Novo Editor-assistente | Digestivo Cultural

busca | avançada
36466 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
EDITORIAIS >>> Arrumando a Casa

Segunda-feira, 5/2/2007
Novo Editor-assistente
Rafael Rodrigues

+ de 5500 Acessos

Como fiz com o Fabio Silvestre Cardoso, apresento agora, a vocês, o Rafael Rodrigues, novo Editor-assistente do Digestivo, através de entrevista com o próprio... Diferentemente do Fabio, que tinha um background mais acadêmico, o Rafael tem uma experiência 100% de internet. Perceberam alguma diferença? (Depois me contem...) Cansado de ser "assistente de Editor", agora o Rafael é Editor-assistente. Com muito merecimento. Vida longa a ele na função! – JDB

Rafael, você vem de um curso de Letras... Já tinha se imaginado no jornalismo? Como isso se deu (e o que está achando de fazer jornalismo agora)?

Na verdade, entrei no curso de Letras justamente para poder me especializar ou pós-graduar em jornalismo. Enquanto isso não acontece, vou aprendendo, na prática, um pouco do "fazer jornalismo", cultural, em específico. Mas dizer que faço jornalismo é um exagero. Não considero o que escrevo como jornalismo. Nem mesmo como crítica literária. Apenas escrevo sobre livros, recomendo obras que li e gostei, ou achei interessantes. É óbvio que, para isso, às vezes precise pesquisar, entrar em contato com o autor, ler outras críticas, o que termina sendo um trabalho jornalístico. Mas escrevo tão despojadamente, que seria pretensão dizer que sou um jornalista cultural, penso.

Como é trabalhar como assistente de edição do Digestivo? (Prós? Contras?)

É maravilhoso. E não digo isso pra fazer média. Nem mídia. Simplesmente é verdade. O trabalho de assistente de edição do Digestivo (que engloba também a função de revisor de textos) é essencial para meu crescimento como leitor, "escritor" (dizem que eu sou, mas também não me considero, ainda) revisor e futuro editor, que pretendo ser. Como te disse, via e-mail, há alguns dias, o trabalho no Digestivo foi e é uma das melhores coisas que me aconteceram desde que comecei a escrever.

Novamente as letras: a internet é hoje o caminho, para quem quer escrever (ou lidar com isso)? Por quê?

Acredito que sim. Principalmente para quem não está no olho do furacão, como eu. Se pra quem mora no eixo Rio-São Paulo ou no sul do país já é complicado se destacar no meio literário, imagine para quem está no interior da Bahia... Não que eu me considere um "destaque", mas me orgulho do que tenho conseguido nos últimos tempos. A internet é fundamental para quem hoje escreve e quer ser lido. Os blogs estão aí, aumentando de número dia após dia. São inúmeros os sites literários que aceitam colaborações. Como o contato acontece apenas virtualmente, o que vale é o que está escrito, a qualidade do que está escrito. É óbvio que se houver alguma boa referência – leia-se "rede de contatos" – as coisas ficam mais fáceis. Mas isso é muito relativo. Quem me indicou o Digestivo foi o Marcelo Barbão, mas quando enviei meu primeiro texto para o Digestivo, não citei o nome dele, até para não o comprometer, caso não gostassem do meu texto. Ou seja: tudo o que eu tinha eram minhas referências, os sites por onde passei e os textos que foram publicados neles. E, modéstia à parte, minha pena. E foi isso o que me fez ganhar espaço, acredito. Talvez nem tanto minha pena, mas mais a minha inquietação e meu inconformismo. É tudo o que eu tenho.

Os veículos impressos estão muito fechados, ainda, para os colaboradores desconhecidos. Por isso a internet é fundamental. Porque dá espaço a quem escreve bem e não tem oportunidade de sair no papel. Não que sair no papel seja imprescindível, mas ainda é o objetivo de muita gente.

Sua experiência: você recomendaria a outras pessoas?

