Digestivo nº 299 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
71132 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 6/10/2006
Digestivo nº 299
Julio Daio Borges

+ de 3500 Acessos
+ 2 Comentário(s)




Cinema >>> Tempos de glamour
Quem lê Ruy Castro agora em Carmen, vencedor do Jabuti de não-ficção, deve ficar se perguntando como ele pode escrever tão bem e entender tanto de cultura popular. Acontece que Ruy Castro não surgiu do nada; nem começou com Carmen. Um filme é para sempre, seu livro que acaba de sair do forno, pode ser um ponto de partida para alguns dos segredos mais bem guardados do autor da biografia da Pequena Notável. O volume, com organização de Heloisa Seixas (que passou dez anos convencendo Ruy), reúne 60 artigos sobre cinema, publicados na imprensa de 1975 pra cá. De Bob Fosse a John Wayne, passando por Jerry Lewis, Kubrick, Bete Davis e até pela Geração Paissandu – todos são objeto de escrutínio do autor de Chega de Saudade. Também James Dean, Groucho Marx, Woody Allen, Jacques Tati, Pauline Kael e mesmo Max Factor. Se considerarmos os 30 anos que o livro abarca e se considerarmos, ainda, que o biógrafo “aconteceu” de 1990 pra cá, ou seja, há coisa de 15 anos, Um filme é para sempre encerra alguns dos últimos anos de formação de Ruy Castro. Afinal, como já dizia Oscar Wilde, a crítica é a mais civilizada forma de autobiografia. O volume de pouco mais de 400 páginas, além de tratar de cinema, e além de revelar algo sobre seu autor, fica, ainda, como registro do século em que a sétima arte reinou absoluta. O cinema foi, no século XX, a “obra de arte total”. Se não foi ocupação full-time de artistas, foi paixão eterna de diletantes – e se não foi nem um nem outro, serviu de “imaginário” para gerações e gerações. O século passado que, dizem, acabou em 2001 com o atentado à Torres Gêmeas, acabou, justamente, com um ataque cinematográfico. Por razões que não cabem aqui, contudo, o cinema, como a música, como indústria, está acabando. Se você duvida, leia agora o Ruy – apure, em matéria de tela grande, como estávamos e como estamos. [Comente esta Nota]
>>> Um filme é para sempre
 



Literatura >>> Diversos instantes del reino
A Alfaguara tem um projeto reconhecível à distância. Uma iconografia de cinema nas capas; os tipos que lembram, no computador, a fonte Times New Roman; o formato mais comprido dos volumes; o papel um pouco mais grosso; e até o cheiro diferenciado. Os brasileiros tiveram um gostinho disso com a chegada da editora Planeta no Brasil – mas parece que o mercado editorial espanhol desembarcou mesmo, de verdade, com a Alfaguara. A partir da venda da editora Objetiva, para o grupo Prisa-Santillana, da Espanha, se materializaram, no País de Machado, os primeiros títulos. O carro-chefe é o novo romance de Mario Vargas Llosa: Travessuras da menina má, do alto dos 70 anos do escritor peruano. Na seqüência, chama a atenção um romance inédito de Truman Capote, Travessia de verão, na esteira do filme. Ainda, uma belíssima edição de Um retrato do artista quando jovem, de Joyce, aos cuidados da mesma tradutora festejada pelo seu trabalho em Ulisses, Bernardina da Silveira Pinheiro. E, dialogando mais amplamente com o português e com o Brasil, uma coletânea introdutória a Fernando Pessoa, com organização de Luiz Ruffato, Quando fui outro. Fora Grandes Símios, de Will Self, evocando A metamorfose, de Kafka; e Onde os velhos não têm vez, de Cormac McCarthy, o escritor norte-americano mais elogiado por Harold Bloom. Isso tudo foi só em setembro. Agora em outubro (se você for capaz de guardar): Amitav Ghosh, Roberto Pazzi, Santiago Rocangliolo, Pearl S. Buck e o primeiro autor brasileiro contratado, Carlos Heitor Cony. Com tantos ensaios, nos últimos anos, de abalar as estruturas, a Alfaguara parece a iniciativa mais consistente de todas. Qual será o impacto desse despejar de títulos de qualidade, impecavelmente bem-acabados? Nem só do mercado financeiro, no Brasil, vivem agora os espanhóis... [Comente esta Nota]
>>> Alfaguara
 



