Comentários de Renan De Simone | Digestivo Cultural

busca | avançada
80332 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Canto dos Recuados - espetáculo musical mergulha na cultura afrobarroca
>>> Primeiro Roteiro
>>> Festival Cine Inclusão abre inscrições de curtas-metragens com o tema terceira idade
>>> Musical Guerra de Papel estreia dia 3 de setembro no Teatro Viradalata
>>> Monólogo Te Falo com Amor e Ira de Branca Messina ganha nova temporada
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
>>> Poesia como Flânerie, Trilogia de Jovino Machado
>>> O mundo é pequeno demais para nós dois
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Unchained by Sophie Burrell
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
Últimos Posts
>>> O cheiro da terra
>>> Vivendo o meu viver
>>> Secundário, derradeiro
>>> Caminhemos
>>> GIRASSÓIS
>>> Biombos
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Por que as curitibanas não usam saia?
>>> Incubus - Circles
>>> Citizen Kane
>>> Da vitrola ao microchip
>>> De onde vem a carne que você come?
>>> (Re)masterizados e (Re)mixados
>>> Um mundo além do óbvio
>>> Anarchy in the U.K.
>>> História do Ganesha
>>> A sombra de Saramago
Mais Recentes
>>> Em Busca Da América de Record pela Record (2021)
>>> Em Busca da Vitória - Volume 2 de Fundamento pela Fundamento (2021)
>>> Emma de Principis pela Principis (2021)
>>> Emma de Martin Claret pela Martin Claret (2021)
>>> Em Neu 2008 Abschlusskurs - KB+AB Lektion 1-5 de Hueber Verlag pela Hueber Verlag (2021)
>>> Como Cuidar do Seu Meio Ambiente de Desconhecido pela Bei (2002)
>>> Esposa 22 de Melanie Gideon pela Intrinseca (2012)
>>> Você, Líder do Seu Sucesso de Inácio Dantas pela Clube dos Autores (2018)
>>> Mundo Em Transformação de Antonio Cabral; Leonardo Coelho pela Autêntica (2006)
>>> Nós Dois na Madrugada de Sanne Munk Jensen e Ringtve pela Suma (2018)
>>> O Videogame do Rei de Ricardo Silvestrin pela Record (2009)
>>> Cinema Transcendental: um Guia de Filmes Sobre a Vida Após a Morte de Lyn, Tom Davis Genelli pela Pensamento (2014)
>>> Histórias para o Coração da Mãe de Alice Gray pela United Press (2005)
>>> Lua Nova - Formato Menor de Stephenie Meyer pela Intrinseca (2009)
>>> O Mar de Monstros - Percy Jackson e os Olimpianos Livro Dois de Rick Riordan pela Intrinseca (2009)
>>> Amanhecer de Stephenie Meyer pela Intrinseca (2009)
>>> Os Lusíadas de Luís de Camões pela Estadão (1995)
>>> Lua Nova de Stephenie Meyer pela Intrinseca (2008)
>>> Revista do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro Volume 321 de Vários Autores pela Imprensa Nacional (1978)
>>> Guia do Servidor Linux Edição Servidor 3 de Conectiva pela Conectiva (1999)
>>> Introdução a Teoria das Linhas de Transmissão de José Thomaz Senise pela Mauá (1979)
>>> Feijoada na Copa de Chico Anísio pela Círculo do Livro (1976)
>>> Espinhos do Tempo de Zibia Gasparetto pela Os Caminheiros (1990)
>>> Os Insaciáveis de Harold Robbins pela Record (1978)
>>> Catálogo Antunes 87/8 de José Manuel Antunes pela Do Autor (1988)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Quinta-feira, 1/10/2009
Comentários
Renan De Simone


Não pode ser óbvio
Não basta apenas uma história curiosa, que te prenda nas dez primeiras páginas. É preciso algo a mais. Um bom livro nesse estilo precisa de ritmo (não necessariamente veloz) próprio, como se estivéssemos escutando a trilha sonora por trás das palavras. Os detalhes iniciais, quando usados ao fim da história, também ficam ótimos, mas não se pode ser muito óbvio, tem que ter sutileza. Apresente vários detalhes de um cenário e escolha um que fará toda a diferença, ou então todos, mas não seja óbvio. A obviedade logo de cara destrói este tipo de narrativa. Outra coisa importante é saber dosar. Não adianta colocar diversos elementos que te prendam, e que aparecem ao final sem o mí­nimo sentido. Acredito que nada deve ficar sem explicação. Existem tantos recursos, a história está na mão do autor, não se pode deixar pontos-chave sem explicação... Uma coisa é deixar algo em aberto, outra é ter preguiça de arranjar explicação. Em resumo: detalhes, ritmo, razões... Ah! E um elemento secreto que é... bem, é secreto, não posso dizer hehehe [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Globo Suspense"]

por Renan De Simone
1/10/2009 às
22h17 189.62.207.180
 
Se beber, não case
Olha, decidi explorar algo um pouco mais atual. Tenho alguns filmes muito bons na gaveta, mas o melhor roteiro que vi atualmente foi o do filme "Se beber, não case". Este roteiro é simplesmente genial. Por ser um filme de comédia, achei que ele iria explorar piadas batidas e um apelo absurdo ao sexo, mas não, e isso me surpreendeu. O filme reúne os elementos mais variados como amizade, relacionamentos, buscas e superações. E, apesar de colocar elementos bizarros à primeira vista (como o tigre no hotel, a falta de um dente, o sumiço de um companheiro e um bebê no armário), o filme não perde seu ritmo nem fica maçante ao tentar explicar cada coisa, e aborda todas. Isso me surpreendeu, principalmente por se tratar de uma comédia, geralmente mais descompromissada. Além disso, é sempre bom ver que alguns roteiristas que criam elementos absurdos, em suas obras, conseguem explicá-los ao longo de seu trabalho... talvez esta seja uma grande escola para Stephen King. rs [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Manual de Roteiro"]

por Renan De Simone
9/9/2009 às
09h29 189.100.246.240
 
As ruí­nas gregas
Escolheria a Grécia, não só pela beleza das ilhas gregas, mas especialmente na área das ruí­nas gregas. É um tanto mórbido, sim, eu sei. Mas se fosse meu último lugar, gostaria que tivesse sido o primeiro. Desde pequeno que essa parte do mundo inspira minhas ideias e pensamentos. Comecei a gostar de filosofia por conta dos gregos (o que me possibilitou conhecer gênios diversos, incluindo Sartre). Ali existiu o berço de toda a sapiência de nossa civilização ocidental, o que ali foi feito, tanto na área racional e lógica como na mística, é o que nos guia até hoje. Se as partes fí­sicas guardarem ainda um resquí­cio de toda aura antiga (desvencilhando-se da era da "reprodutibilidade técnica"), ali queria estar em minha última peregrinação. Se depois disso tivesse que morrer, morreria feliz, pois cheguei ao fim conhecendo meu iní­cio... [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Último Turista"]

por Renan De Simone
5/8/2009 às
15h32 189.100.246.240
 
Maior que o artista...
Não. E devo acrescentar um infelizmente, já que sei que os artistas são realmente muito mais do que expressam em suas obras. Entretanto, existe em cada obra um poder único de capturar a essência dos detalhes de cada situação. A arte às vezes se torna maior que o artista... e não podemos culpá-la, seu poder de transformação a faz ser assim e é o que realmente a deixa interessante. Uma pessoa desfruta da irredutibilidade de não poder ser menos que uma pessoa, mas constantemente não consegue ser mais também... a arte pode ser uma porcaria tanto quanto pode alcançar um status divino. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Testamento de Rilke"]

por Renan De Simone
21/7/2009 às
08h59 189.100.246.240
 
Depende do ponto de vista
Num sentido de troca de informações e abrangência de sistemas, sim. Principalmente se pensarmos no acesso fácil que há para a maioria dos paí­ses no mundo, incluindo aí­ o acesso à comunicação. Quem já morou fora sabe o quanto é valioso poder se comunicar facilmente com quem ama. Por outro lado, a absorção desmedida de outras culturas acaba modificando a nossa própria, e o problema consiste não em conhecer os outros, mas em perder nossa identidade regional e determinadas tradições em função de um padrão global. Entretanto, como sou brasileiro e filho de italiano, não posso dizer que a globalização seja de todo ruim. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Mundo Plano"]

por Renan De Simone
6/7/2009 às
10h21 189.62.197.146
 
no universo dos taxistas
Eu também tenho uma teoria de como o tempo está passando mais rápido, mas deixo isso pra lá, se eu perder tempo nessas coisas acabo não conseguindo enxugar todo esse gelo que escorre aqui da geladeira velha de casa, minha própria calota polar aqui na cozinha. Além do fato de eu não ter autorização de passar meu tempo em outros universos, afinal, um estudante de jornalismo não tem autorização para mexer no universo dos taxistas. Um abraço!

