Os Jornais Acabam? V | Digestivo Cultural

busca | avançada
78047 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Castelo realiza piqueniques com contemplação do pôr do sol ao ar livre
>>> A bailarina Ana Paula Oliveira dança com pássaro em videoinstalação de Eder Santos
>>> Festival junino online celebra 143 da cidade de Joanópolis
>>> Nova Exposição no Sesc Santos tem abertura online nessa quinta, 17/06
>>> Arte dentro de casa: museus e eventos culturais com exposições virtuais
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> Virtual: Conselheiro do Sertão estreia quinta, 24
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Trilogia Evil Dead
>>> Joaquim Roriz
>>> A internet e a arte marginal
>>> As redes sociais como filtros
>>> Aberta a temporada de caça
>>> As várias faces de Al Pacino
>>> Quando o autor é protagonista do próprio romance
>>> Minha finada TV analógica
>>> Ser intelectual dói
>>> Entrevista com Ron Bumblefoot Thal
Mais Recentes
>>> Turismo. Princípios, práticas e filosofias. de Charles R. Goeldner, J.R. Brent Ritchie e Robert W. McIntosh pela Bookman (2002)
>>> Brasil : uma história. Cinco séculos de um País em contrução. de Eduardo Bueno pela Leya (2010)
>>> Historia da aeronáutica de Courtlandt Canby pela Morais (1965)
>>> História da marinha de Courtlandt Canby pela Morais (1965)
>>> História do armamento de Courtlandt Canby pela Morais (1965)
>>> Classicos Inesqueciveis - O Rei Leão de Disney pela Pixel (2021)
>>> Las Aventuras de Tom Sawyer de Mark Twain pela Never Land (2016)
>>> O Gene Egoísta de Richard Dawkins pela Itatiaia (2001)
>>> Branca de neve e os setes anões de Disney pela Pixel (2021)
>>> Cuentos de Pio Baroja pela Alianza (1978)
>>> 3 Palavrinhas: Brincando, aprendendo e cantando de Pixel pela Pixel (2021)
>>> Uma aventura na era dos dinossauros de Picolé pela Picolé (2021)
>>> 100 Viagens Que Toda Mulher Precisa Fazer de Stephanie Elizondo Griest pela Novo Conceito (2011)
>>> Aqueles que me desejam a morte de Michael Koryta pela Trama (2021)
>>> A cor da pele de John Vercher pela Trama (2021)
>>> Tempo: o de dentro e o de fora de Luiz Arraes pela Cepe (2007)
>>> Contos africanos dos países de língua portuguesa de Vários autores pela Ática (2009)
>>> Into the Wild (Na Natureza Selvagem) de Jon Krakauer pela Anchor Books (1996)
>>> A Cidade do Sol de Khaled Hosseini pela Agir (2012)
>>> Contos Brasileiros I de Vários autores pela Ática (2008)
>>> A Hora da Estrela de Clarice Lispector pela Francisco Alves (1997)
>>> Enciclopédie pratique du batiment et des travaux publics vol. 1, 2 e 3 de Vários Autores pela Quillet (1970)
>>> Dicionário Internacional de Biografias vol. 1, 2, 3 e 4 de George Thompson Antunes pela Nobel (1998)
>>> Nariz de Angelo Machado, Lor & Thalma pela Nova Fronteira (2021)
>>> Dicionário Contemporâneo da Língua Portuguesa vol. 1, 2 e 3 de Caldas Aulete pela Delta (1964)
BLOG >>> Posts

Quarta-feira, 1/8/2007
Os Jornais Acabam? V

+ de 800 Acessos

Embora tudo se ache na rede, esta é uma salada, com 90% dos ingredientes de má qualidade, mal escritos e muito superficiais. Evidente que os 10% de boa qualidade podem suprir, porém, devido à tradição fortemente calcada nos leitores, à facilidade do transporte do exemplar e ao espaço já consagrado de muitos articulistas, fica claro que os jornais tradicionais em papel ainda vão perdurar bastante.
Danilo Zanirato
Cuiabá/MT


É muito improvável que "os jornais acabem". Sempre haverá um público que queira estabilidade na circulação e recebimento de informações num período regular de 24 horas. A internet é inconstante, às vezes as notícias demoram para aparecer e nunca a informação é de alguma forma digerida em seu significado. Nos jornais diários, ao contrário, as informações sofrem editoração, o que permite ao leitor uma digestão mais completa do significado daquilo que ele tem em mãos.
Adriano
Santo André/SP


Não. Os bons jornais, aqueles cuja matéria principal são os artigos de opinião e as análises dos fatos, tenderão a se aperfeiçoar. Os que vivem de sensacionalismo e de notícias de impacto, por seu lado, não têm futuro. Não há como vencer a simultaneidade acontecimento/notícia, que é a vantagem das redes. Assim, teremos uma "seleção natural" no mundo do jornalismo impresso. Se minha leiga opinião vale alguma coisa, no entanto, mesmo viciada em internet, não abro mão de minha leitura dominical. O jornal nesse dia acompanha o pão e a geléia do o café da manhã.
Vera Lúcia Bazzo
Florianópolis/SC


Tradicionalmente, os jornais primam pela organização dos assuntos e qualidade dos textos. Textos que muitas vezes nos remetem a grandes jornalistas, escritores e cronistas, que definem e caracterizam o estilo de um jornal. A internet, infelizmente, acabou por sintetizar textos e notícias, colocando o trabalho do autor em segundo plano. Os jornais têm como papel fundamental manter sua equipe e estilo próprio, que sempre marcaram sua história. Se o que buscamos sempre foi qualidade, os jornais estarão sempre presentes.
Gustavo Ludovice Kalil
São Paulo/SP


Em minha opinião, não corremos tal risco. Pela simples razão de que um formato (crucial, como é o do jornal) não se esgota em um processo simples. Se o jornal estivesse fadado à extinção, já teríamos suportes mais competentes - o que, na prática, ainda não existe. Os meios não são alheios à sociedade. Mantemos vínculos com eles, com seus processos, seus mecanismos, sua temporalidade. O jornal impresso, na sua (lenta?) rotina diária, é ainda o formato mais competente para suprir nossas necessidades de informação e interpretação da realidade. Alguns "tecnomaníacos" observarão uma migração dos leitores do jornal ao suporte virtual, em razão de suas (alegadas) vantagens: sua comprovada velocidade, trazendo-nos os dados em tempo real; seu potencial de democratização, já que, na Web, somos todos potencialmente produtores de notícia. Mas basta uma breve navegada nos principais portais da internet para constatarmos a realidade: o chamado webjornalismo nada mais é, por fim, que um repetidor dos vícios do mau jornalismo. Em razão de preencher uma lógica do "minuto a minuto", o que assistimos é um festival de "notícias" que mal interessam a alguém. Pensemos: para que precisamos de tanta velocidade? O jornal impresso é ainda o formato que melhor dá conta de nossas necessidades de informação e - mais que isso - de compreensão dos fatos. Desconsiderar isso, a meu ver, é desconsiderar o próprio papel (histórico) do jornalista: não um mero "entregador de dados", mas um leitor privilegiado dos movimentos do mundo.
Maura Oliveira Martins
Curitiba/PR


[Feedbacks dos Leitores do Digestivo à Promoção]


Postado por Julio Daio Borges
Em 1/8/2007 às 17h07


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Luiz Bonfa no Legião Estrangeira de Julio Daio Borges
02. Entrevista com Paulo F.M. de Carvalho de Julio Daio Borges
03. O advogado do diabo de Julio Daio Borges
04. 1º de Novembro de 2014 de Julio Daio Borges
05. Van Halen 2013 de Julio Daio Borges


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Die Bodenreform in Der Britischen Zone 1945-1949
Gunter J. Trittel
Deutsche Verlags-anstalt
(1975)



Sap Interface Programming
Michael Wegelin/michael Englbrecht
Galileo Press
(2008)



Changer En Douceur: a La Recherche de Léquilibre
Alain Rochon
Les Editions de Lhomme
(1995)



Reumato Volume 2 - as Colagenoses
Equipe Medcurso
Medcurso
(2012)



Memórias Inacabadas - Obra Póstuma
Humberto de Campos
W. M. Jackson
(1945)



História Viva Mitologia 2 - as Leis do Olimpo
Thomas Bulfinch
Duetto



Depois do Silêncio
Raul Marques
7 Letras
(2009)



Doenças Infecciosas e Parasitárias
Ricardo Veronesi
Guanabara Koogan
(1962)



Legends of the Ferengi (star Trek: Deep Space Nine)
Ira Steven Behr, Robert Hewitt Wolfe
Pocket Books
(1997)



Você Meu Filho
Jean Bothorel
Brasiliense
(1986)





busca | avançada
78047 visitas/dia
2,7 milhões/mês