O Céu pode esperar | Humberto Werneck

busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> A massa e os especialistas juntos no mesmo patamar
>>> Entrevista com Jacques Fux, escritor e acadêmico
>>> Nuno Ramos, poesia... pois é
>>> Literatura e interatividade: os ciberpoemas
>>> O Valhalla em São Paulo
>>> Por dentro do Joost: o suco da internet com a TV
Mais Recentes
>>> Dos Embargos de Terceiro de José Horácio Cintra G. Pereira pela Atlas (2002)
>>> Entre o Amor e a Guerra de Zíbia Gasparetto pela Espaço Vida e Consciência (1994)
>>> Consciência Moral e Consciência Jurídica de Mariá A. Brochado Ferreira pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> Aventuras de Tom Sawyer de Mark Twain pela Abril cultural (1971)
>>> O Menino no Espelho de Fernando Sabino pela Record (1994)
>>> Appassionata de Kurt Pahlen pela Melhoramentos (1991)
>>> As Pupilas do Senhor Reitor de Júlio Diniz pela Três (1984)
>>> Antibióticos na Clínica Diária de Almir L. Fonseca pela Epuc (1991)
>>> A 25a Hora de Virgil Gheorghiu pela Círculo do livro (1976)
>>> A Hora da Estrela de Clarice Lispector pela Rocco (1999)
>>> Sociedade e Ambiente: território, desigualdade e vulnerabilidade de Zoraide Souza Pessoa (Org.) pela Livraria da Física (2014)
>>> Elementos de Direito Administrativo de Celso Antonio Bandeira de Mello pela Revista dos Tribunais (1987)
>>> Odisséia de Homero - adaptação: Roberto Lacerda pela Scipione (1997)
>>> Constituição e Hermenêutica Constitucional de Márcio Augusto Vasconcelos Diniz pela Mandamentos/ Belo Horizonte (2002)
>>> A Outra Face do Poder Judiciário: Decisões Inovadoras ...(Encadernado) de Giselda Maria Fernandes Novaes Hironaka pela Del Rey/ Bhz.: Esc. P. Direito (2005)
>>> Dom Casmurro de Machado de Assis pela Globo (2008)
>>> Administração do Tempo: Um Programa de Autodesenvolvimento de Luiz Augusto Costacurta Junqueira pela Cop Ed. (1992)
>>> O Enigma de Rama de Arthur C. Clarke pela Nova Fronteira (1991)
>>> Do Socialismo Utópico ao Socialismo Científico de Friedrich Engels pela Moraes Editores
>>> Sonhos de Robô de Isaac Asimov pela Record (1991)
>>> Verdadeiras Profecias de A.w. tozer pela Clássicos (2001)
>>> O Homem Eterno de G. K. Chesterton pela Mundo Cristão (2010)
>>> O Observador no Escritório de Carlos Drummond de Andrade pela Record (1985)
>>> Verde e Branco Ano 1 Número 1 Abril de 2004 de Eduardo Del Claro (Jornalista) pela Sulminas (2004)
>>> Verde e Branco Ano 1 Número 1 Abril de 2004 de Eduardo Del Claro (Jornalista) pela Sulminas (2019)
>>> Nada a perder volume 3 de Edir Macedo pela Planeta (2014)
>>> Campinas no início do século 20: percursos do olhar de Suzana Barretto Ribeiro pela Annablume (2006)
>>> A privataria tucana de Amaury Ribeiro Júnior pela Geração Editorial (2012)
>>> Campinas: visões de sua história de Lília Inés Zanotti de Medrano pela Átomo (2006)
>>> Direito Romano - Vol. II de José Carlos Moreira Alves pela Forense (2003)
>>> Divinas Desventuras: Outras Histórias da Mitologia Grega de Heloisa Prieto pela Companhia das Letrinhas (2011)
>>> Le Nouveau Sans Frontières 1 - Méthode de Français de Philippe Dominique e Jacky Girardet e Michele Verdelhan e Michel Verdelhan pela Clé International (1988)
>>> Sobrevivência de Gordon Korman pela Arx Jovem (2001)
>>> Ética Geral e Profissional de José Renato Nalini pela Revista dos Tribunais (2001)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Abril (1982)
>>> O Menino no Espelho de Fernando Sabino pela Record (2016)
>>> Labirintos do Incesto: O Relato de uma Sobrevivente de Fabiana Peereira de Andrade pela Escrituras-Lacri (2004)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Círculo do Livro (1975)
>>> Ponte para Terabítia de Katherine Patersin pela Salamandra (2006)
>>> O Desafio da Nova Era de José M. Vegas pela Ave-Maria (1997)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1970)
>>> Trabalho a Serviço da Humanidade de Escola Internacional da Rosa Cruz Áurea pela Rosacruz (2000)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ensinando a Cuidar da Criança de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Ensinando a Cuidar da Mulher, do Homem e do Recém-nascido de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Luxúria Encadernado de Judith Krantz pela Círculo do Livro (1978)
>>> Fundamentos, Conceitos, Situações e Exercícios de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Personality: How to Unleash your Hidden Strengths de Dr. Rob Yeung pela Pearson (2009)
>>> Um Mês Só de Domingos de John Updike pela Record (1975)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
ENSAIOS

Segunda-feira, 21/5/2007
O Céu pode esperar
Humberto Werneck

+ de 7100 Acessos
+ 2 Comentário(s)


The Death of Marat, Jacques-Louis David

As rádios de Belo Horizonte, naquele tempo, punham no ar convites fúnebres – e foi assim que, certa manhã, tendo apagado em meio à programação musical da madrugada, acordei com a notícia de que Humberto Werneck havia morrido.

