Verdadeira minoria | Martim Vasques

busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
>>> Livro Alma Brasileira
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Salão e a Selva
>>> Ed Catmull por Jason Calacanis
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> Por que a Geração Y vai mal no ENEM?
>>> A massa e os especialistas juntos no mesmo patamar
>>> Entrevista com Jacques Fux, escritor e acadêmico
>>> Nuno Ramos, poesia... pois é
>>> Literatura e interatividade: os ciberpoemas
>>> O Valhalla em São Paulo
>>> Por dentro do Joost: o suco da internet com a TV
Mais Recentes
>>> Direito Romano - Vol. II de José Carlos Moreira Alves pela Forense (2003)
>>> Divinas Desventuras: Outras Histórias da Mitologia Grega de Heloisa Prieto pela Companhia das Letrinhas (2011)
>>> Le Nouveau Sans Frontières 1 - Méthode de Français de Philippe Dominique e Jacky Girardet e Michele Verdelhan e Michel Verdelhan pela Clé International (1988)
>>> Sobrevivência de Gordon Korman pela Arx Jovem (2001)
>>> Ética Geral e Profissional de José Renato Nalini pela Revista dos Tribunais (2001)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Abril (1982)
>>> O Menino no Espelho de Fernando Sabino pela Record (2016)
>>> Labirintos do Incesto: O Relato de uma Sobrevivente de Fabiana Peereira de Andrade pela Escrituras-Lacri (2004)
>>> Mas Não se Mata Cavalos ? de Horace McCoy pela Círculo do Livro (1975)
>>> Ponte para Terabítia de Katherine Patersin pela Salamandra (2006)
>>> O Desafio da Nova Era de José M. Vegas pela Ave-Maria (1997)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1970)
>>> Trabalho a Serviço da Humanidade de Escola Internacional da Rosa Cruz Áurea pela Rosacruz (2000)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Boll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ensinando a Cuidar da Criança de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Ensinando a Cuidar da Mulher, do Homem e do Recém-nascido de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Luxúria Encadernado de Judith Krantz pela Círculo do Livro (1978)
>>> Fundamentos, Conceitos, Situações e Exercícios de Nébia Maria Almeida de Figueiredo (org.) pela Difusão (2004)
>>> Personality: How to Unleash your Hidden Strengths de Dr. Rob Yeung pela Pearson (2009)
>>> Um Mês Só de Domingos de John Updike pela Record (1975)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
>>> Um Mês Só de Domingos Encadernado de John Updike pela Círculo do Livro (1980)
>>> Caravanas de James Michener pela Record (1976)
>>> A Terra Ainda é Jovem de J.M. Simmel pela Nova Fronteira (1981)
>>> A Terra Ainda é Jovem de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1981)
>>> Deus Protege os Que Amam de J.M. Simmel pela Nova Fronteira (1977)
>>> Um Ônibus do Tamanho do Mundo de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1976)
>>> Um Ônibus do Tamanho do Mundo de J. M. Simmel pela Nova Fronteira (1976)
>>> O Quarto das Senhoras de Jeanne Bourin pela Difel (1980)
>>> Beco sem Saída de John Wainwright pela José Olympio (1984)
>>> Casais Trocados de John Updike pela Abril (1982)
>>> O Hotel New Hampshire Encadernado de John Irving pela Círculo do Livro (1981)
>>> As Moças de Azul de Janet Dailey pela Record (1985)
>>> Amante Indócil Encadernado de Janet Dailey pela Círculo do Livro (1987)
>>> A Rebelde Apaixonada de Frank G. Slaughter pela Nova Cultural (1986)
>>> Escândalo de Médicos de Charles Knickerbocker pela Record (1970)
>>> A Turma do Meet de Annie Piagetti Muller pela Target Preview (2005)
>>> O Roteiro da Morte de Marc Avril pela Abril (1973)
>>> Luz de Esperança de Lloyd Douglas pela José Olympio (1956)
>>> Confissões de Duas Garotas de Aluguel de Linda Tracey e Julie Nelson pela Golfinho (1973)
>>> Propósitos do Acaso de Ronaldo Wrobel pela Nova Fronteira (1998)
>>> Olho Vermelho de Richard Aellen pela Record (1988)
>>> A Comédia da Paixão de Jerzy Kosinski pela Nova Fronteira (1983)
>>> Casa sem Dono Encadernado de Heinrich Böll pela Círculo do Livro (1976)
>>> Ventos sem Rumo de Belva Plain pela Record (1981)
>>> Ventos sem Rumo de Belva Plain pela Record (1981)
>>> O Caminho das Estrêlas de Christian Signol pela Círculo do Livro (1987)
>>> Longo Amanhecer de Joe Gores pela Best-seller (1988)
>>> As Damas do Crime de B. M. Gill pela Círculo do Livro (1986)
>>> Os Melhores Contos de Alexandre Herculano de Alexandre Herculano pela Círculo do Livro (1982)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 18/10/2002
Comentários
Leitores


Verdadeira minoria
Alexandre: Somos todos coitados, sem dúvida, e o Lula gosta mesmo é de uma "(coloque um palavrão bem cabeludo aqui)", porque não querendo me gambar (como dirá nosso futuro presidente)todos nós vamos ch..par o pau da barraca no dia 27 e aí sim todos nós seremos coitados mesmo. Abraços Martim P.S. Inês e Pablo também parabenizam vc pelo artigo - e continue a escrever assim, pelo amor de Deus!

[Sobre "Lula Já É Um Coitado"]

por Martim Vasques
18/10/2002 às
11h36 200.221.192.80
(+) Martim Vasques no Digestivo...
 
É verdade.
Caro Alexandre, Gostaria que você parasse de escrever com tamanha qualidade. Segundo fontes do the sun, Noel Coward tinha um acessor de Marketing para auxiliar o roubo das gravatas. O nome era Willan Mendonça.

[Sobre "Lula Já É Um Coitado"]

por Otávio
18/10/2002 às
10h24 200.153.78.26
(+) Otávio no Digestivo...
 
Zé Caipora
Pois é. Você, Alexandre, que é um estudioso dos quadrinhos, já não conhecia o personagem, imagine o pessoal que está chegando agora, que vai fazer pesquisa para a professora de educação artítica e lê nos livros que tudo começou com Yellow Kid...

[Sobre "A primeira hq de aventura"]

por Gian Danton
18/10/2002 às
08h50 200.213.138.254
(+) Gian Danton no Digestivo...
 
Blog é liberdade de expressão
julio, discordo do seu ponto de vista. Blog é blog, diário é diário e um texto de um grande jornal é um texto de um grande jornal. São GÊNEROS TEXTUAIS diferentes, com motivações, público-alvo e suportes técnicos diferentes. Não faz o mínimo sentido compará-los. A não ser que você também compare o time do Grêmio com um time amador ou com uns garotos que se reúnem pra jogar uma pelada. Se de uma hora pra outra o mundo começou a blogar é porque de uma hora pra outra isso se tornou possível. As pessoas adoram falar, contar coisas, criticar e elogiar. Nada mais natural que façam isso na internet, que é cada vez mais um prolongamento de suas vida (dos sortudos que têm acesso a ela). Pouco importa se apenas o blogueiro e sua mãe visitam o blog, ou se todos os amigos, ou se ninguém. Qdo falamos somos acostumados a públicos pequenos. No blog como na vida, alguns têm a pretensão de atingir grandes massas e isso é válido, pois os força a aumentar a qualidade da informação e põe pedras nos sapatos atados da grande mídia. Um jornalista profissional enfrenta várias restrições ao escrever, um blogueiro (pelo menos por enquanto) é livre. A seleção natural dirá quais continuarão escrevendo e sendo lidos e quais desistirão. Além disso, nessa internet atual em que cada vez MAIS pessoas acessam cada vez MENOS saites (geralmente uol, terra, globo e igs da vida) o ato de TER e LER blogs é uma atitude de resistência e sabedoria. Por isso é tão importante lincar blogs amigos e blogs lidos. Caso contrário, corremos o risco do cabresto das grandes mídias. Corremos o risco de, num futuro próximo, um sujeito facista chegar e "do cume de uma montanha", proclamar "em alto e bom som" que ele está certo e os outros estão censurados, desconectados e devem voltar pra casa. Abraço aos bloqueiros(as) Rôcki http://obrigadoluacheia.cjb.net

[Sobre "A internet e os blogs"]

por Rôcki
17/10/2002 às
22h21 200.180.4.18
(+) Rôcki no Digestivo...
 
