Testemunho imundo | Digestivo Cultural

busca | avançada
70777 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Clube do Conto Apresenta: Criaturas, de Carol Bensimon
>>> Vancouver Animation School apresenta webinário gratuito de animação
>>> Núcleo Menos1 Invisível evoca novas formas de habitar o mundo em “Poemas Atlânticos”
>>> Cia O Grito faz intervenção urbana com peças sonoras no Brás
>>> Simbad, o Navegante está na mostra online de teatro de Jacareí
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Vida virtual, vida real
>>> Seriados made in the USA
>>> American Horror Story: Asylum
>>> Nos braços de Tião e de Helena
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> A semente da impunidade
>>> Não existem autores novos
>>> Have a Book in You?
>>> O desafio dos media-watching
>>> Gerald Thomas: arranhando a superfície do fundo
Mais Recentes
>>> O Grande Circo de Pierre Clostermann pela Flamboyant (1966)
>>> Não Leve a Vida Tão a Sério de Hugh Prather pela Sextante (2003)
>>> O Almirante Togo de Georges Blond pela Flamboyant (1964)
>>> Terra de Sombras de Alyson Noël pela Intrínseca (2010)
>>> Pilôto de Stuka de Hans-ulrich Rudel pela Flamboyant (1975)
>>> A Montanha e o Rio de Da Chen pela Nova Fronteira (2007)
>>> O Preço da Guerra de Hans Killian pela Flamboyant (1966)
>>> O Preço da Guerra de Hans Killian pela Flamboyant (1966)
>>> A Menina que Roubava Livros de Markus Zusak pela Intrínseca (2007)
>>> Canhões: 1939-45 a Arma Poderosa de Ian V. Hogg pela Renes (1975)
>>> B-29 a Superfortaleza - História Ilustrada da 2ª Guerra Mundial de Carl Berger pela Renes (1975)
>>> Risco e regulação de Fábio Giambiagi; Marcio Garcia pela Elsevier (2010)
>>> Submarinos Alemães a Arma Oculta - História Ilustradas... - Armas 8 de David Mason pela Renes (1975)
>>> Manual de Sobrevivência Em São Paulo de Raquel Oguri pela Casa da Palavra (2011)
>>> Porta-aviões - a Arma Majestosa de Donal Macintyre pela Reves (1974)
>>> Jornalismo econômico de Suely Caldas pela Contexto (2003)
>>> Nos Confins dos Três Mares... a Antártica de Aristides Pinto Coelho pela Biblioteca do Exército (1983)
>>> Armas Secretas Alemãs - Plataforma para Marte de Brian Ford pela Renes (1973)
>>> Lart de Conjuguer Dictionnaire - a Arte de Conjugar de Bescherelle pela Itatiaia (1959)
>>> Armas da Infantaria de John Weeks pela Reines (1974)
>>> Estado-maior Alemão História Ilustrada da 2ª Guerra Mundial Politica 5 de Barrt Leach pela Renes (1975)
>>> Patton Nº 6 Líderes- História Ilustrada da 2ª Guerra Mundial de Charles Whiting/ Edmond Jorge pela Renes (1975)
>>> Divisões Panzer os Punhos de Aço - História Ilustrada da 2ª Guerra Mundial de K. J. Macksey pela Renes (1974)
>>> O Engenhoso Fidalgo D. Quixote de La Mancha de Dom Quixote de la Mancha pela Abril Coleções (2010)
>>> Graça radical: Curtir a vida é viver com Deus de Max Lucado pela Thomas Nelson Brasil (2021)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Quarta-feira, 21/4/2004
Testemunho imundo
Julio Daio Borges

+ de 3400 Acessos




Digestivo nº 171 >>> Michel Laub é um dos editores mais discretos dos últimos tempos. Há alguns anos ajuda a comandar a “Bravo!”, depois de uma passagem pela “Carta Capital” (na gestão Wagner Carelli). Laub, natural de Porto Alegre, se quase não fala da revista (a única a exercer, ainda amplamente, o tal do jornalismo cultural), praticamente silencia sobre sua produção literária. “Uma coisa [mais] minha”, classifica. À mesma maneira “low-profile”, também distribui suas realizações entre poucos (e bons) leitores. Ainda que da mesma geração de escrevinhadores internéticos, histéricos e até militantes (em suas blagues e em seus blogs), Michel Laub não se mistura e nem está preocupado em ser reconhecido como parte de uma “geração”. No que está absolutamente certo. Sua literatura (sim, ele faz literatura – ao contrário de muita gente...) não padece de nenhum dos clichês da de seus contemporâneos. “Longe da água” (Cia. das Letras, 2004), seu mais recente romance, é corretíssimo na linguagem (sem quaisquer experimentalismos); trata os temas com elegância (nunca vai entrar em detalhes sobre sexo e violência, por exemplo); e deixa uma funda impressão no leitor (em pouco mais de 100 páginas), pois seus personagens são de carne e osso. Laub não exorciza as frustrações de uma vida fracassada; não tem ambições de “social climber”; e quer falar para adultos (e não para adolescentes ouvintes de Charlie Brown Jr.). Essa é a diferença. Se alguém não está apto a captar essas sutilezas, melhor desistir agora. Tudo começa com duas histórias paralelas: a do narrador e a de Laura. Ambas naturalmente se cruzam, por culpa de Jaime: o jovem namorado de Laura e, por um tempo, o melhor amigo do narrador-protagonista. Uma fatalidade separa o trio e – muitos anos depois – Laura e o narrador vão se reencontrar em São Paulo, para onde seguem em busca de trabalho. Ela é uma artista gráfica à procura de emprego fixo e ele, um pouco mais experiente, já estabelecido como “faz-tudo”em uma pequena editora, fornece-lhe a oportunidade. Eles se reaproximam, e num misto de admiração e traição a Jaime, começam um namoro e uma vida em comum. Uma segunda fatalidade separa-os. Não é um enredo complicado (como se vê), e a beleza está justamente – comme il faut – nas entrelinhas. Michel Laub descreve, habilmente, os “anos de formação” do narrador-personagem: suas inseguranças; seus talentos; suas desgraças; e seus triunfos. Não cai na tentação fácil da autobiografia (nesse aspecto, está a anos-luz de seus colegas ao redor dos 30...). Se já se nutria simpatia pelo contido editor da “Bravo!”, o romancista pode e deve conquistar um lugar na estante de preferências do leitor mais sofisticado.
>>> Longe da água - Michel Laub - 120 págs. - Companhia das Letras
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. A aquisição do Washington Post por Jeff Bezos (Além do Mais)
02. Amores & Arte de Amar, de Ovídio (Artes)
03. Cartas de Kafka a Felice Bauer, por Elias Canetti (Literatura)
04. Ficção Brasileira Contemporânea, por Karl Erik Schøllhammer (Literatura)
05. O iPad, da Apple e de Steve Jobs (Internet)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Vida e o Sagrado - 8º Ano
Coleção a Vida e o Sagrado
Pax
(2012)



Fundo Musical
Françoise Sagan
Record
(1981)



Avaliação Nutricional de Coletividades
Francisco de Assis Guedes de Vasconcelos
Ufsc
(1995)



Enciclipédia Japonesa 6º Volume
Vários
Ñ Informado
(1977)



Correspondência - Técnicas de Comunicação Criativa
João Bosco Medeiros
Atlas
(2001)



Israel o País dos Milagres
Mozart Monteiro
Eldorado
(1972)



Direito Tributario 1060 Questoes da Fcc Comentadas
Edvaldo Nilo
Juspodivm
(2012)



Crítica e Verdade - 3ª Edição - 4ª Reimpressão
Roland Barthes
Perspectiva
(2013)



Formas
Anne Geddes
Alles Trade
(2005)



Portugues Linguagens - 8ºano
William Roberto Cereja/thereza Cochar Magalhães
Atual
(2012)





busca | avançada
70777 visitas/dia
2,4 milhões/mês