Comentários de Eduardo | Digestivo Cultural

busca | avançada
55373 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Unil oferece abordagem diferenciada da gramática a preparadores e revisores de texto
>>> Conversas no MAB com Sergio Vidal e Ana Paula Lopes
>>> Escola francesa de Design, Artes e Comunicação Visual inaugura campus em São Paulo
>>> TEATRO & PODCAST_'Acervo e Memória', do Célia Helena, relembra entrevista com Nydia Licia_
>>> Projeto Cultural Samba do Caxinha cria arrecadação virtual para gravação de seu primeiro EP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O do contra
>>> American Dream
>>> Todas as Tardes, Escondido, Eu a Contemplo
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Delicado, vulnerável, sensível
>>> De Kooning em retrospectiva
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Aquele apoio
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
Mais Recentes
>>> Babbitt de Sinclair Lewis pela Nova Cultural (2002)
>>> Pesquisa FAPESP Nº 261 de Diversos Autores pela Fapesp (2017)
>>> Ana Karênina de Tolstói pela Nova Cultural (2002)
>>> Havia Gigantes Na Terra de Zecharia Sitchin pela Madras (2014)
>>> Pesquisa FAPESP Nº 260 de Diversos Autores pela Fapesp (2017)
>>> Divergente de Veronica Roth pela Rocco (2012)
>>> A Divina Comédia de Dante pela Nova Cultural (2002)
>>> Xeque E Mate - Xadrez Sem Mistério E Com Muito Suspense de Gilberto Milos Júnior & Davy D'Israel pela Adonis (2000)
>>> Rock Jazz Bossa Poética de João Dutra pela Do Autor (2014)
>>> Os Melhores Poemas de Mário de Andrade de Gilda de Mello e Souza pela Globo (1993)
>>> Revista Internacional de Espiritismo - RIE, Ano LXXV, Número 07, Agosto de Vários Colaboradores pela O Clarim (2000)
>>> Antes Que a Saudade Chegue de Sady Figueira pela Evangraf (2001)
>>> A Gata do Rio Nilo de Lia Neiva pela José Olympio (1999)
>>> Convergente de Veronica Roth pela Rocco (2014)
>>> III Prêmio Proex/UFPA de Literatura - Antologia Poesias, Crônicas e Contos de Vários Autores pela Ufpa (2013)
>>> Revista Galileu, Ano 12, Número 154, Maio de Vários Colaboradores pela Globo (2004)
>>> Quinze Anos (A Juventude Como Ela É) de Carlos Heitor Cony pela Tecno Print (1973)
>>> Fazendo meu filme 3 - Roteiro Inesperado de Fani de Paula Pimenta pela Gutenberg (2013)
>>> Revista Força Aérea Nº 05 de Diversos Autores pela Action (1996)
>>> Histórias Extraordinárias de Edgar Allan Poe pela Nova Cultural (2003)
>>> Revista Força Aérea Nº 03 de Diversos Autores pela Action (1996)
>>> Mulherzinhas de Louisa May Alcott pela Nova Cultural (2003)
>>> Decamerão de Boccaccio pela NOVA Culltural (2003)
>>> Historia Da Filosofia- Os Pensadores de Bernadette Siqueira abrão pela Nova cultural (2004)
>>> Revista Força Aérea Nº 49 de Diversos Autores pela Action (2007)
>>> Os Trabalhadores do Mar de Victor Hugo pela Nova Cultural (2002)
>>> Os Pensadores Husserl de Abril Cultural pela Abril Cultural (1980)
>>> Revista Força Aérea Nº 45 de Diversos Autores pela Action (2006)
>>> A Mulher de Trinta Anos de Balzac pela Nova Cultural (2003)
>>> Transformação Social da Humanidade de Samael Aun Weor pela Gnose (1986)
>>> Revista Força Aérea Nº Especial 01 de Diversos Autores pela Action (2003)
>>> Os Sertões de Euclides da Cunha pela Nova Cultural (2002)
>>> O Último Czar: a Vida e a Morte de Nicolau II de Edvard Radzinsky pela Best Seller (1992)
>>> Arquipélago Gulag de Alexandre Soljenítsin pela Círculo do Livro (1975)
>>> Nova Enciclopédia Católica (12 volumes) de Vários Autores pela Renes (1969)
>>> Diário íntimo e outros escritos de piedade de João XXIII pela Livraria Morais (1964)
>>> Louis XVI and Marie Antoinette during the Revolution de Nesta H. Webster pela G. P. Putnam´s Sons (1938)
>>> Apontamentos de História Eclesiástica de Dom Jaime de Barros Câmara pela Vozes (1942)
>>> O Cardeal Newman de Pe. M. Teixeira Leite Penido pela Vozes (1946)
>>> Um pastor luterano foi ver Pio XII de Richard Baumann pela Mensafé (1957)
>>> História Geral das Civilizações (17 volumes) de Maurice Crouzet pela Difusão Europeia do Livro (1965)
>>> História das Américas (14 volumes) de Ricardo Levene (Dir); Pedro Calmon (Dir) pela W. M. Jackson (1964)
>>> Gestão Estratégica em Farmácia Hospitalar de Sonia Lucena Cipriano, Vanusa Barbosa Pinto e Cleuber Esteves Chaves pela Atheneu (2009)
>>> Prourgen – Ciclo 2 Módulo 4 de Vários Autores pela Artmed / Panamericana (2009)
>>> O Acaso e a Necessidade de Jacques Monod pela Vozes (1971)
>>> Técnicas Básicas em Biologia Molecular de Maristella de Oliveira Azevedo... (et al.)(Orgs.) pela Unb (2003)
>>> Claud Jacq – Coleção Pensamento Contemporâneo Nº 4 de Maria Andréa Loyola e Marilena Corrêa pela Uerj (2004)
>>> Ivanhoé de Walter Scott pela Nova Cultural (2003)
>>> National Geographic Brasil Nº 233 - Edição Especial de Diversos Autores pela National Geographic (2019)
>>> O Ateneu de Raul Pompéia pela Nova Cultural (2003)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Terça-feira, 25/6/2002
Comentários
Eduardo


