Giron, tendo a acreditar em vc | Mário G. Montaut

busca | avançada
71417 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Peça em homenagem à Maria Clara Machado estreia em teatro de Cidade Dutra, na periferia de São Paulo
>>> Campanha Sonhar o Mundo traz diversificada programação elaborada pelos museus paulistas
>>> Homenagem ao Pianista Nelson Freire, Grátis, 5/12, no Morumbi
>>> Carlos Dala Stella lança novo livro e completa trilogia
>>> Jam Brasil traz o melhor da música instrumental de 13 a 18/12 de graça
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
Últimos Posts
>>> Entre outros
>>> Entre o corpo e a alma, o tempo
>>> O tempo é imbatível
>>> Consciência
>>> A cor da tarja é de livre escolha
>>> Desigualdades
>>> Novembro está no fim...
>>> Indizível
>>> Programador - Trabalho Remoto que Paga Bem
>>> Oficinas Culturais no Fly Maria, em Campinas
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Salvem os jornais de Portugal
>>> Irmãos Amâncio
>>> Chris Cornell
>>> Nosso Primeiro Periscope
>>> YouTube, lá vou eu
>>> Contra os intelectuais
>>> Simpatia pelo Demônio, de Bernardo Carvalho
>>> Berlim, o passado arrancado à força
>>> Propostas discordantes no jornalismo
>>> Stan Lee - o reinventor dos super-heróis
Mais Recentes
>>> Pedagogias do Século XXI de Jaume Sebarroja Carbonell pela Penso (2016)
>>> As Sete Linhas da Umbanda de Janaina Azevedo Corral pela Universo dos Livros (2010)
>>> Didática da Matemática - Reflexões Psicopedagógicas de Cecilia Parra, Irma Saiz, Delia Lerner pela Artmed (1996)
>>> Moderna Plus Biologia 1 Aprova Enem de Obra Coletiva pela Moderna (2015)
>>> Leonardo da Vinci de Christiane Weidemann pela Prestel (2010)
>>> Orixás na Umbanda - As Origens, as lendas, os cantos e os rituais de cada orixá na umbanda de Janaina Azevedo pela Universo dos Livros (2010)
>>> Direito Público Contemporâneo - Ensaios Críticos – Vol II (lacrado) de Bruno Soeiro Vieira, Frederico Antônio Oliveira pela Lumen Juris (2017)
>>> Uma Amizade de Ouro de Marcia Kupstas pela Ftd (2016)
>>> Voo de Rapina (poesias) de Piero Eyben pela Horizonte (2014)
>>> A Loja Der Tudo Jeff Bezos e a era da Amazon de Brad Stone pela Intrínseca (2019)
>>> Cowabunga - Desventuras de Ex-surfista de Ana Paula Seixlack pela Benvirá (2014)
>>> Novíssimo Manual do Estudante - Ilustrado Vol 3 de Paulo de Oliveira pela Li Bra
>>> Moderna Plus Biologia 1 Parte III de Amabis Martho pela Moderna
>>> Charadinhas - Dizeres de Vários Autores pela Ciranda Cultural
>>> Conecte Live Química 2 Caderno de Estudos de João Usberco e outros pela Saraiva Plurall (2018)
>>> Os Sentidos de Elizabeth Avila Ferrari pela Brasileitura
>>> Sistema Respiratório Corpo Humano de Elizabeth Ávila pela Todolivro
>>> Maria de Rodrigo Alvarez pela Globo Livros (2015)
>>> Muitas Línguas, uma Língua de Domício Proença Filho pela José Olympio (2017)
>>> Moderna Plus - Biologia 1 Parte II de Amabis Martho pela Moderna
>>> Enciclopédia do Cinema Brasileiro - 2ª Edição (lacrado) de Fernão Pessoa Ramos, Luiz Felipe Miranda pela Senac Sp (2000)
>>> A invasão das salsichas gigantes de Arnaldo Jabor pela Objetiva (2001)
>>> Conhecimento Judaico II - Coleção Judaica 6 de Nathan Ausubel pela A. Koogan (1989)
>>> Sinfonia de Objetos de Paulo de Freitas Costa pela Iluminuras (2000)
>>> Conecte Live Química 2 Parte 2 de João Usberco e outros pela Saraiva (2018)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 7/10/2005
Comentários
Leitores


Giron, tendo a acreditar em vc
Giron, você já escreveu uma resenha absolutamente hermética para um cd que lhe enviei em 2000. Fidelíssima à natureza do meu trabalho, ela me produziu contentamento, choque e alguma dor. Seu texto foi, talvez, tão paradoxal como o cd que lhe enviei. Apreciações posteriores, advindas de críticos por quem tenho a maior admiração, mesmo escritas em tons que poderiam me deixar envaidecido, continham, desde que lidas criticamente, quase as mesmas observações que você havia feito. Em relação ao meu disco, senti que você de fato ouviu e soube elaborar uma resenha intensa. Por esse contato particularíssimo, extremamente íntimo(mesmo que você não o saiba), tendo a acreditar em você. Abraços do Mário Montaut!!!

[Sobre "Não fui ouvido por Veja"]

por Mário G. Montaut
7/10/2005 às
18h32 200.161.17.83
(+) Mário G. Montaut no Digestivo...
 
Quero mais escândalos!
Gostei do texto, resume quase tudo o que penso a respeito, só não concordo da sua súplica pelo fim dos escândalos, eles são pedagógicos e até estimulantes e pense bem a grande imprensa está adorando, basta ver a quantidade de anúncios na revista Veja. Mas não desanime, meu amigo, amanha teremos novos escândalos.

[Sobre "A vida, os escândalos e a vida sem escândalos"]

por carlos
7/10/2005 às
04h11 201.10.169.94
(+) carlos no Digestivo...
 
as pessoas: honestas&corretas
Marcelo, não sei se o ser humano é assim. Acho que não. O noticiário que é assim. E talvez sim, no Brasil, o país ande numa entressafra ética... Ainda assim, as pessoas em sua imensa maioria são honestas e corretas. No Brasil e no mundo.

[Sobre "A vida, os escândalos e a vida sem escândalos"]

por Ram
7/10/2005 às
03h59 69.181.208.255
(+) Ram no Digestivo...
 
Cacete!
Julio, seu texto está delicioso, arrebatador. Só acrescentaria que mesmo Beethoven, e Bach, e Mozart, compuseram demais, cacete! Que eles compusessem demais, tudo bem, mas a gente não tem a menor obrigação de ouvir tudo o que eles fizeram, entende? 5 obras de Beethoven, 2 de Bach e umas... de Mozart já dão música para se ouvir em muitas encarnações. Pelo menos foi o que o próprio Beethoven me confessou em Alvrakélia (rs), mas aliás, sobre isso, Julio, ando afoito de lhe falar. Baccios!!!

[Sobre "Beethoven"]

por Mário G. Montaut
6/10/2005 às
12h12 200.161.17.83
(+) Mário G. Montaut no Digestivo...
 
Pergunte ao Maluf...
eu prefiro dormir bem e seguir o caminho mais difícil construindo aos poucos a vida (pode crer que dá certo. já quitei o carro e a casa. falta pouco pra "comer bem"). há os que preferem comer bem e fazem o caminho inverso. só que para "manter o padrão", e os compromissos ardilosos assumidos, as falcatruas vão aumentando até que tudo termina em comida ruim e noites mal-dormidas (pergunte ao Maluf). prefiro dormir bem. comer bem vem com o tempo.

[Sobre "O país dos imbecis"]

por emilio
6/10/2005 às
10h53 200.216.225.17
(+) emilio no Digestivo...
 
Beethoven e a miséria humana
Caro Julio, Beethoven dizia: "aquele que compreender a minha música estará livre das misérias humans". Muito bom seu artigo. Foi um prazer lê-lo comentando o livro e a obra de Beethoven com tanta clareza. Agora é correr para os CDs e (re)ouvir nosso gênio para que "toda a miséria humana se disperse". Abraço, Jardel

[Sobre "Beethoven"]

por jardel
6/10/2005 às
08h53 200.218.227.54
(+) jardel no Digestivo...
 
Você está de parabens!
Estamos super orgulhosos de vc! muitos beijos...

[Sobre "Primavera dos Livros do Rio 2005"]

por Ludmilla Viana
5/10/2005 às
22h38 201.9.232.132
(+) Ludmilla Viana no Digestivo...
 
que atire a primeira pedra...
Não é por nada não, mas a idéia de seu texto lembra muito o Morre Lentamente, de Martha Medeiros, que circulou pela net atribuído a Gabriel Garcia Marquez.

[Sobre "O amor e o amor plagiado"]

por Roberta
5/10/2005 às
14h55 200.195.23.132
(+) Roberta no Digestivo...
 
