entrar para historia? | Ram

busca | avançada
51839 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Cia Triptal celebra a obra de Jorge Andrade no centenário do autor
>>> Sesc Santana apresenta SCinestesia com a Companhia de Danças de Diadema
>>> “É Hora de Arte” realiza oficinas gratuitas de circo, grafite, teatro e dança
>>> MOSTRA DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS A PARTIR DE JUNHO
>>> Ibevar e Fia-Labfin.Provar realizam uma live sobre Oportunidades de Carreira no Mercado de Capitais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (I)
>>> A primeira ofensa recebida sobre algo que escrevi
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Procissão
>>> Mais espetáculo que arte
>>> teu filho, teu brilho
>>> O Medium e o retorno do conteúdo
>>> A Poli... - 10 anos (e algumas reflexões) depois
>>> Web-based Finance Application
>>> Pensando sozinho
Mais Recentes
>>> Local, Global de Heloisa Buarque de Almeida pela Berlendis & Vertecch (2013)
>>> A Ordem Negra de James Rollins pela Ediouro (2007)
>>> Geometria Analítica Plana de Steinbruch Basso pela Makron Books (1991)
>>> Plano de Negócios de Egoy Walter Wildauer pela Intersaberes (2012)
>>> A Rendeira Borralheira de Socorro Acioli; Alexandre Camanho pela Positivo Livros (2009)
>>> How to Launch a Brazilian Depositary Receipts (bdrs) Program de Vários Autores pela Pwc
>>> Amanhã é outro dia de J.m. Simmel pela Nova Fronteira (1978)
>>> Tempo Bom, Tempo Ruim de Jean Wyllys pela Paralela (2014)
>>> O Fantasma de Canterville de Oscar Wide pela Scpione (2006)
>>> não vi enão gastei - O fenômeno do Prenconceito de Renato da Siva Queiroz pela Moderna (1997)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Ide (2016)
>>> Giocondo Dias - a Vida de Revolucionario de João Falçãqo pela Agir (1993)
>>> Passenger to Frankfurt de Agatha Christie pela Harpercollins Uk (2017)
>>> Por Que Sonhei Com Isso? de Evelyn Kay Massaro; Lauri Quinn Lowenberg pela Best Seller (2017)
>>> Born Montoneros - 9 Meses En las Entranãs de Montoneros de María Odonnell pela Sudamericana (2015)
>>> Mesa para Dois de Nora Roberts pela Harlequin Books Br (2007)
>>> Controle o Estresse de Augusto Cury pela Gold
>>> Schwert, Das de Daniel Easterman pela Aufbau Tb (2009)
>>> English in Formation 3rd Edition 8 Teacher Book de Wilson Liberato pela Standfor (2016)
>>> Metade de uma Rosa de Jonas Ribeiro pela Do Brasil (2007)
>>> Alarde Poético de Vários pela Não consta (2006)
>>> Perfume Derramado de Denise Seixas pela Bolabooks (2016)
>>> Evangelho Eterno e Orações Prodigiosas de Osvaldo Polidoro pela Do Autor (2009)
>>> Nao Pergunte Se Ele Estudou de Renato Alves pela Humano (2011)
>>> Habermas e a Dialética de David Igram pela Edunb (1993)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 15/5/2006
Comentários
Leitores


entrar para historia?
Nao seria o caso entao de falta de "marketing" para jogar estes novos autores na lista dos mais vendidos? Acho que ha' no nosso mercado editorial uma preocupacao excessiva com "entrar para historia"... Ninguem sabe que entra para historia. Quem decide isso e' o tempo. Num mercado saudavel, muitos autores lancariam muitos livros. Alguns seriam bem vendidos, outros, nao. Um punhado deles poderiam ser considerados bons livros. E talvez um ou dois ficassem na memoria do tempo... Nao e' possivel "comparar" Machado, Shakespeare, com um autor do presente no sentido de "entrar para historia". Era outro tempo, outra maneira de se armazenar e propagar conhecimento (onde poucos controlavam o destino de muitos). Quanto 'a geracao 00, ela sofre do mesmo problema de muitos que vejo tentando escrever no Brasil: se recusam a escrever pelo simples prazer de ler e escrever...

[Sobre "Não existem autores novos"]

por Ram
15/5/2006 às
23h24 67.161.2.204
(+) Ram no Digestivo...
 
engasgado com tanta coisa
Eu poderia estar internado na emergência de algum hospital público, engasgado com tanta coisa que teria para dizer e que você o fez por mim. É isso aí! Eu já havia batido nesta tecla, inclusive com alguns representantes da chamada geração 00. Alguns muito superestimados pela mídia. Tá certo que o mercado necessita de renovação. Mas vamos com calma! Me parece que esses "novos" buscam a satisfação na publicação. E entendo que isso é um erro. A satisfação deve vir antes. É como transar e só gozar quando a(o) parceira(o) diz que foi bom para ela(e). A verdadeira satisfação deve vir no ato de escrever. O sucesso costuma vir como conseqüência, embora a justiça nem sempre se faça. Ao que parece, a onda dos autores novos envelheceu. Quantos ficaram? Ainda é cedo para avaliar. Mas de certo só ficarão os que escrevem textos universais e eternos. gd ab

[Sobre "Não existem autores novos"]

por Julio Cesar Corrêa
http://jccbalaperdida.blogspot.com
15/5/2006 às
18h25 200.179.233.36
(+) Julio Cesar Corrêa no Digestivo...
 
muuuuuuuuuuuuito bom
o site é muuuuuuuuuuuuito bom, concordo com todos os emails, mas especialmente com o de "josé loscano junior": devemos nos unir. beijos

[Sobre "Anos Incríveis"]

por cris
15/5/2006 às
14h31 200.151.181.25
(+) cris no Digestivo...
 
verborragia medíocre
É isso aí. Admiro um texto com conteúdo forte... inteligente. Se é bom que a "rapaziada" escreva o que sente... Tudo bem... mas ser endeusado... por esta verborragia medíocre...

