A dança das imagens de Murilo | Pedro Maciel

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Festa na floresta
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
>>> O Salão e a Selva
Mais Recentes
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> Filosofia Para Crianças e Adolescentes de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2008)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> Vida de São Francisco de Assis de Tomás de Celano pela Vozes (2018)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Astrologia e Fatalismo Magnetismo e Hipnose de Ferni Genevè pela Fase (1983)
>>> Práticas da leitura de Roger Chartier (org.) pela Estação Liberdade (2001)
>>> Universo em Desencanto A Verdadeira Origem da Humanidade Vol 1 de Não Informada pela Mundo Racional
>>> Matemática Financeira de Roberto Zentgraf pela Ztg (2002)
>>> Como Negociar Qualquer Coisa Com Qualquer Pessoa Em Qualquer Lugar do Mundo de Frank L. Acuff pela Senac (1998)
>>> Morte e Vida Severinas: das Ressurreições e Conservações ... Ed. Ltda. de Nelci Tinem e Luizamorim: Organização pela Impre. Univ. J. Pessoa (2012)
>>> Mais Trinta Mulheres que Estão Fazendo a Nova Literatura de Luiz Ruffato pela Record (2005)
>>> Príncipe Sidarta A Fuga do Palácio de Patricia Chendi pela Rocco (2000)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Smart Work Why Organizations Full Of Intelligent People ... de Steven A. Stanton pela Do Autor (2016)
>>> Estatística Objetiva de Roberto Zentgraf pela Ztg (2001)
>>> Diários Messiânicos: uma Experiência de Extensão Universitária de Bruno Cesar Euphrasio de Mello pela Univ. Federal Rgs. (2015)
>>> The Lost Symbol de Dan Brown pela Doubleday (2009)
>>> Dez Dias de Cortiço de Ivan Jaf pela Ática (2009)
>>> Medicina do Além Um Presente de Jesus para a Humanidade de Fabio Alessio Romano Dionisi pela Dionisi (2014)
>>> Energia Renovável de Dme pela Dme
>>> São João Paulo Grande Seus Cinco Amores de Jason Evert pela Quadrante (2018)
>>> At Risk de Patricia Cornwell pela Little Brown And Company (2006)
>>> Gone For Good de Harlan Coben pela Na Orion Paperback (2007)
>>> When The Wind Blows de James Patterson pela Little Brown And Company (1998)
>>> Windmills Of The Gods de Sidney Sheldon pela William Morrow And Companhy (1987)
>>> If Tomorrow Comes de Sidney Sheldon pela William Morrow And Companhy (1985)
>>> Pearl Dakotah Treasures 2 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2004)
>>> Pearl Dakotah Treasures 2 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2004)
>>> Children Of The Lamp Book One de P. B. Kerr pela Orchard Books (2004)
>>> The Tale Of Despereaux de Kate Di Camillo pela Candlewick Press (2003)
>>> What She Left For Me de Tracie Peterson pela Bethany House (2005)
>>> Mulher (Trilingue) de Orestes Campos Barbosa pela Sografe, Belo Horizonte (2009)
>>> Mulher (Trilingue) de Orestes Campos Barbosa pela Sografe, Belo Horizonte (2009)
>>> A Christmas Carol de Charles Dickens pela Bendon (2014)
>>> A Christmas Carol de Charles Dickens pela Bendon (2014)
>>> Ruby Dakotah Treasures 1 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2003)
>>> Opal Dakotah Treasures 3 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
>>> Amethyst Dakotah Treasures 4 de Lauraine Snelling pela Bethany House (2005)
ENSAIOS

Segunda-feira, 5/12/2005
A dança das imagens de Murilo
Pedro Maciel

+ de 6100 Acessos
+ 1 Comentário(s)

O poema é feito de palavras, medida e ritmo (poesia é devaneio, mas com método); é a transformação da vida em palavra – mas é melhor transformar a vida em poesia do que fazer poesia com a vida. Murilo Mendes (1901-1975), mineiro de Juiz de Fora, é um desses poetas que trata a poesia como uma idéia do imaginário.

Poeta é aquele que sabe que o universo é inocente mesmo quando sepulta um continente ou incendeia uma galáxia. Pode-se dizer que o poeta é, sobretudo, aquele que recomenda sonhos, que prefere “a nuvem ao ônibus”, que sabe que “o tempo é refratário, apócrifo, redondo” e, que, ainda assim, espera que “o anteontem prepare as rodas do amanhã”. Murilo tinha consciência de que “sem esperança não surge o inesperado”.