Adorei o texto:envio a meu pai
Adorei o texto. Até enviei para meu pai, que é professor universitário, e suou a camisa por mais de trinta anos, trabalhando fim de semana inclusive, para outro dia ser tachado de "funcionário público". Mas porque o brasileiro não dá bola para professor? Em primeiro lugar, na sociedade brasileira não podemos debater idéias, debatemos personalidades. Veja só se você acha que alguém teve uma idéia ruim no projeto em que trabalha, nunca pode dizer isso diretamente. O cara fica "ofendido", e você é "arrogante". Boas idéias são aquelas que justamente se sustentam após constantes contestações... Então na sociedade do tapinha nas costas, e do cochicho depois ("pô, realmente é uma bosta aquela idéia"), fica difícil estabelecer uma meritocracia, que acho que é um dos pontos do seu artigo. Em segundo lugar, existe muito professor desonesto no Brasil, que valoriza a si próprio em detrimento do debate de idéias do qual deveria fazer parte, e ao menos momentaneamente valorizar mais que seu ego. Pior: professores que não se furtam em fazer o que é melhor para si, em detrimento do que é melhor para um orientado seu, que deveria ser como um filho. Os tipos de coisas que já vi no Brasil no mundo acadêmico, raramente vejo por aqui... Eu ao menos nunca me preocupo com a opinião do executivo do banco... Pense sempre que você faz o que te deixa feliz, e pronto. A liberdade de não ter que ser rebanho de ninguém compensa mais do que vários zeros a mais no contra-cheque. Experiência própria... Quanto ao Brasil, as coisas estão sempre mudando. Muitos amigos, conhecidos e desconhecidos reconhecem o valor do professor, o valor das idéias, e lutam do seu jeito para que o nosso país tome um rumo... Mas nunca vou estranhar que os meios de massa reflitam o status-quo. Um dia ele muda, e quem sabe, junto com a notícia da nova Spice Girl brasileira, apareça uma pequena entrevista com uma professora de literatura!

[Sobre "O país dos imbecis"]

por Ram
5/10/2005 às
13h26 69.181.208.255
(+) Ram no Digestivo...
 
Novela América:o fim da picada
América é o fim da picada porque jogaram fora tudo que podia ser animador em uma novela, e montaram um monte de refrões e clichês – que, por via das dúvidas, não é como é a Vida Dos Brasileiros nos EUA... Bom, mas brasileiro aprende por novela, do mesmo jeito que intelectual do nosso país pensa por osmose... Quanto à Oprah, foi o maior escândalo o tal programa de Nova Orleans, porque ela "armou" cenas lacrimosas durante o desastre. Ela e o Geraldo, by the way. O que me espanta é que as pessoas precisam desse tipo de coisa para derramar lágrimas... Será que é tão difícil derramar lágrimas por "O Idiota", de Dostoievski, ou por uma lua bonita, ou por se despedir de um amigo que vai morar longe, ou por ver os filhos crescerem, ou porque a namorada conquistou alguma coisa, ou porque o padeiro está sofrendo com a doença do pai, ou porque o vizinho se sente só, ou porque se tem saudade do mar? Os seres humanos modernos se empatizam com a televisão, mas transformam a vida real numa plastificação surreal... Choram pela Oprah de Nova Orleans, mas quando caminham na rua do seu bairro, não sentem a menor vontade de perguntar à aquela garota do ônibus porque ela chora e simpatizar com ela... Homo Insanus.

[Sobre "A novela América e o sensacionalismo de Oprah"]

por Ram
5/10/2005 às
13h08 69.181.208.255
(+) Ram no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Brasileiros no Sinistro Triângulo das Bermudas
Arthur Oscar Saldanha da Gama
Biblioteca do Exército
(1984)



Minha Cruz, Minha Luz
Dauny Fritsch; William
EME
(2010)



Crustaceos - Versao Pocket
Danusia Barbara
Senac Rio
(2008)



A Gramática do Concursando
José Almir Fontella Dornelles
Vestcon
(2010)



Na Crise Global - as Oportunidades do Brasil e a Cultura da Esperança
João Paulo dos Reis Velloso
José Olympio
(2009)



Horizonte de Eventos
Daisy Xavier
Arte e Design
(2018)



Seis Estudos de Psicologia
Jean Piaget
Forense
(1971)



O Amor Verdadeiro
Tânia Leite Motta
Provo Gráfica
(1999)



Quem Falou Isso? uma Parábola de Negócios
Ray Dizazzo
Record
(2003)



Desestatização e Terceirização
Gina Copola
Ndj
(2006)





busca | avançada
71417 visitas/dia
1,9 milhão/mês