Digestivo nº 445 | Julio Daio Borges | Digestivo Cultural

busca | avançada
83119 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Terreiros Nômades leva arte, história e saberes das culturas africanas e originárias a escolas
>>> Luarada Brasileira lança primeiro EP com participação especial de Santanna, O Cantador
>>> Quilombaque acolhe 'Ensaios Perversos' de fevereiro
>>> Espetáculo com Zora Santos traz a comida como arte e a arte como alimento no Sesc Avenida Paulista
>>> Kura retoma Grand Bazaar em curta temporada
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Bill Ackman no Lex Fridman (2024)
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
Últimos Posts
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ler muito e as posições do Kama Sutra
>>> Lockdown Sessions No. 3
>>> Mundo negro, branco na capa
>>> Puro Guapos no Tom Jazz
>>> Google Music Search
>>> Nostalgia do país inventado
>>> Manifesto Infeliz
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> A música que surge do nada
Mais Recentes
>>> Livro Literatura Estrangeira Seis Contos da era do Jazz de F. Scott Fitzgerald pela José Olympio (1995)
>>> Livro Psicologia Libertando o Coração Espiritualidade e Psicologia Junguiana Coleção Estudos de Psicologia Junguiana Por Analistas Juinguianos de Lawrence W. Jaffe pela Cultrix (1990)
>>> Livro Poesia Chão de Vento de Flora Figueiredo pela Geração (2011)
>>> História Universal dos Algarismos 2 Tomos de Georges Ifrah pela Nova Fronteira (1997)
>>> Educação Psicocinética de Bruno Edgar Ries; Jacintho P. Targa; Luiz Settineri pela Sulina (1979)
>>> Livro de Bolso Literatura Estrangeira Coleção Obra-Prima de Cada Autor 98 Macbeth de William Shakespeare pela Martin Claret (2002)
>>> Livro Literatura Estrangeira Contos Volume 1 de H. P. Lovecraft pela Martin Claret (2017)
>>> As Aventuras Dos Filhotes de Vários Autores pela Todolivro (2004)
>>> Maturação Psicomotoro no Primeiro Ano de Vida da Criança de Lydia F. Coriat pela Cortez & Moraes (1977)
>>> O Que Einstein Disse a Seu Cozinheiro de Robert L. Wolke pela Jorge Zahar (2003)
>>> Livro Pedagogia Sobre Educação (Diálogos) de Paulo Freire; Sérgio Guimarães pela Paz e Terra (1982)
>>> Livro Literatura Estrangeira O Hobbit de J. R. R. Tolkien pela Martins Fontes (1998)
>>> Livro Literatura Estrangeira Canibais e Missionários de Mary Mccarthy pela Nova Fronteira (1980)
>>> Livro Ensino de Idiomas The Canterville Ghost and Other Stories Level 4 de Oscar Wilde pela Pearson English Readers (2008)
>>> Anedotário Geral da Academia Brasileira de Josué Montello pela Francisco Alves (1980)
>>> Dudu E O Plástico-bolha de Stela Greco Loducca pela Companhia Das Letrinhas (2022)
>>> Livro Literatura Brasileira Perdas & Ganhos de Lya Luft pela Record (2004)
>>> Livro de Bolso Literatura Estrangeira Possessing the Secret of Joy de Alice Walker pela Pocket Star Books (1992)
>>> Livro Literatura Brasileira Urupês Ml de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1997)
>>> Livro Mega Histórias 2 Em 1 Piratas E Dinossauros de Culturama pela Culturama (2016)
>>> Livro Culinária Alimentação Light de Ro Kupfer pela Ícone (1992)
>>> Grafite, Pichação & Cia de Célia Maria Antonacci Ramos pela Annablume (1994)
>>> Marquês de Sade - o Filósofo Libertino de Donald Thomas pela Civilizacao Brasileira (1992)
>>> Livro de Bolso Auto Ajuda Você é Insubstituível de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> Comunicação Sem Complicação de Gustavo Gomes de Matos pela Campus
DIGESTIVOS

