a espiritualidade coca-cola | Ram

busca | avançada
75243 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conto HAYEK, de Maurício Limeira, é selecionado em coletânea da Editora Persona
>>> Os Três Mosqueteiros - Um por Todos e Todos por Um
>>> Sesc 24 de Maio recebe o projeto Parlavratório - Conversas sobre escrita na arte
>>> Cia Caravana Tapioca faz 10 anos e comemora com programação gratuita
>>> Eugênio Lima dirige Cia O GRITO em novas intervenções urbanas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
>>> Dave Brubeck Quartet 1964
Últimos Posts
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
>>> Mimético
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A obra-prima de Raymond Chandler
>>> A obra-prima de Raymond Chandler
>>> Apresentação
>>> Literatura e cinema na obra de Skármeta
>>> Literatura e cinema na obra de Skármeta
>>> A todos que passem por aqui
>>> João Paulo Cuenca e seu Corpo Presente
>>> Neruda, oportunista fantasiado de santo
>>> VTEX e Black & Decker sobre transformação digital
>>> Apresentação
Mais Recentes
>>> A vida é uma festa de Lauro Trevisan pela Festinvita (1991)
>>> Vença o desânimo de Lewis Losoncy pela Circulo do Livro (1977)
>>> Personagens que marcaram época: Allan Kardec de Sebastião Aguiar pela Globo (2007)
>>> Ritual de magia divina: O poder infalível da prece de Não identificado pela Pensamento (1999)
>>> Livro - À espera dos filhos da luz de Ana Maria Braga pela Leya (2019)
>>> Para ler gaúchos de Vários autores pela Novo século (1999)
>>> Saber ver: A arte mesopotâmica e persa de Jaime Alvar Ezquerra pela Martins fontes (1989)
>>> Cartas vincadas, letras no espelho de Ferene Pál e Marcelo Marinho (org) pela Letra Livre (2004)
>>> A Distância Entre Nós de Thrity Umrigar pela Nova Fronteira (2006)
>>> Livro - A nossa única casa: Um apelo ao mundo pela necessidade urgente de cuidarmos da Terra de Dalai Lama, Franz Alt pela Leya (2021)
>>> Heróis da Bíblia Os Patriarcas de Ilan Brenman pela Sêfer (1997)
>>> Sociologia de Walter Benjamin pela Ática (1991)
>>> Tio Patinhas Nº 258 de Walt Disney pela Abril (1986)
>>> Infelicidade do século de Alain besançon pela Bertrand (2009)
>>> La Historia del Número 48915 de Rachel Roth pela Do Autor (2015)
>>> O Futuro da Humanidade de Augusto Cury pela Arqueiro (2005)
>>> Personagens que marcaram época: Leila Diniz de Ana Tereza Clemente pela Globo (2007)
>>> As razões do iluminismo de Sergio Paulo Rouanet pela Companhia das letras (1987)
>>> Rebeldes Têm Asas de Rony Meisler pela Sextante (2017)
>>> Nem todas as palavras de Caio Riter pela Nova Prova (2010)
>>> História econômica e social da idade Média de Henri Pirenne pela Mestre Jou (1999)
>>> O Mestre Dos Mestres de Augusto Cury pela Sextante (2006)
>>> O Bracelete Partido de Gershon Kranzler pela Merkos (2003)
>>> Panorama da Literatura de Flávio Aguiar pela Nova Cultural (1988)
>>> Harry Potter e o Enigma do Príncipe de J. K. Rowling pela Rocco (2005)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 30/11/2005
Comentários
Leitores