Excelente artigo, como sempre!
Gian, eu me considero, de certa forma, um "estudioso" dos quadrinhos, mas não conhecia o Zé Caipora - embora conhecesse o Nhô Quim e a questão das datas. Até digo que as HQs começaram mais longe, pois temos tapeçarias indianas de mais de mil anos atrás que mostram sequências de eventos, que podem ser lidas como quadrinhos!

[Sobre "A primeira hq de aventura"]

por Alexandre Lobão
17/10/2002 às
17h17 200.197.165.8
(+) Alexandre Lobão no Digestivo...
 
Na Cama com Tarantino
Gostaria de agradecer a opinião de Rennata Airoldi sobre o espetáculo "Na Cama com Tarantino". Como um dos diretores, e em nome da produção e da Cia. de Repertório do TBC, coloco a disposição nossas idéias artísticas, intelectuais, políticas e sociais sobre a arte e a vida. Estamos abertos para qualquer tipo de críticas e opiniões, e convido todos a assistirem nossos espetáculos ou, simplesmente,tomar um chá conosco no Nick Bar. Fábio Ock

[Sobre "Na Cama Com Tarantino"]

por Fábio Ock
16/10/2002 às
20h39 200.190.20.141
(+) Fábio Ock no Digestivo...
 
BLOG'S
Blogs são absolutamente inúteis! E JDB, cá entre nós... Esse seu artigo também é inútil, já que trata de um assunto inútil tentando esmiuçar e/ou espinafrar o nada ao invés de falar do único conteúdo do tema que é a inutilidade em si. Aí ,ironicamente,seu artigo se igualou aos blogs! Todos abraçados em inutilezas. E é das inutilezas que é feita a vida! 3 urras p/ manuel de barros!!! [ ]'s oo00oo

[Sobre "A internet e os blogs"]

por oo00oo
16/10/2002 às
11h14 200.189.244.45
(+) oo00oo no Digestivo...
 
blog é ameaça?!
Será que algum blogueiro tem pretensão de reconhecimento literário ou jornalístico? Acho que não!... O ser humano é narcisista por natureza e o blog permite ao seu redator a fantasia de ser lido e admirado por alguém além dele próprio. Quem escreve um diário - daqueles tradicionais - escreve para si mesmo, mas reservadamente adora mostrá-lo a outras pessoas... há vaidades explícitas e embutidas no exercício da escrita - qualquer escrita e não me furto à auto-crítica. Mas ainda prefiro continuar escrevendo meu blogs e seguir o conselho do fariseu Gamaliel, o que tem valor permanece e se for apenas um modismo vai passar como tantas coisas já passaram... Quanto à crítica, em si, o jornalista apenas parece estar à cata de assunto... também a opinião dele passará - ou será que decretará o fim dos blogs?! O tempo dirá!

[Sobre "A internet e os blogs"]

por Luiz Tarciso Souza
16/10/2002 às
14h02 200.174.40.199
(+) Luiz Tarciso Souza no Digestivo...
 
Os blogs não são intocáveis
Tudo bem, Julio, fique à vontade para criticar os blogs. Nada deve ser intocável. Uma oxigenação eventual só traz benefícios. E para me(nos) ajudar na luta contra as máfias, só divulgando os blogs. O meu é o Prosa Caótica. Abração.

[Sobre "A internet e os blogs"]

por Maira Parula
15/10/2002 às
21h55 200.214.35.186
(+) Maira Parula no Digestivo...
 