Música >>> Assai agitato
Com a venda do BankBoston para o Itaú, no Brasil, a temporada de Concertos BankBoston passou, imediatamente, a receber a denominação de Concertos Itaú Personnalité. A mudança de nome não alterou a natureza da iniciativa, felizmente, e, entre um Schubert e um Brahms, pudemos apreciar, no final de setembro agora, um Reich, com o Quarteto de Leipzig. Não o Reich da psicologia, Wilhelm, mas o Reich da música, Steve, nascido em 1936. Different Trains, para quarteto de cordas e fita magnética, é uma daquelas intrigantes peças da produção contemporânea. O autor, um traumatizado na infância pela separação dos pais, resolveu exorcizar os fantasmas dos trens que tinha de tomar, da casa do pai para a da mãe (e vice-versa), numa obra que alterna o aflitivo soar dos trilhos (através das cordas) com os anúncios do maquinista. “De Chicago a Nova York”, por exemplo, é um bordão que foi repetido à exaustão – indicando que o artista não tinha, pelo visto, particular apreço por esse trecho. Ou percorreu-o tantas vezes quanto dá a entender pelo tédio e pela exasperação, e não quer percorrê-lo nunca mais. “No meu aniversário” é outro bordão; e “naqueles vagões de gado” é um terceiro. A imprensa falou, inevitavelmente, em anti-semitismo, Holocausto e Segunda Guerra, visto que esses “acontecimentos” são centrais na composição. O primeiro movimento, aliás, é “antes da guerra”; o segundo, “durante a guerra”; e o terceiro, previsivelmente, “após a guerra”. Com tantas implicações, e subtextos, por um momento, Reich parece mais complexo que o primeiro Schubert e que o último Brahms. Talvez, contudo, não faça sentido a comparação. Schubert apareceu em bloco, com seu Quartettsatz (Quarteto de cordas nº 12 em dó menor D 703), e Brahms, com seu Quarteto nº 2 (para cordas em lá menor op. 51). O sanduíche (música, não-música, música) ilustra nossa fome de sentido. A tragédia ou a utopia é uma questão de gosto. Que o Itaú Personnalité conserve a instigante série nos próximos anos. [Comente esta Nota]
>>> Concertos Itaú Personnalité
 
>>> EVENTOS QUE O DIGESTIVO RECOMENDA



>>> Palestras
* O processo criativo na arquitetura - Apresentação do livro 'Samuel Kruchin'
Samuel Kruchin
(Seg., 09/10, 19h00, VL)

>>> Autógrafos
* Educação e Cooperação Internacional na Proteção do Meio Ambiente
- Liliana Allodi Rossit
(Sex., 06/10, 190, VL)
* Marcelino por Claudia - Claudia Matarazzo
(Ter., 10/10, 19h00, CN)
* Redução da Inadimplência no Setor da Educação
- Dorival dos Santos Machado
(Ter., 10/10, 18h30, MP)
* A Arte da Fraude - Maurício Ricardo Tinello
(Ter., 10/10, 19h30, VL)

>>> Shows
* Marcas de ayer - Adriana Mezzadri
(Sab., 07/10, 17h00, MP)
* Andarilho - Projeto B
(Dom., 08/10, 18h00, VL)

* Livraria Cultura Shopping Villa-Lobos (VL): Av. Nações Unidas, nº 4777
** Livraria Cultura Conjunto Nacional (CN): Av. Paulista, nº 2073
*** Livraria Cultura Market Place Shopping Center (MP): Av. Chucri Zaidan, nº 902
**** a Livraria Cultura é parceira do Digestivo Cultural

 
Julio Daio Borges
Editor

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
7/10/2006
14h07min
Parece que os espanhóis não estão mesmo pra brincadeira. E quem ganha são os leitores. Seja bem-vinda, Alfaguara!
[Leia outros Comentários de Julio Cesar Corrêa]
8/10/2006
20h06min
Olá, ainda não li o livro do Ruy, mas sou de uma geração que passou bons momentos diante da tela da tv assistindo clássicos no Corujão, da Globo. Alguns diriam que foram tempos alienantes e uma perda preciosa de tempo. De certa forma, é isso mesmo. O cinema tem estas possibilidades: perder ou ganhar um tempo precioso; alienar ou conscientizar. E mesmo, apenas gozar... Seja como for, não há mesmo como entender esse fascinante século XX sem o cinema. Apenas para exemplificar: quer algo mais representativo desta sociedade neoliberal do que "O corte", de Costa-Gravas?
[Leia outros Comentários de Silvia Nogueira]

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




AS MIL E UMA NOITES VOL VI
EDUARDO DIAS
LIVRARIA CLASSICA
(1949)
R$ 6,90



DEIXA QUE EU TE AME
ALCIONE ARAÚJO
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(2011)
R$ 6,99



PHYSICAL ANTHROPOLOGY
PHILIP L. STEIN BRUCE M. ROWE
MCGRAW-HILL
R$ 63,25



PORTLAND - GATEWAY TO THE NORTHWEST
CARL ABBOTT
WINDSOR
(1985)
R$ 60,00



A MORTE DE D J EM PARIS
ROBERTO DRUMMOND
OBJETIVA
(2002)
R$ 5,00



PARANORMAL
GISETI MARQUES
CLARIM
(2015)
R$ 14,90



LIRICA
LUIS DE CAMÕES
CULTRIX
R$ 5,00



SUA SAÚDE NA NOVA ERA
CAMILLO MARASSI LEIJOTO
MADRAS
(2003)
R$ 12,00



BIODIREITO ALIMENTOS TRANSGÊNICOS
MARIA RAFAELA JUNQUEIRA BRUNO RODRIGUES
LEMOS & CRUZ
(2003)
R$ 12,00



FISICA PROJETO MULTIPLO VOLUME 1 BOX COMPLETO
WILSON CARRON
SCIPIONE
(2014)
R$ 99,90





busca | avançada
71132 visitas/dia
2,6 milhões/mês