Zero de comportamento | Digestivo Cultural

busca | avançada
31 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conto HAYEK, de Maurício Limeira, é selecionado em coletânea da Editora Persona
>>> Os Três Mosqueteiros - Um por Todos e Todos por Um
>>> Sesc 24 de Maio recebe o projeto Parlavratório - Conversas sobre escrita na arte
>>> Cia Caravana Tapioca faz 10 anos e comemora com programação gratuita
>>> Eugênio Lima dirige Cia O GRITO em novas intervenções urbanas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
>>> Dave Brubeck Quartet 1964
Últimos Posts
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
>>> Mimético
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Pedaço da Pizza: novidades depois de uma década
>>> Felipe Neto no Roda Viva
>>> Fabio Gomes
>>> O Menino que Morre, ou: Joe, o Bárbaro
>>> Sou da capital, sou sem-educação
>>> Uma vida bem sucedida?
>>> A morte da Capricho
>>> Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges
>>> Bienal do Livro Bahia
>>> A primeira hq de aventura
Mais Recentes
>>> A interpretação do assassinato de Jed Rubenfeld pela Companhia das Letras (2007)
>>> Os Mistérios da Rosa-cruz de Christopher Mcintosh pela Ibrasa (1987)
>>> Las Glandulas Nuestros Guardianes Invisibles de M. W. Kapp pela Amorc (1958)
>>> Experiências Práticas de Ocultismo para Principiantes de J. H. Brennan pela Ediouro (1986)
>>> As Doutrinas Secretas de Jesus de H. Spencer Lewis pela Amorc (1988)
>>> Amigos Secretos de Anamaria Machado pela Ática (2021)
>>> A Vós Confio de Charles Vega Parucker pela Amorc (1990)
>>> O Segredo das Centúrias de Nostradamus pela Três (1973)
>>> Para Passar em Concursos Jurídicos - Questões Objetivas com Gabarito de Elpídio Donizetti pela Lumem Juris (2009)
>>> Dicionário espanhol + Bônus: vocabulário prático de viagem de Melhoramentos pela Melbooks (2007)
>>> Memorias De Um Sargento De Milicias de Manuel Antônio de Almeida pela Ática (2010)
>>> Turma da Mônica Jovem: Escolha Profissional de Maurício de souza pela Melhoramentos (2012)
>>> Xógum Volume 1 e 2 de James Clavell pela Círculo do Livro
>>> Viva à Sua Própria Maneira de Osho pela Academia
>>> Virtudes - Excelência Em Qualidade na Vida de Paulo Gilberto P. Costa pela Aliança
>>> Vida sem Meu Filho Querido de Vitor Henrique pela Vitor Henrique
>>> Vida Nossa Vida de Francisco Cândido Xavier pela Geem
>>> Vida Depois da Vida de Dr. Raymond e Moody Jr pela Circulo do Livro
>>> Vícios do Produto e do Serviço por Qualidade, Quantidade e Insegurança de Paulo Jorge Scartezzini Guimarães pela Revista dos Tribunais
>>> Viagem na Irrealidade Cotidiana de Umberto Eco pela Nova Fronteira
>>> Uma Só Vez na Vida de Danielle Steel pela Record (1982)
>>> Uma Família Feliz de Durval Ciamponi pela Feesp
>>> Um Roqueiro no Além de Nelson Moraes pela Speedart
>>> Um Relato para a História - Brasil: Nunca Mais de Prefácio de D. Paulo Evaristo pela Vozes
>>> Um Longo Amor de Pearl S Buck pela Circulo do Livro
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Imprensa

Quarta-feira, 12/5/2004
Zero de comportamento
Julio Daio Borges

+ de 1000 Acessos




Digestivo nº 174 >>> Todo mundo que lia jornal, de algumas décadas para cá, sente saudades do tom do “Diário da Corte” de Paulo Francis. Aquele gênero irônico, assaz esnobe, fazendo pouco da nossa vidinha, aqui na colônia, a partir da perspectiva de alguém na metrópole. Fora o masoquismo de quem se alimenta do próprio complexo de inferioridade, era uma maneira divertida de rir das nossas misérias e de constatar que nós somos, mesmo, a periferia do mundo. Mas isso acabou. Muita gente quis imitar aquela indiferença olímpica, aquele deboche certeiro, a mistura de gírias rasteiras com expressões da mais alta cultura. Ficou só nisso, porém, na imitação. Com o passar dos anos, contudo, fomos descobrindo que aquela “abordagem” da realidade não era uma prerrogativa de Paulo Francis. Ela já existia antes dele; e continuou existindo depois, “in a way”. É o estilo dos correspondentes internacionais europeus, despachados para os Estados Unidos, se esmerando para reportar a jequice dos norte-americanos. Não é difícil, e os habitantes do velho continente deitam e rolam ao compor a crônica de costumes, que é mais uma comédia dos erros, “yankee”. Um exemplo típico, e que está nas livrarias para ressuscitar as intenções de “good old” Francis, são as “Crônicas de Los Angeles” (Editora Barcarolla), de Annette Lévy-Willard. Obviamente uma francesa em Hollywood. Annette não despeja cultura como o nosso Franz Paul, e não parece que tenha sido tão influente, em escala, na França. Mas teve sua cátedra. A começar pela indicação de Simone de Beauvoir, que lhe abriu as portas. A terminar pela consagração no “Libération”, que publicava suas diatribes contra o Tio Sam. Danuza Leão assina a orelha, mas bem que podia ter sido a nossa Ana Maria Bahiana, que conhece como poucos o solo californiano. Madame Lévy-Willard é, em geral, frívola, como convém aos cronistas sociais. E não tem pudores: expõe a si mesma, expõe à sua família, expõe a seus convidados. Por ser uma edição atualíssima dos seus pontos de vista, talvez fique velha logo. Apesar de alguns erros, a tradução é hábil. A pós-feminista-marxista-estudantil tem de se adaptar num mundo pós-11 de setembro, de filhos precocemente emancipados e de celebridades – falsas e verdadeiras –, todas reluzentes. Não é à toa que acabe entediada. Por esse mesmo motivo, não entedia o leitor. Como o nosso Francis, que se declarava “tecnicamente morto”, para o deleite de seus espectadores.
>>> Crônicas de Los Angeles - Annette Lévy-Willard - 218 págs. - Barcarolla
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. A Magia da Pixar, de David A. Price (Além do Mais)
02. PodSemFio, da Garota Sem Fio (Internet)
03. Der Wegweiser (Música)
04. Viva o Rei (Música)
05. O Conselheiro também come (e bebe) (Gastronomia)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Escutando Sentimentos - 1ª Edição
Wanderley Oliveira & Ermance Dufaux
Dufaux
(2006)



Ricardo iii
William Shakespeare; Luiz Antônio Aguiar
L&pm Editores
(2007)



Pecados Sagrados
Nora Roberts
Bertrand Brasil
(2009)



A Horripilante História da Morte
Clive Gifford
Matrix
(2013)



Prólogos - Com um Prólogo dos Prólogos
Jorge Luis Borges
Rocco
(1985)



79 Park Avenue
Harold Robbins
Record
(1955)



Ainda Existe Esperança. a Solução para os Problemas da Vida
Enrique Chaij
Casa
(2010)



Sistema Gastroenterologico
Guia Didatico
Peprazol



Manual de Fisica
Dcl
Dcl
(2007)



Reparando Erros de Vidas Passadas
Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho
Petit
(2004)





busca | avançada
31 visitas/dia
2,2 milhões/mês