[Sobre "Meta-universo"]

por Renan De Simone
http://pensologoeescrevo.blogspot.com
13/8/2007 às
22h14 201.68.208.218
 
Que democracia é essa?
O pior e' que concordo contigo, mas ainda assim me fica o desespero de saber que meu voto nao e' validado nesse caso, e ai' temos um problema gigantesco: que democracia e' essa que nao da' possibilidades para qualquer cidadao tentar chegar a qualquer cargo independente de suas parcerias, ou tamanho da conta? Que democracia e' essa onde confunde-se de maneira infame a esfera publica e a privada? Que democracia e' essa onde temos de escolher alguem obrigatoriamente, mesmo sem opcoes razoaveis? Concordo, concordo e choro. Abraco

[Sobre "Por que votei nulo"]

por Renan De Simone
http://axiologiaanatema.blog.terra.com.br
19/10/2006 às
10h21 201.43.175.116
 
Ainda tenho esperança
Concordo com você, Daniela. Pra começar, parabéns pelo histórico familiar. Sou estudante e sei que nossa bola está baixíssima no sentido de ação, estamos no tempo em que tudo quanto é mudança acaba sendo assimilada ao invés de revolucionar mesmo. É triste, é verdade, mas ainda espero que apareçam pessoas confiáveis e íntegras. Pode não ser nessa eleição, mas tem que ser, afinal a esperança... ops, ela já morreu, mas ainda existe a insistência e curiosidade no futuro. Um abraço.

[Sobre "Domingão de eleição"]

por Renan De Simone
http://axiologiaanatema.blog.terra.com.br
28/9/2006 às
10h21 201.43.174.76
 
Em defesa do Tom Cruise
Não concordo, não para ser o chato que não levou o texto a sério, mas por prudência. Essa nova seleção de remakes já me fez pensar diversas vezes no que está se passando, mas até agora não descobri. Ainda quero descobrir se o Spielberg continua impressionando e se o Cruise ainda é um galã simpático com alguma atuação, longe de perfeita, pelo menos válida. No Guerra do Mundos nada foi respondido, deu pra passar um tempo dentro da sala de cinema, mas não digo que valeu pela pipoca (seria clichê - e patético - demais). Ver toda a população do filme (ou grande parte) se comportando como formigas após pisarem em seu formigueiro, chegou a ser interessante. Não era minha visão realista de mundo, mas sempre soube que minha crença heróica na humanidade (que bonito) não seria correspondida nem no filme mais juvenil (homem-aranha tentou). Ainda dou créditos para o diretor. Quanto a Cruise, bem, ele me impressionou em Vanilla Sky (por mais patético q a lembrança pareça), ainda espero uma boa sacada.

[Sobre "Digestivo nº 239"]

por Renan De Simone
10/8/2006 às
23h42 201.43.40.22
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Olhando o Mundo Com São Francisco
Cardeal Arns
Edições Loyola
(1982)



Advanced Vocabulary & Idiom
B J Thomas
Longman
(1997)



Imortal
Anderson Santos
21
(2009)



Uma Viagem Aventurosa - Percorrendo o Brasil Em 1850
Julita Scarano
Brasiliense
(2007)



Meu Pai é um Super-herói
Ruby Brown Lesley Vamos
Fundamento
(2014)



Direito Tributario: Com Emenda Constitucional Nº3, de 170393
Yoshiaki Ichihara
Atlas
(1995)



Os Yoruba do Novo Mundo - 1ª Edição
Stefania Capone
Pallas
(2011)



Premier Dictionnaire En Images
Pierre Fourré
Bertrand
(1962)



A Mente e Força Criadora
Seicho Taniguchi
Seicho-no-ie
(1977)



Small G
Patricia Highsmith
Mandarim
(1996)





busca | avançada
80332 visitas/dia
2,6 milhões/mês