Hell Bar | Digestivo Cultural

busca | avançada
79919 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Renato Morcatti transita entre o público e o íntimo na nova exposição “Ilê da Mona”
>>> Site WebTV publica conto de Maurício Limeira
>>> Nó na Garganta narra histórias das rodas de choro brasileiras
>>> TODAS AS CRIANÇAS NA RODA: CONVERSAS SOBRE O BRINCAR
>>> Receitas com carne suína para o Dia dos Pais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> O cheiro da terra
>>> Vivendo o meu viver
>>> Secundário, derradeiro
>>> Caminhemos
>>> GIRASSÓIS
>>> Biombos
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Sultão & Bonifácio, parte IV
>>> Em 2016, pare de dizer que você tem problemas
>>> O Direito mediocrizado
>>> Carma & darma
>>> Carlos H Lopes de chapéu novo
>>> Três paredes e meia
>>> All That Jazz
>>> A proposta libertária
>>> It’s only rock’n’roll but I like it
>>> Maurice
Mais Recentes
>>> O Exu do Fogo de Marcílio Borges pela Madras (2013)
>>> Panorama da Literatura de Flávio Aguiar pela Nova Cultural (1988)
>>> Drácula: O vampiro da noite de Bram Stoker pela Martin Claret (2008)
>>> Arquiteto a Máscara e a Face de Paulo Bicca pela Projeto (1984)
>>> Jonas Assombro de Carlos Nejar pela Novo Século (2008)
>>> A Construção da Cidade Brasileira de Manuel C. Teixeira (Coord.) pela Livros Horizonte (2004)
>>> Ayurveda: A Ciência da Longa Vida de Dr. Edson Antônio D'angelo & Janner Rangel Côrtes pela Madras (2015)
>>> Macunaíma (o heróis sem nenhur caráter) de Mário de Andrade pela Círculo do Livro
>>> Cyrano de Bergerac de Edmond Rostand pela Nova Cultural (1993)
>>> Relações Sociais E Serviço Social No Brasil: Esboço de Uma Interpretação Histórico-metodológica - 41ª Edição (7ª Reimpressão) de Marilda Villela Iamamoto & Raul de Carvalho pela Cortez (2018)
>>> Lima Barreto: o rebelde imprescindível de Luiz Ricardo Leitão pela Expressão Popular (2006)
>>> A Batalha das Rainhas de Jean Plaidy pela Record (1978)
>>> Um Certo Capitão Rodrigo de Erico Verissimo pela Círculo do Livro
>>> O Livro de San Michele de Axel Munthe pela Círculo do Livro
>>> O Espião Que Morreu de Tédio de George Mikes pela Círculo do Livro
>>> O Santo Inquérito - Coleção Prestígio de Dias Gomes pela Ediouro (2004)
>>> Confissões Eróticas de Iris e Steven Finz pela Record (2001)
>>> Diários do Vampiro Vol 1 Origens Ddiários de Stepan de L. J. Smith - Kevin Williamson - Julie Plec pela Galera Record (2011)
>>> Peão da Rainha de Victor Canning pela Record (1969)
>>> Paris - uma Agenda de Bons Endereços de Elisabeth Vanzolini pela Ediouro (1998)
>>> Obras Incompletas - Coleção Os Pensadores - 2 Volumes de Friedrich Nietzsche pela Nova Cultural (1991)
>>> Ensaios Escolhidos - Coleção Os Pensadores de Bertrand Russell pela Nova Cultural (1992)
>>> Diálogos - Coleção Os Pensadores de Platão pela Nova Cultural (1991)
>>> Ensaio Acerca do Entendimento Humano de John Locke pela Nova Cultural (1991)
>>> Do Contrato Social e outros textos - Coleção Os Pensadores de Rousseau pela Nova Cultural (1991)
DIGESTIVOS >>> Notas >>> Literatura