Com certeza. Eu escrevo para sites na rede desde 2003. Comecei no Pessoas do Século Passado. Depois de muito tentar, tive um texto publicado no Paralelos. Mas somente em 2005 consegui me firmar como colunista semanal, no site Simplicíssimo. Depois disso, as coisas melhoraram bastante. Me tornei colaborador freqüente do blog e do site Paralelos, ganhei uma coluna no Argumento e cheguei ao Digestivo. Ou seja, uma coisa levou a outra. Igual a tudo na vida. Não tenho do que me queixar. Levei muitos "nãos" de diversos sites. Levei muitos "nãos" do Paralelos, por exemplo. Mas foram essas negativas que me fizeram escrever sempre mais e sempre tentando atingir um nível melhor. Acredito que consegui.

Em relação às diversas publicações culturais, o que falta e o que "sobra" no Digestivo?

Sinceramente, não sei. Conheci o Digestivo, pra valer, em 2006. Não sei ainda por quais mudanças o site passou, em seus 6 anos de existência. (Preciso até ler alguns editoriais que ainda não li e conversar mais com você sobre isso...) Acredito que o Digestivo cumpra os objetivos que se propõe a cumprir. Fazer um jornalismo cultural que não seja enfadonho. Um jornalismo empolgante, que incentive o leitor a assistir aquela peça, ler aquele livro, ver aquele filme. Eu mesmo, como leitor, já comprei livros ou DVDs indicados por colunistas do Digestivo. E se morasse no Rio ou em São Paulo, provavelmente iria assistir a peças indicadas no site. Acho que, no momento, nada falta ou sobra no Digestivo. O site está excelente do jeito que está e espero que, na pior das hipóteses, se mantenha assim. Mas a tendência é melhorar, com certeza.

Tem literatura no Digestivo? E autores? (Você recomendaria alguém para as editoras de livros?)

Até nisso o Digestivo é diferente dos outros. Que outro site cultural pode se dar o luxo de ter uma colunista como Ana Elisa Ribeiro, que escreve assim, do nada, como os melhores cronistas faziam? Ou ter os belos textos do Marcelo Maroldi, que deixam leitores emocionados e com lágrimas nos olhos? São exemplos de colunistas que alternam textos críticos com textos mais pessoais, mais literários. Ambos com certeza serão colocados nas prateleiras das livrarias, mais cedo ou mais tarde. Só depende de eles quererem isso ou não. Talento eles têm, de sobra.

Poucos escritores têm bons blogs no Brasil... Você arriscaria uma explicação (para a ausência de escritores consagrados na World Wide Web)?

Os escritores consagrados não precisam de blogs. Eles têm um público fiel, fãs que os acompanham há décadas. Só escritores mais "novos" é que precisam dos blogs. Por mais carnaval que se faça em cima dos "novos autores", eles ainda são "desconhecidos". Por isso a necessidade dos blogs e sites. Se não fossem os blogs, eu não conheceria o Daniel Pellizzari, por exemplo.

Talvez também, por isso, pelo domínio dos "novos" no meio blogueiro, os autores já consagrados não queiram manter seus próprios blogs. Talvez tenham medo de parecerem senhores de idade metidos a jovens, não sei. Mas eles estão na internet, também. Charles Kiefer tem seu site, Menalton Braff também. Ronaldo Correia de Brito, Milton Hatoum e outros estão no Terra Magazine, que não é um blog, mas poderia ser... Aos poucos eles vão chegando.

Para os autores jovens, como você, o reconhecimento em livro ainda é imprescindível? O que acha disso?

Você de novo me chamando de autor... Bom, não posso mentir: é, sim, imprescindível. Quero ver meu nome na capa do livro, poder ler nele as palavras que agora estão nas folhas de velhos cadernos, amontoados no meu quarto. Quero folhear minhas próprias palavras em tipologia Elegant Garamond, corpo 12, impressas em papel off-white... Quero poder entrar numa livraria e ver alguém comprando meu livro. Quero ler um crítico literário detoná-lo em um jornal ou site cultural (mas um só, dos outros quero elogios), para eu dar boas gargalhadas.