a espiritualidade coca-cola
Não sei, não. Se este é o único coelho na cartola, acho que teremos que comer guisado... Li Paulo Coelho quando tinha 14 anos de idade. Mais precisamente, no primeiro ano do segundo grau. Tive que ler, porque 3 livros dele foram leitura obrigatória... Ao mesmo tempo estava descobrindo os clássicos nacionais, de Amado a Machado, de Aluizio Azevedo a Mario de Andrade. E posso dizer, sem papas na lingua, Paulo Coelho escreve livros bem piores que estes. Suas estórias são superficiais e um tanto previsíveis, e o português básico. Talvez esteja aí o seu mérito. O brasileiro já não quer ler coisas sofisticadas... Não digo só o brasileiro, o cidadão médio do mundo não quer nada muito complexo. Nada melhor que livros que tenham sempre uma entonação positiva, envolvam uma magiazinha aqui e ali - a espiritualidade coca-cola que todos andam buscando - e voilà. Claro, tem seu mérito. Assim como Metallica tem seu mérito no rock: vender. E nem por isso vamos compara-los aos Rolling Stones..

[Sobre "Paulo Coelho para o Nobel"]

por Ram
30/11/2005 às
04h10 69.181.208.255
(+) Ram no Digestivo...
 
adentrar a Alma do Mundo
Giron, você lembra que no romance “O alquimista”, Paulo Coelho tece uma homenagem a diversos autores que teriam “entrado na Alma Do Mundo”? Estou convicto de que ele, como Jorge Luis Borges e Oscar Wilde, entre outros homenageados, também adentrou a Alma do Mundo, belíssimo termo da Alta Mística. Nela estiveram os Beatles, Eliot, Chico Buarque, Magritte, Borges, Millôr Fernandes, e todos os que desejando ou não, deram toques e retoques no Surreal Triângulo do Amor, da Poesia e da Liberdade. A magia do complô chega a ponto do anti-metafísico Millôr ter promovido ainda mais o recente Zahir de Coelho, comentando (provocativamente, Millôr?) “O Zahir” de Borges, como exemplo de texto que não dá para ser melhorado. De Paulo Coelho li só os dois primeiros livros. Talvez por culpa de “O Zahir” e outros de Borges, que leio ad libitum. Não acredito que a Instituição Nobel tenha decaído a ponto de contemplar Paulo Coelho ou J. K. Rowling Potter. Ambos, como diria o místico Pessoa, são “Médias”.

[Sobre "Paulo Coelho para o Nobel"]

por Mário G. Montaut
29/11/2005 às
19h22 200.161.17.83
(+) Mário G. Montaut no Digestivo...
 
um desabafo que não agride
A poesia tem elegância. É um desabafo que não agride. Gostei. Parabéns.

[Sobre "Suicídio da razão"]

por Edna Markus
29/11/2005 às
19h20 201.17.163.175
(+) Edna Markus no Digestivo...
 
Nobel só pode ser piada
Penso que o motivo pelo qual não há análises profundas sobre a obra do Paulo Coelho é que ela não se presta a isso. Li três livros dele (O Alquimista, Brida e As Valquírias) e considero-os assombrosamente mal escritos. Penso que se trata de alguém com boa dose de imaginação e, provavelmente, alguma experiência mística, mas não é capaz de produzir literatura com isso. Não há dúvida de que há preconceito contra essa sua aura de escritor, mas não creio que isso se deva tanto ao aspecto alucinante e nada verossímel de seu misticismo quanto ao fato de faltarem elaboração e dimensão poética aos seus relatos. Indicá-lo para o Nobel só pode ser piada.

[Sobre "Paulo Coelho para o Nobel"]

por Sônia Portella
29/11/2005 às
17h52 161.148.224.162
(+) Sônia Portella no Digestivo...
 
Por que Coelho faz sucesso
Olá, Giron. Paulo Coelho sempre me despertou reações contrárias: admiração, pela narrativa suave e envolvente, e indignação por dedicar a maioria dos feitos de nossa vida a causas místicas ou sobrenaturais. Mas eu convivo bem com esse paradoxo. Não quero resolvê-lo. Um livro que me ajudou a entender o fenômeno PC foi o do Prof. Mario Maestri, "Por que Paulo Coelho faz sucesso", se não me engano. Este livro ajudou-me a entender o público leitor de PC. Embora as críticas de Maestri sejam por vezes ácidas e amargas demais, há muita informação interesante ali. Um abraço.