Sede de sentido
Frankl escreveu também um livrinho, Sede de Sentido, que, no Brasil, foi publicado por uma editora ligada à Igreja Católica. Se não me engano, sua teoria permanece injustamente desconhecida por aqui. Parabéns pelo texto, portanto, e abraço,
Eduardo

[Sobre "Direito de Sentido"]

por Eduardo
25/6/2002 às
11h41 200.213.203.195
 
Obra pirata
No oitavo dia desta última Bienal, um estudante de jornalismo, não sei bem como, conseguiu pregar um quadro pitando por ele mesmo numa parede da exposição. E só foi pedi-lo de volta quando, encerrado o evento, as obras estavam sendo recolhidas. Ninguém da organização percebeu a obra pirata. Ou seja: decididamente, não há qualquer diferença entre o que eu ou esse jornalista colorimos em casa do que é exposto na Bienal. A intenção do pintor amador, diga-se, foi exatamente criticar a organização da mostra. Alfons Hug deveria, se lhe restasse vergonha na cara, pedir desculpas publicamente, no mínimo, porque isso é uma palhaçada - que confirma, ainda, a palhaçada que é o evento pelo qual ele é, em parte, responsável. Mas não: disse que o cara tinha vocação para a Arte Conceitual, considerando o sucesso de sua performance. Ridículo.

[Sobre "A Bienal e a Linguagem Contemporânea"]

por Eduardo Carvalho
10/6/2002 às
13h57 200.213.203.195
 
Interesses
Muito obrigado pelos parabéns, Ricardo. O que acontece é que assuntos como este, de um nível ligeiramente superior ao do Saia Justa, não interessam à "elite intelectual brasileira" que me xingou no fórum do "Com a calcinha aparecendo". Aquele abraço, Eduardo

[Sobre "Em busca da pureza perdida"]

por Eduardo
9/6/2002 às
14h13 200.213.203.195
 
Volte sempre
Muito obrigado, Ricardo, pela leitura e pelo elogio, deste texto e, especialmente, do "Em busca da pureza perdida". Volte sempre, abraço, do
Eduardo

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
9/6/2002 às
13h45 200.213.203.195
 
Por onde baba você
Vanessa, que começou com toda essa brincadeira, se cadastrou com e-mail falso ([email protected]) e sumiu. Mas também participou com o mesmo IP (200.228.23.130) de um fórum sobre dragões(!) com o nome de Tobias em "http://books.dreambook.com/titiamat/guestb.html".
Thompson já é mais criativo. Em "http://books.dreambook.com/titiamat/guestb.html", com o mesmo IP 200.199.13.251, ele assinou como Rodrigo; e, em "http://www.somdomangue.com.br/wwwboard/messages/13.html", preferiu ser meu xará, assinando Eduardo Oliveira.
Em um mural de Caruaru (http://www.somdomangue.com.br/wwwboard/messages/13.html), Ivete Lira assina Zion e, em vez de discutir a escultura do Mestre Vitalino ou a crítica literária do Álvaro Lins, digita sequências incompreensíveis de letras e palavrões.
É essa a gente que, em intermináveis ataques convulsivos sobre o teclado, tenta desqualificar o que escrevo. E que, babando na frente da televisão, assiste e aprova o Saia Justa.
Voltem para sua turma, sejam felizes, beijos e abraços,
Eduardo

