A Nova Hora, A Hora da Estrela! | Rennata Airoldi | Digestivo Cultural

busca | avançada
76521 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Rodolpho Parigi participa de live da FAAP
>>> Para fugir de ex-companheiro brasileira dá volta ao mundo com pouco dinheiro
>>> Zé Guilherme encerra série EntreMeios com participação da cantora Vania Abreu
>>> Bricksave oferece vistos em troca de investimentos em Portugal
>>> Projeto ‘Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé’ é lançado em multiplataformas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> 9/11 books
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Cidade de Deus, de Paulo Lins
>>> Humberto Alitto
>>> Orra, meu
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Meu tio
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Tarde, de Paulo Henriques Britto
>>> Curitiba
Mais Recentes
>>> Ilustrado de Miguel Syjuco pela Companhia das Letras (2011)
>>> Revista Viagem e Turismo - Ano 20 – Nº 2 - Quatro Roteiros na Itália Pra Ver Antes de Morrer de Vários Autores pela Abril (2015)
>>> Guia do Executivo Porto Alegre 1998 de Vários Autores pela Gazeta Mercantil (1998)
>>> Guia Quatro Rodas Brasil 2002 de Vários Autores pela Abril (2002)
>>> Éfeso de Naci Keskin pela Keskin Colors (2012)
>>> Clube do Livro, Ser Leitor - que diferença faz? de Luzia de Maria pela Literária (2009)
>>> The Good Life Guide to Sydney de Tessa Mountstephens pela Hark! (1996)
>>> Matemática - 8º Ano - 6º Edição de Edwaldo Bianchini pela Moderna (2006)
>>> Encontro com a Begõnia de Nilza de Oliveira pela Imagem (2014)
>>> Buenos Aires de Boca a River de Joaquim da Fonseca pela Artes e Ofícios (1996)
>>> Brisa Bia, Brisa Bel de Ana Maria Machado pela Record (1999)
>>> Barcelona – Um Ano Com 365 Dias de Marcos Eizerik pela Age (2008)
>>> De Mala e Cuia – Tudo o Que Você Precisa Saber Para Morar, Estudar, Trabalhar e se Divertir na Europa de Adriana Setti pela Jaboticaba (2005)
>>> Quebra de Confiança de Quebra de Confiança Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Viajando pela Europa e Pelo Mundo de José Cretella Júnior pela T. A. Queiroz (1985)
>>> Silêncio na Floresta de Harlan Coben pela Benvirá (2009)
>>> A Nova História Cultural de Lynn Hunt pela Martins Fontes (1992)
>>> O Livro dos Espíritos de Allan Kardec pela Círculo do Livro (1993)
>>> Não Conte a Ninguém de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Cyrano de Bergerac de Edmond Rostand pela Nova Cultural (2003)
>>> O Livro dos Incensos de Steven R. Smith pela Roca (1994)
>>> Confie Em Mim de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Romeu e Julieta - Macbeth - Otelo, O Mouro de Veneza de William Shakespeare pela Nova Cultural (2003)
>>> Consciência Cósmica de Rosabis Camaysar pela Lorenz (1994)
>>> Alta Tensão de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Os Sentidos do Trabalho - Ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho de Ricardo Antunes pela Boitempo (2000)
>>> Luta Armada no Brasil do Anos 60 e 70 de Jaime Sautchuk pela Anita Garibaldi (1995)
>>> Jogada Mortal de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Quando Ela Se Foi de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Descartes The Project of Pure Enquiry de Bernard Williams pela Routledge (2005)
>>> Desaparecido para Sempre de Harlan Coben pela Arqueiro (2010)
>>> Seis Anos Depois de Harlan Coben pela Arqueiro (2014)
>>> Estatuto da Criança e do Adolescente de Vários Autores pela Pmpa (2003)
>>> O Inocente de Harlan Coben pela Arqueiro (2013)
>>> A Dama das Camélias de Alexandre Dumas Filho pela Nova Cultural (2003)
>>> Equilíbrio Total Através da Parapsicologia de Miguel Lucas pela Almed (1981)
>>> Casa de Bonecas de Henrik Ibsen pela Nova Cultural (2003)
>>> O Poder da Oração para Mulheres de Jackie M. Johnson pela Povket ouro (2013)
>>> Jesus como Terapeuta - O Poder Curador das Palavras de Anselm Grün pela Vozes (2013)
>>> Manual do Astrônomo Amador de Jean Nicolini pela Papirus (1991)
>>> As Três Irmãs de Anton Tchekov pela Nova Cultural (2002)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Alexandre de Moraes (Org.) pela Atlas (2001)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Vários Autores pela Saraiva (2000)
>>> O Livro Secreto do Banheiro Feminino de Jo Barrett pela Essência/Planeta (2008)
>>> Código de Hamurabi – Código de Manu – Lei das XII Tábuas de Jair Lot Vieira (Superv.) pela Edipro (2002)
>>> Manual de Prática Forense Civil de Edson Cosac Bortolai pela Revista dos Tribunais (2003)
>>> Vade Mecum Método Cívil 2016 de Vários Autores pela Método (2016)
>>> Nossa próxima atração. O interprograma do Canal 3 de Mário Fanucchi pela Edusp (1996)
>>> Evaristo de Moraes Filho – 100 Anos de Vida Contribuição à Sociologia e ao Direito do Trabalho de Eliana Gonçalves da Fonte Pessanha e Outros (Orgs.) pela Ministério do Trabalho (2016)
>>> O tempo e a alma de Jacob Needleman pela Ediouro (1999)
COLUNAS

