Os Jornais Acabam? V | Digestivo Cultural

busca | avançada
77579 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Mestres da dança de MG, Marlene Silva e Henry Netto são homenageados em 17 e 18 de março
>>> Projeto “Sala de Visita” recebe Mauricio Virgulino para falar sobre Educomunicação e arte
>>> ZapMusic, primeiro streaming de músicos brasileiros, abre inscrições para violonistas
>>> Espetáculo de dança em homenagem à Villa-Lobos estreia nesta sexta
>>> Filó Machado comemora 70 anos de vida e 60 de carreira em show inédito com sexteto
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Tiro ao alvo
>>> A TETRALOGIA BUARQUEANA
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
Blogueiros
Mais Recentes
>>> À beira do caminho
>>> William Faulkner e a aposta de Pascal
>>> Modernismo e Modernidade
>>> O último a sair que apague a luz
>>> Entretenimento dá dinheiro, sim!
>>> Teatro para todos
>>> Creating a profitable startup
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> Itaúnas não será esquecida e nem Bento
>>> Que exemplo arrebatador a Colômbia dá ao mundo
Mais Recentes
>>> Gerenciamento de Projetos ( Novo) de Mario Henrique Trentim pela Atlas (2014)
>>> Nada é Como Parece de Marcelo Cezar pela Vida e Consciência (2002)
>>> Novamente Juntos de Vera Lúcia Marinzeck de Carvalho; pela Petit (1999)
>>> Náufragos, Traficantes e Degredados Volume 2 de Eduardo Bueno pela Objetiva (1998)
>>> 151 Boas Ideias para Educar Seus Filhos (de Bolso) de Carol Sue Merkh / David Merkh pela Vox (2011)
>>> O Jovem Sherlock Holmes: Nuvem da Morte de Andrew Lane pela Intrinseca (2011)
>>> Asteriz o Gavlês 1 de Goscinny e Uderzo pela Record (1968)
>>> Édipo Rei Antígona Coleção a Obra-prima de Cada Autor de Sófocles pela Martin Claret (2007)
>>> Vice-versa ao Contrário de Heloisa Prieto e Spacca pela Cia das Letrinhas
>>> Férias Em Xangri - Lá de M. Teresa Noronha pela Brasiliense
>>> Os Íntimos de Inês Pedrosa pela Alfaguara (2010)
>>> Hora do Espanto o Espantalho de Edgar J. Hyde pela Ciranda Cultural (2010)
>>> Des)continuidade no Envolvimento Com o Crime de Ana Paula Soares da Silva pela Ibccrim
>>> Não Nascemos Prontos! Provocações Filosóficas de Mario Sergio Cortella pela Vozes (2015)
>>> Na Luz da Reencarnação de Therezinha Oliveira pela Allan Kardec (2006)
>>> O Que é Psicoterapia de Família - Coleção Primeiros Passos 240 de Maria Luiza Dias pela Brasiliense (1990)
>>> Til de José de Alencar pela Saraiva de Bolso (2012)
>>> Cadernos (1935-37): Esperança do Mundo de Albert Camus pela Hedra (2004)
>>> The Grapes of Wrath de John Steinbeck pela Heinemann
>>> Força para Recomeçar: Consequências do Passado de Eliana Machado Coelho pela Lúmen
>>> Seus Pontos Fracos de Dr. Wayne W. Dyer pela Nova Era (1996)
>>> A Revolução Chinesa de Daniel Aarão Reis Fº pela Brasiliense (1981)
>>> Nada é por Acaso de Zibia Gasparetto pela Vida e Consciencia (2005)
>>> Seus Pontos Fracos de Dr. Wayne W. Dyer pela Record (1976)
>>> O Escolhido de Hannah Howell pela Lua de Papel
BLOG >>> Posts

Quarta-feira, 1/8/2007
Os Jornais Acabam? V

+ de 800 Acessos

Embora tudo se ache na rede, esta é uma salada, com 90% dos ingredientes de má qualidade, mal escritos e muito superficiais. Evidente que os 10% de boa qualidade podem suprir, porém, devido à tradição fortemente calcada nos leitores, à facilidade do transporte do exemplar e ao espaço já consagrado de muitos articulistas, fica claro que os jornais tradicionais em papel ainda vão perdurar bastante.
Danilo Zanirato
Cuiabá/MT


É muito improvável que "os jornais acabem". Sempre haverá um público que queira estabilidade na circulação e recebimento de informações num período regular de 24 horas. A internet é inconstante, às vezes as notícias demoram para aparecer e nunca a informação é de alguma forma digerida em seu significado. Nos jornais diários, ao contrário, as informações sofrem editoração, o que permite ao leitor uma digestão mais completa do significado daquilo que ele tem em mãos.
Adriano
Santo André/SP