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
6/6/2002 às
13h24 200.213.203.195
 
Muito obrigado
Muito obrigado, Sue e Isabel, pelos elogios. E, especialmente, pela paciência que tiveram respondendo, com argumentos, as ofensas que recebi. Curioso, aliás, que seus comentários sejam incomparavelmente mais bem escritos do que os da turma da calcinha. Beijos,
Edu

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
4/6/2002 às
19h17 200.213.203.195
 
Está pegando mal
Afirmar: 9. Fixar-se, estabelecer-se: afirmou-se no cargo de chefe de escritório. (Aurélio)
E nenhuma das 16 definições de "firmar" me parece mais adequada.
Não, não consigo "ler nas entrelinhas". Elas estão em branco. Prefiro ler as palavras mesmo, essas que com que você, mais uma vez, demonstra constrangedora falta de intimidade.
Já estava pegando mal. Mas agora preciso avisar, antes do seu strip-tease completo, que este aqui é um site sério. Eu já tinha percebido que sua saia estava curta. Nessas situações, porém, e mesmo que você seja empresária em um ramo não muito família - como título do seu comentário, "Leiam Garotas!!!", parece insinuar -, é recomendável usar calcinha. Com todo o respeito,
Eduardo

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
4/6/2002 às
18h17 200.213.203.195
 
Arrumem a saia
Parabéns, Daniela, mais uma vez! Além de saber com impressionante precisão em que século estamos, você conseguiu concluir um curso superior no Brasil - ou onde quer que seja - e, não bastasse isso, se afirmar como uma empresária de sucesso. Coisa rara. Infelizmente, porém, nenhuma dessas suas incríveis qualificações garante que você tenha desenvolvido sequer uma precária habilidade de interpretação de texto. Ou, se quiser me chamar de machista, faça um favor: transcreva o trecho do meu texto em que eu digo algo tão imbecil como "homem é melhor do que mulher". Se não encontrar - porque eu não escrevi isso -, agregue também ao seu currículo esse detalhe esclarecedor: tecnicamente, você é uma analfabeta funcional. Espero que seu sucesso profissional compense esse defeito comum - a você e a suas companheiras de programa, que parece se divertirem expondo sua ignorância como se, lá vai, estivessem com a calcinha aparecendo. Arrumem a saia, beijos,
Eduardo

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
4/6/2002 às
16h46 200.213.203.195
 
Um consolo
Se você, Daniela, também é inábil para entender o que escrevi, então continuará sendo para interpretar o que vou escrever. Console-se, então, com tudo que sabe: de acordo com meu calendário, nós estamos mesmo em 2002, no século XXI. Parabéns, você acertou! Siga em frente, beijos,
Edu

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
4/6/2002 às
11h38 200.213.203.195
 
O colecionador de insultos
Muito obrigado, Karla, por tentar descer de sua superior condição intelectual para se fazer entender por mim. Mas na minha terra a gente concorda verbo e usa vírgula adequadamente. Tente de novo. Se precisar, posso te emprestar a gramática que usamos aqui. Nós escrevemos em Português.
E não precisa concordar comigo, não. Fique à vontade: talvez mais do que receber elogios de quem admiro, acumular insultos de quem desprezo me anima a continuar escrevendo.
Acho divertidíssimo acompanhar a lucidez do raciocínio de vocês. É engraçadíssimo ler alguém me chamando de Mongol, de machinho encalhado, de pseudo-intelectual americanizado, de picareta falsificador de mensagens, de crítico incompetente, de fascista adolescente. Realmente, Karla, não recebi nenhuma agressão pessoal. Eu é que não sei interpretar texto. Nem escrever. Não na língua de vocês. Repito: eu me comunico em Português - não numa língua em que alguém que se considera elite, tentando me explicar quem são as "mentes femininas pensantes" do seu país, conjuga o presente do verbo "assistir" na terceira pessoa do singular como "assisti".
Nada poderia justificar mais a validade do meu texto do que os comentários de vocês. Muito obrigado a todos! Beijos e abraços,
Eduardo

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
30/5/2002 às
20h45 200.213.203.195
 
Fica pra próxima
Eu, Vanessa, honestamente, não tenho nada contra programas que ensinam mulheres - ou homens - a cozinhar: nem nada, juro, particularmente contra as apresentadoras do "Saia Justa". Só acho que elas estão fora de contexto. Que fazem melhor o que faziam antes. E que vocês, telespectadoras, estão se submetendo à constrangedora situação serem avisadas disso por um moleque que acabou de completar 22 anos - e que não tem saco para cumprir a exaustiva tarefa de reeducar vocês: já está tarde demais. Fica pra próxima, beijos,
Eduardo

