Poesia, Crônica, Conto e Charge | Ricardo de Mattos | Digestivo Cultural

busca | avançada
31589 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Leandro Sapucahy comanda Reveillon 2019 no Jockey Club/RJ
>>> Carioquíssima realiza edição de Natal na Fábrica Bhering (RJ)
>>> Vocalista da banda Big Mountain, Quino apresenta-se no Sesc Belenzinho dia 15 de dezembro
>>> Sesc Belenzinho apresenta show que celebra Declaração Universal do Direitos Humanos
>>> Mosteiro de São Bento: 50 anos da morte de Thomas Merton
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As palmeiras da Politécnica
>>> Como eu escrevo
>>> Goeldi, o Brasil sombrio
>>> Do canto ao silêncio das sereias
>>> Vespeiro silencioso: "Mayombe", de Pepetela
>>> A barata na cozinha
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O Voto de Meu Pai
>>> Inferno em digestão
>>> Hilda Hilst delirante, de Ana Lucia Vasconcelos
Colunistas
Últimos Posts
>>> Palestra e lançamento em BH
>>> Eleições 2018 - Afif na JP
>>> Lançamentos em BH
>>> Lançamento paulistano do Álbum
>>> Pensar Edição, Fazer Livro 2
>>> Ana Elisa Ribeiro lança Álbum
>>> Arte da Palavra em Pernambuco
>>> Conceição Evaristo em BH
>>> Regina Dalcastagné em BH
>>> Leitores e cibercultura
Últimos Posts
>>> A verdade? É isso, meme!
>>> Ser pai, sendo filho - poema
>>> A massa não entende
>>> ARCHITECTURA
>>> Os Efeitos Colaterais do Ano no Mundo
>>> A Claustrofobia em Edgar Allan Poe - Parte I
>>> Casa de couro V
>>> Heróis improváveis telefonam...
>>> Um lance de escadas
>>> No tinir dos metais
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Desafiando o Talento, de Geoff Colvin
>>> O anti-Twitter
>>> Free, o livro, em português
>>> Tropikaos
>>> Because in the musicals nothing dreadful ever happens
>>> Feliz Ano Novo
>>> Por uma arquitetura de verdade
>>> O Conselheiro também come (e bebe)
>>> Existem vários modos de vencer
>>> O óbvio final de Belíssima
Mais Recentes
>>> Reinações de Narizinho de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1956)
>>> Don Fernando de Fernand Fournier-Aubry pela Robert Laffont (1972)
>>> Allie Finkle´s Rules for Girls- Moving day de Meg Cabot pela Scholastic (2009)
>>> Vie et Mort a Shanghai de nien Cheng pela Albin Michel (1987)
>>> Português- Leitura,produção, gramática ( 7 ano ) de Leila Laur Sarmento pela Moderna (2009)
>>> Um grito de Alerta de Osmar Santos pela Eu Você (1981)
>>> Vencendo a Crise - Com o bom senso empresarial pode superá-la de Thomas J Peters e Robert H Waterman pela Hárbra (1986)
>>> Educação - Criatividade e Lazer de Annita Schterg Gorodicht e Léa Porto de Abreu pela Sec de Educação e Cultura RJ (1980)
>>> O Diário de Bridget Jones de Helen Fielding pela Record (2001)
>>> L'Institut de Volupté - Roman de Fernand Kolney pela Georges-Anquetil (1926)
>>> Oeuvres de Beranger - Tomo 1 e 2 de Pierre-Jean de Beranger pela Perrotin (1857)
>>> Everymans Thesaurus of English Words and Phrases de Peter Roget e D C Browning pela J M Dent e Sons (1955)
>>> Lombre du Passé de Jeanne de Coulomb pela Gaitier e languereau (1921)
>>> La femme Dune Nuit de Alfred Machard pela Flamarion (1929)
>>> L'Amant de Lady Chatterley de D H Lawrence pela Gallimard (1932)
>>> Tom Jones de Henry Fielding pela Abril (1983)
>>> A chave de Rebecca de Ken Foller pela Círculo do Livro
>>> Histoires et Contes de la Grand Mère de Louise SW Belloc pela Garnier freres
>>> A Terceirização e o Direito do Trabalho de Sergio Pinto Martins pela Atlas (2010)
>>> Atuação do Ministério Público do Trabalho Como Árbitro de José Janguiê Bezerra Diniz pela Ltr (2005)
>>> Curso de Falência e Recuperação de Empresa de Amador Paes de Almeida pela Saraiva (2008)
>>> Exercícios de Metodologia da Pesquisa de Edivaldo M. Boaventura pela Quarteto (2017)
>>> Introdução à Teoria do Emprego de Joan Robinson pela Forense Universitária (1990)
>>> A Bruxinha Domitila e o Robô Super-tudo de Edson Gabriel Garcia pela Vozes (1985)
>>> O Hóspede Suspeito de Friedrich Scheck pela Ática (2000)
>>> O Castelo de Âmbar de Mino Carta pela Record (2000)
>>> Quando o Sofrimento Bater à Sua Porta de Padre Fábio de Melo pela Planeta (2016)
>>> Desconhecido de Machado de Assis pela Civilização Brasileira (1955)
>>> Psicopedagogia Clínica de Maria Lúcia L. Weiss pela Dp&a (2004)
>>> Porta do infinito de Carlos Castaneda pela Record (1974)
>>> O quinto compromisso, um guia prático para o autodomínio de Don Miguel Ruiz / Don José Ruiz pela Best Seller (2010)
>>> Manifesto do partido comunista de Karl Marx, Engels pela Expressão Popular (2008)
>>> Sapatos - Cronica de uma Sedução - 1900-2008 de Perla Nahun, Fernando de Barros Constanza Pascolato pela Francal (2008)
>>> A região metropolitana de Campinas: urbanização, economia, finanças e meio ambiente Vol 1 e 2 de Wilson Cano, Carlos A. Brandão pela Unicamp (2002)
>>> Informe: Análisis, adapatación y sistematización de estándares para la planificación del manejo en Iniciativas de Conservación Privada y áreas marinas costaneras protegidas de múltiples usos de Ministerio del medio ambiente, GEF, PNUD, Wildlife pela Ministerio del medio ambiente Chile (2015)
>>> Una década de luchas y propuestas Derecho Educación. La palabra de los movimientos sociales de Foro por el Derecho a la Educación Chile pela Foro por el Derecho a la Educación Chile (2015)
>>> Princípios de Direitos Autorais - Livro I - 1898/1998 de Eduardo Pimenta pela Lumen Juris (2004)
>>> Tráfico de Anjos de Luiz Puntel pela Ática (1992)
>>> Sexo se Aprende na Escola de Marta Suplicy e Antonio Carlos Egypto e outros pela Olho Dágua (2000)
>>> Disney Art Attack - Art Festa nº 1 de Disney Coleção Crie-Brinque pela Cia de Livros (2006)
>>> Tratado da Propriedade Intelectual - Tomo II - Patentes de Denis Borges Barbosa pela Lumen Juris/Direito (2014)
>>> Em Busca da Paz, Como Rezar o Rosário por Meio dos Salmos de Joan Chittister pela Paulinas (2014)
>>> Vida de Santa Teresa de Jesus de Escrita por Ela Própria pela Loyola (1984)
>>> Isla e o Final Feliz de Stephanie Perkins pela Intrínseca (2015)
>>> João Cândido, o Almirante Negro de Alcy Cheuiche pela L&PM (2010)
>>> Bela Distração de Jamie Mcguire pela Verus (2014)
>>> A Promessa do Tigre de Colleen Houck pela Arqueiro (2014)
>>> It: a coisa de Stephen King pela Suma de Letras (2014)
>>> O Amor nos Tempos do Cólera de Gabriel García Márquez pela Record (2016)
>>> Das Ciências na Filosofia: Da Filosofia nas Ciências de Jacques Monod, Louis Althusser, Jean Piaget et alli pela Rés (1975)
COLUNAS

Quinta-feira, 13/11/2003
Poesia, Crônica, Conto e Charge
Ricardo de Mattos

+ de 32900 Acessos
+ 1 Comentário(s)

O Melhor da Poesia Brasileira, O Melhor da Crônica Brasileira e O Melhor do Conto Brasileiro são os três livros formadores d'uma pequena colecção destinada a apresentar aos jovens alunos alguns dos nossos escritores e poetas. Três volumes pequenos com quatro autores cada. O termo comum aos títulos revela certa pretensão: O Melhor ... Dificilmente qualquer antologia traz "o melhor" de alguma coisa, sempre há faltas apontadas e escolhas lamentadas. O termo é perigoso inclusive se considerado o público alvo, cuja preguiça é critério de selecção: se o volume encerra exemplos da nata, para que ir além? Os livrinhos, todavia, não decepcionam, mormente o de contos. No mais são relançamentos autênticos, parece não ter havido substituição ou acréscimo de textos, desconfiança surgida ao deparar-me com referências aos militares da ditadura, ao governo de Getúlio Vargas e às Copas anteriores.

O volume de poesias foi o meu primeiro em muitos anos, pois entre estrofe e parágrafo prefiro este último. Seria melhor nomeado como O Melhor da Poesia Modernista Brasileira, por trazer os poetas Carlos Drummond de Andrade, Manuel Bandeira, João Cabral de Melo Neto e Vinícius de Moraes. Mesmo restringindo ao Modernismo, ainda faltariam nomes como Mário de Andrade e Cecília Meireles. Os poemas de Carlos Drummond de Andrade e Manuel Bandeira são aqueles velhos conhecidos de qualquer um a cursar o segundo grau, tantas as apostilas que os trazem. De Drummond, Cidadezinha Qualquer, Quadrilha, José; de Manuel Bandeira, Os Sapos, Pneumotórax, Poética, Tragédia Brasileira e outros tantos. Marcante, enfim, a intenção de levar à primeira leitura destes poetas. Vinícius de Moraes tem exemplificada sua cansativa e derramada indefinição entre prosa e verso em poemas como (O desespero da piedade) e Elegia ao primeiro amigo. Versos longos Manuel Bandeira também os fez - e posiciono-o entre meus preferidos ao lado do árcade Gonzaga e de Augusto dos Anjos -, porém com melhor engenho. O modus operandi de Vinícius parece ser aquele transbordamento delineado no poema O falso mendigo: "Minha mãe, manda comprar um quilo de papel almaço na venda/Quero fazer uma poesia...".

O volume de crónicas vela um perigo. Tomemos como exemplo Luis Fernando Verissimo, o grande cronista da actualidade. Não me lembro o tempo exacto, mas digamos que ele já acumule seus trinta anos de jornalismo, trabalhando simultaneamente para vários jornais, dentre os quais alguns exigindo contratualmente o ineditismo. Além disso, escreve para mais de um caderno do mesmo jornal - o de esportes e o de cultura. Com estas premissas, como escolher suas dez melhores crônicas? Por este motivo o volume da colecção, com textos de Ferreira Gullar, José Lins do Rego, Rachel de Queiroz - Deus receba-a - e Sérgio Porto, não é o mais "forte". As crónicas são de datação evidente e entre as de José Lins do Rego incluíram extratos de seus romances.

Acredito que nenhuma antologia de crónicas esteja completa sem trazer algo escrito por Humberto de Campos (1.886/1.934). Nascido no Maranhão e projectado à fama quando mudou-se para o Rio de Janeiro, foi o principal cronista de sua geração, assinando seus textos com o pseudónimo "Conselheiro XX". Variou do humor de salão à sátira impiedosa, do lírico aos escritos de cunho moralizante. Os galicismos tornam o texto afectado, porém condizente com o momento. Quando dava lugar à sátira, tornava-se acre a ponto de oferecerem um prémio em dinheiro por sua mão direita. Algo como o governo de hoje pedir a mão de Diogo Mainardi. Seus livros trazem centenas de crónicas. Até mesmo sua crítica e seus perfis seguem o formato breve da crónica. Nos dias de hoje, falar em lirismo faz-nos lembrar do pastor protestante e psicanalista de origem mineira Rubem Alves. Quem se julga "lírico" deve começar a ler seus livros, começando pelo singelo Tempus Fugit e verificar se sua pretensão confirma-se.

O volume de contos é o melhor. Novamente Raquel de Queiroz, acompanhada de Origines Lessa, Josué Montello e Aníbal Machado. Os dois aprazíveis contos de Josué Montello - Vidas Apagadas e Numa Véspera de Natal - excluíram uma reserva imotivada de minha parte. Há uma harmonia impressionante entre as descrições das personagens e dos ambientes onde vivem e se esta é uma característica de sua obra, considero-a mui saudável. O mesmo preciosismo encontrei no simpaticíssimo conto Tati, a Garota escrito por Aníbal Machado, empatia quiçá provocada pelo convívio com um novo filhote em casa. A Casa do Morro Branco, de Rachel de Queiroz, lembrou-me bastante a primeira parte do romance Lucas Procópio de Autran Dourado. N'um conto biográfico, Orígines Lessa - de quem uma das netas trabalha no Fórum aqui de Taubaté - dá-nos um perfil de raro humanismo ao retratar o trabalho missionário de seu pai junto a doentes e moribundos; no outro trata com humor a estória de um time interiorano de futebol. Gostei do conto embora não goste do esporte.

Sobre Quino, o autor da Mafalda
Merece atenção o álbum Potentes, Prepotentes e Impotentes continente de charges políticas publicadas em jornais de Buenos Aires. Os livros referidos na coluna de hoje trazem muitos textos publicados inicialmente em jornais. Creio mesmo na imprensa periódica como a base por excelência do trabalho de cartunistas. A compreensão da charge é imediata e cada uma encerra sua ideia, dificilmente relacionando-se com a publicada no dia seguinte. Se há continuidade e estabelecimento de personagens fixos, talvez seja mais correcto falar-se de história em quadrinhos. Isso não significa que uma charge exija desenho único. O álbum traz algumas divididas em quadros e acredito que este fraccionamento não prejudique a caracterização. Acredito também que para o leitor diário não haja preocupação em saber até onde o trabalho deva ser considerado charge e a partir de qual ponto temos uma história em quadrinhos. Busca-se a ideia hilária, bem expressa através do desenho que a concentra, quer de linhas simples (página 86), quer extremamente rebuscado (página 85). E subtil: nem tão profunda que atrapalhe o leitor na leitura do jornal, nem tão superficial a ponto de ser tola. Novamente invoco Luis Fernando Verissimo, autor de tiras e charges com notável economia de traços e competentes na transmissão da mensagem.

Para ir além















Ricardo de Mattos
Taubaté, 13/11/2003


Mais Ricardo de Mattos
Mais Acessadas de Ricardo de Mattos em 2003
01. Da Poesia Na Música de Vivaldi - 6/2/2003
02. Poesia, Crônica, Conto e Charge - 13/11/2003
03. Da Biografia de Lima Barreto - 26/6/2003
04. A Euforia Perpétua, de Pascal Bruckner - 5/6/2003
05. Estado de Sítio, de Albert Camus - 4/9/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
13/5/2009
10h52min
Eu adoro os textos de Manuel Bandeira. Sou terceira série e já li vários livros dele, e até hoje eu gostei de todos! Beijos!
[Leia outros Comentários de larissa maria farias]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TEMAS BRASILEIROS--A MARGEM DA HISTORIA
EUCLIDES DA CUNHA
MARTINS FONTES
R$ 22,00



VIAGEM PELAS PROVINCIAS DO RIO DE JANEIRO E MINAS GERAIS
AUGUSTE DE SAINT HILARE
ITATIAIA
(2018)
R$ 30,00



ÉTICA E DIREITO
CHAÏM PERELMAN
MARTINS FONTES
(2003)
R$ 50,00
+ frete grátis



A VINGANÇA ESTÁ NA MODA - CAPA DO FILME
ROSALIE HAM
HARPER COLLINS BRASIL
(2016)
R$ 21,51



CORPO HUMANO, O
CAROLINE BIGHAM
GIRASSOL
(2007)
R$ 24,00



COM A PONTA DOS DEDOS E OS OLHOS DO CORAÇÃO
LEILA RENTROIA JANNONE
BRASIL
(2009)
R$ 12,00



MACROECONOMICS
CHARLES I JONES
W.W.NORTON
(2014)
R$ 90,00



20TH CENTURY LITERARY CRITICISM: A READER
DAVID LODGE
LONGMAN
(1998)
R$ 50,00



TRANSPLANTE
FRANK G. SLAUGHTER
CIRCULO DO LIVRO
R$ 6,00



O PONTO DE PARTIDA DA FELICIDADE
RYUHO OKAWA
CULTRIX
(2006)
R$ 14,90





busca | avançada
31589 visitas/dia
1,1 milhão/mês