Comentários de Carlos MC Santana | Digestivo Cultural

busca | avançada
82062 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> OBA HORTIFRUTI INAUGURA 25ª LOJA EM SÃO PAULO
>>> Bienal On-line promove studio visit com artista argentina Inés Raiteri
>>> Castelo realiza piqueniques com contemplação do pôr do sol ao ar livre
>>> A bailarina Ana Paula Oliveira dança com pássaro em videoinstalação de Eder Santos
>>> Festival junino online celebra 143 da cidade de Joanópolis
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> Fiel escudeiro
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Cacá Diegues e os jornalistas
>>> A Casa é de Daniela Escobar
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Ação Afirmativa, Injustiça Insuspeita
>>> A mulher madura
>>> 15 de Dezembro #digestivo10anos
>>> A arte da crônica
>>> Passaralho
>>> 7 de Setembro
>>> O filho da Marisa Monte
Mais Recentes
>>> Georges Braque - Oeuvre Gravé de Catalogo pela Maeght ccbb (1994)
>>> História da locomoção terrestre de Maurice Fabre pela Morais (1966)
>>> Vincent Van Gogh - Wie was Who was qui était quien fué de Dr. J Hulsker pela Bert Bakker (1958)
>>> Cultura - Favela é Cidade e o Futuro das Nossas Cidades de João Paulo dos Reis Velloso Coordenação pela Fórum Nacional (2014)
>>> Orquídeas. 430 ilustrações a cores (coleção pequeno guia) de Floyd S. Shuttleworth pela Livraria Bertrand (1970)
>>> Do sonho às coisas: retratos subversivos de José Carlos Mariátegui pela Boitempo (2005)
>>> Gramsci: Periferia e Subalternidade de Marcos Del Roio pela Marcos Del Roio (2017)
>>> A legalização da classe operária de Bernard Edelman pela Boitempo (2016)
>>> Lenin - Um estudo sobre a unidade de seu pensamento de György Lukács pela Boitempo (2012)
>>> Caminhos divergentes: judaicidade e crítica do sionismo de Judith Butler pela Boitempo (2017)
>>> Bibia Quer Tangerica - Autografado de Gilda Rizzo pela Francisco Alves (1987)
>>> Um Lugar Chamado Céu de Regina Rennó pela Ed Lê (1997)
>>> Cropas Ou Praus? de Angela Carneiro; Lia Neiva; Sylvia Orthof pela Ediouro (1994)
>>> Ovos Nevados de Sylvia Orthof pela Formato (1997)
>>> O Diário de Verônica o Primeiro Dia de Férias de Maud Frère pela Pierre Tisné (1965)
>>> A Lenda da Paxiúba de Terezinha Eboli pela Ediouro (1997)
>>> A Floresta Poluída 19ª Ed de Maria Auxiliadora Moreira Duarte pela Ed Lê (1999)
>>> A Ceia dos Cardeais Com Ilustrações de Alberto Souza de Júlio Dantas pela Clássica (1951)
>>> Mundo Criado, Trabalho Dobrado de Elias José pela Atual (1996)
>>> A Fada Que Tinha Idéias de Fernanda Lopes de Almeida pela Ática (1985)
>>> Uma História de Nuvens de Rosângela Guerra pela Ed Lê (1990)
>>> Meu Álbum de Contrastes - Coleção Contrastes Personalidades de Semíramis Paterno; André Bordini pela Arco-Íris (1996)
>>> Palavras, Palavrinhas & Palavrões - Leitura Em Minha Casa de Ana Maria Machado pela Quinteto Editorial (2003)
>>> People Level 1 - Bunny Books 3rd Edition de Eduardo Amos; Elisabeth Prescher pela Moderna (1995)
>>> A Confeitaria Colombo: História Anecdotica Desenvolvimento Comercial de A Confeitaria Colombo pela J C Ed (1929)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Segunda-feira, 6/8/2007
Comentários
Carlos MC Santana


brincadeira com palavras
Propriamente dizer... "o SOM exato" Essa é a brincadeira com palavras que o Fernando fez!

[Sobre "Durango Kid, jornalista"]

por Carlos MC Santana
6/8/2007 às
19h09 201.78.91.149
 
Direito ou Dever?
Um dos grandes problemas do voto no Brasil é que, apesar de ser proclamado como um DIREITO, ele é um DEVER. E nós, brasileiros, não gostamos nem de fazer o dever de casa da escola primária! Votamos, então, na base do: "É o jeito, né? Fazer o quê?"

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Karlobo Santana
19/10/2006 às
16h57 201.78.195.112
 
velho carro de meu pai
Devo fazer um "mea culpa". Verifiquei na página da SIMCA (com M) e descobri que o "velho carro de meu pai" era um Chambord. 66. O Jangada era o que hoje chamamos de perua. Uma quase van...

[Sobre "Eu dirijo, e você?"]

por Carlos MC Santana
18/9/2006 às
13h49 201.78.216.251
 
exame psicológico/médico hoje!
Como ocorrem coincidências neste mundo! Hoje vou comparecer ao exame psicológico/médico para renovação de carteira. Já perdi uma quase namorada por não estar habilitado e porque ela queria, de qualquer maneira, que eu dirigisse o carro dela (ora, vá se entender vocês, mulheres! rs). E eu sei "sentir" o som de um motor!!! Só não estava (mesmo agora, ainda não) legalizado. Pode parecer incrível isso no Brasil atual mas não vou contra a lei. A melhor das coincidências, porém, é nosso amigo comum: Carlos Herculano Lopes. O xará é amigo há pelo menos duas décadas! Outra? Quase comprei um JK 57, todo reformado, há uns dois meses passados. Bem... adorei o seu texto porque me lembrou do Fusca em que meu pai me ensinou também. Pena que não foi no Sinca Jangada. Mas aí não valeria porque eu tinha menos de dez anos. Obrigado pelas coincidências e lembranças.

[Sobre "Eu dirijo, e você?"]

por Carlos MC Santana
18/9/2006 às
13h32 201.78.216.251
 
a gente espera, o sertão vem
Realmente, meu caro Giron, a narrativa/poema do Rosa é feito primeira namorada que nunca sai da memória e, vez em quando, queremos rever/reler. Ganhei de presente aniversarial, aos onze, minha edição daquele ano (1972) que, a cada dois/três anos renamoro e reconquisto como se deve fazer com uma mulher. Rendo-me a ela e ao poema: "Sertão - se diz - o senhor querendo procurar, nunca não encontra. De repente, por si, quando a gente não espera, o sertão vem" (pg. 289).

[Sobre "Rosa e o romance fundador"]

por Carlos MC Santana
24/4/2006 às
09h50 201.19.169.57
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




As Ideias no Lugar: Tecnologia, Mística e Alteridade na Cultura
Marcio Tavares Damaral
E-papers
(2009)



O Controle de Políticas Públicas pelo Poder Judiciário;
Revista Magister Direito Civil e P. Civil, 30
Magister (porto Alegre)



Seminário Soluções para a Execução Fiscal no Brasil
Almir Martins Bastos (apresentação)
Ajufe
(2000)



Islamic Thought in the Quran
Ayatollah Sayyed Ali Khamenei
Sahba Institute
(2017)



Acidentes do Trabalho e Doenças Ocupacionais
Antonio Lopes Monteiro
Saraiva
(2007)



Tempestade sem Bonança
Françoise Sagan
Record
(1983)



Títeres de Ninguém - Autografado
Valdir Rocha
Letras Contemporâneas



Comunicação - Discursos, Práticas e Tendências
Antonio Barros e Outros
Rideel
(2001)



Embargos de Declaração no Processo Civil
Antonio Carlos Silva
Lumen Juris (rj)
(2000)



Diccionario Heretico 9ª Edição
Humberto Quino
El Perro Celestial
(1997)





busca | avançada
82062 visitas/dia
2,7 milhões/mês