Opiniao...
É engracado como alguns leitores levam tao a sério que interpretam de forma negativa. Divido o apartamento com um cidadao de Toquio, ele nao tem familia brasileira e o primeiro contato com um sulamericano foi aqui comigo. Eu, tipico brasileiro, ele, tipico niponico... é um contraste cultural tao grande, que eu nao diria que japones é maluco, mas PIRADO, DOIDO VARRIDO, INSANO, etc.... .. mas voltando ao contraste cultural.. Em uma de nossas conversas, ele disse que chegou a ter medo de mim. Uma vez, numa brincadeira com uma zarabatana (q´eu fiz com um tubo de bomba pra encher pneu de bicicleta e um prego de 12cm), eu atingi o enconsto da cadeira onde ele estava sendado, fiz isto bem de perto(pra nao acertar por engano a nuca no infeliz), mas logo em seguida dei uns passos para tras e disse com espanto..."Veja como eu tenho boa pontaria".. Ele ficou 1 semana sem falar comigo. Por volta do oitavo dia, eu encostei ele na parede e perguntei.."Qual é?.. se vc tem algum problema? Fale comigo, discutiremos, e se eu puder te ajudar, nao tenha duvida que te ajudarei..".. entao ele me contou que estava com medo, porque eu tentei matá-lo.. e que eu sou agressivo. Pra vcs terem uma idéia, eu sou do tipo que com o maior empenho, expulsa uma mosca do apartamento para nao matá-la.. mas tudo bem, disse pro niponico que eu nao queria matá-lo, só fazer uma brincadeira.. e uma hora depois ele disse que acreditava. Na cabeca dele, o louco sou eu.. é só uma questao de ponto de vista :-) .. Depois que tudo voltou ao normal, continuamos a trocar informacoes.. ele me disse da dificuldade que esta sendo pr´ele se adaptar por estas terras austriacas, que a cultura japonesa nao serve pra viver fora do japao. Me disse mais... que existe a contra cultura japonesa(animes com mulheres, por exemplo), mas que isto ainda é raro e só é praticado por quem tem muita raiva do conservadorismo japonico, e que ainda é praticada a masturbacao pedofilica mental, sair da cabeca é dificil, afinal, nipones tem medo até da própria sombra. Japones é MALUCO SIM .. assim como os russos sao bebuns, ingleses arrogantes, brasileiros tarados e agressivos(se vc nao é nem um nem outro, tudo bem.. nao me chingue.. to falando em geral), alemaes tem cara amarrada(aquele papo que alemao é o povo que mais ri, é só entre amigos), norte americanos sao prepotentes.. etc.. e assim vai.. Ainda bem.. imagine se todos os povos fossem iguais?? A diferenca cultural é a riqueza da humanidade(tá certo que algumas positivas outras negativas, mas isto já é papo pra ser discutido com uma cervejinha, nao aqui). .. ah .. já ia me esquecendo.. o joponico chegou aqui sem o menor senso de humor.. mas.. depois de 4 meses aqui, convivendo diariamente comigo(teve que aprender na marra), traduzi o texto do Alexandre pr´ele e ele deu rizada, disse que levando em conta a sátira (que faz o texto ficar mais leve e engracado, na minha opiniao)brasileira, é por aí mesmo. um abracao a todos.. Cahue

[Sobre "Psiquiatra declara Japão Oficialmente Maluco"]

por Cahue
13/10/2002 às
21h25 80.109.77.147
(+) Cahue no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ZAC POWER - MISSÃO TREINAMENTO RADICAL
H. I. LARRY
FUNDAMENTO
(2010)
R$ 9,90



A PROSA FRATURADA
DONALDO SCHULER
UNIVERSIDADE FEDERAL RS
(1983)
R$ 26,82



A REVOLUÇÃO DAS MÍDIAS SOCIAIS
ANDRÉ TELLES
M.BOOKS
(2010)
R$ 15,00



SALAMBÔ
G. FLAUBERT
EDIBOLSO
(1969)
R$ 10,00



QUEM É GETÚLIO VARGAS
PEDRO LUÍS
NOVA JURISPRUDÊNCIA
R$ 50,00



INFRAESTRUTURA: OPÇÃO DE INVESTIMENTO AOS FUNDOS DE PENSÃO NO BRASIL
GUILHERME NOGUEIRA LOPES
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 391,00



JEAN PIAGET O HOMEM E SUAS IDÉIAS
RICHARD I. EVANS
FORENSE
(1980)
R$ 19,83



HISTÓRIA DA LITERATURA BRASILEIRA VOL 1
SILVIO CASTRO
ALFA
(1999)
R$ 26,40



HISTÓRIA DE CANÇÕES CHICO BUARQUE
WAGNER HOMEM
LEYA
(2009)
R$ 20,00



30 ANNOS DE THEATRO - HUMORISMO
REGO BARROS
TYPOGRAPHIA COELHO
(1932)
R$ 45,00





busca | avançada
29791 visitas/dia
1,1 milhão/mês