Enfim. Querendo ou não, é um orgulho ser publicado em livro. E é o desejo da maioria dos que se dizem escritores. Quem escreve, escreve porque gosta, porque tem vocação, porque não consegue não escrever. Mas escreve também por vaidade, porque quer ser lido. Acredito que até mesmo Kafka, que tentou queimar tudo o que escreveu e teve poucas obras editadas em vida, queria, no fundo, ser publicado e reconhecido como grande escritor. Se não quisesse, não enviaria seus originais ao amigo, Max Brod, que fez com que fossem publicadas postumamente as obras do escritor.

Qual o seu conselho para quem quer publicar no Digestivo Cultural?

Quem quer escrever para o Digestivo precisa ler, e muito, o Digestivo. Foi isso o que eu fiz, apesar de não ter escrito meu primeiro texto publicado aqui especificamente para o site. Foi assim comigo e também com o mais novo colunista do DC, o Guga Schultze, já batizado de "o arqueólogo" do Digestivo.

É ler os textos do site e escrever, praticar. Quando se sentir seguro, é só enviar os textos para apreciação. Todos serão lidos, os autores podem ter certeza disso.

Ah: é necessário escrever sobre temas pertinentes, óbvio. Não precisa ser a resenha de um livro lançado ontem. Pode ser sobre um livro lançado há décadas, desde que tenha relevância. E desde que o texto seja bem escrito, claro.

O que mudou na sua vida depois do Digestivo?

Mudou a maneira de encarar meus objetivos. Nunca pensei que eles fossem impossíveis de ser alcançados. Se fossem, seriam sonhos. Mas não são. Hoje não tenho mais medo de enviar um texto seja lá pra que veículo for. Nem de entrar em contato seja lá com quem for.

Mudou também a maneira de agir. Antes eu era muito "afobado", saía enviando o mesmo texto para 300 sites. Hoje não mais. Nem tenho mais tanto tempo para isso... Mas seleciono melhor, não envio o mesmo texto para diversos sites ao mesmo tempo (dica que se encaixa na pergunta anterior) e aprendi a ter mais paciência com os editores. Quando um editor não responde imediatamente a um e-mail, é porque ele realmente não pôde, não teve tempo.

Aprendi a dizer (e ler) "nãos" e aprendi a ouvir (e ler) "nãos". O Digestivo é um aprendizado não só profissional, mas pessoal, também. Igual a tudo na vida...

Para ir além
Mais Rafael Rodrigues


Rafael Rodrigues
Segunda-feira, 5/2/2007


Mais Arrumando a Casa
Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




CÓDIGO TRIBUTÁRIO NACIONAL
ALVARO MELO FILHO
FORENSE
(1987)
R$ 7,00



4 VOLS. - BATMAN O CAVALEIRO DAS TREVAS (MINISSÉRIE COMPLETA)
FRANK MILLER; KLAUS JANSON; LYNN VARLEY
ABRIL
(1987)
R$ 44,91



ONDE ESTÃO AS CRIANÇAS?
MARY HIGGINS CLARK
CÍRCULO DO LIVRO
(1989)
R$ 7,90



ESTUDAR VERBO INTRNASITIVO?
PAULO AFONSO CARUSO RONCA
EDESPLAN
(1996)
R$ 5,00



BLADE: A LAMINA DO IMORTAL - VOL. 3
HIROAKI SAMURA
JBC
(2016)
R$ 25,00



LOVERS AND STRANGERS
DAVID GROSSMAN
BLOOMBURY
(2005)
R$ 60,00



O LAGO DAS LÁGRIMAS - VOLUME 2 - DELTORA QUEST
EMILY RODDA
FUNDAMENTO
(2014)
R$ 44,80



CRÔNICAS DE REPÓRTER
PEDRO BIAL
OBJETIVA
(1996)
R$ 4,00



DESENHOS DA PRISÃO II SÉRIE
ALVARO CUNHAL
AVANTE
(1989)
R$ 137,00



MOMENTOS DE UM POETA
BENY MATOS
ATENIENSE
(1997)
R$ 11,67





busca | avançada
36466 visitas/dia
1,2 milhão/mês