Feeling lucky today? | Digestivo Cultural

busca | avançada
73422 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Minute Media anuncia lançamento da plataforma The Players’ Tribune no Brasil
>>> Leonardo Brant ministra curso gratuito de documentários
>>> ESG como parâmetro do investimento responsável será debatido em evento da Amec em parceria com a CFA
>>> Jornalista e escritor Pedro Doria participa do Dilemas Éticos da CIP
>>> Em espetáculo de Fernando Lyra Jr. cadeira de rodas não é limite para a imaginação na hora do recrei
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
>>> PoloAC retoma temporada de Os Doidivanas
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Literatura Falada (ou: Ora, direis, ouvir poetas)
>>> Publicar em papel? Pra quê?
>>> Impressões
>>> A escrita boxeur de Marcelo Mirisola
>>> Desorientação vocacional
>>> Flip 2006: um balanço tardio
>>> Flip 2006: um balanço tardio
>>> Flip 2006: um balanço tardio
>>> Montezano, do BNDES, sobre o marco do saneamento
>>> Leitor bebum começou com um gole
Mais Recentes
>>> Golem e o Gênio: uma Fábula Eterna de Helene Wecker pela DarkSide (2015)
>>> Os Chakras: e os Campos de Energia Humanos de Shafica Karagulla, M.D. e Dora Van Gelder Kunz pela Pensamento (1991)
>>> O Caminho da Tranquilidade de Dalai Lama pela Sextante (2000)
>>> Perdas & Ganhos de Lya Luft pela Record (2003)
>>> Minecraft Fortaleza Medieval de Mojang pela Abril (1500)
>>> Minecraft Guia de Criação de Mohang pela Abril (2017)
>>> Minecraft Guia de Exploração de Mohang pela Abril (2021)
>>> Salomé de Oscar Wilde pela Principis (2021)
>>> O Mercador de Veneza de William Shakespeare pela Principis (2021)
>>> Do Contrato Social de Jean - Jacques Rousseau pela Principis (2021)
>>> Kilmeny do Pomar de Lucy Maud Montgomery pela Principis (2021)
>>> A Mamãe é Rock de Ana Cardoso pela Principis (2019)
>>> Nos Bastidores Trinta Anos Escrava, Quatro Anos na Casa Branca de Elizabeth Keckley pela Principis (2021)
>>> O Conde de Monte Cristo de Alexandre Dumas pela Principis (2021)
>>> Romeu e Julieta de William Shakespeare pela Principis (2021)
>>> O Condenado de Camilo Castelo Branco pela Principis (2021)
>>> The secret Agent de Joseph Conrad pela Collins Classics (2012)
>>> Vandrad, o Viking a Contenda e o Feitiço de Joseph Storer Clouston pela Principis (2021)
>>> Helena de Machado de Assis pela Principis (2021)
>>> Utopia de Thomas More pela Principis (2021)
>>> Poliana de Eleanor H. Porter pela Tricaju (2021)
>>> Cause of death de Patricia Cornwell pela Warner Books (1997)
>>> Um Inimigo do Povo de Henrik Ibsen pela Principis (2021)
>>> The Da Vinci Code de Dan Brown pela Corgi Books (2004)
>>> Little Woman de Luisa May Alcott pela Signet Classics (2012)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Internet

Sexta-feira, 17/1/2003
Feeling lucky today?
Julio Daio Borges

+ de 3000 Acessos




Digestivo nº 117 >>> A década de 70 foi do hardware. E da IBM. A década de 80 foi também do hardware. E da Apple. Já a década de 90 foi do software. E da Microsoft. Há algum tempo atrás, todo mundo apostava que os anos 2000 seriam da internet. Mas desde a virada do milênio que não se sabe mais nada, e ninguém quer arriscar. Talvez, em termos de negócios, a Web (e supostamente uma empresa dentro dela) nunca atinja mesmo o gigantismo de uma International Business Machines ou de um Bill Gates. Acontece que, apesar de todos os prognósticos (negativos), a internet vem se tornando onipresente na vida das pessoas. Espera-se que, com o tombo das telecons, finalmente se perceba que o problema não era com a "nova economia", muito menos com a World Wide Web, mas sim se relacionava àquele momento no tempo: ruim para nove entre dez empreendimentos pioneiros. Ainda que o dinheiro não lubrifique as engessadas relações no universo virtual, e não erga o novo monstro empresarial de tentáculos intercontinentais, há fenômenos muito interessantes em curso. Por exemplo, o Google. O mecanismo de busca que arrola para si, modestamente, a autoridade de ditar o Zeitgeist (o "espírito do tempo"). O Google que, no início, era apenas uma ferramenta alternativa ao Yahoo! e ao Altavista, para encontrar uma determinada coisa na internet, e que, de repente, se converteu no oráculo dos internautas ao redor do globo. Abrigando mais de 3 bilhões de endereços e atendendo a mais de 55 bilhões de requisições anuais, o Google é praticamente a porta de entrada da maioria dos que se conectam à WWW. O resultado das enquetes mais freqüentes em 2002 comprova: nos Estados Unidos, a CNN; no Reino Unido, a BBC; e na França, a FNAC. Ou seja, antes de digitar "cnn.com" (o óbvio ululante), os americanos digitam "google.com", e só então procuram pela Cable News Network. Os franceses e os habitantes da Grã-Bretanha fazem igual, com suas respectivas instituições seculares, cujos endereços na Grande Rede deveriam saber de cor. Isso dá uma idéia da força do Google. Não contentes, os fundadores inauguraram o Google News, que rastreia 4 mil sites no planeta, hierarquizando as notícias por ordem de importância e relevância. O que aconteceria se eles se tornassem a referência também nesse setor? A página de busca com design singelo e parco, que já assumiu as funções de dicionário e de gênio da lâmpada, ameaça seriamente tomar o lugar dos deuses de hoje.
>>> Google | Google Zeitgeist | Google News
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Para entender a internet, por Juliano Spyer (Internet)
02. De Puro Guapos com a corda toda (Música)
03. Bamberger Symphoniker, com Jonathan Nott (Música)
04. A luz da outra casa (Artes)
05. O pior cego é o que vê tevê (Televisão)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




El Conflicto Social y los Gobiernos del Maximato
Lorenzo Meyer
El Colegio de Mexico
(1978)



Passatempo Direito Administrativo
João Antônio da Costa Lagranha
Rideel
(2016)



O Livro da Terra e dos Povos
Childcrafts
World Book
(1997)



O Sentido e a Máscara - Teatro - Coleção Debates
Gerd A. Bornheim
Perspectiva
(1975)



A Arte de Ouvir o Coração
Jan Philipp Sendker
Paralela
(2013)



A Ideologia
Ari Herculano de Souza
Do Brasil
(1989)



O Guarani - Ed. Paulus
José de Alencar
Paulus
(2005)



O Pensamento Vivo de Chaplin
José Geraldo Simões
Martin Claret
(1984)



Jesus e Jesus na Arte 4 Volumes
Vários Autores
Jbig
(1983)



Amor e Amizade
Jane Austen Whit Stillman
Gutenberg
(2016)





busca | avançada
73422 visitas/dia
2,5 milhões/mês