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
30/5/2002 às
02h27 200.213.203.195
 
Ruídos de comunicação
Yara,
Se, para você, é impossível discutir comigo porque estudo na GV, conversar com você me parece inviável por um motivo menos obscuro: você é completamente incapaz de compreender um texto simples. Eu nunca escrevi que o "A&L" é o "melhor" site da Internet, e jamais disse que, para mim, só existe o Paulo Francis e o Nelson Motta. Mas dificuldades assim parecem fichinha para alguém que acha que, quanto mais censurado o artista, melhor o seu trabalho; e que militância politicamente correta é qualidade incontestável. Siga firme, assim: você tem tudo para, um dia, conseguir ser iluminadora do programa. Beijos,
Eduardo

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
30/5/2002 à
01h57 200.213.203.195
 
No topo
Que bom, Karla, que você me avisou que faz parte da "elite brasileira intelectualizada". Se julgasse apenas pelas suas opiniões e pelo seu português, eu não ia perceber. Mas deveria: o nível dessa "elite" é tão baixo que inclui, além de você, de Marilena Chauí a Rita Lee. E, segundo meu professor de Marketing, também aqueles com nível superior, com acesso a computador e televisão, e que lêem aproximadamente dois livros por ano. Parabéns: você chegou lá. Boa sorte,
Eduardo

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
30/5/2002 à
01h47 200.213.203.195
 
Com a cesta cheia
Yara,
Sinceramente, eu bem que queria levar as suas também: mas suas abobrinhas são tantas, e tão pesadas, que quase não cabem mais na minha cesta. Tentemos, porém.
Eu recomendei o "Arts and Letters" porque ele é um bom canal para o que há de interessante na Internet, o que significa, para quem ainda não tem os miolos queimados pelo "Saia Justa", que ele não é a "única coisa boa que existe na face da terra". Me desculpe se todas as suas referências intelectuais são brasileiras e fracas, a ponto de definir a Mônica Wxyowglw como a "melhor repórter existente no momento", as participantes do "Saia Justa" como "algumas das mentes femininas pensantes mais importantes do final do século XX", e eu como "um americanizado metido a intelectual". Meus pêsames. Mas vai nessa, vai: continue lendo a biografia da Marisa Orth - que eu tenho mais o que fazer. Vou voltar a catar coquinho. Beijos,
Eduardo

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
29/5/2002 às
15h23 200.213.203.195
 
Catando abobrinha
Vanessa, minha amiga. Eu sou machista, e escrevi que "qualquer conversa realmente interessante, antes de segregar sexos, os inclui"; e o meu discurso é fascista, sendo que você acha ridículo que exista espaço na Internet para que alguém como eu publique seus textos - ou seja, quer que eu cale a minha boca. Obrigado pelo conselho, mas catar coquinho não é muito divertido. Prefiro colecionar suas abobrinhas. Beijos,
Eduardo

[Sobre "Com a calcinha aparecendo"]

por Eduardo
29/5/2002 às
14h40 200.213.203.195
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ANARQUISMO E ANARCOSSINDICALISMO
GIUSEPPINA SFERRA
ATICA
(1987)
R$ 22,12



NARUTO- VOLUME 12
MASASHI KISHIMOTO
PANINI COMICS
(1999)
R$ 20,00



PARA VIVER UM GRANDE AMOR
VINICIUS DE MORAES
FOLHA DE SÃO PAULO
(2008)
R$ 6,90



TABUAS DE ESTATISTICA E MATEMATICA.
BUSSAB E SEVERO.
BRASILIENSE.
(1974)
R$ 12,00



A PROSPERIDADE ESTÁ PRÓXIMA
HERMAN KAHN
NOVA FRONTEIRA
(1982)
R$ 5,00



DIÁRIO DE UM BANANA 5: A VERDADE NUA E CRUA
JEFF KINNEY
VERGARA E RIBA
(2016)
R$ 44,90



QUESTAO AGRARIA NO BRASIL
JOAO PEDRO STEDILE
ATUAL
(1997)
R$ 8,00



COMO FALAR COMO UM PROFISSIONAL
LEON FLETCHER
RECORD
(1983)
R$ 5,00



PSICANÁLISE: ONTEM E HOJE
REVISTA BRASILEIRA DE PSICANÁLISE VOL 37 Nº 4
RBP
(2003)
R$ 19,28



PARTE GENERALE - CHIRURGIA DEL CAPO, DEL COLLO, DEL TORACE E DELLA COL
LUIGI WULLSTEIN MAX WILMS SCHLOFFER TILMA...
TORINENSE
(1914)
R$ 71,07





busca | avançada
55373 visitas/dia
2,0 milhões/mês