Literatura e macarrão-com-tudo | Cozete Gelli

busca | avançada
82221 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Minute Media anuncia lançamento da plataforma The Players’ Tribune no Brasil
>>> Leonardo Brant ministra curso gratuito de documentários
>>> ESG como parâmetro do investimento responsável será debatido em evento da Amec em parceria com a CFA
>>> Jornalista e escritor Pedro Doria participa do Dilemas Éticos da CIP
>>> Em espetáculo de Fernando Lyra Jr. cadeira de rodas não é limite para a imaginação na hora do recrei
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
>>> PoloAC retoma temporada de Os Doidivanas
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Flip 2006: um balanço tardio
>>> Flip 2006: um balanço tardio
>>> Flip 2006: um balanço tardio
>>> Montezano, do BNDES, sobre o marco do saneamento
>>> Leitor bebum começou com um gole
>>> Curtas e Grossas
>>> 12 de Agosto #digestivo10anos
>>> 11 de Fevereiro #digestivo10anos
>>> O homem da paz celestial
>>> Na contramão da História
Mais Recentes
>>> Você Só Precisa de Amor de John W. Jacobs pela Globo (2004)
>>> Almanaque da Tv Globo de Souto Maior pela Globo (2006)
>>> Sangue e Entranhas - a Assustadora História da Cirurgia de Richard Hollingham pela Geração (2011)
>>> O verão em que tudo mudou de Gabriela Freitas Thaís Wandrofski Vinícius Grosso pela Faro Editorial (2017)
>>> O estilo mafioso de gerenciar de Michael Franzese pela Thomas Nelson Brasil (2009)
>>> Desumano e Degradante de Patricia Cornwell pela Companhia das Letras (1996)
>>> Universidade Minecraft - A invasão zumbi de Winter Morgan pela Ciranda Cultural (2016)
>>> Um Amor Exclusivo de Johanna Adorján pela Geração (2011)
>>> Tá gravando. E agora? de Kéfera Buchmann pela Paralela (2016)
>>> Muito mais que 5 minutos de Kéfera Buchmann pela Paralela (2015)
>>> Sanguessugas do Brasil de Lucio Vaz pela Geração Editorial (2012)
>>> Personagens Encantados II de Ingrid Biesemeyer Bellinghausen pela Difusão Cultural do Livro (2006)
>>> Gildo de Silvana Rando pela Brinque Book (2010)
>>> Brasil Em Alta: a História de um Pais Transformado de Larry Rohter pela Geração Editorial (2012)
>>> O Aniversário de Teddy de Anne Faundez pela Ciranda Cultural (2011)
>>> Pato Atolado de Jez Alborough pela Brinque Book (2011)
>>> O Artesão de Walter Lara pela Abacatte (2010)
>>> Garrafinha de Mariana Caltabiano pela Companhia das Letrinhas (2011)
>>> Por favor, Obrogada, Desculpe de Becky Bloom e Pascal Biet pela Brinque Book (2016)
>>> Era uma vez um gato xadrez de Bia Villela pela Moderna (2016)
>>> Leve Mente Leve de Laura Medioli pela Leitura (2010)
>>> In the Snow de Paul Shipton pela Oxford (2014)
>>> O Imperador do Olfato, Uma História de Perfume e Obsessão de Chandler Burr pela Companhia das Letras (2006)
>>> Inácio o rato sortudo de Lucia Reis pela Paulinas (2018)
>>> Finding Nemo de Melanie Williams pela Pearson (2012)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 19/2/2004
Comentários
Leitores


Literatura e macarrão-com-tudo
Sempre gostei de cozinhar e de escrever. Desconfio que em ambos os ofícios produzo resultados medíocres, porém corretos. Criei certa vez um prato - não chega a ser uma receita, uma vez que a forma e o conteúdo variam sempre - que apelidei de "macarrão com tudo". Eu era bem mais jovem, e a gororoba servia muito bem para matar a fome pós-balada. Um dia um amigo provou o "macarrão-com-tudo" e disse que eu deveria abrir um restaurante, que aquilo era maravilhoso demais. Creditei o elogio à fome da madrugada e às más disfarçadas intenções do meu amigo de comer não só o macarrão - mas a autora do prato. Com meus escritos não foi diferente - quando tinha coragem de mostrá-los a alguém, choviam elogios, inclusive de um professor que passou a repetir diariamente "você tem que cursar jornalismo, não desperdice este talento..." Os anos passaram... fui a um restaurante caro, aliás um "café" num shopping, para comer a comida-filhote daqueles outros restaurantes carésimos da famiglia... e não é que havia um prato, que muito lembrava meu macarrão-com-tudo das madrugadas pós-balada? Só que tinha a grife da famiglia e custava uma fábula. Assim acontece com a literatura. Aliás, houve mesmo um caso de suicídio do chefe de cozinha de Luís XV, que matou-se ao desconfiar que um jantar de honra que preparara não saíra a contento. Um exagero. Há espaço para big-macs, para pastel de feira, e para os pratos franceses, um tiquinho de comida dentro do prato, enfeitado à exaustão e alçado à categoria de arte. Autores a quem muitos tratarão como iguaria, não passam de gororoba para o autor desta coluna. É tudo questão de gosto, de horário e do tamanho da fome.

