Onde estão os ídolos juvenis dos anos 80 | Denis Zanini Lima | Digestivo Cultural

busca | avançada
46024 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> De quantos modos um menino queima?
>>> Mastigar minhas relações
>>> Vaguidão específica
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Festa na floresta
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
Mais Recentes
>>> Coleção para gostar de ler de Varios pela Atica (1985)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Cor e Pintura de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Meu pequeno fim de Fabrício Marques pela Segrac (2002)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Materiais e Ferramentas de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Livro Dicionário Enciclopédico Veja Larousse - Volume 1 de Eurípedes Alcântara , Diretor Editorial pela Abril (2006)
>>> O diário de Larissa de Larissa Manoela pela Harper Collins (2016)
>>> Corpo de delito de Patricia Cornwell pela Paralela (2000)
>>> A Arte da guerra de Sun Tzu pela Pé da letra (2016)
>>> O fio do bisturi de Tess Gerritsen pela Harper Collins (2016)
>>> A garota dinamarquesa de Davdid Ebershoff pela Fabrica 231 (2000)
>>> Uma auto biografia de Rita Lee pela Globo livros (2016)
>>> Songbook Caetano Veloso Volume 2 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> A Sentinela de Lya Luft pela Record (2005)
>>> O teorema Katherine de John Green pela Intriseca (2006)
>>> Louco por viver de Roberto Shiyashiki pela Gente (2015)
>>> A ilha dos dissidentes de Barbara Morais pela Gutemberg (2013)
>>> Sentido e intertextualidade de Emanuel Cardoso Silva pela Unimarco (1997)
>>> Mistérios do Coração de Roberto Shinyashiki pela Gente (1990)
>>> Interrelacionamento das Ciências da Linguagem de Monica Rector Toledo Silva pela Edições Gernasa (1974)
>>> Sociologia e Desenvolvimento de Costa Pinto pela Civilização Brasileira (1963)
>>> O Coronel Chabert e Um Caso Tenebroso de Honoré de Balzac pela Otto Pierre Editores (1978)
>>> O golpe de 68 no Peru: Do caudilhismo ao nacionalismo? de Major Victor Villanueva pela Civilização Brasileira (1969)
>>> Recordações da casa dos mortos de Fiodor Dostoiévski pela Nova Alexandria (2006)
>>> Elric de Melniboné: a traição ao imperador de Michael Moorcock pela Generale (2015)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Vozes de Bolso (2018)
>>> Deuses Americanos de Neil Gaiman pela Conrad (2002)
>>> Deus é inocente – a imprensa, não de Carlos Dorneles pela Globo (2003)
>>> Memórias do subsolo de Fiodor Dostoiévski pela 34 (2000)
>>> Songbook - Tom Jobim, Volume 3 de Almir Chediak pela Lumiar (1990)
>>> Comunicação e contra-hegemonia de Eduardo Granja Coutinho (org.) pela EdUFRJ (2008)
>>> Caetano Veloso Songbook V. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Origami a Milenar Arte das Dobraduras de Carlos Genova pela Escrituras (2004)
>>> O vampiro Lestat de Anne Rice pela Rocco (1999)
>>> Nova enciclopédia ilustrada Folha volume 2 de Folha de São Paulo pela Publifolha (1996)
>>> Esperança para a família de Willie e Elaine Oliver pela Cpb (2018)
>>> Leituras do presente de Valdir Prigol pela Argos (2007)
>>> Insight de Daniel C. Luz pela Dvs (2001)
>>> Política e relações internacionais de Marcus Faro de Castro pela UnB (2005)
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> Filosofia Para Crianças e Adolescentes de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2008)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> Vida de São Francisco de Assis de Tomás de Celano pela Vozes (2018)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
COLUNAS

Sexta-feira, 24/5/2002
Onde estão os ídolos juvenis dos anos 80
Denis Zanini Lima

+ de 8500 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Se você tem hoje entre 25 e 30 anos e usa o e-mail com relativa freqüência, com certeza sua caixa postal já recebeu algumas mensagens do gênero "você está ficando velho", nas quais uma série de modismos, produtos, seriados e fatos dos anos 70 e 80, que a "nova geração" não faz a mínima idéia do que sejam, são citados.

Na lista de filmes, invariavelmente aparecem De Volta para o Futuro, Curtindo a Vida Adoiado, Goonies, Clube dos Cinco, Tuff Turf e Jogos de Guerra, só para citar alguns.

Gostando-se ou não deles, é inegável que Matthew Broderick cantando Twist and Shout em plena avenida, Ralph Macchio derrubando o seu adversário com um derradeiro golpe de perna e Michael J. Fox voltando no tempo a bordo de um De Lorean tornaram-se ícones de uma geração.

Mas o que aconteceu com esses atores depois que os anos 80 ficaram para trás? Excetuando-se Michael J. Fox, que recebeu recentemente significativo destaque na mídia por conta do Mal de Parkison, a maioria não vêm atraindo a imprensa como antes, deixando muitos fãs na mão.

Ralph Macchio

O mais recluso dos ídolos teens dos anos 80 têm sido Ralph Macchio. Desde que Daniel Larusso abandou os tatames, em 1989, o ator nunca mais encontrou um papel que lhe projetasse da mesma maneira que Karate Kid.

Nos últimos cinco anos, Ralph, que em breve vai virar quarentão, deu o ar de sua graça em apenas dois filmes: Can't Be Heaven (1999) e Dizzyland (1998). No primeiro, ele interpreta Hubbie Darling, um saxofonista de jazz, morto há 60 anos, que se recusa em ir para o céu sem sua amada, ainda viva.

No melhor estilo Gasparzinho, Hubbie faz amizade com um jovem, e o ajuda a conquistar a garota dos seus sonhos. O filme obteve algumas críticas favoráveis da mídia americana.

Em Dizzyland, que conta a história de uma jovem molestada sexualmente, Ralph aparece como coadjuvante, somando mais uma atuação pouco expressiva em seu currículo. Ainda em 1998, o ator usou sua voz de adolescente para dublar o rato Timmy, desenho animado produzido pela MGM.

Ralph chegou a ficar quatro anos no ostracismo. Antes de Dizzyland, seu último trabalho havia sido em Nu em Nova York (1994) e Meu Primo Vinny (1992); este, o que lhe trouxe maior repercussão nos anos 90.

Matthew Broderick

O astro de Curtindo a Vida Adoiado e Jogos Guerra tem administrado bem sua carreira. Se não está entre os mais bem pagos de Hollywood, ao menos não é obrigado a mendigar por papéis pífios como alguns de seus colegas.

Em 2000, o ator passou o primeiro semestre envolvido com as filmagens de You Can Count on Me, que mostra o conturbado relacionamento de uma mulher com seu irmão mais novo.

Recentemente, pôde ser visto em filmes de expressiva bilheteria, como Godzila (1998) e A Lente do Amor (1997). Em 1999, trabalhou em três longas metragens, voltando inclusive a flertar com o público infantil/adolescente, em Inspetor Bugiganga.

Nas locadoras nacionais, acaba de chegar outro de seu trabalho no gênero, Eleição (1999). O enredo é bem familiar. A história se passa em um colégio, onde uma garota certinha e e um rapaz meio abobado disputam a presidência do conselho estudantil.

Só que Broderick, prestes a completar 40 anos, não faz o papel de ídolo adolescente, e sim do diretor da escola. Também consta em seu currículo a dublagem de Simba, em O Rei Leão.

James Spader

James Spader esteve com a agenda cheia. Em 2000, o rebelde de Tuff Turf (1985) trabalhou em dois filmes, já tendo marcado presença em outros dois no mesmo ano.

Na comédia Speaking of Sex (lançado em 2001, nos Estados Unidos), ele faz o papel do Dr. Roger Klink, um especialista em depressão masculina que ajuda um casal a resolver seus problemas matrimoniais. Bill Murray e Lara Flynn Boyle estão no elenco.

Em Slow Burn, Spader interpreta um explorador que, junto com sua parceira (Minnie Driver), encontra uma fortuna em diamantes no México. O público brasileiro poderá matar a saudade do ator também na ficção futurista Supernova.

O filme se passa no século 22. James Spader é Nick Vazant, co-piloto de um grupo de resgaste espacial que se vê envolvido por perigos alienígenas.

Seus sucessos na década de 90 foram Stargate, Crash - Estranhos Prazeres, Bob Roberts e O Lobo.

Matt Dillon

O ator trabalhou no drama Deuces Wild, que estreou em 2001, nos EUA. Ambientado nos anos 50, a trama gira em torno dos conflitos entre gangues rivais de Nova York.

Ele também deu o ar da graça, nas telonas americanas, na comédia One Night at McCool´s, que tem no elenco Michael Douglas, John Goodman e Liv Tyler. O filme fala de um grupo de amigos que se encontram para relembrar suas conquistas amorosas.

Dillon, que consagrou-se nos anos 80 com The Outsiders e Drugstore Cowboy, tem acertado a mão nos papéis que escolhe. Basta lembrar de sua atuação nos filmes Vida de Solteiro (1992), Será que ele é? (1997), Garotas Selvagens (1998) e Quem vai ficar com Mary? (1998), todos com ótima bilheteria.

Emilio Estevez

O punk de Repo Man começou 2000 dirigindo seu quinto filme, Rated X, sobre a indústria pornográfica nos Estados Unidos (Boogie Nights fazendo escola). Mais uma vez, atuando ao lado de seu irmão, Charlie Sheen.