Segunda-feira, 25/4/2005
Hell Bar
Julio Daio Borges

+ de 1600 Acessos




Digestivo nº 224 >>> Em 2004, Miguel do Rosário apareceu nas páginas da revista NovaE, de Manoel Fernandes Neto, desbancando os escritores iniciantes. Era um artigo vibrante, desprovido de autocomiseração (já que Miguel era também autor) e cheio de verdades, sobre a atual geração, que ninguém ousava proclamar. Lúcido, preenchido com insights, até promissor, o texto lançava a suspeita de que Miguel do Rosário, quando começasse a escrever, funcionaria como uma espécie de redentor. Por isso, toda a expectativa em torno de Contos para ler no botequim, sua estréia em livro, agora este ano. O resultado, lamentavelmente, está bem longe das promessas de antes – talvez, quem sabe, para provar que a cura não tem nada a ver com o diagnóstico e que, se Miguel do Rosário foi mais um profeta a desmascarar um estado de coisas na literatura nacional, ele não é o messias tão esperado. Se, como jornalista, Miguel, obviamente, jovem, demonstrou uma maturidade incomum, como escritor, tem um longo caminho a percorrer (se essa for sua ambição). O livro, para começar, passa a imagem de uma coletânea apressada, sem muita unidade – onde, desde a falta de cuidado com a apresentação, até o desleixo na preparação dos textos e na revisão, denunciam um amadorismo, insustentável, no presente estado da técnica. A não ser que a tática seja anticomercial, antimercado, em suma, antieditorial – já que Miguel do Rosário é militante de esquerda. Mesmo assim, da maneira como foi feito, não se justifica nem se paga. Literariamente, que é o que no fundo importa, os contos são de um primarismo assombroso. Reina a temática ainda adolescente, do sexo, da rebeldia, da contestação; e reinam, formalmente, os cacoetes da geração de escritores que Miguel tanto criticou. A sucessão de cenas foi feita para cinema ou televisão (e não para literatura); a superficialidade das personagens (mal introduzidas, mal desenvolvidas) não sustentam a narração; a porção autobiográfica ofusca qualquer esforço de criatividade, já que o volume repete, exaustivamente, os mesmos clichês em voga (violência, corrupção, alienação). Miguel do Rosário, vaidoso como todo escritor, muito provavelmente não aceitará que se lhe apontem as falhas – mas, num rompante de raiva, deve lembrar que a honestidade que, como crítico, sustentou deve ser aplicada também a ele próprio, como escritor.
>>> Contos para ler no botequim - Miguel do Rosário - 79 págs. | Aflições de um jovem escritor
 
Julio Daio Borges
Editor

Quem leu esta, também leu essa(s):
01. Como tirar proveito de seus inimigos, de Plutarco (Além do Mais)
02. Sobre os enganos do mundo, de Sêneca (Literatura)
03. Ascensão e queda do MySpace (Internet)
04. As 48 Leis do Poder, por Robert Greene (Além do Mais)
05. A Associated Press contra a internet (Imprensa)


Mais Notas Recentes
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Responsabilidade Civil por Erro Médico
Fábio Motta da Cunha
Cbj
(2007)



Educação Linguistica Em Perspectivas e Horizontes
Khalil Salem
Fiuza
(2011)



Vencendo a Própria Crise
Carlos Wizard Martins
Record
(1993)



Filha da Magia
Justine Larbalestier
Galera



O Tempo Não Apagou
Don R. Christman
Casa
(1987)



A princesa que tudo sabia,,,,menos uma coisa
Rosane paplona, Nino B junior
Brinque-Book
(2001)



Tecnologia Em Gestão e Marketing para Pequenas e Médias Empresas Vol 2
Pedro Hiane e Outros
Uniderp
(2007)



Diga Não À Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes ...
Maria Conceição O. Costa (coord.)
Do Autor
(2012)



Para Sempre uma Aprendiz
Maria Glória Francener Deschamps
Gaia
(2004)



Moda & Sustentabilidade: Design para Mudança - 1ª Edição
Kate Fletcher & Lynda Grose
Senac Sp
(2012)





busca | avançada
79919 visitas/dia
2,6 milhões/mês