Microcontos ou micropoemas? | Annita Costa Malufe

busca | avançada
65370 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Missão à China
>>> Universidade do Livro desvenda os caminhos da preparação e revisão de texto
>>> Mississippi Delta Blues Festival será On-line
>>> Tykhe realiza encontro com Mauro Mendes Dias sobre O Discurso da Estupidez
>>> Trajetória para um novo cinema queer em debate no Diálogos da WEB-FAAP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O dinossauro de Augusto Monterroso
>>> Asia de volta ao mapa
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Micronarrativa e pornografia
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> Viva a revolução
>>> AC/DC 1977
>>> As maravilhas do mundo que não terminam
>>> Nem Aos Domingos
Mais Recentes
>>> Romances de Oscar Wilde de Jeanette Marillier pela Livraria martins (1952)
>>> Jesus - O Maior Psicólogo que Já Existiu de Mark W. Baker pela Sextante (2005)
>>> As Lendas de Dandara de Jarid Arraes pela Cultura (2016)
>>> Prevenção e controle de risco em maquinas equipamentos e instalações de Armando Campos / José da C. Tavares / Valter Lima pela Senac (2014)
>>> Sam, o encantador de Henry A. Zeiger, Alexandre M. de S. Melo pela Mm (1974)
>>> A Aldeia Sagrada de Francisco Marins pela Ática (1993)
>>> O Ponto Zero da Revolução - Trabalho Doméstico, Reprodução e Luta Feminista de Silvia Federici pela Elefante (2019)
>>> 10 Dias que abalaram o mundo de John Reed, Armando Gimenez pela Global (1978)
>>> Inocência de Visconde de Taunay pela Ática (1980)
>>> O seminarista de Bernardo Guimarães pela Ática (1978)
>>> Vislumbres de la India de Octavio Paz pela Seix Barral (2014)
>>> Ah! Se eu soubesse de Rose dos Anjos pela Espírita francisco spinelli (1980)
>>> Poesia Completa e Prosa Escolhida -Volume Único de Gonçalves Dias pela José Aguilar (1959)
>>> Olga de Fernando Morais pela Companhia das Letras (2017)
>>> A Fôrça do Pensamento de William Walker Atkinson pela O pensamento (1978)
>>> Contra o Financismo - o Método Mais Prático e Eficiente para Investir de Felipe Miranda - Rodolfo Amsterden pela Empiricus (2016)
>>> Geografia da coragem de Jorge Macedo pela Edições asa (1988)
>>> Memórias do Aprendizado de Jorge Carvalho do Nascimento pela Edições Catavento (2004)
>>> O que todos devem saber sobre os Bancos de Roberto damasceno Pinto pela Ouro (1968)
>>> Pasquim apresenta Lúcia McCartney de Rubem Fonseca pela Codecri (1978)
>>> Trilogia de Mauro Rasi pela Relume dumará (1993)
>>> A Humanidade é Isenta de Pecado de Masaharu Taniguchi pela Seicho-No-Ie (2008)
>>> Amor de perdição de Camilo Castelo Branco pela FTD (1999)
>>> Plano Piloto de Victor Hugo G. Rodrigues pela Scortecci (1992)
>>> Curso completo de processo penal de Paulo Lúcio Nogueira pela Saraiva (1993)
>>> Prontuário de redação oficial de João Luiz Ney pela Dasp (1973)
>>> Intelectuais da Educação: Sílvio Romero, José Calasans e Outros Professores de Jorge Carvalho do Nascimento pela Edufal (2007)
>>> A Espada de Shannara de Terry Brooks; Ana Cristina Rodrigues pela Saída de emergência (2014)
>>> Insaciável de Meg Cabot pela Galera (2012)
>>> As Pedras Élficas de Shannara de Terry Brooks; Ana Cristina Rodrigues pela Saída de emergência (2014)
>>> Mordida de Meg Cabot pela Galera (2012)
>>> Tutor - um homem de olhar penetrante de Sue Hecker pela Harper Collins (2017)
>>> A tormenta de espadas - As crônicas de gelo e fogo de George R. R. Martin pela Leya (2011)
>>> Interação medicamentosa - 10A de Luiza cristina pela GEN Guanabara Koogan (2011)
>>> O símbolo perdido de Dan Brown pela Sextante (2009)
>>> Cuidado de Ferimentos Para veterinarios de equinos - 10A de Dean A. Hendrickson pela Roca (2016)
>>> Odontologia Veterinaria - 10A de Marco Antonio Gioso pela Manole (2007)
>>> Livros Série Gerenciamento De Projetos - Fgv de André Bittencourt do Valle, Carlos Alberto Pereira Soares, José Finocchio Jr. e Lincoln de Souza Firmino da Silva et al. pela Fgv (2010)
>>> Futebol e Futsal. Atividades, Jogos e Treinamento Para Homens e Mulheres. Fisiologia Aplicada -10A de Ivan da Cruz Picarro pela Phorte (2012)
>>> O Quarteto de Alexandria: Clea de Lawrence Durrell pela Ediouro (2006)
>>> Esporte e Educação Saúde e Cidadania na Escola - 10A de Adriana Brunstein pela Eureka (2015)
>>> Ensinando basquetebol para jovens - 10A de American S.E.P pela Manole (2000)
>>> Esporte e Educação - 9º ano: O esporte e a mente - 10A de Vários pela Mundial (2015)
>>> Ensinando tênis para jovens - 10A de American Sport Education Program pela Manole (1999)
>>> Esporte e Educação Saúde e Cidadania na Escola - 7º ano / Meio ambiente e atividade física - 10A de Denis Pierre Araki pela Eureka (2015)
>>> Esporte e Educação Saúde e Cidadania na Escola - 8º ano / Esporte e ciência - 10A de Denis Pierre Araki pela Eureka (2015)
>>> Esporte e Educação Saúde e Cidadania na Escola - 6º ano / Corpo em movimento - 10A de Denis Pierre Araki pela Eureka (2015)
>>> O Quarteto de Alexandria: Mountolive de Lawrence Durrell pela Ediouro (2006)
>>> Pedagogia do Esporte. Aspectos Conceituais da Competição e Estudos Aplicados - 10A de Riller Silva Reverdito pela Phorte (2013)
>>> Ensinando voleibol para jovens - 10A de American S.E.P pela Manole (1999)
ENSAIOS

Segunda-feira, 21/2/2005
Microcontos ou micropoemas?
Annita Costa Malufe

+ de 18500 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Uma coleção de pequenas frases engraçadinhas. É um pouco com esta impressão que fecho o livro Os Cem Menores Contos Brasileiros do Século, organizado pelo escritor recifense, residente em São Paulo, Marcelino Freire. Lembro-me que, quando o livro saiu (há quase um ano), chamou-me atenção nas prateleiras das livrarias, como um pequeno e bonito livro-objeto ideal para "dar de presente": a edição da Ateliê Editorial é impecável, com uma capa dura vermelha e de um tamanho que cabe na palma da mão. O conteúdo também algo adequado para uma lembrancinha despretensiosa: minicontos que são mais piadinhas curtas, rápidas "sacadas" de poucas linhas.

O livro parte de uma idéia interessante: convidar cem escritores brasileiros para escreverem um "conto" com apenas 50 letras. Parte, ainda, de um genial microconto, de Augusto Monterroso, com o qual Marcelino abre a edição: "Quando acordou, o dinossauro ainda estava lá". Gostaria de ressaltar o fato de que este, que seria o mais famoso microconto do mundo, é citado por Ítalo Calvino em seu Seis Propostas para o Próximo Milênio, no capítulo em que ele fala sobre a importância da "rapidez" na literatura. Vale retomar o trecho todo de Calvino: "Borges e Bioy Casares organizaram uma antologia de Histórias breves e extraordinárias. De minha parte, gostaria de organizar uma coleção de histórias de uma só frase, ou se uma linha apenas, se possível. Mas até agora não encontrei nenhuma que supere a do escritor guatemalteco Augusto Monterroso: 'Cuando despertó, el dinosaurio todavia estaba allí'".

Acredito que, embora não tenha citado, Marcelino Freire conheça o texto de Calvino e tenha tido a feliz idéia de realizar o desejo expresso pelo escritor italiano. Entretanto, vale retomar a fala de Calvino e acrescentar que, na coletânea de que trato aqui, este microconto, parece-me, segue insuperável. Muitos dos textos enviados pelos escritores brasileiros restringem-se ao mero jogo de palavras, ao trocadilho, ou a simples tiradas pretensamente humorísticas. E a grande maioria parece derivada do poema-piada que tanto se proliferou nos anos 70, especialmente com a dita poesia marginal, e que ali, naquele contexto, já aparecia mais bem resolvido em diversos poetas.

Basta pescar ao acaso poemas de alguns representantes desta geração que começou a escrever nos anos 60/70, e que participaram da agitação cultural destes tempos, para encontrar exemplares ideais do conceito de miniconto que perdura no livro — e com menos de 50 letras! Um poema de Cacaso, de Beijo na Boca (1975) como (título em caixa alta): "'SINA'/ o amor que não dá certo sempre está por perto"; ou: "'ORGULHO'/ decresça e/ apareça". Ou de Paulo Leminski: "— que tudo se foda,/ disse ela,/ e se fodeu toda" (de La Vie em Close). Ou mesmo de Francisco Alvim — ótimos exemplos curtíssimos como: "'VISITA'/ Não bateram na porta/ Arrombaram" (de Lago, Montanha). E ainda: "'MAS'/ é limpinha"; ou: "'ÓRFÃO'/ Sou./ De muitos pais, de/ muitas mães" (de Elefante).

Enfim, poemas bastante precisos, que poderiam ser tidos como "microcontos", e que parecem conter mais poder de síntese, concisão, mais humor e mesmo mais "ação", no sentido dramático, do que muitos dos contos do livro. Julio Cortázar, talvez um dos maiores contistas já surgidos entre nós latino-americanos, refletindo sobre a arte do conto, coloca-a ao lado da fotografia: o conto, como a foto, recorta um fragmento bem preciso e delimitado da realidade e, no entanto, deve fazer com que este fragmento tenha o poder de oferecer uma espécie de explosão que transcenda, rompa os limites da câmera, do texto. Diz ele [no ensaio "Alguns aspectos do conto"]: "(...) o fotógrafo ou o contista se vêem obrigados a escolher e limitar uma imagem ou um acontecimento que sejam significativos, que não apenas tenham um valor em si mesmos, mas que sejam capazes de funcionar no espectador ou no leitor como uma espécie de abertura (...)". Abertura esta que leva a nossa sensibilidade e inteligência para além do episódio narrado literariamente.

Este é um bom modo de olhar para um conto, ainda mais quando se trata de contos extremamente curtos, em que esta habilidade de delimitação e abertura é de fato posta à prova. Opto por falar aqui dos microcontos do livro que, ao meu ver, cumpriram muito bem a proposta contida na historieta do dinossauro de Monterroso e se mostraram como soluções felizes. Soluções estas que, de certa forma, apontam para a explosão e a abertura às quais Cortázar se refere.

É o que encontramos na densidade do aparentemente inocente texto de Luiz Ruffato: "'ASSIM': Ele jurou amor eterno./ E me encheu de filhos./ E sumiu por aí.". Ou na ironia de Dalton Trevisan, que se insere em toda uma tradição de personagens da nossa literatura, de Machado, passando por Nelson Rodrigues e pelo próprio Dalton: "— Lá no caixão.../ — Sim, paizinho./ — ...não deixe essa aí me beijar." Em ambos, uma critica social que passa pelo olhar e a vida do povo brasileiro, que encontramos de modo tão semelhante em Chico Alvim. E que podemos ver também no descontraído: "'CRIAÇÃO'/ No sétimo dia, Deus descansou./ Quando acordou, já era tarde.", de Tatiana Blum.

Há ainda o humor desconcertante de: "'QUEM'/ Sim, doutor, eu estou louco./ Mas quem é esse/ que diz eu estou louco?" (Sérgio Sant'Anna) — microhistória que encarna o próprio problema da não-identidade do louco, mas também a identidade de quem fala: se eu não tenho eu, quem é o eu que isto enuncia? E há o humor quase trágico de: "'ADEUS'/ Então disse:/ — Viver era isso?/ E fechou lentamente os olhos." (Miguel Sanches Neto); e de: "'MAS O RIO CONTINUA LINDO'/ Pensa o desempregado/ ao pular do Corcovado." (Antonio Torres). Humor um tanto "tragicômico" que podemos encontrar em diversos outros textos, quase como uma prevalência do tom escolhido pelos autores convidados.

De certo modo, este também é o tom usado por Millôr Fernandes. No entanto, como o título não entrava na conta das 50 letras, Millôr aproveitou, e escreveu o que talvez seja um dos mais interessantes textos da coletânea: "'EMOCIONANTE RELATO DO ENCONTRO DE TEODORO RAMIREZ, COMANDANTE DE UM NAVIO MISTO, DE CARGA, PASSAGEIROS E PESCA, DO CARIBE, NO MOMENTO EM QUE DESCOBRIU QUE A BELA TURISTA INGLESA ERA, NA VERDADE, UMA PERIGOSA TERRORISTA CUBANA, QUE TENTAVA PENETRAR NUM PORTO DO SUL DA FLÓRIDA, PARA DINAMITAR A ALFÂNDEGA LOCAL, E PROCUROU FORÇÁ-LA A FAVORES SEXUAIS'/ — Capitão, tem que me estuprar em 1/2 minuto; às 8, seu navio explode". Brincadeira divertida, que inverte a proposta do livro, e que, por contraste com os outros textos, acaba sendo ainda mais engraçada.

Termino esta pequena resenha ressaltando a importância de livros que apresentem um gênero híbrido, que contribua para borrar as fronteiras dos gêneros literários tradicionais, como é o caso destes Os Cem Menores Contos Brasileiros do Século. Os microcontos aqui apresentados são contos ou poemas? Claro que não cabe responder. Vale deixar ecoando mais um trecho de Cortázar, para quem o conto é um gênero de dificílima definição, gênero enfim "tão secreto e dobrado sobre si mesmo, caracol da linguagem, irmão misterioso da poesia em outra dimensão do tempo literário".

Para ir além






Annita Costa Malufe
São Paulo, 21/2/2005

Mais Annita Costa Malufe
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
30/4/2005
14h50min
Parabéns à autora. Gostei muito do texto que me introduziu no mundo (muito inteligente) dos microcontos ou micropoemas!
[Leia outros Comentários de Cesar Luiz Pasold]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A MECÂNICA DAS ÁGUAS
E. L. DOCTOROW
COMPANHIAS DAS LETRAS
(1995)
R$ 35,90



PLAYBOY ANDREA GUERRA
DIVERSOS
ABRIL
(1998)
R$ 50,00



SOCIEDADE DE ADVOGADOS
SERGIO FERRAZ
MALHEIROS
(2002)
R$ 12,00



GERÊNCIA À BRASILEIRA
AGRÍCOLA DE SOUZA BETHLEM
MCGRAW-HILL
(1989)
R$ 10,00



A ARCA DOS BICHOS
MARCELO DUARTE
CIA DAS LETRINHAS
R$ 14,00



GUIMARÃES ROSA
TÂNIA MACEDO
ÁTICA
(1988)
R$ 5,00



O HORROR ECONÔMICO
VIVIANE FORRESTER
UNESP
(1997)
R$ 30,00



A ARTE DE GANHAR A VIDA - COLEÇÃO PERGUNTE AO JOSÉ
SEBASTIÃO MARTINS - VÁRIOS
LE
(1999)
R$ 5,00



A ALEGRIA DO TRIUNFO: MANUAL PRÁTICO DE PSICOLOGIA DO COTIDIANO
PATRICK ESTRADE
IBRASA
(1993)
R$ 5,00



O AVESSO DA POESIA
LUCIA BRAGA
CANOA DAS LETRAS
(1999)
R$ 9,11





busca | avançada
65370 visitas/dia
2,1 milhões/mês