[Sobre "Não existem autores novos"]

por Eveline
15/5/2006 às
14h21 201.64.77.242
(+) Eveline no Digestivo...
 
Perfeito, Paulo
A unica coisa que realmente importa e' a atemporalidade de uma Literatura tao excelente que se faz nova a cada releitura.

[Sobre "Não existem autores novos"]

por Sandra Baldessin
http://sandraregina.multiply.com
15/5/2006 às
14h03 201.69.146.84
(+) Sandra Baldessin no Digestivo...
 
Ruins como o Marcelo Mirisola
Ola', concordo, Paulo, literatura nao tem tempo e acho essa historia de autor novo um engodo mesmo. Pior e' ver que autores ditos novos e ruins, como um tal de Marcelo Mirisola, estao com destaque no mercado editorial -- aquilo que ele escreve e' pura enganacao enquanto literatura. Enfim, ele e' novo, ele sai nas colunas, ele vende. Que tempos! Abracao.

[Sobre "Não existem autores novos"]

por isa fonseca
http://hisafarr.zip.net
15/5/2006 às
11h02 200.226.16.109
(+) isa fonseca no Digestivo...
 
o mediano é tudo
Caro Paulo, você está querendo passar a sua bateia em ribeirão que não tem veio. Autores novos são só autores novos. Deixe a literatura mediana existir. Vamos nos divertir, ler, escrever, dizer bobagens. A posteridade, a genialidade, o novo, o surpreendente, isso é coisa de latino, de periferia. Vivemos num mundo anglo-saxão onde o mediano é tudo. Aproveitemos.

[Sobre "Não existem autores novos"]

por Flávio Caixeta
15/5/2006 às
10h41 200.252.157.100
(+) Flávio Caixeta no Digestivo...
 
Rótulos novos
Realmente não há "autores novos" (isso entendido como um rótulo), mas sim autores. Porém os chamados "escritores consagrados" (outro rótulo) começaram falando de seu tempo. E surgiram no meio de um infindade de autores "de seu tempo", a maioria mediocres ou que não decolaram como eles. Será que buscar um produto já testado pelo tempo não tem um quê de preconceito, similar a consumir o novo só porque é novo? "A velocidade de mundo de hoje" é que estamos vivenciando -- um dado que não pode ser desprezado quando se escreve ou quando se lê. Essa velocidade pode dar bons frutos, como, por exemplo, o "conto mínimo" e a revalorização da poesia. Talvez esta rapidez dê origem a uma nova forma de expressão. E que daqui a algum tempo tenhamos alguns escritores consagrados que souberam pintar seu tempo com maestria.

[Sobre "Não existem autores novos"]

por Alvaro Domingues
http://sombrasesonhos.zip.net
15/5/2006 às
08h52 201.0.23.76
(+) Alvaro Domingues no Digestivo...
 
Literatura nunca deu dinheiro
Fecho contigo. Ou você opta por fazer literatura (e esqueça da possibilidade de ganhar algum em vida, que assim é melhor e deixa a sua literatuira em paz) ou mete logo na cabeça que vai fazer um puta livro de auto-ajuda e ganhar rios. Literatura nunca deu dinheiro.

[Sobre "Não existem autores novos"]

por João Peçanha
15/5/2006 às
08h42 200.99.1.10
(+) João Peçanha no Digestivo...
 
Sobre o dito
Fantastico. Ainda bem que existe a Internet, para trazer bons textos até nos.

[Sobre "Não existem autores novos"]

por Artur Malheiros
15/5/2006 à
01h54 67.8.172.86
(+) Artur Malheiros no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Esboços de Sermões
Luis Roberto Silvado
A. D Santos
(2012)



Outras do Analista de Bagé
Luis Fernando Veríssimo
L pm
(2022)



Boas Maneiras e Sucesso nos Negócios
Celia Ribeiro
L&pm
(1993)



O Perito
Robert Finn
Publicações Europa-américa
(2009)



Au Arquitetura & Urbanismo Nº 155
Pini
Pini



O Estudante
Adelaide Carraro
Global
(2001)



Comunicacao Modernizacao e Difusao de Inovacoes no Brasil
Jose Marques de Melo
Vozes
(1978)



Inteligência - Perspectivas Teóricas
Leandro S. Almeida, Aristides Ferreira
Almedina
(2009)



Wireless Java With J2me - Sams Teach Yourself - in 21 Days.
Michael Morrison
Sams



Historias da Vo Cotinha Vivencias e Virtudes
Lucia Nobrega
Rideel
(2010)





busca | avançada
51839 visitas/dia
1,8 milhão/mês