Ter e Não Ter, de Hemingway | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Festa na floresta
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
>>> Curriculum vitae
Mais Recentes
>>> Recordações da casa dos mortos de Fiodor Dostoiévski pela Nova Alexandria (2006)
>>> Elric de Melniboné: a traição ao imperador de Michael Moorcock pela Generale (2015)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Vozes de Bolso (2018)
>>> Deuses Americanos de Neil Gaiman pela Conrad (2002)
>>> Deus é inocente – a imprensa, não de Carlos Dorneles pela Globo (2003)
>>> Memórias do subsolo de Fiodor Dostoiévski pela 34 (2000)
>>> Songbook - Tom Jobim, Volume 3 de Almir Chediak pela Lumiar (1990)
>>> Comunicação e contra-hegemonia de Eduardo Granja Coutinho (org.) pela EdUFRJ (2008)
>>> Caetano Veloso Songbook V. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Origami a Milenar Arte das Dobraduras de Carlos Genova pela Escrituras (2004)
>>> O vampiro Lestat de Anne Rice pela Rocco (1999)
>>> Nova enciclopédia ilustrada Folha volume 2 de Folha de São Paulo pela Publifolha (1996)
>>> Esperança para a família de Willie e Elaine Oliver pela Cpb (2018)
>>> Leituras do presente de Valdir Prigol pela Argos (2007)
>>> Insight de Daniel C. Luz pela Dvs (2001)
>>> Política e relações internacionais de Marcus Faro de Castro pela UnB (2005)
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> Filosofia Para Crianças e Adolescentes de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2008)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> Vida de São Francisco de Assis de Tomás de Celano pela Vozes (2018)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Astrologia e Fatalismo Magnetismo e Hipnose de Ferni Genevè pela Fase (1983)
>>> Práticas da leitura de Roger Chartier (org.) pela Estação Liberdade (2001)
>>> Universo em Desencanto A Verdadeira Origem da Humanidade Vol 1 de Não Informada pela Mundo Racional
>>> Matemática Financeira de Roberto Zentgraf pela Ztg (2002)
>>> Como Negociar Qualquer Coisa Com Qualquer Pessoa Em Qualquer Lugar do Mundo de Frank L. Acuff pela Senac (1998)
>>> Morte e Vida Severinas: das Ressurreições e Conservações ... Ed. Ltda. de Nelci Tinem e Luizamorim: Organização pela Impre. Univ. J. Pessoa (2012)
>>> Mais Trinta Mulheres que Estão Fazendo a Nova Literatura de Luiz Ruffato pela Record (2005)
>>> Príncipe Sidarta A Fuga do Palácio de Patricia Chendi pela Rocco (2000)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Como Criar Filhos Autoconfiantes de Anthony Gunn pela Gente (2011)
>>> Smart Work Why Organizations Full Of Intelligent People ... de Steven A. Stanton pela Do Autor (2016)
>>> Estatística Objetiva de Roberto Zentgraf pela Ztg (2001)
>>> Diários Messiânicos: uma Experiência de Extensão Universitária de Bruno Cesar Euphrasio de Mello pela Univ. Federal Rgs. (2015)
>>> The Lost Symbol de Dan Brown pela Doubleday (2009)
>>> Dez Dias de Cortiço de Ivan Jaf pela Ática (2009)
>>> Medicina do Além Um Presente de Jesus para a Humanidade de Fabio Alessio Romano Dionisi pela Dionisi (2014)
>>> Energia Renovável de Dme pela Dme
>>> São João Paulo Grande Seus Cinco Amores de Jason Evert pela Quadrante (2018)
>>> At Risk de Patricia Cornwell pela Little Brown And Company (2006)
COLUNAS

Quinta-feira, 17/4/2003
Ter e Não Ter, de Hemingway
Ricardo de Mattos

+ de 10200 Acessos

Ao mencionar-se o nome de Ernest Hemingway (1.898/1.961) creio ser O Velho e O Mar o primeiro livro a vir à mente de seus admiradores, possivelmente seguido por O Sol Também Se Levanta e Por Quem Os Sinos Dobram. Ter e Não Ter talvez seja obra para seus leitores mais fiéis, desejosos de conhecer a totalidade de seus escritos. O livro foi publicado no ano de 1.937 quando o escritor já morava em Key West, principal ilha de um arquipélago homónimo situado no Golfo do México, mas já bem próximo ao Estreito da Flórida.