Quarta-feira, 6/3/2002
A Nova Hora, A Hora da Estrela!
Rennata Airoldi

+ de 5400 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Antes de começar a me pronunciar a respeito da montagem do texto: “A Hora da Estrela”, é preciso fazer alguns adendos. Primeiro devo dizer que o Teatro e a classe artística agradecem a iniciativa de uma grande produtora chamada Cintia Abravanel. A superintendente do Teatro Imprensa, podendo ser uma simples administradora, optou pelo caminho mais difícil o de produzir Arte neste País.

Há dez anos iniciou sua jornada, produzindo grandes espetáculos e chegando hoje a concretizar um grande sonho: criar um Centro Cultural. Fornecer Arte à sociedade. Transformar um "privilégio" (de poucos) acessível a muitos. Para isso, a ousada atitude de selecionar grandes textos brasileiros, grandes adaptadores, atores, equipe técnica, enfim, uma estrutura ideal. A questão não é só produzir um texto educativo e fazer do palco uma sala de aula. Foi necessário ir mais fundo, ainda bem! O desafio é produzir uma obra-de-arte de altíssima qualidade que, ao mesmo tempo, comunica, ensina, emociona. Unir o útil ao agradável.

“A Hora da Estrela”, texto da genial autora Clarice Lispector, foi adaptado e dirigido de maneira primorosa por Naum Alves de Souza. Sem dúvida, um grande desafio para qualquer diretor transformar a poesia e o lirismo de Clarice em palavras e ações cênicas. Devo dizer que Naum conseguiu isso não só na adaptação (que é bem próxima do original e, ao mesmo tempo, de linguagem simples), mas também por causa de sua direção sutil e minuciosa. Ações milimétricas, detalhes que chegam a passar quase desapercebidos como a própria personagem central, Macabéa. Moça que de tão insignificante, é carregada de grandes lições e significados. Como a metáfora da lagarta que se transforma em uma bela borboleta.

Poesia em cena! Até o mundo aparentemente indiferente e monótono desta retirante nordestina nos toca, nos comove e nos remete a todas as moças que, como Macabéa, têm um único objetivo de vida: viver. Inspirar e expirar, até que o movimento cesse. Dentro de toda a sua ignorância, cabe todo o lirismo e todas as questões que tiram o sono de qualquer intelectual letrado: quem sou, para onde vou, o que sou... Pode parecer ingênuo e até ridículo, se dito por “Maca”, mas Clarice já sabia que essas questões podiam despertar algo muito além do imediatismo-nosso-de-cada-dia.

Voltando à peça em questão, nos deparamos com um elenco afinadíssimo e muito talentoso. Todos, “sem tirar nem pôr”, têm grandes momentos em cena. Temos Célia Borges (Macabéa), Alexandra Corrêa (Dna. Leonor), Ana Andreatta (Delfina), Ester Lavacava (Glória), Fábio Espósito (Sr. Raimundo), Jonathan Faria (Olímpico) e Edgar Jordão(Basílio). O que devo ressaltar é que, com exceção da atriz que interpreta a protagonista, os atores dobram personagens sem qualquer tipo de estranhamento por parte do público - algo que reafirma a grandiosidade dos profissionais que realizam o espetáculo e principalmente da direção.

Devo ressaltar agora o que há de mais avassalador na peça. Sem dúvida, o ator Fábio Espósito, que é o grande “show man” deste espetáculo. (Show man no melhor sentido!) Ele é capaz de transitar entre um personagem e outro, entre uma emoção a outra, nos convencendo de uma maneira surpreendente! Da comédia ao drama, num piscar de olhos e sem deixar vestígios! Indubitavelmente um grande trabalho, uma grande aula de interpretação. Para quem circula pelos teatros de São Paulo, com certeza deve tê-lo visto em cena. Eu mesma já conheço seu trabalho há algum tempo mas o que ele faz neste espetáculo é de “tirar o chapéu!” Ele têm um grande personagem em suas mãos, não há dúvida. Mas, de nada adiantaria se não fosse um brilhante ator.

De qualquer forma, é só o começo de uma longa jornada, uma vez que se pretende manter esse espetáculo em cartaz por pelo menos dois anos. Assim, não há desculpa para não ver! Mas não deixe para amanhã o que você pode fazer, afinal, nunca saberemos o que nos acontecerá. Como diz Macabéa: “Futuro é Luxo!”

Para encerrar e fechar as cortinas, devo dizer que as boas idéias têm e devem ser copiadas. Quem dera surgissem dez mil “Cintias” com a mesma intenção e intensidade. Pessoas que, como ela, dessem espaço a tantos atores (desconhecidos do grande público) demostrarem seu talento e, acima de tudo, ganharem a vida dignamente, com a profissão que escolheram. Terem o privilégio de, a cada sessão, poderem transformar e serem transformados. Precisamos de pessoas que lutem por ideais e que ajudem a construir um mundo melhor, uma sociedade mais culta e esclarecida, levando o teatro a quem não pode pagar por ele.

Tudo isso não tem preço, é tão somente um grande ato de coragem! Portanto, a todos que fazem parte desta iniciativa, boa sorte... e muita “merda” (como dizem os artistas). Que tudo isso seja apenas um pequeno passo de um longo caminho a ser percorrido. Aos leitores: prestigiem e fiquem vocês também “Grávidos de Macabéa”!


Rennata Airoldi
São Paulo, 6/3/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Minha plantinha de estimação de Elisa Andrade Buzzo
02. Rubem Fonseca (1925-2020) de Julio Daio Borges
03. Caiu na rede, virou social de Fabio Gomes
04. Por que a discussão política tem de evoluir de Julio Daio Borges
05. O irmão alemão, de Chico Buarque de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Rennata Airoldi
Mais Acessadas de Rennata Airoldi em 2002
01. Cartas que mudaram a História! - 10/4/2002
02. Do primeiro dia ao dia D - 13/3/2002
03. Enfim: Mário Bortolotto! - 25/9/2002
04. A Nova Hora, A Hora da Estrela! - 6/3/2002
05. Uma conversa com Reinaldo Moraes - 18/9/2002


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
5/6/2002
18h44min
Oi bom dia ou noite. Eu adoro a Clarice e gostaria de ver essa peça, você não poderia indicar alguem lá do teatro Imprensa que pudesse me ceder um convite. Infelizmente estou desempregado e sem grana. Se puder me ajudar te agradeço. Um abraço
[Leia outros Comentários de Antonio Boscovich]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O BRANCO E A ROSA
SCHERING DO BRASIL
LIMAY
(2003)
R$ 5,00



O ABC DA EMPRESA DE SERVIÇOS
ROSALVO LIMA
FUTURA
(2006)
R$ 18,00



A VERDADE QUE EU DESCONHECIA
STELLA FERNANDES RIBEIRINHA
NOTRYA
(1993)
R$ 24,28



A FILOSOFIA ATRAVES DOS TEXTOS
ALEXANDRE CABALLERO
CULTRIX
(1980)
R$ 9,90



GIBRAN KHALIL FILÓSOFO DOS PROFETAS, PROFETA DOS FILÓSOFOS
ASSAD ZAIDAN
ESCRITURAS
(2008)
R$ 26,51



O HOMEM E A SOCIEDADE-UMA INTRODUÇÃO À SOCIOLOGIA
M B L DELLA TORRE
CIA. NACIONAL
(1971)
R$ 8,00



O BICHO HOMEM - UM ESTUDO BEM HUMORADO SOBRE O ANIMAL MAIS COMPLEXO...
CRISTINA MOUTELLA & GLICIA VAN LINDEN
OBJETIVA
(1997)
R$ 6,90



AS POLÍTICAS DE EDUCAÇÃO BÁSICA NA ESPANHA DEMOCRÁTICA - COL. ORELLANA
ANTONIO IBAÑEZ RUIZ
CONSEJA DE EDUCACION EN BRASIL
(2007)
R$ 9,87



UMBANDA: UMA RELIGIAO SEM FRONTEIRAS - 1ª EDIÇÃO
FLAVIO PENTEADO
NOVA SENDA
(2015)
R$ 30,96



KISS - GUISE TO SELLING
KEN LLOYD
DORLING KINDERSLEY BOOK
(2001)
R$ 100,00





busca | avançada
76521 visitas/dia
2,1 milhões/mês