[Sobre "O Último Samurai Literário"]

por Cozete Gelli
19/2/2004 às
08h13 200.234.70.134
(+) Cozete Gelli no Digestivo...
 
Zeca e pão com mortadela
No círculo incessante dos modismos, tudo que é in vira out, tudo que é up um dia é tachado como down. Foi assim com as havaianas, com o fusca, com o pastel de feira, com a mortadela. E é assim com Zeca Pagodinho. Desconfio que exista um submundo, os tais "antenados", que elenquem todas as coisas ou pessoas em baixa para lançá-las como "cult" no tempo apropriado. Foi assim com Zé do Caixão. Até Clodovil está sendo exumado por Alexandre Herkovitch. Imagino que estes "muderrnos" passem uma hora de seu dia pensando nas coisas "de raiz", nas "brasilidades" que possam desenterrar. Para a gente é bom, porque não precisa mais omitir que a-do-ra pastel de feira, sempre adorou. Não precisa esconder o CD do Zeca Pagodinho embaixo daquele da Marisa Monte, do outro da Adriana Calcanhoto. Dá uma liberdade danada assumir uma certa breguice de vez em quando. É confortável, assim como as havaianas são mais confortáveis para os pés e para o bolso que as "manolos" americanas. É claro que sempre irão existir os intelectuais preferindo mussarela de búfala e rúcula no seu ciabata (comprado, claro, numa boulangerie). Enquanto a gente come divertidamente nosso pãozinho com mortadela, ali mesmo na padaria da esquina...

[Sobre "Digestivo nº 161"]

por Cozete Gelli
19/2/2004 às
08h13 200.234.70.134
(+) Cozete Gelli no Digestivo...
 
Algumas mudanças
Olá... Faço ainda uma observação: Além das semelhanças nas tramas das novelas, parece que o conceito de "bons atores" mudou bastante! As novelas boas a que assisti (algumas já citadas em seu texto) tinham atores realmente bons... com alguma essência! O que vemos hoje na tv - claro que há exceções - são atores mal preparados, que com certeza só estão na tal novela por indicação de alguém do meio... Quantos bons atores não conseguem um papel na tv por não se encaixarem no padrão de beleza da emissora? É fácil notar que nos últimos anos só foram contratados atores jovens "bonitinhos" mas que não têm experiência suficiente para criar um bom personagem!! A minissérie (que de mini não tem nada) "Um só coração" poderia ser mil vezes melhor se a história de amor entre os protagonistas não ofuscasse a bela história de São Paulo... A tv aberta precisa sim passar por transformações. A começar pela substituição de programas sensacionalistas por algo mais informativo, cultural e principalmente útil!

[Sobre "A discreta crise criativa das novelas brasileiras"]

por Stephanie Maluf
18/2/2004 às
19h06 200.184.129.2
(+) Stephanie Maluf no Digestivo...
 
O segundo sexo
É a primeira vez que leio os seus textos e o tema abordado me deixou fascinada. No momento sou uma estudiosa do percurso histórico da mulher e me instiga, sobretudo, saber qual foi a estrada tomada para chegarmos na contemporaneidade como sendo o segundo sexo (assim como Simone de Beauvoir nos definiu). Abençoado o ventre da mulher. Tenho duas filhas e sei um pouco dos mistérios que nos ronda. Abraço Eliane

[Sobre "Mulheres de cérebro leve"]

por Eliane Cristina dos
18/2/2004 às
19h08 200.103.65.179
(+) Eliane Cristina dos no Digestivo...
 
escritores ruins
Não sei como vim parar aqui, mas gostei muito do texto. A internet e a facilidade para publicação de livros criaram uma leva enorme de escritores ruins. Talvez essa falta de vergonha na cara dos "escritores" venha da perda do hábito de leitura do povo em geral. Quanto menos exigente o leitor, menos preocupado com qualidade será o escritor... E durma com um barulho desses... Abraço!

[Sobre "O Último Samurai Literário"]

por Saladin
18/2/2004 às
16h15 200.255.40.96
(+) Saladin no Digestivo...
 
Pe. Antônio Vieira
Ana, olha que coincidência: ouvia eu hoje um programa no rádio, em que um dos convidados lembrava um famoso sermão do Pe. Antônio Vieira sobre a invasão holandesa no Brasil, que tinha gerado uma guerra local com os nossos "donos" portugueses. Pe. Antônio Vieira, então, dirigindo-se a Deus, EXIGIA que Ele fizesse os portugueses ganharem a guerra expulsando os holandeses. E que, se não pudesse fazer isso por ele, Padre, ou por Ele, Deus, que o fizesse por Sua mãe, a Nossa Senhora, uma vez que, se os holandeses vencessem, quem iria cuidar das imagens Dela? O detalhe desta história é que Pe. Antônio Vieira, com essa posição, teve uma postura hoje chamada de feminista, pondo uma mulher acima de Deus e se arriscando perante a Inquisição! Viva o Pe. Antônio Vieira! Viva Nossa Senhora! Viva as mulheres! Abraços e boa gravidez. Bernardo Carvalho (Goiânia-GO)

[Sobre "Mulheres de cérebro leve"]

por Bernardo Carvalho
17/2/2004 às
22h38 200.101.124.189
(+) Bernardo Carvalho no Digestivo...
 
Falta criatividade
Ola, amigo! Belo texto sobre as telenovelas. Tenho saudades dessas novelas: Pantanal, Que Rei Sou Eu (maravilhosa e divertidíssima), Tieta, Pedra Sobre Pedra, Fera Ferida e O Clone, pela ousadia da autora. O resto é tudo a mesma coisa. Falta criatividade. Entretanto, faço uma ressalva no Jornalismo "Verdade", onde se discute a relaidade do nosso povo. Lamentavelmente, é necessário. Lembra do Jornal O Dia, que era chamado de Jornal Sangrento? Pois então, naquela época, os repórteres já gritavam sobre a violência no Rio de Janeiro, mas ninguém se importava. Até que um dia, a violência atingiu a classe média e se criaram ONGs e mais ONGs. E desde essa época, a realidade do nosso país vem sendo mostrada. Agora imagine se naquela época, quando o Jornal Sangrento gritava pelos pobres da periferia, tivéssemos - Governo e Sociedade - tomado alguma atitude decente? Muita coisa seria evitada. Enfim, entre a baixaria do Big Brother e a baixaria da nossa realidade, eu fico com a baixaria do nosso povo, que não recebeu, educação, cultura e oportunidades. Sds, Elaine [email protected]

[Sobre "A discreta crise criativa das novelas brasileiras"]

por Elaine [email protected]
17/2/2004 às
09h45 200.217.202.196
(+) Elaine [email protected] no Digestivo...
 
O velho Márquez já dizia
Ana, mais um grande texto. Parabéns pelas verdades, pela força e pela nova vida. O Garcia Márquez já dizia que o mundo só não se esfacela devido à atuação sensível e coerente das mulheres.

[Sobre "Mulheres de cérebro leve"]

por Fabiano Novais
16/2/2004 às
20h33 200.97.210.197
(+) Fabiano Novais no Digestivo...
 
Digerindo o Digerido
Olá Julio Daio Borges, tudo bem? Parabéns pelo DIGESTIVO, desde que o conheci não parei mais de clica-lo... não preciso dizer que este site é o que nos fazia falta no aspecto completo. Sou escritora (com 1/4 de século mais 1) e amo a forma com que reserva as tuas linhas, os ensaios, comentários e colunistas... resolvi aproveitar a madrugada e minha insonia cultural para 'digerir' um pouco mais este site colossal... beijos, parabéns e continue nos 'Digerindo', fernanda goncalves

[Sobre "Digestivo nº 163"]

por fernanda goncalves
15/2/2004 à
00h15 200.177.58.29
(+) fernanda goncalves no Digestivo...
 
Arte contemporânea
Gostaria de tecer um breve comentário sobre o que o prezado Jardel escreveu. Primeiro, não sei o que vc. entende com bom desenho, provavelmente todo aquele possua uma forte aderência com o real, estou errado? O desenho possui suas questões sendo uma delas a representação. Mas em momento algum a representação é um fundamento da arte. Van Gogh era um ótimo desenhista e o motivo pelo qual Delacroix afirma que para Ingres ele era apenas um borrador é simples: Ingres trabalha na instância da linha e da poética visual, enquanto Delacroix tende mais para o que podemos chamar como o mundo enquanto película visual. O que falta hoje em dia é uma retomada das questões da produção da imagem, questões estas que perpassam toda a história da arte, entenda-se do paleolítico até a primeira metade do século XX.

[Sobre "Crítica à arte contemporânea"]

por Renato
14/2/2004 às
14h43 200.141.121.177
(+) Renato no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Arnaldo Jabor 40 Anos de Opinião Publica
Arnaldo Jabor
Cpi
(2007)



Aí, Né... e Depois?
Wagner Costa
Moderna
(2004)



Mecânica Quântica. Uma Iniciação Para Ciências Exatas e da Natureza
Schappo, Marcelo Girardi
Livraria da Física
(2019)



La Fuga del Colditz - Últimos Dias En Colditz
Patrick R. Reid
Versal
(1986)



Carta a um Amigo Judeu
Gian Franco Svidercoschi
Paulinas
(1996)



Grammar Power
Jane Schwartz
Kaplan Books
(1997)



Qualidade Segundo Garvin
Evodio Kaltenecker
Annablume
(1995)



Problemas de Processo Judicial Tributário Volume 5
Valdir de Oliveira Rocha (coordenador) Vol 5
Dialética
(2002)



Entre Tantos Entretantos - da Culpa ao Perdão
Juliana Galante Magalhães
Ixtlan
(2010)



Absinto
Christophe Bataille
Contraponto
(1996)





busca | avançada
82221 visitas/dia
2,5 milhões/mês