[Sobre "Paulo Coelho para o Nobel"]

por Jacques
29/11/2005 às
16h46 200.169.16.19
(+) Jacques no Digestivo...
 
Lucidez... sim ou não!
O poema é muito profundo e nos remete a uma reflexão sobre a nossa lucidez, que nos leva à razão mas também pode nos impedir de fantasiar, o que talvez seja a única realidade. Parabéns à autora pela sensibilidade de tocar sentimentos nobres e contribuir para a nossa decisão de ter lucidez OU NÂO!!!

[Sobre "Suicídio da razão"]

por Sílvia Parreira
29/11/2005 às
16h42 201.19.167.231
(+) Sílvia Parreira no Digestivo...
 
Mais fácil do que parece
A vida as vezes é mais simples do que parece. O problema é que ficamos muito envolvidos com os "vícios", sejam eles bons ou ruins. Acho que o segredo é procurar mais pelo "mistério", e trocar de vícios. No fim somos apenas átomos!

[Sobre "A ousadia de mudar de profissão"]

por Ricardo Cabral Jahen
29/11/2005 às
14h46 201.20.200.88
(+) Ricardo Cabral Jahen no Digestivo...
 
perder a lucidez
Que poema maravilhoso!!! Tocou minha alma profundamente. Hoje, um dia chuvoso e de melancolia, este poema trouxe à tona sentimentos já esquecidos. É de uma sutileza surpreedente. Só o título já diz tudo. Quem não gostaria de perder a lucidez alguma vez? Parabéns à autora!

[Sobre "Suicídio da razão"]

por Rosa
29/11/2005 às
12h54 200.150.63.9
(+) Rosa no Digestivo...
 
Rina Bogliolo
Adorei o poema de Rina Bogliolo. Gostaria de obter mais informações a respeito da escritora. Obrigada. Litza.

[Sobre "Suicídio da razão"]

por Litza Costa Nunes
29/11/2005 às
12h17 201.17.163.175
(+) Litza Costa Nunes no Digestivo...
 
Parabéns pela audácia!
Prezado Giron. Parabéns pela audácia! Paulo Coelho é um dos autores que mais vende no mundo e nossa crítica não tem audácia suficiente para falar dele. Acho que você é o primeiro! Já li alguns livros dele e concordo com tudo o que você disse e ainda acrescento que em seus livros, ele consegue passar a idéia de que mesmo que a pessoa esteja na pior, há uma estrela que, se você souber acioná-la, sua vida pode se tornar maravilhosa. Indicá-lo para o Nobel seria mais uma audácia, mas acho que ele merece um estudo. Afinal o que o leitor está precisando? Será que não vale uma análise psicológica para desvendar as necessidades de uma humanidade tão carente de magos e parábolas consoladoras?

[Sobre "Paulo Coelho para o Nobel"]

por Vera Carvalho
29/11/2005 às
10h44 201.0.84.135
(+) Vera Carvalho no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Indiscreto
Charles Dubow
Cia Nacional
(2013)



Como Acalmar um Virginiano - 1ª Edição
Mary English
Pensamento
(2014)



Diário de Perséfone
Heloisa Seixas
Record
(1998)



O Aplauso Final
Monique Raphel High
Record
(1981)



The Legend of the Vitória-régia
Steve and Maria Yolen
Ftd



Você Pode Criar Uma Vida Excepcional
MODIFICAR
MODIFICAR



Esperanto para Principiantes
Aluísio Sartorato
Liney
(1994)



A República de Montenegro
Marcelo Carneiro
Valença
(1998)



Como Eu era Antes de Você
Jojo Moyes; Beatriz Horta
Intrinseca
(2013)



Ventures 4 Workbook Com Cd Room
Gretchen Bitterlin e Outros
Cambridge Ref
(2014)





busca | avançada
75243 visitas/dia
2,2 milhões/mês