Paraísos artificiais | Digestivo Cultural

busca | avançada
72475 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Série 8X HILDA tem sessões com leitura das peças As Aves da Noite e O Novo Sistema
>>> Festival Digital Curta Campos do Jordão chega a todo o território nacional com 564 filmes inscritos
>>> Cia de Teatro Heliópolis realiza debates sobre Cárcere, projeto que celebra 20 anos de grupo
>>> Mentoria Artística Anti-análise com Pêdra Costa
>>> Dias 06,13, 20 e 27 de março terão apresentações circenses virtuais da Arca de Vandé
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Bom de bico
>>> Diário oxigenado
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Queime depois de ler, de Joel e Ethan Coen
>>> Chorões e seresteiros
>>> Carles Camps Mundó e a poética da desolação
>>> O fim dos livros físicos?
>>> Sigmund Freud, neuroses e ciúme em destaque
>>> Em Busca da Terra do Nunca... e Johnny Depp
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> Tom Zé por Giron
>>> Solte o Timóteo
>>> As cores de Pamuk
Mais Recentes
>>> O Recife - Histórias de uma cidade de Antonio Paulo Rezende pela Prefeitura do Recife - Secretaria de Cultura (2002)
>>> História Contemporânea de V. M. Jvostov e L. I. Zubok pela Vitória (1961)
>>> Manuscrito Holandês ou A Peleja do Caboclo Mitavaí com o Monstro Macobeba (Literatura Brasileira) de M. Cavalcanti Proença pela Antunes (1959)
>>> Artes Marciais - A Dimensão Espiritual - Coleção Mitos, Deuses, Mistérios de Peter Payne pela Edições Del Prado (1997)
>>> Ascensão e queda de Miguel Arraes de Adirson de Barros pela Equador (1965)
>>> Além da Curvatura da Luz de Mário Sanchez pela Do Autor (1959)
>>> Os Estados Subjetivos: Uma tentativa de classificação de seus Relatos Verbais (Linguagem/Psicologia) de Arno Engelmann pela Ática (1978)
>>> El son Entero - Suma Poetica 1929-1946 (Em ESPANHOL) - Poesia Cubana de Nicolás Guillén pela Pleamar (1947)
>>> A ilusão americana de Eduardo Prado pela Brasiliense (1958)
>>> A força da Não-Violência - A firmeza-Permanente de Antônio Fragoso e outros pela Loyola-Vega (1977)
>>> Impasses do Federalismo Brasileiro (Sergipe e a Revolta de Fausto Cardoso) de Terezeinha Oliva de Souza pela Paz e Terra (1985)
>>> Karatê - aprenda a se defender - 3 revistas - Nºs 1 a 3. de Ricardo Delia pela Tres (1990)
>>> Panorama da Música Contemporânea de André Coeuroy pela Atena (1957)
>>> Capítulos da História do Nordeste de José Bezerra Lima Irmão pela Jm (2020)
>>> História Nova do Brasil - Volume 4 (Abolição/Advento da República/Florianismo) de Joel Rufino dos Santos e outros pela Brasiliense (1964)
>>> História da Arte e Movimentos Sociais de Nicos Hadjinicolaou pela Martins Fontes
>>> Um projeto para o Brasil de Celso Furtado pela Saga (1968)
>>> Fatos Assombrosos da Recente História do Nordeste. de José Bezerra Lima Irmão pela Jm (2020)
>>> Tobias Barreto (Biografia) de Luiz Antonio Barreto pela Sociedade Editorial de Sergipe (1994)
>>> Introdução à Psicologia de Jung de Frieda Fordham pela Verbo/Edusp (1978)
>>> Buda (Literatura Argentina) de Jorge Luiz Borges/Alicia Jurado pela Difel (1977)
>>> Lampião a Raposa das Caatingas de José Bezerra Lima Irmão pela Jm (2018)
>>> Piaget para Principiantes (Pedagogia/Educação) de Lauro de Oliveira Lima pela Summus (1980)
>>> Graciliano Ramos (Biografia) de Assis Brasil pela Organização Simões (1969)
>>> Vanguarda e Subdesenvolvimento de Ferreira Gullar pela Civilização Brasileira (1969)
BLOG >>> Posts

Sexta-feira, 1/4/2005
Paraísos artificiais

+ de 2100 Acessos

Paulo Henriques Britto

A meu ver, Faulkner é um escritor bem mais tradicional do que Rosa e Joyce. É um ótimo contador de histórias, criador de personagens e enredos rocambolescos, com muito melodrama - incesto, assassinato, estupro, mestiçagem (tema que ainda causava frisson na época dele). Mas Ulisses desabou sobre Faulkner como uma espécie de imposição: é preciso ser moderno, ser experimental, ser difícil. E aí ele escreveu O som e a fúria, livro dificílimo, com quatro focos narrativos diferentes, muito stream of consciousness, diálogos sem pontuação, etc. O primeiro narrador é retardado; o segundo está se preparando para o suicídio; mas o terceiro e o quarto episódios são bem mais lineares, e ao final do livro tudo está esclarecido. Esse fato - a necessidade de deixar tudo explicado no final - já aponta para a contradição entre o tradicional e o moderno que chama a atenção no livro. A complexidade de Faulkner sempre me dá a impressão de ser um pouco postiça, sem a integração orgânica com a totalidade da obra que vemos em Joyce ou em Rosa.

* * *

Na minha opinião, existe muita coisa boa na poesia brasileira atual, e não acho que o que se faz agora não passe de pastiche de Cabral e Drummond (...). É natural que os poetas de agora estejam explorando o imenso território desbravado pelos modernistas clássicos. É de se esperar que estejam dialogando com Cabral e Drummond, e Bandeira e Pessoa e Murilo Mendes, e Eliot e Pound e Rilke e Mallarmé e García Lorca, e também com o concretismo e com a grande música popular dos anos 60 - para mim e para muitos da minha geração, Chico Buarque e Caetano Veloso e Bob Dylan também são mestres. É assim que se faz poesia: dialogando com os antecessores, respondendo a eles, por vezes até brigando com eles - Harold Bloom escreveu uma série de livros muito bons sobre isso, mostrando como os românticos ingleses tiveram que enfrentar a sombra acachapante de Milton. É justamente este diálogo com os "poetas fortes" das gerações anteriores que faz o que se chama de uma tradição.

* * *

A poesia marginal foi uma reação saudável ao excesso de cerebralismo dos concretos. A maior parte dela ficou datada, mas alguma coisa sólida restou do movimento, como o melhor de Ana Cristina César e Chacal, entre outros. A poesia de Chico Alvim, que tem alguns pontos de contato com a poesia marginal, na verdade desde o começo tinha um diferencial: longe de ser um derramamento ingênuo das emoções pessoais, ela dava voz ao outro; com o passar dos anos ficou claro que o projeto dele é personalíssimo, e a meu ver admirável. Quanto a Leminski, seu trabalho me parece uma diluição do poema-piada oswaldiano com pitadas de concretismo, um poesia que depende acima de tudo de trocadilhos e outros achados verbais que, quando lidos pela segunda vez, perdem boa parte do interesse.

Paulo Henriques Britto, senhor tradutor, poeta e agora contista, no Rascunho (porque o Rogério Pereira é, como eu, um faz-tudo).


Postado por Julio Daio Borges
Em 1/4/2005 às 14h48


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Edward Snowden e o coronavírus de Julio Daio Borges
02. A dança contagiante de Julio Daio Borges
03. The News is Now Public de Julio Daio Borges
04. Alguma poesia de Julio Daio Borges


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Mestre dos Quebra-cabeças
Betsy Carter
Planeta
(2011)
R$ 17,00



A Terceira Guerra Mundial Agosto de 1985 Volume 2
General Sir John Hackett
Bibliex
(1980)
R$ 7,00



Matemática Volume Único
Iezzi-dolce-degenszajn-périgo
Atual
(1997)
R$ 27,00



Contratar
Richard S. Deems
Amadio
(2003)
R$ 6,30



Manual de Administração de Pessoal
Cecilia Soares Iorio
Senac
(2013)
R$ 15,00



Ripley Debaixo D'Água
Patricia Highsmith
Companhia das Letras
(1994)
R$ 18,00



Morrer Não é o Fim
Admir Serrano
Petit
(2008)
R$ 17,99



Essai Sur L Hygiène Internationale Ses Applications Contre La
Adrien Proust
G Masson
(1873)
R$ 84,78



Juca Mulato
Menotti del Picchia
Itatiaia
R$ 5,00



A ascensão do dinheiro
Niall Ferguson
Crítica
(2017)
R$ 69,90





busca | avançada
72475 visitas/dia
2,1 milhões/mês