E Éramos Todos Thunderbirds | Rennata Airoldi | Digestivo Cultural

busca | avançada
27633 visitas/dia
955 mil/mês
Mais Recentes
>>> MANU LAFER APRESENTA SHOW NOBODY BUT YOU - TRIBUTO A KIKA SAMPAIO
>>> Sesc Belenzinho recebe a banda E a Terra Nunca me Pareceu Tão Distante
>>> Sesc Belenzinho recebe a atriz e cantora Zezé Motta
>>> Psicólogo lança livro de preparação para concurseiros usando a Terapia Cognitiva-Comportamental
>>> O Sertão na Canção: Guimarães Rosa
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> K 466
>>> 2 leituras despretensiosas de 2 livros possíveis
>>> Minimundos, exposição de Ronald Polito
>>> Famílias terríveis - um texto talvez indigesto
>>> O Carnaval que passava embaixo da minha janela
>>> A menos-valia na poesia de André Luiz Pinto
>>> Lançamentos de literatura fantástica (1)
>>> Cidadão Samba: Sílvio Pereira da Silva
>>> No palco da vida, o feitiço do escritor
Colunistas
Últimos Posts
>>> Weezer & Tears for Fears
>>> Gryphus Editora
>>> Por que ler poesia?
>>> O Livro e o Mercado Editorial
>>> Mon coeur s'ouvre à ta voix
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
Últimos Posts
>>> Kleber Mendonça volta a Cannes com 'Bacurau'
>>> Nem só de ilusão vive o Cinema
>>> As Expectativas de um Recrutador e um Desempregado
>>> A Independência Angolana além de Pepetela
>>> Porque dizer adeus?
>>> Direções da véspera IV
>>> Direções da véspera IV
>>> A pílula da felicidade
>>> Dispendioso
>>> O mês do Cinemão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A pintura intempestiva de Egas Francisco
>>> 1998 ― 2008: Dez anos de charges
>>> 1998 ― 2008: Dez anos de charges
>>> 1998 ― 2008: Dez anos de charges
>>> A cidade e as serras
>>> A cidade e as serras
>>> Uma livrada na cara
>>> A diva intelectual
>>> Papo com Alessandro Martins
>>> Quem sou eu?
Mais Recentes
>>> A menina que brincava com fogo - millenium 2 de Stieg Larsson pela Companhia das Letras (2013)
>>> A História da Matemática - Desde a criação das pirâmides até a exploração do infinito de Anne Rooney pela M. Brooks (2012)
>>> La Religión de Jesús - Comentário al Evangelio diario de José Maria Castillo pela Desclée De Brouwer (2015)
>>> 25 Livres clés de la Philosophie - Analyses et commentaires de Remi Hess pela Marabout (1995)
>>> Paulo, O Apóstolo dos Gentios de Rinaldo Fabri pela Paulinas (2001)
>>> Fique por dentro da genética de Martin Brookes pela Cosac & Naify (2001)
>>> Psicoterapia Aberta: Formas do Encontro de Wilson Castello de Almeida pela Ágora (1988)
>>> A Contorcionista Mongol de Roberto Muggiati (autografado) pela Record (2000)
>>> O Marido Perfeito Mora ao Lado de Felipe Pena pela Record (2010)
>>> O Ciclista da Madrugada de Arnaldo Block pela Record (2009)
>>> Cristal Polonês de Leticia Wierzchowski pela Record (2003)
>>> Sal de Leticia Wierzchowski pela Intrinseca (2013)
>>> A Máquina de Xadrez de Robert Löhr pela Record (2007)
>>> Caça às Bruxas Macartismo: uma Tragédia Americana de Argemiro Ferreira pela L&pm (1989)
>>> Curso De Direito Penal - Parte Especial - Vol. 2 de Fernando Capez pela Saraiva (2013)
>>> Coleção Oab Nacional - Direito Penal de Luiz Antônio de Souza pela Saraiva (2014)
>>> A casa de Hades - Percy Jackson de Rick Riordan pela Intrinseca (2013)
>>> Leituras Indispensáveis 1 de Aziz Ab'Sáber pela Ateliê (2008)
>>> O Tango da Velha Guarda de Arturo Pérez-reverte pela Record (2013)
>>> O Decimo Inferno e Luna Caliente de Mempo Giardinelli pela Record (2003)
>>> Nefrologia de M. Legrain et Al. pela Masson (1983)
>>> Paraíso de Tatiana Salém Levy pela Foz (2014)
>>> A Chave da casa de Tatiana Salém Levy pela Record (2007)
>>> Margarida La Rocque: a Ilha dos Demônios de Dinah Silveira de Queiroz pela Record (1991)
>>> Três famílias: identidades e trajetórias transgeracionais nas classes populares de Luiz Fernando Dias Duarte e Edlaine de Campos Gomes pela FGV (2008)
>>> Crítica da Divisão do Trabalho de André Gorz pela Martins Fontes (2001)
>>> O Mais Belo País é o Teu Sonho de Flávio Moreira da Costa (autografado) pela Record (1995)
>>> O sociologo e o historiador de Pierre Bourdieu e Roger Chartier pela Autentica (2011)
>>> Em defesa da sociologia de Anthony Giddens pela Unesp (2001)
>>> Irmã Morte de Justo Navarro pela Record (2011)
>>> Caos Total de Jean-claude Izzo pela Record (2002)
>>> Medicina Sexualidade e Natalidade de Henrique Augusto Lima (autografado) pela Byk (1999)
>>> Crônicas inéditas 2 de Manuel Bandeira pela Cosac Naify
>>> Adivinhadores de água de Eduardo Escorel pela Cosac Naify (2005)
>>> Flávio de Carvalho: Espaços da Arte Brasileira de Luiz Camillo Osorio pela Cosac Naify (2009)
>>> Cultura e materialismo de Raymond Williams pela Unesp (2011)
>>> O Eixo do Mal Latino-Americano e a Nova Ordem Mundial de Heitor de Paola pela Observatório Latino (2016)
>>> Marca, Imagem e Reputação: a Trajetória de Sucesso de Pessoas e Empresas de Fernanda de Carvalho e Francisco Britto e Richard House pela Da Boa Prosa (2012)
>>> Clarice, uma Biografia de Benjamin Moser pela Cosac Naify (2015)
>>> Um Barril de Risadas, um Vale de Lágrimas de Jules Feiffer pela Cia das Letras (2008)
>>> Inelegibilidades no Direito Brasileiro de Joel J. Cândido pela Edipro (2003)
>>> Recursos em matéria eleitoral de Tito Costa pela Revista dos Tribunais (2004)
>>> Direito Eleitoral & Questões Controvertidas de Antônio Carlos Martins Soares pela Lumen Juris (2008)
>>> Langage et pouvoir symbolique de Pierre Bourdieu pela Editions Fayard (2001)
>>> Les Règles de l'art de Pierre Bourdieu pela Editions du Seuil (1998)
>>> Princípios Estruturantes das Agências Reguladoras e os Mecanismos de Controle de Alexandra da Silva Amaral pela Lumen Juris (2008)
>>> Homo Academicus de Pierre Bourdieu pela Les Editions de Minuit (2005)
>>> A criança e a mídia: imagem, educação, participação de Cecilia Von Feilitzen; Ulla Carlsson pela Cortez (2002)
>>> Circulação internacional e formação intelectual das elites brasileiras de Ana Maria Almeida; Letícia Canêdo, Afrânio Garcia; Agueda Bittencourt pela Unicamp (2019)
>>> Crimes eleitorais de Suzana de Camargo Gomes pela Revista dos Tribunais (2008)
COLUNAS

Quarta-feira, 1/5/2002
E Éramos Todos Thunderbirds
Rennata Airoldi

+ de 2400 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Em Arte, não há regras. Não há certo ou errado. Há maneiras e maneiras de comunicar algo e de se fazer entender. Falando especificamente sobre teatro e sobre o fazer teatral, é preciso que o espectador compreenda o universo abordado pela peça e as críticas que a compõe para que haja reflexão e para que a transformação em cada um - enfim, a catarse, seja através do riso, das lágrimas, da raiva, de qualquer sensação e ou emoção. Para tanto, acredito que não é preciso buscar assuntos e textos em universos e tempos distantes, mas sim no "aqui e agora". As coisas que estão ao nosso alcance e que fazem parte do nosso universo são raramente abordadas com propriedade. Às vezes, é muito mais difícil lidar com o concreto, com os problemas atuais, de maneira clara e explícita, do que com os "males" que perseguem a humanidade no decorrer das eras.

Há em São Paulo um grupo de teatro que sobrevive há vinte anos falando do "aqui e agora" de maneira formidável, atual e aparentemente descompromissada. Na verdade, a maneira descontraída do "Grupo Cemitério de Automóveis" falar das coisas é uma grande virtude. É também uma vitória ver um grupo de teatro que consegue produzir os próprios espetáculos há vinte anos! E o pior é que não são um ou dois espetáculos por ano; às vezes, são vários ao mesmo tempo.

Foi o que aconteceu em 2000, no Centro Cultural São Paulo, onde se realizou a "Mostra Cemitério de Automóveis", com catorze espetáculos, dos quais treze eram textos do diretor e fundador do grupo, Mário Bortolotto. Isso é o que eu chamo de ato de coragem! Desde então, me apaixonei pelos textos e por essa maneira aparentemente "fácil" que o grupo e sua linguagem estão presentes nos espetáculos. Peças que vão do escracho total, do irreverente, até a emoção tocante como "Nossa vida não vale um Chevrolet" - que rendeu, a Mário Bortolotto, o Prêmio Shell de Melhor autor. Tendo recebido, nesse mesmo ano, também o prêmio APCA de Melhor autor pelo Conjunto da Obra, em decorrência da mostra que reuniu mais de cinqüenta profissionais com um mesmo objetivo: dar vida a todo esse legado! Assim, passei a ficar mais atenta à trajetória desses sobreviventes da arte. Sou, declaradamente, cada vez mais fã desse autor. Digo isso com muito respeito a todos os profissionais envolvidos no grupo, que não "esperam acontecer", simplesmente "fazem"; fazem sempre e muito. Mesmo com todas as dificuldades que é a produção teatral em nosso País.

"E Éramos Todos Thunderbirds" é o último espetáculo desta companhia. Trata de nós mesmos, da MTV, das mudanças de valores de nossa juventude, das coisas boas que gostamos de lembrar, dos sonhos que não conquistamos, de gerações que não lutaram contra a ditadura, não estiveram numa guerra, mas que viram clipes de rock na MTV. Do saudosismo de uma época inocente de nossas vidas. Parece pouco, parece simples e até fácil. Não é, já que o grupo fala de tudo isso de uma forma excepcional. A peça é um retrato exato de uma geração, apontando criticamente "o hoje" e "o que está por vir". (Não pensem - os refratários a qualquer tipo de discurso intelectualizado - que esse "criticamente" é uma forma chata e moralista; muito pelo contrário.) Qualquer um que tenha mais que catorze anos, e que nunca se encantou com um espetáculo teatral, ficaria enlouquecido, no bom sentido, ao assistir a essa peça.

Com uma linguagem ágil, poucos aparatos tecnológicos, muita criatividade e - acima de tudo - uma unidade cênica extraordinária (que está desde o filme exibido no saguão do teatro até a saída cênica dos atores ao término do espetáculo), somos todos envolvidos, sem perceber, pela sua maneira original de fazer teatro. Os atores, com destaque para Fernanda D'Umbra de Lima (também produtora do espetáculo) e para o próprio Mário (que é ator também), têm uma maneira totalmente natural de lidar com o texto, lembrando o mais puro improviso e não algo pré- estabelecido (um texto, por exemplo). É como se as coisas acontecessem no aqui e agora; como se as idéias surgissem e os comentários decorrentes delas pulassem da boca dos atores. (Deu para entender a metáfora?) Quem ganha com isso é o espectador, que mal vê o tempo passar e fica com o gostinho de quero mais na boca...

A "tristeza" dessa história, contudo, é a mesma de outros carnavais... a falta de público (!). Muitos amigos, muitos convidados, muitos conhecidos... (De novo, volto a falar das mesmas coisas nesta coluna.) É preciso espaço para os grupos, é preciso incentivo, divulgação, apoios... Tenho certeza de que 99,9% dos jovens dessa cidade adoraria assistir a um espetáculo como este. Não que seja uma peça juvenil, muito pelo contrário, mas é que a linguagem desenvolvida por esse grupo é muito atual, e isso facilita a compreensão dos que não são freqüentadores de peças teatrais; permitindo, inclusive, que sejam cativados e que passem a ver o teatro como algo agradável, e não chato e incompreensível.

Mas não se aflijam! (Atenção todos os leitores, ainda há tempo de assistir a esse espetáculo que fica em cartaz até dia 5 de maio.) Um recado aos produtores teatrais, empresários, donos de teatros e espaços culturais, que por ventura venham a ler esta coluna: o grupo pretende fazer uma mostra com 20 espetáculos no próximo semestre. Para tanto, é preciso ajuda, incentivo, etc. Eles precisam basicamente de um espaço para se estabelecer, para ensaiar, montar as peças. Com certeza a segunda mostra fará tanto ou mais sucesso que a primeira. (Assim, aos meus leitores fica a dica: confiram "E Éramos todos Thunderbirds". Fiquem de olho na mostra que está por vir...) Aos que puderem contribuir com estrutura ou apoio ao grupo, não se omitam, entrem em contato com eles, conheçam o trabalho de vinte anos do "Grupo Cemitério de Automóveis".

Para ir além

"E Éramos Todos Thunderbirds"
Até dia 5 de maio de 2002
Teatro Cultura Inglesa, Vila Mariana (próximo ao metrô)
R. Madre Cabrini, 413 - Tel. 30390553
Sextas e Sábados às 21h - Domingo às 19h.

Grupo Cemitério de Automóveis


Rennata Airoldi
São Paulo, 1/5/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Minimundos, exposição de Ronald Polito de Jardel Dias Cavalcanti
02. Nos escuros dos caminhos noturnos de Elisa Andrade Buzzo
03. As Lavadeiras, duas pinturas de Elias Layon de Jardel Dias Cavalcanti
04. T.É.D.I.O. (com um T bem grande pra você) de Renato Alessandro dos Santos
05. As palmeiras da Politécnica de Elisa Andrade Buzzo


Mais Rennata Airoldi
Mais Acessadas de Rennata Airoldi em 2002
01. Cartas que mudaram a História! - 10/4/2002
02. Do primeiro dia ao dia D - 13/3/2002
03. Enfim: Mário Bortolotto! - 25/9/2002
04. A Nova Hora, A Hora da Estrela! - 6/3/2002
05. Uma conversa com Reinaldo Moraes - 18/9/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
26/5/2002
02h29min
Sem dúvida, você escreve muito bem e conseguiu dar um retrato perfeito não só da peça do Mario (que eu já tinha visto) com todas as tintas e particularidades das produções do Cemitério de Automóveis, como também aproveitou para colocar bem a questão da divulgação das peças "off broadway" brasileiras, que a "grande" mídia adora ignorar. Sua crítica vai ser adicionada aos meus sites favoritos. Bbeijos e continue na luta!
[Leia outros Comentários de Leo JazzOn]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




AS RAZÕES DE CRIS
MARIA FREITAS
RESISTÊNCIA
R$ 28,90



BATMAN JUIZZ DREDD - VINGANCA EM GOTHAM
EDITORA ABRIL
ABRIL
(1995)
R$ 5,00



CAI O MITO - A REALIDADE HUMANA
NEWTON ORSINI
IMAGO
(1991)
R$ 13,00



ATLAS BÍBLICO - ESTUDO ATUAL E DINÂMICO DA CARTOGRAFIA BÍBLICA
EDITORA PAE
PAE
(2012)
R$ 12,00



O MUNDO PÓS-GUERRA FRIA
JAYME BRENER
SCIPIONE
(1998)
R$ 9,30



O RITMO EM ABORDAGEM SEMIÓTICA
LEVI HENRIQUE MERENCIANO UND PRISCILA FLORENTINO DE MELO MERENCIANO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 594,00



SAÚDE IDEAL EM 8 SEMANAS
ANDREW WEIL
ROCCO
(1998)
R$ 14,00



VIDA DANIFICADA
LEILA SILVIA LATUF SEIXAS TOURINHO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 272,00



A VISÃO DA EDUCAÇÃO FÍSICA ESCOLAR POR ALUNOS DO PROJETO DE ATLETISMO
RENATO S. DE SOUZA, JEFFERSON V. DE FREITAS UND JORGE R. P. DE LIMA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00



A DIMENSÃO EDUCATIVA DOS MOVIMENTOS SOCIAIS DO CAMPO
GESSIANE ALINE
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 251,00





busca | avançada
27633 visitas/dia
955 mil/mês