas
>>> Apresentação
>>> Micro-Twitter-Blogging
Mais Recentes
>>> As Chaves do Reino, Vol. 2 - O Horrível Terça-Feira de Garth Nix pela Fundamento (2009)
>>> As Chaves do Reino, Vol. 01 - Sr. Segunda-Feira de Garth Nix pela Fundamento (2008)
>>> Hipnose - Descubra o poder da sua mente de Pyong Lee pela Outro Planeta (2018)
>>> A Chave para Rondo de Emily Rodda pela Fundamento (2010)
>>> As Crônicas das Irmãs Bruxas, Vol. 01 - Enfeitiçadas de Jessica Spotswood pela Arqueiro (2014)
>>> Trilogia Fronteiras do Universo, Vol. 01 - A Bússola de Ouro de Philip Pullman pela Objetiva (1995)
>>> Trilogia Fronteiras do Universo, Vol. 02 - A Faca Sutil de Philip Pullman pela Objetiva (1997)
>>> Assassins Creed, Vol. 05 - Renegado de Oliver Bowden pela Galera Record (2012)
>>> Os Heróis do Olimpo, Vol. 05 - O Sangue do Olimpo de Rick Riordan pela Intrínseca (2014)
>>> Sonho Febril de George R. R. Martin pela Leya (2019)
>>> Juízo Final: Odisseia dos Deuses de Horst Schadeck pela Chiado (2018)
>>> The Mystery of the Missing Antimatter de Helen R. Quinn pela Princeton University Press (2007)
>>> São José da Terra Firme de Gilberto Gerlach e Osni Machado pela Cultura Turismo São José (2004)
>>> Geometry - the Easy Way de Lawrence S. Leff pela Barrons (1997)
>>> A Solução Anabólica para Fisiculturistas de Dr. Mauro Di Pasquale pela Phorte (2006)
>>> Fallen, Vol. 3.5 - Apaixonados, Histórias de amor de Fallen de Lauren Kate pela Galera Record (2012)
>>> The Black Atlantic de Paul Gilroy pela Verso (1993)
>>> Fallen, Vol 03 - Paixão de Lauren Kate pela Galera Record (2016)
>>> Nos Céus de Paris - O romance da Vida de Santos Dumont de Alcy Cheuiche pela LPM Pocket (2001)
>>> Perda de uma Chance e Responsabilidade Civil dos Profissionais de Lisiane Lazzari Pietroski pela Conceito (2013)
>>> Acampamento Shadow Falls, Vol. 1 - Nascida à Meia-Noite de C.C. Hunter pela Jangada (2011)
>>> Comentários à Lei 11. 419/06 e as Práticas Processuais por Meio de Alexandre Atheniense pela Juruá (2010)
>>> Fallen, Vol. 04 - Êxtase de Lauren Kate pela Galera Record (2012)
>>> Administrando para Obter Resultados de Peter Drucker pela Thomson Pioneira (1998)
>>> Fallen, Vol. 01 de Lauren Kate pela Galera Record (2010)
>>> Clínica e Política: Subjetividade e Violão dos Direitos Humanos de Cristina Rauter / Eduardo Passos pela : Ifb Te Corá (2002)
>>> Príncipe Cativo, Vol. 01 - O Escravo de C.S. Pacat pela Vergara e Riba (2019)
>>> Peinture Sur Porcelaine, Techniques Pour Tous de Colette Lamarque Texte et Creations pela Fleurus (1984)
>>> Brida de Paulo Coelho pela Sextante (2013)
>>> Escribir para Television - Cómo Elaborar Guiones Y.... de Madeline Dimaggio pela Paidos (1992)
>>> Adivinhe Quem Sou de Megan Maxwell pela Essência (2014)
>>> Introdução Crítica ao Ato Infracional de Alexandre Moraes da Rosa pela Lumenjuris (2007)
>>> Ensaio Sobre a Natureza do Comercio Em Geral - 1755 - 3 Vol. de Richard Cantillon pela Segesta (2002)
>>> Fallen, Vol 02 - Tormenta de Lauren Kate pela Galera Record (2011)
>>> Beginning Albegra - Fifth Edition de John Tobey pela Prentice Hall (2002)
>>> O Orfanato da Srta. Peregrine Para Crianças Peculiares de Ransom Riggs pela Leya (2015)
>>> Log Horizon - Volume 1 de Mamare Touno pela NewPop (2016)
>>> Quel Avenir Pour les Ruraux de Paul Houee pela Ouvrières (1974)
>>> Jurisdição do Real x Controle Penal Direito & Psicanálise de Alexandre Morais da Rosa pela Digital (2011)
>>> Os Diários do Semideus (Os Heróis do Olimpo) de Rick Riordan pela Intrínseca (2013)
>>> Os Arquivos do Semideus (Percy Jackson & os Olimpianos) de Rick Riordan pela Intrínseca (2010)
>>> Estatuto da Criança e do Adolescente Comentado de Josiane Rose/lusiano Rosato/paulo pela Conceito (2011)
>>> Quando os mortos pedem justiça de Elói Gonçalves de Azevedo pela Lunardelli (2001)
>>> Preacher - Nº. 18 a 23 e do 25 ao 42 - 25 Volumes de Garth Ennis & Steve Dillon pela Vertigo/dc. Comics (2003)
>>> De Problemate Realitatis de Julius Girardi pela Augustae Taurinorum (1957)
>>> Percy Jackson e os Olimpianos, Vol. 05 - O Último Olimpiano de Rick Riordan pela Intrínseca (2010)
>>> El Despertar del Buda Interior de Lama Surya Das pela Luz de Oriente (1997)
>>> El Vizconde de Bragelonne - Tomo II de Alejandro Dumas pela Editorial Porruá S. A. (1992)
>>> Percy Jackson e os Olimpianos, Vol. 04 - A Batalha do Labirinto de Rick Riordan pela Intrínseca (2010)
>>> Percy Jackson e os Olimpianos, Vol. 03 - A Maldição do Titã de Rick Riordan pela Intrínseca (2009)
COLUNAS >>> Especial Literatura

Quinta-feira, 15/11/2001
O Segredo do Vovô Coelhão
Adriana Baggio

+ de 7000 Acessos
+ 5 Comentário(s)



Os livros sempre foram meus grandes companheiros. Já deixei de lado muitos programas que outras pessoas considerariam imperdíveis por não poder largar um livro. Parece caixa de chocolate, a gente não sossega enquanto não termina. Alguns livros devorei de forma tão sôfrega, desenfreada, que acabo não lembrando mais deles, nem do título, nem dos detalhes da história. É por isso que fica difícil escolher o livro que mais gostei em toda minha vida. O que eu sei com certeza é da importância que a leitura teve na minha formação. É lugar comum falar que as pessoas ficam melhores à medida que lêem mais. No entanto, se essa óbvia teoria fosse assim tão recorrente na prática, o brasileiro seria um povo com melhores condições de vida, de trabalho,etc.

Se hoje sou essa leitora voraz, com certeza é por culpa da minha mãe. Uma das lembranças mais agradáveis da minha infância é eu e meu irmão na cama dos meus pais, um de cada lado da minha mãe. Ela comprava para a gente uns livrinhos da Coleção Beija Flor, publicados pela Editora Abril. Os livrinhos eram quadrados, de capa dura, com a lombada dourada cheia de beija-florezinhos estampados. Alguns títulos eram de contos de fadas clássicos, como A Bela Adormecida, e outros eram pura novidade para nós. Não sei se ela comprava em livrarias ou se era uma coleção como essas que hoje se vende em bancas de jornal, e a gente compra um exemplar a cada semana ou 15 dias. No interior da capa dura havia um espaço para colocar o nome do proprietário do livrinho. Todos os livros iam com o nosso nome, meu e do meu irmão, mas a cada vez o nome de um de nós ia por primeiro. Lógico que muitas brigas aconteceram para decidir quem ia por primeiro, quando a gente esquecia a ordem do negócio. O ritual era o seguinte: minha mãe pegava o livrinho, abria, e escrevia o nome dos "proprietários". Depois, lia as histórias para nós. Não sei se eu já sabia ler, mas de qualquer maneira, era ela que lia. Muitos, muitos anos depois, folheando esses livrinhos, ao ver as figuras, consigo sentir as mesmas sensações que tive na época. As coisas que me impressionaram, as figuras que mais me encantaram, as viagens que minha imaginação fazia com base naquelas histórias e naqueles desenhos.

Continuei lendo sempre, os livros infantis para crianças maiores, depois os livros da escola. Quando todo mundo odiava ler, eu adorava. Ah, que bom se todas as provas se baseassem em livros! Como minha casa sempre foi cheia deles, às vezes caiam em minhas mãos coisas que eu não deveria ler. Li escondido "Christiane F.", dei uma folheada em um livro sobre Olga Prestes, enfim, li coisas que não eram muito adequadas para minha idade. Mas essa história de adequação era muito relativa. Apesar de sempre ter conversado com minha mãe sobre sexo, muitas coisas as mães não contam prá gente, ou falam de uma outra maneira muito técnica. Assim, minha formação teórica sexual foi completada lendo escondido páginas e páginas de Harold Robbins, e uma vez, consegui ler um Sidney Sheldon inteiro sem minha mãe ficar sabendo. Essas "leituras" dão uma sabedoria emprestada, que a gente não tem, mas que soa muito convincente para quem não sabe a origem do conhecimento. É como ler "Paris é uma festa", de Hemingway. Se você começar a falar sobre Paris com base no que ele escreveu, parece que você esteve lá pessoalmente.

Mais tarde, na faculdade, tive a sorte de poder contar com um professor maravilhoso: Cristóvão Tezza. Além de ser maravilhoso como escritor, também era como professor. No primeiro dia de aula ele passou para a turma uma lista com 50 (ou 100, não lembro...) livros que achava que devíamos conhecer. Estavam nessa lista John Fante, Bukowsky, Huxley, Orwell, Salinger, enfim, coisas que todo mundo deveria ler. Foi um guia e tanto. Seria maravilhoso se todos os alunos tivessem essa oportunidade. Porque não basta gostar de ler, é preciso ter acesso a coisas boas, sempre é necessário uma pré-seleção. Senão, a gente acaba lendo muita besteira. Também nada contra as besteiras literárias, pelo menos quanto às divertidas. Mas é bom haver um equilíbrio.

Hoje as livrarias me proporcionam um misto de prazer e ansiedade. Prazer pela enorme quantidade de livros, ansiedade por ter que escolher apenas um ou (poucos) alguns para levar de cada vez. Além do dinheiro, há que se levar em conta o tempo. Por mais que eu adore mergulhar em um livro, sinto-me obrigada a pensar nas outras atividades também. Caso contrário, acho que seria como dependência química: a pessoa começa a deixar de lado o trabalho, estudo, amizades, para ficar enfurnada em um livro. A conseqüência é que acabo lendo várias coisas de uma só vez. Romance como lazer e dois ou três livros técnicos por necessidade de trabalho ou estudo.

Falei, falei, mas ainda não escolhi meu livro preferido. Já que pretendo ser coerente com o tema deste especial do Digestivo, vou tomar minha decisão. Usando tudo isso que escrevi acima como justificativa, posso dizer que o livro que mais me marcou foi um daqueles da minha infância. Antes dos clássicos, antes das bobagens best-sellerianas e pervertidas de Harold Robbins. Aqueles livrinhos que minha mãe me deu e leu para mim foram responsáveis por todas as coisas que li depois, as boas e as ruins. E dentre todas as lombadinhas douradas da Coleção Beija Flor que ainda guardo com orgulho na minha estante, escolho um daqueles que mais me traz lembranças. A capa vermelha mostra um coelho fumando seu charuto e apoiado em uma bengala. À sua volta, três coelhinhos segurando tinta e pincéis. O título é "O Segredo do Vovô Coelhão". Uma história que fala com simplicidade e beleza da morte. Hoje eu sei disso. Mas na época não sabia. Vovô Coelhão ensinou seus filhos e netos a pintar as cores do verão, do outono, do inverno e da primavera. Um dia Vovô Coelhão vai embora, mas diz às crianças que voltará, e que elas devem guardar segredo. Enquanto os coelhos adultos se perguntam onde está o Vovô, as crianças apenas sorriem. Um dia, depois de uma tempestade, todos saem de suas tocas e o segredo é revelado: Vovô Coelhão voltou na forma de um céu com as cores mais lindas, como nunca se tinha visto antes. Não tenho como expressar o que sinto, o que lembro, quando vejo as gravuras desse livrinho. Parece que ele é como o Vovô Coelhão: sua época já passou, mas ele deixou meu céu muito mais colorido desde então.


Adriana Baggio
Curitiba, 15/11/2001


Mais Adriana Baggio
Mais Acessadas de Adriana Baggio em 2001
01. À luz de um casamento - 18/10/2001
02. O Segredo do Vovô Coelhão - 15/11/2001
03. Náufrago: nem tanto ao mar, nem tanto à terra - 25/3/2001
04. Marmitex - 1/11/2001
05. Aqui o sol nasce primeiro - 8/11/2001


Mais Especial Literatura
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
15/11/2001
16h58min
Que alívio senti ao ler a sua coluna: então existem realmente outras pessoas "devoradoras" de livros! A leitura é um prazer sim, como comer uma caixa de bombons, e eu sinto pena das pessoas que não cultivaram esse prazer desde a infância, com tantas coleções lindas - a minha era diferente da sua, talvez de outra editora! Outro dia minha mãe me pediu pra separar uns livros infantis para doação e, por mais que eu queira incentivar outras crianças a ler, não pude me desfazer de alguns títulos! Reli um ou outro, tentando resgatar as emoções que eu senti na primeira leitura... é mesmo mágico, um livro pode te transportar pra outro mundo!
[Leia outros Comentários de Dany Grag]
20/11/2001
12h09min
Adriana, São muitos, mas deveriam ser mais ainda, os viciados em leitura como você e, claro, eu mesma. Mas os viciados em leitura, ao contrário dos demais,têm o maior orgulho quando percebem que conseguiram passar seu vício para os filhos. Outro dia, observei uma cena em casa, que me deixou emocionada: Meu filho, agora com 13 anos, estava deitado no sofá, com a irmãzinha de 3 anos, lendo uma histórinha, que eu costumava ler para ele, quando tinha esta idade. Ele lia e dava a mesma entonação que eu costumava dar, parava nos mesmos pontos e dava as mesmas explicações. Ele, agora estava me ajudando a transmitir nossa "herança" para ela. Fiquei tão feliz, tão orgulhosa, como acho que sua mãe ficaria ao ler este seu texto. Abraços, Ana.
[Leia outros Comentários de Ana Veras]
27/3/2002
10h39min
Cara Adriana Você não imagina como me emocionei com suas palavras, citando os preciosos livrinhos da coleção beija-flor ( (Tiquinho rolando na grama, O segredo do Vovô Coelhão, aquele outro que tinha: O tempo perguntou pro tempo...). Mas coincidentemente o que mais me marcou foi esse do Vovô Coelhão, onde as ilustrações faziam-me viajar para dentro daquele maravilhoso mundo. Eu sinto o cheiro dessa Época... Por incrível que pareça, também colocávamos o nome na contracapa onde havia um trenzinho com muitos personagens. Mas os livrinhos eram divididos alguns meus, alguns do meu irmão. Meu grande pesar é por não possuir mais nenhum desses TESOUROS... Adriana muito obrigado por me fazer lembrar desse tempo tão MÁGICO !!!!
[Leia outros Comentários de Ivan Spacek]
27/3/2002
11h05min
Caro Ivan Felizmente eu ainda tenho alguns livros. Dividi com meu irmão, para ele guardar alguns também. Cada vez que abro um deles, sinto tudo de novo, sensações de mais de 20 anos atrás. É emocionante mesmo! Se um dia tiver filhos, quero ler para eles as mesmas histórias que minha mãe leu para mim!
[Leia outros Comentários de Adriana]
27/3/2002
11h22min
Você pode citar-me os títulos (autor e ilustrador) que possui? São para eu poder pesquisar, já que seu artigo despertou uma criança que estava um pouco calada dentro de meu peito. Agradeço demais a minha mãe por nos incentivar o hábito saudável da leitura desde cedo, primeiramente com a "Coleção Beija Flor", depois lendo em sua cama os livros de Monteiro Lobato, (momento que aguardava-mos ansiosos todas as noites), posteriormente nos presenteando em datas sazonais com livros, como a coleção "Cachorrinho Samba", outros do Ziraldo e da Ruth Rocha... Como é maravilhoso ler !!! Tem coisa melhor do que cheiro de livro novo ???
[Leia outros Comentários de Ivan]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PRONTUÁRIO DE REDAÇÃO OFICIAL. 11A
JOÃO LUIZ NEY
NOVA FRONTEIRA
(1976)
R$ 5,58



DOS ESCOMBROS DE PAGU - UM RECORTE BIOGRÁFICO DE PATRÍCIA GALVÃO
TEREZA FREIRE
SENAC - SP
(2008)
R$ 20,00



POESIA SEMPRE (ANO 10 - NÚMERO 16 - OUTUBRO 2002)
VÁRIOS AUTORES
FUNDAÇÃO BIBLIOTECA NACIONAL
(2002)
R$ 15,00



LIVRO INFANTIL?
GUTO LINS
ROSARI
(2002)
R$ 25,00



O DIREITO PASSADO A LIMPO
SÉRGIO SANTOS RODRIGUES
PERGAMUM
(2012)
R$ 19,90



VIAGEM FANTÁSTICA II: RUMO AO CÉREBRO
ISAAC ASIMOV

R$ 10,00



GENERATION TO GENERATION: LIFE CYCLES OF THE FAMILY BUSINESS
KELIN E. GERSICK; JOHN A. DAVIS; MARION
HARVARD BUSINESS REVIEW PRESS
(1997)
R$ 30,00



ANÁLISE DO EMPREGO E A RENDA NACIONAL
ARNOLD COLLERY
PIONEIRA
(1975)
R$ 14,00



HISTÓRIA SINCERA DA REPÚBLICA VOL. 1 - DAS ORIGENS A 1889
LEÔNCIO BASBAUM
ALFA-OMEGA
(1976)
R$ 14,00



CAÇADA IMPLACÁVEL
DAVID OSBORN
RECORD
(1974)
R$ 14,00
+ frete grátis





busca | avançada
38130 visitas/dia
1,3 milhão/mês