O fim da revista Bravo!, na editora Abril | Digestivo Cultural

busca | avançada
75735 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Oficina de Objetos de Cena nas redes do Sesc 24 de Maio
>>> Lançamento: livro “A Cultura nos Livros Didáticos”, de Lara Marin
>>> Exposição coletiva 'Encorpadas - Grandes, largos, políticos: corpos gordos'
>>> Clássicos da Literatura Unesp ganha mais cinco títulos
>>> Bertolt Brecht inspira ÉPICO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
>>> A Velhice
>>> Casa, poemas de Mário Alex Rosa
>>> Doutor Eugênio (1949-2020)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
>>> Clownstico de Antonio Ginco no YouTube
>>> A Ceia de Natal de Os Doidivanas
>>> Drag Queen Natasha Sahar interpreta Albertina
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Comum como uma tela perfeita
>>> Revista Meio Digital
>>> Do jornalismo como performance
>>> A Nova Revista da Cultura
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> A Teoria Hipodérmica da Mídia
>>> Os prédios mais feios de SP
>>> Fup, de Jim Dodge
>>> Harry Potter e eu
Mais Recentes
>>> Melhor do Rock Brasil 2 de Luciano Alves - Silvio Essinger pela Irmãos Vitale (2002)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 12 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 11 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 10 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 09 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 08 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 07 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 06 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 05 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 04 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> Melhor do Rock Brasil 1 de Luciano Alves - Silvio Essinger pela Irmãos Vitale (2001)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 03 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 02 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> COLEÇÃO BOM APETITE - VOL 01 de VICTOR CIVITA pela Abril (1971)
>>> Os Meninos Morenos - Infanto Juvenil de Ziraldo pela Melhoramentos (2005)
>>> As Ervas do Sítio de Rosy L. Bornhausen pela Editora M A S
>>> Uma vida entre três cachorros de Abigail Thomas pela Planeta (2007)
>>> APRENDA A FAZER QUEIJOS de Editora Três pela Três (1986)
>>> APRENDA A FAZER PÃO de Editora Três pela Três (1986)
>>> APRENDA A FAZER EMBUTIDOS de Editora Três pela Três (1986)
>>> De gênio e louco todo mundo tem um pouco de Augusto Cury pela Academia (2010)
>>> A COZINHA BRASILEIRA de Circulo do Livro S A pela Circulo do Livro S A
>>> A culpa é das estrelas de John Green pela Intrínseca (2012)
>>> 50 PRATOS DELICIOSOS de Editora Três pela Três
>>> VEJA 25 ANOS - Reflexões para o Futuro de Editora Abril pela Abril
>>> Movida pela ambição de Eliana Machado Coelho pela Lúmen Editorial (2012)
>>> PSICOLOGIA DOS GESTOS DAS MÃOS de SÍLVIO MARONE pela EDITORA MESTRE JOU (1967)
>>> O Meio são as Massagens de Marshall Mcluhan Quentin Fiore pela Record
>>> Eu me chamo Antônio de Pedro Gabriel pela Intrínseca (2013)
>>> A Galáxia de Gutenberg de Marshall Mcluhan Quentin Fiore pela USP
>>> Nem sonhando de Charlie Ross pela Record (2002)
>>> A Galáxia de Gutenberg de Marshall Mcluhan Quentin Fiore pela USP
>>> O que realmente importa? de Anderson Cavalcante pela Sextante (2012)
>>> Fernando Henrique Cardoso Entrevistas de Lourenço Dantas Mota pela Senado Federal centro Gráfico
>>> ANARQUISTAS GRAÇAS A DEUS de ZÉLIA GATTAI pela Record (1982)
>>> Bioestatística de Berquó Souza Gotlieb pela Editora Pedagógica e Universitária LTDA
>>> TÓPICOS MODERNOS DE BIOQUIMICA de BENNET&FRIEDEN pela USP (1971)
>>> Evolução da Vida - Coleção Prisma Vol 1 de Catherine Jarman pela USP
>>> ELEMENTOS DE GENÉTICA de CRODOWALDO PAVAN & A. BRITO DA CUNHA pela COMPANHIA EDITORA NACIONAL (1966)
>>> Box O Essencial da Filosofia Grega c/ 3 livros - Filosofia de Socrates - Platão e Aristoteles pela Hunter (2017)
>>> Cidades de papel de John Green pela Intrínseca (2014)
>>> BIL GRAHAM APRESENTA MINHA VIDA DENTRO E FORA DO ROCK de BILL GRAHAM pela BARRACUDA
>>> 50 ANOS A MIL de LOBÃO pela NOVA FRONTEIRA (2010)
>>> Box O Essencial da Mitologia c/ 3 livros - Historia de Baby Siqueira Abrao pela Hunter (2016)
>>> VIVE TUA VIDA! COMO? de FRANCISCA PEREIRA NOVIS pela AGIR (1976)
>>> A Magia do Poder Extra-Sensorial de Joseph Murphy pela Record
>>> Cálculo e administração de medicamentos na enfermagem de Marcelo Tardelli da Silva e Sandra Regina L.P.T. Silva pela Martinari (2014)
>>> COLEÇÃO TRABALHOS MARAVILHOSOS - VOL 6 de Editora Abril pela Abril (1969)
>>> COLEÇÃO TRABALHOS MARAVILHOSOS - VOL 5 de Editora Abril pela Abril (1969)
>>> COLEÇÃO TRABALHOS MARAVILHOSOS - VOL 4 de Editora Abril pela Abril (1969)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Além do Mais

Segunda-feira, 26/8/2013
O fim da revista Bravo!, na editora Abril
Julio Daio Borges

+ de 7400 Acessos




Digestivo nº 493 >>> A Bravo! está acabando desde que mudou para a Abril, em 2004. A Luiz Felipe D'Ávila coube o pioneirismo de fundar a revista na editora que levava seu nome. Por outro lado, o autor da coluna Filípicas (na igualmente extinta República) nunca teve a preocupação de "operar no azul". No dizer de um editor de cultura, ex-colaborador da revista, Luiz Felipe D'Ávila, com alguns telefonemas, conseguia financiar a Bravo!. Provavelmente tinha a esperança de que ela se pagasse com o tempo, mas, até onde sabemos, isso nunca aconteceu. Concebida por Wagner Carelli, que jamais teve fama de "econômico", há dez anos se dizia que cada edição da revista custava R$ 250 mil. O arranjo com a Abril ― quase um arranjo em família ―, foi providencial. Garantiu a sobrevivência da Bravo! por quase uma nova década. Nos comunicados recentes da Abril, ficou no ar que a morte de Roberto Civita precipitou a da revista, que, segundo dizem, ele protegia. A Bravo! era de outra época: Paulo Francis, que colaborou com a Repúbica, provavelmente colaboraria com ela. (A Bravo! é de 1998; Francis nos deixou em 1997.) Não custa lembrar que a internet comercial, no Brasil, é de meados da década de 90. Logo, a Bravo! é quase pré-internet... Elitista, com um acabamento digno de "livro-objeto", nunca dialogou com as "massas". Seria que deveria? Ganharia alguma sobrevida com isso? (Ou, se o fizesse, teria deixado de ser a Bravo!?) Além do projeto gráfico que, embora custoso, influenciou outras publicações (como a breve Raiz, outra cria de Wagner Carelli), a Bravo! consagrou o formato "ensaio" na imprensa brasileira. Capitaneada por Sérgio Augusto, a seção rendeu um de seus melhores livros, Lado B (reunindo igualmente crônicas de outra extinta, Bundas). Foi na Bravo! que Daniel Piza publicou alguns de seus melhores escritos sobre artes plásticas, e, num dado período, contava bastante com os "frilas" da revista. Junto com a poeta Flávia Rocha, hoje à frente da Academia Internacional de Cinema (AIC), Michel Laub, hoje escritor requisitado, despontou igualmente na Bravo!. Na venda para a família Civita, diziam que a única mudança seria a inclusão do "logo" da Abril na capa da revista. Mas o apelo ao pop foi inevitável e a Bravo! foi perdendo, gradualmente, as assinaturas que haviam forjado sua identidade. Substituiu os ensaístas por blogueiros, mas não foi feliz na troca. Há anos fechada dentro de um saco plástico, não se sabia mais o que acontecia com ela (tornou-se impossível folheá-la nas bancas). A verdade é que, nos seus melhores anos, a Bravo! teve a relevância de uma Piauí. Abandonada por seu criador, foi definhando lentamente. Sua "morte" é um lembrete de que revistas acabam (sobretudo as culturais). E de que, se um dia João Moreira Salles se cansar, a Piauí pode ter o mesmo fim. (Com a diferença de que não há mais um Roberto Civita para abrigá-la sob o guarda-chuva da Abril...)
>>> Abril encerra a revista Bravo
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Colin Powell sobre liderança (Além do Mais)
02. A Eleição de Barack Obama (Imprensa)
03. Antônia, de Tata Amaral (Cinema)
04. Tell me all about it (Além do Mais)
05. Roll over Beethoven (Música)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O FATOR RENOVAÇÃO
ROBERT H. WATERMAN JR
HARBRA
R$ 10,00



UM PLANO SIMPLES
SCOTT SMITH
COMPANHIA DAS LETRAS
(1994)
R$ 10,00



SEPARAÇÃO DIVÓRCIO ALIMENTOS AÇÃO REVISIONAL E EXONETATÓRIA - 5911
JOÃO ROBERTO PARIZATTO
PARIZATTO
(2004)
R$ 10,00



COQUEIRAIS E CHAPADÕES SERGIPE E BAHIA
ERNANI SILVA BRUNO (SELEÇÃO)
CULTRIX
R$ 10,00



KUNDU
MORRIS WEST
CIRCULO DO LIVRO
R$ 10,00



TUDO O QUE EU AMO EM VOCÊ: UM LIVRO INTERATIVO SOBRE O AMOR E AQUELA PESSOA QUE FAZ SEU CORAÇÃO DISPARAR
PLANETA
OUTRO PLANETA
(2018)
R$ 10,00



UMA BOMBA NO QUINTAL
LUIZ GALDINO
FTD
(1994)
R$ 10,00



AMBIENTE E CIÊNCIA POLÍTICA EXTERNA - 6816
CARLOS ALFREDO JOLY E OUTROS
PAZ E TERRA
(2012)
R$ 10,00



O ESPÍRITO HUMANO - 9431
I. DE L. NEVES-MANTA
SÃO JOSÉ
(1961)
R$ 10,00



DONA DE CASA - A PROFISSÃO INVISÍVEL
CÁTIA MORAES
OBJETIVA
(1997)
R$ 10,00





busca | avançada
75735 visitas/dia
2,4 milhões/mês