A época era de instabilidade política em Cuba. A luta pela independência iniciou-se com a "Guerra Pequena" de 1.879 e desdobrou-se por todo o final do século XIX. Em 1.895 deu-se a última guerra, esta com auxílio norte americano, prolongada até 1.898, quando a Espanha renunciou definitivamente a Cuba através do Tratado de Paris. O interesse dos Estados Unidos é evidenciado pela posição geográfica da ilha, situada bem ao sul do Estado da Flórida e muito mais perto que Porto Rico. Era necessário ter como aliado, ou protectorado, um país localizado tão estrategicamente.

O ímpeto norte-americano foi exagerado e ocasionou descontentamento à nova nação. Além de governar Cuba até 1.902, os Estados Unidos mantiveram sobre ela um direito de fiscalização prolongado até 1.934, enfim obstado pelo primeiro governo revolucionário provisório instalado em 1.933. Este governo de insurrectos depôs o então ditador Gerardo Machado, citado no livro. Nem Espanha, nem Estados Unidos. Os cubanos queriam liberdade e autonomia política plenas. O século XX foi marcado pela alternância entre ditaduras e golpes revolucionários responsáveis pelo acesso ao poder por outros ditadores. Finalmente em primeiro de janeiro de 1.959 - "Dia da Libertação Nacional" - obtém o domínio o actual ditador. Aderindo ao comunismo, Cuba conseguiu livrar-se da insistente abordagem norte-americana, mas sofreu o conhecido embargo económico.

Ter e Não Ter, portanto, foi escrito neste período de golpes e contra golpes, tendo Cuba e Key West como cenários. São 241 páginas bem lidas n'um final de semana. Não é um libelo político conforme esclarece Harry Morgan, o personagem principal, a certa altura: "Que merda me interessa essa revolução! Que se foda sua revolução! Para ajudar os trabalhadores, assaltam um banco e matam um camarada que estava com eles e em seguida assassinam o pobre Albert, que nunca fez mal a ninguém... Foi um trabalhador que eles mataram. Nunca pensam nisso. Um trabalhador com família. São os cubanos que governam Cuba. Todos atraiçoam uns aos outros. Todos vendem uns aos outros. Têm o que merecem. Para o inferno suas revoluções! Tudo o que quero fazer é ganhar a vida para a minha família e nem isso posso fazer agora! E vem esse cara me falar dessa tal revolução. Que se dane a revolução dele!" (página 169). Repare-se na brevidade dos períodos.

Este trecho, além do posicionamento político de Morgan, mostra sua truculência característica e sua principal preocupação: manter a família. Está absolutamente despreocupado com os meios e recursos empregados, dês que sua mulher e suas filhas comam. Tendo o irrestrito apoio daquela, contando com a ignorância destas e seguidor do princípio segundo o qual "não há lei que obrigue a passar fome", nenhum escrúpulo tolhe suas acções. Para barrá-lo, suas filhas precisariam rejeitar o alimento comprado com dinheiro obtido através do crime, e isso dificilmente ocorreria. Inicialmente, Morgan alternou o trabalho honesto com pequenos contrabandos, mas logrado por um turista e depois perdendo um braço, dedica-se totalmente às acções criminosas. E assim transcorreu sua vida; ter e não ter dinheiro e sossego, ter e não ter uma vida tranquila, ter e não ter o que levar à mesa. Uma vida de ilegalidade n'uma época ruim para cubanos e para norte-americanos a sofrer os danos da recessão de 1.929.

A figura do bom bandido - o assaltante, o político canalha, o homicida de aluguel, o contrabandista, o traficante -, aquele que volta para a esposa e filhos com víveres e presentes adquiridos depois de um crime, é frequente na literatura. Deve ser lembrada a figura de Bené, no livro Cidade de Deus. Personagens com este dualismo de carácter encontram sempre seus admiradores e paladinos. Na vida real, o próprio ditador cubano não se manteve no poder sem verter sangue alheio, mas consegue transmitir simpatia e afastar questões.

O relevante da história apresenta-se na terceira e última parte. As duas primeiras apontam ao personagem e ao ambiente de bêbados, contrabandistas, desocupados e assaltantes no qual ele vive. Sua própria esposa parece ter sido prostituta. Observe-se a inconstância na escolha do narrador. Na primeira parte a narração é feita em primeira pessoa. Na segunda, em terceira pessoa, com narrador omnisciente. A terceira parte também em terceira pessoa, porém com narrador personagem no primeiro capítulo e de novo omnisciente até o final.

Por fim, se é certo procurar em livros um alter ego para o escritor - qualquer escritor -, imagino que em Ter e Não Ter o de Hemingway seja Richard Gordon, personagem aparecido do meio para o fim e sem alguma importância aparente. Destaco ainda no capítulo 24 alguns esboços bem ásperos que o autor fez de tipos americanos encontrados mas talvez não aproveitados na obra.

Para ir além





Ricardo de Mattos
Taubaté, 17/4/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. O túmulo do pássaro de Elisa Andrade Buzzo
02. Desbloqueie seu cartão, aumente seu pênis de Luís Fernando Amâncio
03. Canção de som e fúria de Carina Destempero
04. Contos Gauchescos chega ao cinema de Marcelo Spalding
05. 2009: enfim, um ano musical de Diogo Salles


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos em 2003
01. Da Poesia Na Música de Vivaldi - 6/2/2003
02. Poesia, Crônica, Conto e Charge - 13/11/2003
03. Da Biografia de Lima Barreto - 26/6/2003
04. Estado de Sítio, de Albert Camus - 4/9/2003
05. A Euforia Perpétua, de Pascal Bruckner - 5/6/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




DESASTRES NATURAIS
ROSANGELA DO AMARAL
SECRETARIA DO MEIO AMBIENTE
(2012)
R$ 8,25



OS ALICERCES DA FÍSICA
KAZUHITO- FUKE- CARLOS
SARAIVA
(1998)
R$ 45,90
+ frete grátis



O REI - IRMANDADE DA ADAGA NEGRA VOL 12
J. R. WARD
UNIVERSO DOS LIVROS
(2014)
R$ 30,00



CAPITALISMO: MODO DE USAR
FABIO GIAMBIAGI
CAMPUS - GRUPO ELSEVIER
(2015)
R$ 76,61



SS - GB
LEN DEIGHTON
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1979)
R$ 4,50



AVALIAÇÃO DO EFEITO DA SOLDAGEM A ARCO SOBRE A QUALIDADE DA ENERGIA
EZIO SILVA, AMÉRICO SCOTTI UND JOSÉ CARLOS DE OLIVEIRA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 363,00



SOL DA LIBERDADE
ÍRIS PAULA ROCHA
BOA NOVA
(2000)
R$ 10,00



HISTÓRIA ESSENCIAL DA FILOSOFIA VOL 5
PAULO GHIRALDELLI JR
UNIVERSO DO LIVRO
(2010)
R$ 15,00



ENTRE REAL E SURREAL: ANTOLOGIA DA LITERATURA BELGA DE LÍNGUA FRANCESA
MARC QUAGHEBEUR, ZILÁ BERND, LEONOR LOURENÇO DE ABREU, ROBERT PONGE
TOMO EDITORIAL
(2009)
R$ 47,00



CINE Y COMUNICACION VISUAL
ANDREW TUDOR
GUSTAVO GILI
(1975)
R$ 16,28





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês