Dentro da Baleia | Digestivo Cultural

busca | avançada
62220 visitas/dia
1,6 milhão/mês
Mais Recentes
>>> FESTIVAL DE ORQUESTRAS JUVENIS
>>> XIII Festival de Cinema da Fronteira divulga Programação
>>> Centro em Concerto: ¡Navidad Nuestra!
>>> Edital Retomada Cultural apresenta Conexão Brasil-Portugal: podcast produzido pelo Coletivo Corpos p
>>> CANTORA E ATRIZ SANDRA PÊRA NO SESC BELENZINHO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Home sweet... O retorno, de Dulce Maria Cardoso
>>> Menos que um, novo romance de Patrícia Melo
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> O segredo para não brigar por política
>>> Endereços antigos, enganos atuais
>>> Rodolfo Felipe Neder (1935-2022)
>>> A pior crônica do mundo
>>> O que lembro, tenho (Grande sertão: veredas)
>>> Neste Momento, poesia de André Dick
>>> Jô Soares (1938-2022)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Lula de óculos ou Lula sem óculos?
>>> Uma história do Elo7
>>> Um convite a Xavier Zubiri
>>> Agnaldo Farias sobre Millôr Fernandes
>>> Marcelo Tripoli no TalksbyLeo
>>> Ivan Sant'Anna, o irmão de Sérgio Sant'Anna
>>> A Pathétique de Beethoven por Daniel Barenboim
>>> A história de Roberto Lee e da Avenue
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
Últimos Posts
>>> Nosotros
>>> Berço de lembranças
>>> Não sou eterno, meus atos são
>>> Meu orgulho, brava gente
>>> Sem chance
>>> Imcomparável
>>> Saudade indomável
>>> Às avessas
>>> Amigo do tempo
>>> Desapega, só um pouquinho.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Colunismo em 2004
>>> Frases de Drummond
>>> Luciano do Valle (1947-2014)
>>> 28 de Junho #digestivo10anos
>>> 19 de Julho #digestivo10anos
>>> Citizen Kane
>>> Gal Costa (1945-2022)
>>> Vida conjugal
>>> Querem acabar com as livrarias
>>> Cisne Negro
Mais Recentes
>>> Para onde Peregrinamos?: Velhos Caminhos e Novas Metas de Notker Wolf pela Vozes (2012)
>>> Fundamentos de Ilustração de Lawrence Zeegan Crush pela Bookman (2009)
>>> O Pai Minuto de Spencer Johnson pela Record (1994)
>>> Madalena sem filtro de Rodrigo Alvarez pela Leya (2018)
>>> Le droit et les droits de l'homme de Louis lachance D7 pela Universitaires de france (1959)
>>> Como Encontrar Deus: ...e por que nem é Necessário Procurá-lo de Zacharias Heyes pela Vozes (2019)
>>> Guia do Autor - O Caminho das Pedras Facilitado de Ufsc pela Ufsc (2001)
>>> A Construção de uma Identidade Inacabada: Nipo-brasileiros no Interior do Estado de São Paulo de Marcelo Alario Ennes pela Unesp (2001)
>>> It a Coisa de Stephen King pela : Suma das Letras (2019)
>>> Três décadas de economia gaúcha : a evolução social de Octavio Augusto Camargo Conceição, Marinês Zandavali Grando, Sônia Unikowsky Teruchkin e Luiz augusto Estrella Faria (org.) pela Fee (2010)
>>> O Ladrão de Sonhos e Outras Historias de Ivan Ângelo pela Ática (1994)
>>> Matemáticas Para Científicos Volumen 1: Vectores, Tensores Y Grupos de Thor A. Bak, Jonas Lichtenberg pela Revert (2022)
>>> Como Domar seu Gremlin Interior de Richard D. Carson pela Vértice (1991)
>>> O Vaticano II Contado aos que não o Vivenciaram de Daniel Moulinet pela Paulus (2012)
>>> Será que Ele me Ama? de Gregory Berns pela Citadel (2020)
>>> Revolução Francesa 1 de Max Gallo pela LPM Pocket (2012)
>>> Catecismo da Igreja Católica de Conferência Nacional dos Bispos do Brasil CNBB; Conferência Nacional dos Bispos do Brasil pela Loyola (2000)
>>> O Melhor de Vinicius de Moraes de Vinicius de Moraes pela Folha de São Paulo (1994)
>>> Santo Guerreiro: Roma Invicta (Com autógrafo) de Eduardo Spohr pela Verus (2020)
>>> Meta-história: a Imaginação Histórica do Século XIX de Hayden White pela Edusp (2008)
>>> Memorias Inventadas de Manoel de Barros pela Planeta (2010)
>>> Trustália uma quase distopia de Magno Mello pela Chiado (2016)
>>> O Poder de Mau Humor de Ruy Castro pela Cia das Letras (1993)
>>> One-Punch Man Vol. 09 de One pela Panini (2017)
>>> Valor, força de trabalho e acumulação monopolista de Maria da Conceição Tavares, Francisco Paulo Cipolla e outros pela Vozes
BLOG >>> Posts

Terça-feira, 14/3/2006
Dentro da Baleia

+ de 1000 Acessos

(...) um escritor faz bem em ficar fora da política. Porque qualquer escritor que aceite, ou aceite parcialmente, a disciplina de um partido político cedo ou tarde se defrontará com a alternativa: seguir a linha, ou se calar. Claro que é possível seguir a linha e continuar escrevendo - de acordo com um modelo. Qualquer marxista pode demonstrar com a maior facilidade que a liberdade "burguesa" de pensamento é uma ilusão. Mas quando terminar a demonstração restará o fato psicológico de que sem essa liberdade "burguesa" a capacidade criativa seca. No futuro poderá surgir uma literatura totalitária, mas será bem diferente de qualquer coisa que possamos imaginar agora. A literatura como a conhecemos é algo individual, que exige honestidade mental e um mínimo de censura. E isso é ainda mais verdadeiro na prosa do que na poesia. É provável que não seja uma coincidência que os melhores escritores da década de 1930 tenham sido poetas. A atmosfera da ortodoxia é sempre prejudicial à prosa e, sobretudo, totalmente desastrosa para o romance, a mais anárquica de todas as formas literárias. Quantos católicos romanos foram bons romancistas? Mesmo o punhado que podemos mencionar compõe-se em geral de maus católicos. O romance é praticamente uma forma protestatória de arte; é um produto da mente livre, do indivíduo autônomo. Nenhuma década dos últimos cento e cinqüenta anos foi tão desprovida de prosa imaginativa como a de 1930. Houve bons poemas, boas obras de sociologia, panfletos brilhantes, mas quase nenhuma ficção de algum mérito. De 1933 em diante, o clima mental foi cada vez mais contrário. Qualquer pessoa sensível o bastante para ser tocada pelo zeitgeist também estava envolvida em política. Nem todos, claro, estavam de forma indiscutível no ramo da política, mas quase todo mundo estava em sua periferia e mais ou menos envolvido em campanhas de propaganda e controvérsias sórdidas. Comunistas e quase comunistas tiveram um influência desproporcionalmente grande nas críticas literárias. Era uma época de rótulos, slogans e subterfúgios. Nos piores momentos, esperava-se que nos trancássemos numa pequena gailoa de mentiras que causava constipação; nos melhores, uma espécie de censura voluntária ("Devo dizer isso? Será pró-facista?") atuava na cabeça de quase todo mundo. É quase inconcebível que bons romances sejam escritos em tal atmosfera. Bons romances não são escritos por farejadores de ortodoxia nem por pessoas extremamente conscientes de sua própria não-ortodoxia. Bons romances são escritos por pessoas sem medo.(...)

George Orwell, em "Dentro da Baleia e outros ensaios", mais uma vez (porque muita gente ainda sente nostalgia de coisas como direita e esquerda...).


Postado por Julio Daio Borges
Em 14/3/2006 às 09h54


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O sertão virando mar de Julio Daio Borges
02. Billy Wilder no Cine Sesc (SP) de Duanne Ribeiro
03. Os ombros suportam o mundo de Julio Daio Borges
04. The Köln Concert (Full Album) de Yuri Vieira
05. Feliz Ano Novo de Julio Daio Borges


Mais Julio Daio Borges no Blog
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Da Tirania: Incluindo a Correspondência Strauss-kojéve
Leo Strauss
É Realizações
(2017)



A Aventura Urbana
Lucia Rabello de Castro
7letras
(2004)



Moda Moldes Ano 3 Nº 25
Escala
Escala



Rafa, Bom de Bola
Pedro Bloch
Ediouro
(1983)



Talento Nova Linguagem do Dinheiro para Realização Pessoal
Glória Maria Garcia Pereira
Futura
(2002)



Vender bem é mais fácil
Alberto Couto
Gente
(1995)



Além das Crianças Índigo - A Consciência da Nova Geração
P. M. H. Atwater
prolibera
(2008)



Livro Físico - Aconteceu Naquele Verão
Stephanie Perkins
Intrinseca
(2017)



Sempre aos Domingos
João Ubaldo Ribeiro
Nova Fronteira
(1988)



Livro - Arosados Ventos - Coleção Jovens do Mundo Todo
Odette B. Mott
Brasiliense
(1986)





busca | avançada
62220 visitas/dia
1,6 milhão/mês