Ao que parece, Estevez aprecia a idéia de tornar-se cineasta. Em 1998, dirigiu The Bang Bang Club, e em 1996 foi a vez de The war at Home. Porém, nenhum desses filmes proporcionou-lhe a credibilidade necessária para alavancar a carreira. Além de Rated X, Estevez participou de Sand, drama com Julie Delpy.

Estevez ficou conhecido em 1985, com Clube dos Cinco (de John Hughes, o mesmo de Curtindo a Vida Adoiado), interpretando o fortão de um grupo de alunos que é obrigado a ficar de castigo na escola. Depois, vieram Tocaia - onde contracena com Paul Newman - e Jovem Demais para Morrer.

Corey Feldman

Corey Feldman pode ser considerado o coadjuvante oficial dos filmes de adolescentes dos anos 80. Você certamente o viu em Goonies (o Bocão, lembra?), Conta Comigo (que revelou o talentoso River Phoenix), Sem Licença para Dirigir, Garotos Perdidos (um dos primeiros trabalhos do hoje consagrado Joel Schumacher), Gremlins, Os Almôndegas e no cult trash Sexta-Feira 13, partes 4 e 5.

Ele tem se mantido na ativa, fazendo pelo ou menos um longa por ano - sempre como coaduvante, para não perder o hábito -, aparecendo em séries de TV, produzindo, coreografando e até dirigindo.

Seu début atrás das câmeras foi em Busted (1996), filme no qual, talvez pela primeira vez, atuou como protagonista, ao lado de seu amigo Corey Haim - com quem já havia dividido o set em Sem Licença para Dirigir (1988) e Garotos Perdidos (1987).

Filmografia (disponíveis em vídeo)

Ralph Macchio: Karatê Kid, A Encruzilhada, Nu em Nova York, Meu Primo Vinny e Vidas sem Rumo.

Matthew Broderick: Curtindo a Vida Adoiado, Jogos de Guerra, Um Novato na Máfia e A Lente do Amor.

Emilio Estevez: Clube dos Cinco, Repo Man - A Onda Punk, Tocaia, Vidas sem Rumo e The Might Ducks.

Corey Feldmam: Conta Comigo, Dia de Rock, Os Goonies, Os Almôndegas, Sem Licença para Dirigir e Os Garotos Perdidos.

James Spader: Manequim, Tuff Turf, Stargate, Crash, Wall Street e Bob Roberts.

Matt Dillon: Vida de Solteiro, Será que ele é?, Garotas Selvagens e Quem vai ficar com Mary?

Nota do Editor

Texto gentilmente cedido pelo autor. Originalmente publicado na Revista Submarino.


Denis Zanini Lima
Santo André, 24/5/2002


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Sebastião Rodrigues Maia, ou Maia, Tim Maia de Renato Alessandro dos Santos
02. Notas confessionais de um angustiado (VI) de Cassionei Niches Petry
03. Meus melhores discos de 2009 de Rafael Rodrigues
04. 2007 e os meus CDs ― Versão Internacional 2 de Rafael Fernandes
05. Bienal 2006: fracasso da anti-arte engajada de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Denis Zanini Lima
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
24/5/2002
12h29min
Aí Denis, bela busca que você deu na galera! Espero que volte a escrever e faça uma lista de atrizes, tipo Molly Ringwald, Kelly LeBrock, Ally Sheedy, etc e tal...
[Leia outros Comentários de Juliano Maesano]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




SEPHARIALS NEW DICTIONARY OF ASTROLOGY
SEPHARIAL
FOULSHAM
(1963)
R$ 19,82



GUIA DE BOLSO CIDADES HISTÓRICAS DE MINAS
MINISTÉRIO DO TURISMO
MINISTÉRIO DO TURISMO
R$ 5,00



HISTÓRIA DA GRÉCIA
M. ROSTOVTZEFF
ZAHAR EDITORES
(1973)
R$ 20,00



CONEXÃO BVLGARI
FAY WELDON
RECORD
(2005)
R$ 14,00



DESCOBRINDO A HISTÓRIA DA ARTE
GRAÇA PROENÇA
ATICA
(2005)
R$ 60,00



FOI ELA (E) QUE COMEÇOU
TONI BRANDÃO
MELHORAMENTOS
(1993)
R$ 4,00



NA SALA COM DANUZA
DANUZA LEAO
SICILIANO
(1992)
R$ 7,00



AS MULHERES É QUE MANDAM... E É BOM QUE SEJA ASSIM
ROGÉRIO LACAZ-RUIZ
LAWBOOK
(2008)
R$ 4,50



PSICOLOGIA GERAL
LANNOY DORIN
ED. DO BRASIL
(1978)
R$ 5,00



VODU FENÔMENOS PSIQUICOS DA JAMAICA
JOSEPH WILLIAMS
MADRAS
(2004)
R$ 30,81





busca | avançada
46024 visitas/dia
1,1 milhão/mês