Sexta-feira, 18/12/2009
Digestivo nº 445
Julio Daio Borges
+ de 2200 Acessos




Música >>> Calcanhotto, Lancellotti, Veloso e Antunes no Auditório Ibirapuera
A aproximação de Adriana Calcanhotto com o "+2", de Moreno, Domenico e Kassin, que rendeu um bom disco inicial e um segundo mais titubeante, continua gerando frutos. O mais recente foi a apresentação de Adriana com Domenico e Moreno, mas sem Kassin, e a participação ocasional de Arnaldo Antunes. Se no primeiro encontro em estúdio, o álbum Cantada (2002), o "+2" surgia mais como uma banda de apoio, introduzindo alguns elementos de música eletrônica e renovando o som de Adriana, em Maré (2008), a parceria resistiu mas não foi tão brilhante — a ponto de Calcanhotto encurtar a sobrevida do disco, emendando, rapidamente, um novo projeto, a continuação do bem-sucedido Partimpim. No Auditório Ibirapuera neste início de dezembro, porém, as colaborações entre os músicos pareciam ter atingido um novo estágio: onde Moreno e Domenico deixavam de ser uma simples banda de apoio, para interferir, de maneira mais autoral, dividindo, em pé de igualdade, o palco com a estrela. A ponto de o novo conjunto se autodenominar "Três" — e não mais "Adriana Calcanhotto" ou até "+2". Embora rico em possibilidades, o novo ensemble parece ainda estar forjando sua identidade, porque misturou desde referências ao excessivo violoncelo de Jaques Morelenbaum até autorreferências inevitáveis, a "Adriana Calcanhotto solo" e aos registros fonográficos do "+2", até, perigosamente, Caetano Veloso. Surge, neste momento, um impasse: a cantora que alcançou o mainstream nos anos 90 se encontra com os vanguardistas da música brasileira dos anos 2000, mas como definir a nova trajetória? Porque o público do "+2" faz careta quando é apresentado aos "sucessos" de Adriana; já o público da antiga Calcanhotto nem sempre entende o minimalismo, a experimentação e o despojamento do "+2". Arnaldo Antunes — que permanece um estranho no reino da música brasileira (ainda que haja tentativas de inseri-lo sempre) —, fez intervenções entre desafinadas, desengonçadas e mal ensaiadas mesmo. Pareceu, inclusive, contaminado pela falta de rumo de sua antiga banda (e de sua geração). Enfim, o "Três" pode "matar" a velha Adriana Calcanhotto e o interessante "+2", mas pode, igualmente, trazer uma "novidade" de que a música brasileira está, com urgência, precisando. [Comente esta Nota]
>>> Adriana Calcanhotto, Domenico Lancellotti, Moreno Veloso e Arnaldo Antunes
 



Além do Mais >>> Colin Powell sobre liderança
Colin Powell era aquele sujeito que foi Secretário de Estado do governo Bush e para quem Paulo Francis já cantarolava, no final da década de 90 — exortando-o, talvez, como o primeiro candidato à presidência dos EUA, antecipando Obama. Mas Barack veio, e Condoleezza, a primeira Secretária de Estado, e Colin Powell votaram nele, desobedecendo às diretivas do partido republicano, e de Bush. Felizmente Colin Powell reapareceu agora, justamente numa apresentação sobre liderança. Apresentações, geralmente, são acumulados banais de slides de PowerPoint, e "liderança", no mais das vezes, é uma exigência descabida do mundo corporativo — que finge que não sabe que ela é nata, e não pode ser ensinada. Colin Powell começa afirmando, na contramão da correção política, que "responsabilidade, às vezes, significa pisar no calo de algumas pessoas". E que a sua liderança está falhando quando os seus liderados param de lhe trazer seus problemas — significando: ou que eles não têm mais confiança em você; ou que você não liga mais para eles. Em ambos os casos, há uma falha grave de liderança. Powell também aconselha a "fugir de especialistas": "eles, frequentemente, possuem mais dados que raciocínio". E evitar os puxa-sacos, que são pura redundância. "Não despreze os detalhes... Um líder deve ser vigilante". E nunca se acomode: "Você não sabe o que vai encontrar... até você tentar". Olhe, inclusive, debaixo do tapete, "mesmo sabendo que você não vai gostar do que vai encontrar lá". Estratégias, planos e teorias da administração são muito bons, mas, sem as pessoas certas, não servem para nada: "Encontre as melhores pessoas, se quiser fazer as coisas". "Organogramas e títulos bonitos, para cargos, não te servirão de nada". E nunca misture seu ego com a sua posição; pois, "assim que a posição for embora, seu ego irá junto". A situação define o approach a ser adotado, "e nunca o contrário". O otimismo é, sim, uma força. Mas componha seu "time", igualmente, com "grandes realizadores". E "simplifique a mensagem", o quanto for necessário, para que todos a compreendam. E finalmente: dê uma chance à diversão, no seu trabalho e, principalmente, junto à sua família. "Porque a liderança é uma coisa solitária..." [Comente esta Nota]
>>> Colin Powell's Leadership Presentation
 



Internet >>> Pão de Açúcar e Casas Bahia também no e-commerce
No Brasil, o e-commerce teve como um de seus inventores um sujeito chamado Jack London. Isso mesmo, como o escritor. Seu site, o Booknet, era a versão brasileira da Amazon, antes dos BRICs, e foi adquirido pelo recém-criado Submarino, do famigerado grupo GP, antes da bolha. Depois da invenção da B2W, que inclui, ainda, a Americanas.com e o Shoptime, eles reinaram sobre as terras brasileiras, durante anos, até a ascensão da nova classe média, ou "C". Agora, com a fusão Pão de Açúcar-Casas Bahia, também na internet, a supremacia do consórcio B2W está, pela primeira vez, ameaçada. A Nova PontoCom (o novo consórcio de Abilio Diniz) que inclui ainda, em seu portfolio, os sites do Extra e do Ponto Frio, deve ultrapassar a B2W em 2010. Lembrando que, em 2009, o e-commerce brasileiro deve movimentar algo em torno de 10 bilhões de reais. Outros players correm por fora, como Magazine Luiza e Walmart. O Submarino, quem diria — que, por tantos anos, fez a alegria das classes A e B, quando a internet brasileira era só delas —, está perdendo terreno. E a Pernambucanas, em 2009, saiu do jogo. A Web brasileira está mudando de perfil; algo que Bill Gates chamou, falando da internet global, de "o próximo 1 bilhão" de pessoas acessando a Grande Rede. Um paralelo, na história da comunicação, seria o fim da hegemonia de jornais, revistas e do rádio, sucumbindo, todos, à chegada da televisão, em meados do século passado. A velha mídia de massas, televisiva, vai dando lugar à nova mídia de massas, a internet das classes C e D, no mundo todo. O que talvez explique o surgimento de portais como o R7, da rede Record — que, depois de sua venda, marcou o "abandono" da televisão aberta em favor da TV a cabo (que, por sua vez, de "oásis" se converteu, apenas, na "nova televisão", tão ruim ou pior que a anterior). Prenunciando o Brasil da era Lula, no e-commerce e na comunicação, escreveu Napoleão I: "Os homens que mudaram o universo não conseguiram isso convencendo líderes, mas comovendo as massas. Tentar convencer os líderes é a intriga que só conduz a resultados secundários. Tentar convencer as massas, entretanto, é o golpe de gênio que muda a face do mundo". A exemplo de Abilio Diniz, vamos trocar a "elite" pelo "povo"? [Comente esta Nota]
>>> Pão de Açúcar e Casas Bahia detém 22% do e-commerce
 

 
Julio Daio Borges
Editor
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Travessia 395
William P. Young
Arqueiro
(2012)



Livro Biografias Não Há Silêncio Que Não Termine Meus Anos de Cativeiro na Selva Colombiana
Ingrid Betancourt
Companhia das Letras
(2010)



Comer, Rezar, Amar
Elizabeth Gilbert
Objetiva
(2008)



A Tres a Gente Sempre Sabe da Verdade e Salve o Casamento
Vand Grand
Oriom
(2008)



Architecture in Detail Diseño de Espacios Comerciales
Architecture in Detail Diseño de Espacios Comerciales
IJb



Um Acordo de Cavalheiros
Lucy Vargas
Bertrand Brasil
(2017)



Imaginação Criadora
Roy Eugene Davis
Seicho no Ie
(1978)



Efeito Borboleta -um Simples Gesto, um Mundo de Diferença
Glenn Packiam
Garimpo
(2010)



As 5 Coisas Que Não Podemos Mudar
David Richo
Arx
(2006)



Um Sábado que Não Existiu
Renato Modernell
Mackenzie





busca | avançada
83119 visitas/dia
1,8 milhão/mês