Para quem se chama Humberto Werneck, não há pior maneira de começar o dia. Dizia mais o locutor da Inconfidência, em seu jargão funéreo, depois da batida lúgubre de um gongo: o “féretro” sairia às tantas da tarde da Rua Hermilo Alves, 350 (ainda era tempo dos velórios residenciais), para a “necrópole” do Bonfim.

Nem um minuto se passou e em nossa casa começaram a desabar dezenas de telefonemas, de amigos e parentes consternados com o meu falecimento. Não me ocorreu saborear aquelas manifestações póstumas de estima e consideração. Estava ressabiadíssimo. Nossa cozinheira, ao contrário, não continha a excitação, compenetrada no papel de quem pela primeira vez faria o almoço de um morto-vivo.

Pelo meio-dia, já mais à vontade, me veio a idéia macabra de comparecer a meu próprio velório. Só não fui porque mamãe me alertou para as imprevisíveis conseqüências de encontrar, à beira do caixão, alguém que ali chegasse para me velar.

Durante anos, de fato, volta e meia topei com conhecidos que me julgavam morto – um deles deixou cair uma garrafa de cerveja ao me ver entrar, vivinho, na Lanchonete Nacional. Mas não foi desse susto, felizmente, que meu amigo veio a morrer, pouco tempo mais tarde.

Quanto a mim, acabei tropeçando um dia com o que poderia ser o meu túmulo, enquanto procurava o de meus avós no Bonfim. Não há como descrever a sensação de ler, numa lápide negra, o nosso nome e as datas – de nascimento e morte.

Passado, fui à Administração e exumei a ficha: o inquilino do carneiro nº 143 da quadra 49 era um 2º sargento da Polícia Militar de Minas, levado desta para melhor num coma hepático. De quebra, fiquei sabendo que carneiro vem de carne, essa que a terra há de comer, se não a cremarem.

Fosse apenas o sargento – mas não: tempos depois, me morre outro Humberto Werneck, este no Rio de Janeiro. O choque, para mim, só não foi igual ao primeiro porque, nesse caso, havia um Oscar Miranda entre o nome e o sobrenome. Nunca mais, depois disso, me livrei da impressão, desconfortabilíssima, de que, já tendo morrido dois, a bola da vez, agora, sou eu...


The Death of Marat (detalhe), Jacques-Louis David

Nota do Editor
Texto gentilmente cedido pelo autor. Publicado originalmente no novo jornal Publimetro, em maio de 2007, onde Humberto Werneck assina uma coluna às segundas-feiras.


Humberto Werneck
São Paulo, 21/5/2007

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Leonard Cohen de Mariana Ianelli
02. Ser mãe de Lélia Almeida
03. Obama ou Olama? de Marcelo Sant'Iago
04. Dia de Luto de Rodrigo Constantino
05. Reconhecimento de Ruy Espinheira Filho


Mais Humberto Werneck
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
21/5/2007
11h21min
Gostei, à princípio achei que você fosse lá no velório do seu homônimo. Eu não teria ido porque acho isso tudo muito deprimente, mas a curiosidade poderia ser maior que a ogeriza. Outra pessoa com o mesmo nome morrendo, eu cederia ao medo de ser a próxima. Muito bom o texto. Adorei. Porque gosto de "causos" de mortis.
[Leia outros Comentários de Dora Nascimento]
21/5/2007
23h33min
Outro dia, em uma festa de família, lembramos de "Kafunga" que, em um de seus programas "Papo de Bola" anunciou a morte de alguém que não tinha morrido. Segundo ele, na madrugada seguinte, recebeu um telefonema do pseudo-defundo que disse com voz fúnebre: "Kafunga, não morri não, estou vivo". Kafunga, ao relatar o caso, disse que nunca mais anunciaria a morte de ninguém. E deu gargalhada, daquele jeito gozador, que só ele tinha. Só mais um caso para acrescentar ao seu, que também é delicioso! Abraço. Adriana
[Leia outros Comentários de Adriana]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O PODER INFINITO DA SUA MENTE
LAURO TREVISAN
DA MENTE
(1980)
R$ 33,50



A EMOÇÃO E A REGRA
DOMENICO DE MASI
JOSÉ OLYMPIO
(1997)
R$ 12,00



OURO VERDE E CAFÉ QUENTE
CARLOS FRANCOVIG
AUTOR (PR)
(2005)
R$ 26,28



UM JUS COGENS INDERROGÁVEL
SILVANO MACEDO GALVÃO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 293,00



COMO LIDAR COM AS SEITAS
PE. PAULO H. GOZZI
PAULINAS
(1989)
R$ 4,98



SUPERAVENTURAS MARVEL Nº 110 - AGOSTO / 91 - JUSTICEIRO VOCÊ MATA,...
EDITORA ABRIL JOVEM
ABRIL
(1991)
R$ 7,00



REFLEXOS DO BAILE - 4ª ED.
ANTONIO CALLADO
PAZ E TERRA
(1977)
R$ 9,99



NO LIMIAR DAS RAÇAS: SÍLVIO ROMERO (1870-1914)
CÍCERO JOÃO DA COSTA FILHO
TODAS AS MUSAS
(2017)
R$ 39,40
+ frete grátis



TERRA SEM MAL
JACY DO PRADO BARBOSA NETO
PLANETA
(2013)
R$ 17,00



INFERNO NA TORRE
RICHARD MARTIN STERN
RECORD
(1973)
R$ 10,00
+ frete grátis





busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês