Lauro Machado Coelho | Digestivo Cultural

busca | avançada
16866 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Orquestra Sinfônica de Jerusalém apresenta-se em São Paulo
>>> Mostra Primeiros Passos
>>> José Patrício inaugura exposição inédita em Brasília
>>> Livro mostra a ambiguidade entre amor e desamor
>>> Red Bull Station estreia exposições de letrista e de coletivo feminino em julho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Entrevista com a tradutora Denise Bottmann
>>> O Brasil que eu quero
>>> O dia em que não conheci Chico Buarque
>>> Um Furto
>>> Mais outro cais
>>> A falta que Tom Wolfe fará
>>> O massacre da primavera
>>> Reflexões sobre a Liga Hanseática e a integração
>>> A Fera na Selva, filme de Paulo Betti
>>> Raio-X do imperialismo
Colunistas
Últimos Posts
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
>>> Sarau Libertário em BH
Últimos Posts
>>> A falta de compromisso com a educação
>>> A luz da alma - Haifa Israel
>>> Tempo & Espaço
>>> Mão única
>>> A passos de peregrinos ll
>>> PRESSÁGIOS. E CHAVES IV
>>> Shomin-Geki, vidas comuns no cinema japonês
>>> Con(fusões)
>>> A passos de peregrinos l
>>> Ocaso
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Papel do Produtor
>>> Experiências e Livros
>>> Brasilês - um idioma de muitos sotaques
>>> O turista imobiliário
>>> Edvaldo Pereira Lima
>>> Mais outro cais
>>> Um Furto
>>> Big Bang
>>> Poesia em Xadrez, BH
>>> Entrevista com a tradutora Denise Bottmann
Mais Recentes
>>> Sede de Plenitude
>>> Amor é Prosa Sexo é Poesia. Crônicas afetivas.
>>> A Imensidão dos Sentidos. Um estudo psicológico da sensibilidade humana.
>>> Abilio Diniz, Caminhos e Escolhas. O equilíbrio para uma vida mais feliz.
>>> Viagem ao centro do computador. Série Meu Computador.
>>> Cause Impacto! O que toda mulher precisa saber para transformar todo o seu potencial em resultados na vida e no trabalho.
>>> A Imaginação na Cura
>>> Infância
>>> Psicologia Esotérica - Volume II - Tomo I
>>> Astrologia Esotérica - Volume III - Tomo II
>>> Direito Previdenciário - Série Provas e Concursos
>>> Arquivologia - Para os concursos de técnico e analista dos tribunais
>>> Dicionário de português Schifaizfayvore: crônicas lusitanas (2ª ed.)
>>> Como educar seus pais.
>>> Sortilégios, Magia Negra e Sexo
>>> O Tarô do Amor - Não acompanha cartas.
>>> Seu Imóvel - Como comprar bem
>>> Medicina da Habitação - Como detectar e Neutralizar as ondas nocivas
>>> O Livro de Ouro da Prosperidade e Boa Sorte - Da sabedoria de Salomão
>>> Magia dos Dragões
>>> Practical Spellcraft - a first course in magic
>>> Coisas de homem e coisas de mulher
>>> A Magia das Formas-Pensamento - Um sistema comprovado de desenvolvimento
>>> Poções Mágicas - Como preparar e usar incensos caseiros, óleos.
>>> The Mystical Tarot - Livro de bolso
>>> Iniciação à Escrita Mágica Divina - A Magia Simbólica dos Tronos de Deus
>>> A Magia Divina de Rubens Saraceni - O Mago a revelação dos mistérios
>>> O Código da Escrita Mágica Simbólica
>>> Umbanda dos Pretos Velhos
>>> Os Leopardos de Kafka
>>> A Sombra Materna
>>> O Silêncio dos Amantes
>>> O Escorpião da Sexta-Feira
>>> Manejando bem a Palavra da Verdade (Rightly DividingtheWord of Truth)
>>> Iniciação à fonética e à fonologia (9ª ed.)
>>> Deutsch Perfekt- revistas
>>> O Movimento Modernista Verde, de Cataguases- MG: 1927-1929
>>> Cavaleiro da Lua - Na Noite
>>> Cavaleiro da Lua - Os Mortos se Levantam
>>> Cavaleiro da Lua - Dos Mortos
>>> Introdução à Sociologia
>>> Filosofia Série Novo Ensino Médio
>>> África e Brasil Africano
>>> Biologia das Populações 3 - Genética, Evolução Biológica, Ecologia
>>> Literatura Brasileira - Tempos, Leitores e Leituras
>>> Fundamentos da Filosofia - História e Grandes Temas
>>> A Face Pintada Em Pano de Linho
>>> Lógica para principiantes
>>> Grande e estranho é o mundo
>>> Descartes
BLOG >>> Posts

Domingo, 4/2/2018
Lauro Machado Coelho

+ de 1100 Acessos

Conheci o Lauro através do Giron. Que, por sua vez, conheci através do Daniel Piza (sempre ele).

Conheci o Daniel por causa do Paulo Francis, cujo último livro, Waaal, o Daniel organizou.

Onde eu fazia estágio, no final dos anos 90, assinavam a Gazeta Mercantil e eu surrupiava o Caderno Fim de Semana - porque era a parte cultural e ninguém se interessava.

Lendo o Fim de Semana, por causa do Daniel, que editava, comecei a ler o Giron, que fazia as melhores críticas musicais da época - e que fazia algo raro até hoje: reportagem.

Em 2002, o Daniel, já no Estadão, anunciou um curso de crítica musical do Giron, na ECA, e lá fui eu fazer - e conhecer o Giron.

Finalmente, o Giron convidou o Lauro para dar uma aula informal de ópera - e assim tivemos contato.

Eu não sabia nada sobre ópera - como ainda sei pouco -, mas não precisou mais que uma simples aula para eu saber que o Lauro era a pessoa que mais dominava o assunto no Brasil (e, quem sabe, uma das que mais dominava no mundo).

Só que ao contrário do que se poderia imaginar, para um erudito em ópera, o Lauro era simples, acessível e generoso. Fazia piada com o próprio assunto e podia fazer até uma analogia com a novela das oito, se necessário fosse - tudo pelo bem do entendimento e da didática.

Naquela altura, o Lauro já tinha lançado uma meia-dúzia dos seus volumes de História da Ópera (que comporia mais de dez volumes no total). E não era uma História da Ópera no Brasil - que mal daria um volume -, era uma História da Ópera Mundial, com volumes inteiros dedicados a países, e outros a compositores.

Era tanta informação que o editor não tinha como lançar todos os volumes de uma só vez - e o Lauro, enquanto lançava o primeiro, ajudava a editar o segundo, enquanto já escrevia o terceiro... Num ritmo digno de Balzac.

Naquele encontro no curso do Giron, Lauro nos contou que, num fim de semana qualquer, ele despachou toda a família para a praia - e resolveu começar a escrever sobre ópera. Como se fosse algo banal, tipo consertar o telhado ou marcar uma dedetização.

Desnecessário dizer que o escritor continuou trabalhando como jornalista (porque nenhum autor vive de publicar no Brasil) - ou seja: o Lauro continuou frequentando os concertos e escrevendo suas críticas normalmente. Continuou dando seus cursos e, como qualquer mortal, continuou tendo de ganhar a vida.

Transformei o Lauro em assinante do Digestivo, é claro, e ele recebia as minhas “críticas” por e-mail. Digo críticas entre aspas porque as minhas eram brincadeira de criança perto das dele. O Lauro sabia o que estava falando - já eu... estava tentando aprender.

Mas ele tinha uma paciência infinita, gostava de conversar e tinha a bondade de comparar minhas impressões com as dele (como se fossem do mesmo nível): “Você falou tal coisa sobre o ‘Messias’ de Handel. Gozado, eu tive outra impressão”.

Sem pestanejar, eu respondia pra ele: “Lauro, a sua deve ser a correta”.

Isso não impediu, claro, que o Lauro participasse do Digestivo - e me enviasse, no final de 2002, um verdadeiro ensaio sobre o momento da música erudita no Brasil. E eu acho que nunca publicamos uma retrospectiva musical tão bem feita.

Virou uma referência, no Google, e, nos anos subsequentes, os músicos - sempre tão necessitados de crítica; ainda mais no Brasil - pediam que o Lauro escrevesse uma versão atualizada do texto.

No início de 2003, ele me contou, orgulhoso, que fazia aniversário no mesmo dia em que Mozart, 27 de Janeiro. E que estava fazendo 60 anos.

Quando o conheci, já estava em cadeira de rodas, e sua saúde vinha se deteriorando - mas isso não impedia que sua cabeça seguisse funcionando (como se nada fosse) e que sua produtividade se mantivesse a mesma: impressionante.

Entre as coisas de que me arrependo foi de não ter feito o curso de ópera dele. Sempre paciencioso, a última vez em que falamos a respeito, ele me disse assim (como se me convidasse e eu não pudesse perder): “Aproveite que agora eu vou começar o filé mignon... Verdi!”.

Acabei deixando pra lá e não fazendo... Infelizmente.

Me consolo pensando que sempre teremos os volumes sobre ópera que ele escreveu.

Aliás, como uma homenagem ao Lauro, separei meu volume de Ópera Clássica Italiana, de 2003 - e vou finalmente ler ;-)

Para ir além
Compartilhar


Postado por Julio Daio Borges
Em 4/2/2018 às 12h02


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Diego Reeberg, do Catarse de Julio Daio Borges
02. Adriane Pasa no Canadá de Julio Daio Borges
03. Eduardo Galeano (1940-2015) de Celso A. Uequed Pitol
04. Mozart com Martin Fröst de Julio Daio Borges
05. Iggy and The Stooges de Vicente Escudero


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




HISTOIRE DE LA RÉVOLUTION FRANÇAISE 2
AUTOR MICHELET
BOUQUINS - ROBERT LAFFONT
(1979)
R$ 11,00



CINEMA: GUIA ILUSTRADO
RONALD BERGAN
JORGE ZAHAR
(2007)
R$ 29,00



MATTHEW LIPMAN E A FILOSOFIA PARA CRIANÇAS. TRÊS POLEMICAS
RENÊ JOSÉ TRENTIN SILVEIRA
AUTORES ASSOCIADOS
(2003)
R$ 17,00



NEURÓTICA. AUTORES JUDEUS ESCREVEM SOBRE SEXO.
ORGANIZAÇÃO DE MELVIN JULES BUKIET
IMAGO
(2001)
R$ 10,00



SPY DOG 05 - NA COLA DO FOGUETE
ANDREW COPE
FUNDAMENTO
(2018)
R$ 12,00



A REFORMA DA NATUREZA/O MINOTAURO - MONTEIRO LOBATO (LITERATURA INFANTO-JUVENIL)
MONTEIRO LOBATO
CIRCULO DO LIVRO
R$ 8,00



HISTÓRIA CONCISA DA LITERATURA BRASILEIRA
ALFRED BOSI
CULTRIX
(2001)
R$ 39,00



LOUCURAS DA ALMA
ANA CRISTINA VARGAS
VIDA / CONSCIÊNCIA
(2016)
R$ 18,00



INSIGHT
DANIEL. C. LUZ
D. C. LUZ
(1999)
R$ 19,90



100 ANOS DE CHICO XAVIER - FENÔMENO HUMANO E MEDIÚNICO
CARLOS A. BACCELLI
LEEPP
(2009)
R$ 18,59





busca | avançada
16866 visitas/dia
1,1 milhão/mês