Não. Os bons jornais, aqueles cuja matéria principal são os artigos de opinião e as análises dos fatos, tenderão a se aperfeiçoar. Os que vivem de sensacionalismo e de notícias de impacto, por seu lado, não têm futuro. Não há como vencer a simultaneidade acontecimento/notícia, que é a vantagem das redes. Assim, teremos uma "seleção natural" no mundo do jornalismo impresso. Se minha leiga opinião vale alguma coisa, no entanto, mesmo viciada em internet, não abro mão de minha leitura dominical. O jornal nesse dia acompanha o pão e a geléia do o café da manhã.
Vera Lúcia Bazzo
Florianópolis/SC


Tradicionalmente, os jornais primam pela organização dos assuntos e qualidade dos textos. Textos que muitas vezes nos remetem a grandes jornalistas, escritores e cronistas, que definem e caracterizam o estilo de um jornal. A internet, infelizmente, acabou por sintetizar textos e notícias, colocando o trabalho do autor em segundo plano. Os jornais têm como papel fundamental manter sua equipe e estilo próprio, que sempre marcaram sua história. Se o que buscamos sempre foi qualidade, os jornais estarão sempre presentes.
Gustavo Ludovice Kalil
São Paulo/SP


Em minha opinião, não corremos tal risco. Pela simples razão de que um formato (crucial, como é o do jornal) não se esgota em um processo simples. Se o jornal estivesse fadado à extinção, já teríamos suportes mais competentes - o que, na prática, ainda não existe. Os meios não são alheios à sociedade. Mantemos vínculos com eles, com seus processos, seus mecanismos, sua temporalidade. O jornal impresso, na sua (lenta?) rotina diária, é ainda o formato mais competente para suprir nossas necessidades de informação e interpretação da realidade. Alguns "tecnomaníacos" observarão uma migração dos leitores do jornal ao suporte virtual, em razão de suas (alegadas) vantagens: sua comprovada velocidade, trazendo-nos os dados em tempo real; seu potencial de democratização, já que, na Web, somos todos potencialmente produtores de notícia. Mas basta uma breve navegada nos principais portais da internet para constatarmos a realidade: o chamado webjornalismo nada mais é, por fim, que um repetidor dos vícios do mau jornalismo. Em razão de preencher uma lógica do "minuto a minuto", o que assistimos é um festival de "notícias" que mal interessam a alguém. Pensemos: para que precisamos de tanta velocidade? O jornal impresso é ainda o formato que melhor dá conta de nossas necessidades de informação e - mais que isso - de compreensão dos fatos. Desconsiderar isso, a meu ver, é desconsiderar o próprio papel (histórico) do jornalista: não um mero "entregador de dados", mas um leitor privilegiado dos movimentos do mundo.
Maura Oliveira Martins
Curitiba/PR


[Feedbacks dos Leitores do Digestivo à Promoção]


Postado por Julio Daio Borges
Em 1/8/2007 às 17h07


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Lula: 'O mensalão não existiu' de Julio Daio Borges
02. Ubaldo no Digestivo de Julio Daio Borges
03. Violões, tripas e prata de Eugenia Zerbini
04. FHC sobre os protestos de Julio Daio Borges
05. Meneses & Lanzelotte de Eugenia Zerbini


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Vila dos Confins
Mário Palmério
José Olympio
(1967)
R$ 6,90



Carapintada - 5a edição
Renato Tapajós
Ática
(1995)
R$ 5,00



Otosclerosis
Philip H. Beales
Wright
(1981)
R$ 23,00



Entendendo os Tipos Humanos
José Jorge de Morais Zacharias
Paulus
(1995)
R$ 99,00
+ frete grátis



Semiologia Geral Com Semiologia dos Ossos Articulações e Coluna Ver...
Tiburcio Papilla
Guanabara
(1959)
R$ 29,46



National Geographic Brasil Nº 224
Diversos Autores
National Geographic
(2018)
R$ 8,30



40 Horas de Angicos e Campanha de Pé no Chão Também Se Aprende A
Marisa Narcizo Sampaio; Rosa a Pinheiro (orgs
Livraria da Física
(2014)
R$ 37,28



Sofrer sem Nunca Deixar de Amar
Luzia Santiago
Ed. Loyola
R$ 5,00



Simpatias Da Eufrázia
Nenzinha Machado Salles
Record
(1999)
R$ 9,99



Liberdade Ou Capitalismo
Ulrich Beck
Unesp
(2003)
R$ 35,00





busca | avançada
77579 visitas/dia
2,1 milhões/mês