Comentários de Zé Bueno Franco | Digestivo Cultural

busca | avançada
56138 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
>>> Seminário Trajetórias do Ambientalismo Brasileiro, parceria entre Sesc e Unifesp, no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
>>> Para não dizer que eu não disse
>>> Espírito criança
>>> Poeta é aquele que cala
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A esquerda nunca foi popular no Brasil
>>> Na minha opinião...
>>> Amores & Arte de Amar, de Ovídio
>>> VOCÊS
>>> As sombras e os muros de José J. Veiga
>>> Entrevista com o poeta Júlio Castañon Guimarães
>>> 30 de Junho #digestivo10anos
>>> Quem Resenha as Resenhas de Som?
>>> Um Lobo nada bobo
>>> MUQUIFU
Mais Recentes
>>> La Tectonique des Sentiments de Eric Emmanuel Schmitt pela Albin Michel (2008)
>>> Negócios Internacionais de Ana Lucia Guedes pela Thomson Pioneira (2007)
>>> New Headway Intermediate Teachers Book de John Soars pela Oxford (1996)
>>> Desventuras de Frauzio 2: as Sementes da Goiabeira de Marcatti pela Pro-c (2003)
>>> Mitologia Lovecraftiana: a Totalidade pelo Horror de Caio Bezarias pela Sebo Clepsidra (2021)
>>> Através do Espelho de Isa Mara Lando; Jostein Gaarder pela Companhia das Letras (1998)
>>> Memória - 3ª Edição de Ivan Izquierdo pela Artmed (2018)
>>> Cbc e Cbdc Apresentam: o Cinema de Amanha de Geraldo Moraes (org.) pela Cbc (2008)
>>> Diversidade Animal de Earl D. Hanson pela Edgar Blucher (1988)
>>> Bocas do Tempo de Eduardo Galeano pela L&pm Pocket (2018)
>>> Héliopolis de Ernest Jünger pela Le Livre de Poche (1978)
>>> O Historiador de Elizabeth Kostova pela Suma de Letras Brasi (2005)
>>> O Banco de 3 Lugares de Maria de Lourdes Teixeira pela Melhoramentos (1975)
>>> Acordando para a Vida de Eliana Barbosa pela Novo Seculo (2009)
>>> Sangue Bom de Liber Matteucci pela Prumo (2011)
>>> Dentes ao Sol de Ignácio de Loyola Brandão pela Codecric (1980)
>>> Numa Fria de Charles Bukowski pela L&pm Pocket (2020)
>>> The American Profile de Morton Borden pela D. C Heath (1970)
>>> Michelangelo entre Florença e Roma de MASP pela Artificio Edizione (1997)
>>> Yoga e Seus Benefícios para a Mulher de Nossos Dias de Isolde Altmann pela Connection Books (2001)
>>> Super Sub Técnica Segurança no Mergulho Aptidão Fisica Historias Botos de Americo Santarelli pela Cobra Sub (1983)
>>> The Bikini Book de Mike Evans pela Universe (1996)
>>> A Arte de Andar Nas Ruas do Rio de Janeiro de Rubem Fonseca; Zeca Fonseca pela Agir (2009)
>>> A Boa Educação - o Rei Bronco de Rosemary Lima pela Salvat (2011)
>>> Diario de Dan: Dane-se! de Dan Kirchner pela Planeta Jovem (2012)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Segunda-feira, 6/6/2011
Comentários
Zé Bueno Franco


Cadê o Daniel Daibem?
Impressionante a tendência insuportável da merdificação do rádio! Pensei que só eu que tinha ficado espantado, mas estou vendo que muita gente sentiu. Cadê o Geraldo Nunes? Cadê o Daniel Daibem? Cadê o Leitura de Domingo? Cadê as músicas dos melhores ouvintes? Cadê o Manoel Beato? Pra que esse monte desvairado de esporte? Querem competir com o Milton Neves pra ver quem fala mais porcaria? Não merecemos. O Grupo Estadão é mestre em estragar tudo... Que pena!

[Sobre "A morte da rádio Eldorado"]

por Zé Bueno Franco
6/6/2011 às
17h48 187.48.60.10
 
Gozação e autogozação
João Ubaldo Ribeiro é o maior cronista brasileiro, fácil. Imbatíveis a ironia, a gozação, a autogozação, a qualidade do texto, o não-conformismo, o ritmo, a profundidade não-aparente, e mais um monte de qualidades. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Sábado dos Meus Amores"]

por José Bueno Franco
15/6/2009 às
10h02 201.63.121.154
 
tudo vai ficar normal
Eu já havia palpitado, num comentário sobre um texto da Adriana Baggio, que o trema nunca serviu para nada, além de ser apenas bonitinho. Eu sempre desobedeci a regra, nunca usei, por achá-lo absolutamente desnecessário. Já o hífen, não. São muito feios, usando seus exemplos, 'contrarregra' e 'antissemita'. Não sei por que, mas... não são horríveis? E, olha, eu sou paulista e paulistano, e acho que nenhum paulista vai falar jibôia ou idêia. Não sei de onde você tirou isso. De qualquer maneira, daqui a algum tempo tudo vai ficar normal e 'assembléia' vai ficar tão estranho como é hoje 'êle', com acento.

[Sobre "Cócegas na língua"]

por De novo, a reforma..
7/11/2008 às
11h57 200.218.208.14
 
Pô, discordo
Eu acho que, embora bonitinho, o trema não serve para nada. Mesmo sabendo-me errado, nunca usei, a não ser em provas. Ele serviria para diferenciar o quê do quê? Alguém confundiria a pronúncia de linguiça, aguentar, tranquilo, consequência, aguerrido, querido? Não acho. Já as palavras duplas, com hífen no meio, acho-as muito mais bonitas do que sem o hífen. Uma pena. Ó que coisa feia: agronegócio. Assim também a eliminação dos acentos em epopéia, assembléia, enjôo. Parece que acinzentou tudo. Bom, a gente se acostuma com cada coisa, não será diferente com isso.

[Sobre "Trema, sentirei saudades"]

por José Bueno F. Neto
5/11/2008 às
10h36 201.63.121.154
 
No saldo, é legal
Tem coisas estranhas, mas a gente se acostuma. Difícil escrever "heróico", "assembléia", "paranóia" sem acento, né? Por outro lado, o trema já vai tarde. No saldo, é legal. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Cartas de Antônio Vieira"]

por José Neto
3/9/2008 às
11h41 201.63.121.154
 
um quê de Pedro de Lara
Muito bom, isso! Ri muito. Eu nunca entendi o bigode. Como pode alguém, principalmente as mulheres, gostar? Sempre achei que caras do tipo Olivio Dutra, Aloizio Mercadante, José Sarney e quase todos os nossos intrépidos senadores, têm alguma coisa a menos (ou a mais, dependendo da coisa) na cabeça. Todos têm, no fundo, um quê de Pedro de Lara...

[Sobre "Barba e bigode"]

por Jose Bueno Franco Ne
4/7/2007 às
14h26 201.63.121.154
 
Bunda, bunda, bunda
Eu me admiro com esses "comentadores". Todo mundo fica arrumando mil pretextos para fazer uma crítica "cabeça" do filme. Política, falta de política, opressor, oprimido, superficialidade, hedonismo... Mas, no final, todo mundo se embasbaca mesmo é com a política da bunda. Bunda, bunda, bunda. Ensaia-se, desvia-se, disfarça-se e se chega na... bunda. E é isso mesmo, uma bunda majestosa e dominante, num filme muito original, divertido e absorvente, no bom sentido. Assisti fascinado, sentindo que, apesar de esse Selton Mello quase estragar tudo, como sempre, esse sim é um filme muito melhor do que essas leguminosas a que vamos assistir no fim de semana nos Cinemarks dos shoppings.

[Sobre "A política de uma bunda"]

por Jose Bueno Franco
27/4/2007 às
14h43 201.63.121.154
 
clima de casa de praia
Muito bom isso! Tão legal ter sensibilidade e bom humor para trazer tanta atmosfera para o texto. Já senti tantas vezes esse clima de casa de praia, cheio de dezembros e janeiros vencidos e com cheiro de maresia misturado com chuva de verão. E nada como revistas femininas (ou masculinas!) para matar nosso tempo com questões profundíssimas...

[Sobre "Revistas velhas na praia"]

por Jose Bueno Franco
12/3/2007 às
17h55 201.63.121.154
 
azeitologia
Eu só posso me render e aprender com uma azeitóloga desse nível. Assim como vc é doente por azeite, sou doente por pizza, mas só como atleta amador, não tenho conhecimento teórico/gastronômico suficiente para avaliar as ditas com profundidade. Em um ponto concordamos: uma boa pizzaria é comovente. Quando for a Ubatuba, vou lembrar disso. Abrass.

[Sobre "Pizzaria São Paulo"]

por Jose Bueno Franco Ne
1/3/2007 às
17h47 201.63.121.154
 
sim, os azeites
Adriana, sem querer criar uma "polêmica dos azeites", na Braz tem um azeite diferente em cada mesa. Tá certo que não são marcas diferentes, mas sim azeites de ótima qualidade, um com alho, outro com ervas, outro com pimentas, outro com isso e outro com aquilo, "montados" lá mesmo. Posso considerar isso uma "variedade" de azeites?

[Sobre "Pizzaria São Paulo"]

por Jose Bueno Franco Ne
1/3/2007 às
10h53 201.63.121.154
 
A cadeia alimentar
Ótimo esse post, ri muito, mesmo. Mas, pô, cada um na sua selva e cada um na sua posição na cadeia alimentar. Não acredito que tem gente discutindo se o nível de stress do bicho-bicho é maior do que o do bicho-humano urbano! Eu juro, às vezes morro de vontade de, feito o crocodilo risonho, pular no hipopotão do meu chefe e no seu respectivo hipopotinho, o sub-chefe... Mas gosto muito do ar condicionado e do Johnny Red de que desfruto graças a eles e outros animaizinhos.

[Sobre "Mamãe Natureza"]

por Jose Bueno Franco
28/2/2007 às
17h17 201.63.121.154
 
corniccioni em SP, sim
Como assim? Aqui em SP tem mil pizzarias que fazem corniccioni deliciosos, inclusive as que foram citadas. A melhor (e mais bonita) talvez seja a Quintal do Braz (filha bonita da Braz).

[Sobre "Pizzaria São Paulo"]

por Jose Bueno Franco
28/2/2007 às
16h49 201.63.121.154
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Alegria de Viver
Laurinda Alves
Gente
(2005)



Mario Quintana - poeta, caminhante e sonhador
Vera Regina Morganti (ed.)
Instituto Estadual do Livro
(2006)



Para Viver Juntos. Matemática 6
Vários Autores
Sm
(2015)



Liberte-se do Medo
Carlos G. Valles
Paulinas
(1996)



Filhos e Soldados
Bruce Henderson
Crítica
(2018)



Iaiá Garcia
Machado de Assis
Círculo do Livro



Formacao pela Pesquisa
Robinson M. Tenorio e José Albertino Lordêlo
Edufba
(2008)



Quels Pères? Quels Fils?
Evelyne Sullerot
Fayard
(1992)



Diário Madras 2016/2017
Wagner Veneziani Costa
Madras



Código de Processo Civil; Interpretado
Cristiano Imhof
Atlas
(2014)





busca | avançada
56138 visitas/dia
1,8 milhão/mês