O melhor programa cultural | Eduardo Carvalho | Digestivo Cultural

busca | avançada
40082 visitas/dia
993 mil/mês
Mais Recentes
>>> Big Band Infanto-Juvenil do Guri traz o melhor do Jazz para Casa-Museu Ema Klabin
>>> Pátio Alcântara realiza a '6ª Mostra de Orquídeas'
>>> Espetáculo 'Ana Bastarda' dança o feminismo no Brasil
>>> Série Bravos! apresenta a trajetória da artista maranhense Thabata Lorena
>>> Caminhos da Reportagem discute preconceito, tabu e silêncio em torno do suicídio
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Notas de leitura sobre Inácio, de Lúcio Cardoso
>>> O jornalismo cultural na era das mídias sociais
>>> Crítica/Cinema: entrevista com José Geraldo Couto
>>> O Wunderteam
>>> Fake news, passado e futuro
>>> Luz sob ossos e sucata: a poesia de Tarso de Melo
>>> Da varanda, este mundo
>>> Estevão Azevedo e os homens em seus limites
>>> Séries da Inglaterra; e que tal uma xícara de chá?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jeff Bezos é o mais rico
>>> Stayin' Alive 2017
>>> Mehmari e os 75 anos de Gil
>>> Cornell e o Alice Mudgarden
>>> Leve um Livro e Sarau Leve
>>> Pulga na praça
>>> No Metrópolis, da TV Cultura
>>> Fórum de revisores de textos
>>> Temporada 3 Leve um Livro
>>> Suplemento Literário 50 anos
Últimos Posts
>>> O que sei do tempo V
>>> É de fibra
>>> O indomável Don Giovanni
>>> Caracóis filosóficos
>>> O mito dos 42 km
>>> Setembro Paulista
>>> Apocalipse agora
>>> João, o Maestro (o filme)
>>> Metropolis e a cidade
>>> PETITE FLEUR
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O corpo-reconstrução de Fernanda Magalhães
>>> Julie (Powell) & Julia (Child), com Meryl Streep
>>> MPTA, Dança feita de Afetos Condensados
>>> Parangolé: anti-obra de Hélio Oiticica
>>> Bonecas russas, de Eliana Cardoso
>>> O Meu Mundo das Idéias
>>> O Filho da Noiva
>>> Entrevista com Guilherme Fiuza
>>> A literatura de Giacomo Casanova
>>> Dom Quixote, matriz de releituras
Mais Recentes
>>> Casados Com Paris
>>> Atividade Física E Osteoporose
>>> Encargos Sociais
>>> Viva Como Você Quer Viver - 5 passos para a realização
>>> Escrevendo e Normalizando Trabalhos Acadêmicos - Um guia metodológico
>>> Pais, Educando Para O Século 21
>>> Treinando Profissionais
>>> Macromedia Dreamweaver M X - Guia Prático
>>> Fundamentos do Direito Tributário
>>> Estações
>>> Band Of Brothers (Companhia de Heróis)
>>> Gestão Racional Empresa Excepcional
>>> Cidade De Ladrões
>>> Fora de Controle - Como o Acaso e a Estupidez Mudaram a História do Mundo
>>> Pedagogia e Pedagogos, para quê?
>>> Eu Creio, nós Cremos: Tratado da Fé
>>> Desistir? Nunca!
>>> A Guerra Do Macarrão
>>> Uma Historia de Deus - Quatro Milênios de Busca do Judaísmo, Cristianismo e Islamismo
>>> Você Mais Jovem - Descubra como sentir-se e parecer 15 anos mais jovem
>>> Jesus Mestre de Nazaré
>>> A Lira Da Lida
>>> A Febre do Ouro
>>> Jesus e Javé. Os Nomes Divinos
>>> Terceirização - Uma Alternativa De Flexibilidade Empresarial
>>> Humanidade, Fracasso Da Natureza?
>>> Grande Enciclopédia Larousse Cultural Vol. 2
>>> Grande Enciclopédia Larousse Cultural Vol. 1
>>> As mulheres das tragédias gregas: Poderosas? 1ª ed.
>>> A Literatura Brasileira Através dos Textos
>>> Gramática Construtural da Língua Portuguesa Volumes 1 e 2
>>> Português Funcional Volume 8
>>> Português Funcional Volume 7
>>> Português Funcional Volume 6
>>> Português Funcional Volume 5
>>> Português Funcional Volume 4
>>> Português Funcional Volume 3
>>> Português Funcional Volume 2
>>> Português Funcional Volume 1
>>> Gramática da Língua Portuguesa
>>> O livro de J
>>> O Juízo Moral na Criança
>>> O Desaparecimento de Deus - Um Misterio Divino
>>> 50 Tons de Liberdade
>>> Mil Anos de Felicidade: uma história do Paraiso
>>> Jesus Existiu? História e Hermenêutica
>>> Gestalt - Terapia: Refazendo um Caminho
>>> Encontro Fatal
>>> Asterios Polyp
>>> Sin City A Cidade do Pecado
COLUNAS

Sexta-feira, 28/10/2005
O melhor programa cultural
Eduardo Carvalho

+ de 4500 Acessos
+ 3 Comentário(s)

Meu programa cultural mais constante, em São Paulo, é jantar fora. Saio pelo menos três vezes por semana, e acho que saio pouco. Queria sair mais. Um amigo - que, aliás, é companhia freqüente nesses jantares - me contou que o Niemayer, numa entrevista, disse que sai diariamente para jantar em restaurantes com a mulher. Acho um hábito saudável. É bacana variar de ambiente: jantar um dia, por exemplo, no Paris-Moscou, em Moema, e outro no Paris Tóquio, nos Jardins. E experimentar comida de países diferentes - como a russa e a japonesa - apenas mudando de bairro. Outra vantagem de se jantar fora é que os restaurantes são provavelmente o melhor lugar da cidade para people-watching: para observar pessoas novas, de comportamentos e com roupas diferentes, em um lugar em que todos se sentem à vontade, tranqüilos, em sua própria sala de estar. Os restaurantes são uma das vantagens da civilização.

Não entendo nada de comida. Como porque preciso comer. E, já que preciso comer, tento comer do melhor jeito. Nunca aprendi e não gosto de cozinhar. Sei que pode ser interessante - mas me sinto perdendo tempo quando frito um ovo. Acho que nunca fritei um. Mas voltando: não vou a restaurantes apenas por causa da comida. É importante comer bem, claro, mas o mais divertido, em um restaurante, acho que é o ambiente.

Minha vontade agora é incluir, nesta coluna, uma nota regular apenas para restaurantes. Para comentar sobre a Vila Nova Conceição passando pelo jantar movimentado no Josephine, pelo almoço tranqüilo no Condessa, pelo café da manhã depois da caminhada na Bread & Co., pela cozinha artesanal do A Cozinha. Ou sobre Higienópolis: com o ambiente caseiro do Carlota, o mais reservado no Ici, o tradicional do Jardim di Napoli, o novo Mercearia do Francês. E como explicar a Vilaboim, onde nunca aparece coisa boa? Queria escrever também sobre o Itaim: sobre os restaurantes mais fechados, às vezes escondidos, como Supra e Sabuji, e os mais coorporativos, onde almoço muito, como Pizza Brother's. Queria escrever sobre os vários restaurantes dos Jardins, do Figueira ao Capim Santo, incluindo Le Vin e La Tartine. Fora o Centro, a Bela Vista, a Liberdade - com Casserolle, Acrópolis e Tato. A lista não acaba. Quer dizer: na verdade, começa agora. Acho que essa nota gastronômica - ou, se quiser, sobre o ambiente que envolve a gastronomia -, sinceramente, não vai ser difícil de escrever. E, espero, nem de ler.

Assuntos importantes

Passo às vezes alheio aos "assuntos mais importantes do momento". Mensalão, que já foi, referendo sobre porte de armas, que acabou de ser, e Gripe Aviária, que está sendo. Acho que muita gente supervaloriza a importância desses assuntos gerais, macro, na vida cotidiana. O efeito deles, no nosso dia-a-dia, é normalmente insignificante. Acho um desperdício me aprofundar em assuntos que passam voando e nunca mais reaparecem. Enquanto isso, leio Status Anxiety, de Alain de Botton, e pego alguns insights de como a arte pode controlar essa ansiedade contemporânea por status, que é quase ubíqua - mas que pouca gente assume e, quando assume, busca apenas a dupla psicólogo-psiquiatra para resolver. E esquecem do alívio que um quadro do Christen Kokbe, por exemplo, pode trazer. Insisto nisto: Botton é um dos autores contemporâneos mais interessantes - por causa dos seus assuntos, do seu estilo e das suas referências.

O Coronel e o Lobisomem

O Coronel e o Lobisomem é um filme brasileiro honesto. Sem quase nenhuma apelação, a não ser à alegada tecnologia usada no final - que não combinou com a linha do filme. O ambiente é fantástico e - fora a francesinha, que está fora de contexto - os atores são bons. O filme consegue manter um ritmo divertido do começo ao fim. Nada excepcional, mas, se é o feijão-com-arroz que sabemos fazer, por que todo mundo arrisca outra coisa?

Obrigado, obrigado

E estou devendo dois agradecimentos - a dois leitores que, coincidentemente, gostam dos textos de viagem. O Daniel Aurélio, do Blues for Franz, que disse aqui que se encantou com a descrição de tantas cidades diferentes. Outro é o Roberto Vietri, vulgo "Palha", com quem converso bastante sobre os lugares mais exóticos. Fiquei feliz que o post de sua última viagem para o Leste Europeu, em 1 Outro Diário, tenha sido em minha homenagem. Sinceramente, aos dois, não sei nem o que dizer. A não ser obrigado - e prometer que, nas próximas férias, tento ir o mais longe possível.


Eduardo Carvalho
São Paulo, 28/10/2005


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Régis Bonvicino: voyeur-flânerie e estado crítico de Jardel Dias Cavalcanti
02. 2011: a queda do império? de Gian Danton
03. A Serbian Film: Indefensável? de Duanne Ribeiro
04. Guimarães Rosa em Buenos Aires de Wellington Machado
05. Ivo Rodrigues, um ilustre desconhecido do rock de Luiz Rebinski Junior


Mais Eduardo Carvalho
Mais Acessadas de Eduardo Carvalho em 2005
01. Por que eu moro em São Paulo - 8/7/2005
02. Minha formatura - 5/8/2005
03. Uma conversa íntima - 11/2/2005
04. A prática e a fotografia - 25/2/2005
05. Com pouco peso - 14/1/2005


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
28/10/2005
13h09min
Eduardo, existem alguns livrinhos "indisciplinadores de alma" sobre gastronomia. Eu tinha um sentimento parecido com o seu antes de ler as crônicas do José Antônio Pinheiro Machado. Cada livrinho custa dez reais (L&PM) e a mistura que o autor faz de gastronomia, literatura, cinema e cultura em geral nos deixa mais perto de entender esse universo dos restaurantes. Sugiro dois: "Na Mesa Ninguém Envelhece" e "Histórias de Cama e Mesa".
[Leia outros Comentários de Juca Azevedo]
30/10/2005
19h45min
E reafirmo... Os de viagens, principalmente, Eduardo; mas não só eles: seus textos sobre literatura também são muito bons. Sobre as viagens, sabe, eu estou cada vez mais convencido de que pelo menos uma vez na vida, por uma fase que seja, as pessoas deveriam guardar na memória certas paisagens, lugares, momentos... Acho que não é nenhum exagero dizer que com isso nos tornamos pessoas melhores. E se um dia, no futuro, eu conseguir quebrar de novo essas muretas da rotina, pode ter certeza de que vou me lembrar de todas as suas dicas. Abraços
[Leia outros Comentários de Daniel]
3/11/2005
16h09min
Edu! Um obrigado aí pela lembrança e pelo link do blog, por meio do qual os interessados terão uma prévia do que se pode esperar de um giro de Moscou a Praga, passando pelos Bálticos. Um abraço, Palha
[Leia outros Comentários de Palha]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




POR FAVOR, IGNORE VERA DIETZ
A S KING
NOVO SÉCULO
(2015)
R$ 17,90



ESCUTAR, RECORDAR, DIZER
LUÍS CLÁUDIO FIGUEIREDO
ESCUTA/EDUC
(1994)
R$ 25,00



LUXO
ANNA GODBERSEN
ROCCO JOVENS LEITORES
(2009)
R$ 24,00



CHICO XAVIER ENCONTROS NO TEMPO
FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER - ESPÍRITOS EMMANUEL E HÉRCIO MARCOS C. ARANTES
IDE
(2005)
R$ 20,90



O CRIME DO PADRE SÓRIO: MAÇONARIA E IGREJA CATÓLICA NO RIO GRANDE DO
LUIZ EUGÊNIO VÉSCIO
UFSM
(2001)
R$ 22,90



APENAS UMA MULHER
D. H. LAWRENCE
RECORD
(1951)
R$ 4,90



LOVE - POEMS BY DANIELLE STEEL
DANIELLE STEL
DELL BOOK
(1989)
R$ 11,00



MILAGRES DE AMOR E AMIZADE
YITTA HALBERSTAN E JUDITH LEVENTHAL
BUTTERFLY
(2005)
R$ 6,00



TEATRO CUBANO: TEATRO ESCOGIDO DE EUGENIO HERNÁNDEZ ESPINOSA
EUGENIO HERNÁNDEZ ESPINOSA
LETRAS CUBANAS
(2006)
R$ 20,00



EXCELÊNCIA NO SECRETARIADO
BETE D'ELIA, MAGALI AMORIM E MAURICIO SITA
SER MAIS
R$ 29,45
+ frete grátis





busca | avançada
40082 visitas/dia
993 mil/mês