Outras gerações começam a redescobrir o poeta que sabia que viver a poesia é muito mais necessário e importante do que escrevê-la: “O sofrimento dos poetas, dos artistas e dos santos torna-se o estrume espiritual da humanidade”.

As metamorfoses (1944), Poesia e Liberdade (1947) e Tempo Espanhol (1959), (Ed. Record), relançados por agora, em comemoração ao centenário de nascimento, é antes de tudo uma mostra de que a poesia não é apenas uma operação da linguagem, mas uma experiência de vida.

Poesia e Liberdade é reflexo dos tempos da guerra: “a terra chove suor e sangue”; “projeto estético” associado a um “projeto ideológico”, “concepção de poesia como uma linguagem universal da experiência humana”.

Tempo Espanhol, segundo Júlio Castanõn Guimarães, apresenta poemas “em que se entrecruzam a rebeldia, a religiosidade, o inconformismo, a criatividade, a sensibilidade de uma Espanha cujo horizonte é a história. Uma história pontuada por seus pintores, toreadores, poetas, místicos, por sua arquitetura, seus ritos, suas paisagens.”

Fábio de Souza Andrade abre As metamorfoses afirmando que há três matrizes estético-ideológicas na poesia de Murilo: “o filtro de um humor irônico, a liberdade das associações surrealistas, e um catolicismo sensualista e pouco ortodoxo”. E acrescenta que As metamorfoses, livro central em sua produção, “abre-nos de par em par as portas de um universo poético em pleno vigor, onde a realização lírica não fica aquém de sua ambição máxima.”

Mendes é também conhecido como um remanescente da vanguarda do século 20. O poeta trabalhou com colagens surrealistas nos anos 30. Por volta dos anos 50, o poeta investe em textos que se aproximam do cubismo, a partir de temas contraditórios, como a espiritualidade, coloquialismo e sensualismo.

A poesia de Mendes é uma dança das imagens, jogo hedonístico, dicção antropofágica, sopro metafísico, fala atemporal. A grandeza de Murilo é verbal, visual e sonora. Poeta da consciência cósmica, do transcendental, do abismo da história, das elocubrações metapoéticas, das imagens apocalípticas, do pensamento selvagem, dos aspectos mais cotidianos do mundo humano.

Mendes influenciou profundamente a linguagem antilírica de João Cabral de Melo Neto. Carlos Drummond, Manuel Bandeira e Jorge de Lima são os três poetas que mais dialogaram com Murilo. “Mendes é o maior distribuidor de poesia que jamais conheci”, declarou Jorge de Lima.

Outra grande influência de Murilo se deu através da amizade com Ismael Nery, pintor, arquiteto e poeta. Em Recordações de Ismael Nery (Ed. Edusp) coletânea de textos de O Estado de S. Paulo, e do Jornal da Manhã, do Rio, Murilo disseca a vida e obra de Ismael. Ismael Nery foi quem converteu o anárquico e visionário Murilo Mendes ao catolicismo.

Recordações de Ismael... fala, sobretudo, de um grupo de amigos que girava em torno de Nery. Os mais fiéis eram Mário Pedrosa, Jorge Burlamaqui, Guignard e o próprio Murilo Mendes. A conversa quase sempre se estendia em torno da filosofia de Ismael, batizada por Mendes como “essencialismo”, uma espécie de sistema filosófico preparatório para o catolicismo, investigação filosófica das coisas essenciais através da abstração do tempo e do espaço.

Murilo Mendes legou muitas imagens à memória dos leitores. Mas há críticos que o classificam como poeta metafísico, poeta concreto, poeta modernista, ou apenas poeta surrealista. Não há como classificá-lo, já que a diversidade de estilos é o que caracteriza a sua obra.

Na “Microdefinição do autor”, o poeta diz que pertence “à categoria não muito numerosa dos que se interessam igualmente pelo finito e pelo infinito. Atraem-me a variedade das coisas, a migração das idéias, o giro das imagens, a pluralidade de sentido de qualquer fato, a diversidade dos caracteres e temperamentos, as dissonâncias da história”.

Poemas de Murilo Mendes

"Joan Miró"

Soltas a sigla, o pássaro e o losango,
Também sabes deixar em liberdade
O roxo, qualquer azul e o vermelho.
Todas as cores podem aproximar-se
Quando um menino as conduz no sol
E cria a fosforescência:
A ordem que se desintegra
Forma outra ordem ajuntada
Ao real - este obscuro mito.

(Do livro Tempo Espanhol, de Murilo Mendes.)

* * *

"Abismo"

Todos me indicam o caminho contrário.

Bebi na música
E fechei-me a sós com o sonho.

Quando acordei
Haviam destruído os gramafomes
E a treva anterior envolvia a cidade.

O mar passava nos braços
Uma pulseira de mortos.

Abri um pé de magnólia
Dando sombra ao Minotauro.
Desde então
Um peito é zona de guerra,
Fiz um eixo com as estrelas.
A poesia em pára-quedas
Tanto desce como sobe.

(Do livro As metamorfoses, de Murilo Mendes.)

Nota do Editor
Ensaio gentilmente cedido pelo autor. Publicado originalmente no caderno “Idéias”, do Jornal do Brasil, em 15 de junho de 2002.


Pedro Maciel
Belo Horizonte, 5/12/2005

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Jane Fonda em biografia definitiva de Sonia Nolasco
02. A soprano insaciável de Luís Antônio Giron
03. Belham: nossa maior voz infantil de Luís Antônio Giron
04. Quando a vida liquida o espírito de Luís Antônio Giron
05. A eternidade nos labirintos de Borges de Pedro Maciel


Mais Pedro Maciel
Mais Acessados de Pedro Maciel
01. Italo Calvino: descobridor do fantástico no real - 8/9/2003
02. A arte como destino do ser - 20/5/2002
03. Antônio Cícero: música e poesia - 9/2/2004
04. Imagens do Grande Sertão de Guimarães Rosa - 14/7/2003
05. Nadja, o romance onírico surreal - 10/3/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
30/12/2005
21h59min
fico comovido quando vejo murilo em outras paragens. sou minerinho de juiz de fora e por incrível que pareça, nosso poeta-mor do modernismo brasileiro é um cidadão ilustre mas desconhecido. as salas de aula fazem vistas aos seus versos e os mestres nunca foram ensidos a ler murilo aos discípulos. é triste e comovente. bom, temos memórias infindáveis sobre a capacidade fantástica desse poeta. para mim, o que mais me apaixona foi sua conversão ocorrida pela morte súbita de um amigo em 33. foi deveras bonito murilo com a morte crer na vida... de um errante, virou um cristão. aliás, esta é a grande história da cristandade... quem sabe alguém não gosta disso e faz disso uma obra de arte... sem mais delongas, parabéns. aproveitem e visitem o museu de arte moderna de juiz de fora com o acervo de murilo, o maior de minas e o segundo do país em obras modernistas... vale a pena.
[Leia outros Comentários de joao paulo siqueira ]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O HOSPITAL: A LEI E A ÉTICA
JOSÉ DE QUEIROZ CAMPOS E JUAREZ DE QUEIROZ CAMPOS
LTR (SP)
(1976)
R$ 21,28



SE EU TIVESSE NADADEIRAS
JEANE CABRAL SCHLATTER
CIRANDA CULTURAL
(2012)
R$ 19,90



O QUE É JAZZ
ROBERTO MUGGIATI
BRASILIENSE
R$ 8,00



COMENTÁRIOS À CONSOLIDAÇÃO DAS LEIS DO TRABALHO
VALENTIN CARRION
SARAIVA
(2005)
R$ 27,00



VILLA LOBOS - O FLORESCIMENTO DA MÚSICA BRASILEIRA
MANUEL NEGWER
MARTINS FONTES
(2009)
R$ 26,00



O SENHOR DA CHUVA
ANDRÉ VIANCO
NOVO SECULO
(2002)
R$ 15,00



ANJOS DO MEU ALTAR
IRIS DE CARVALHO
RAZÃO CULTURAL
(1988)
R$ 24,00



ORIGEM DOS DIREITOS DOS POVOS
JAYME DE ALTAVILA
MELHORAMENTOS
R$ 10,50



TURISMO E HOTELARIA UMA VISÃO MULTIDISCIPLINAR
LECY CIRILO E SILVANA FURTADO ( ORG. )
ANHEMBI MORUMBI
(2007)
R$ 4,78



NÃO ME DEIXE AQUI RINDO SOZINHO
ANDRÉ LAURENTINO
REALEJO EDITORA
(2017)
R$ 31,84





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês