Que tal fingir-se de céu? | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Povo Fulni-ô Encontra Ponto BR
>>> QUEÑUAL
>>> Amilton Godoy Show 70 anos. Participação especial de Proveta
>>> Bacco’s promove evento ao ar livre na Lagoa dos Ingleses, em Alphaville
>>> Vera Athayde é convidada do projeto Terreiros Nômades em ação na EMEF Ana Maria Benetti sobre Cavalo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> The Matrix Reloaded
>>> Por que as curitibanas não usam saia?
>>> Jobim: maestro ou compositor?
>>> 7 de Outubro #digestivo10anos
>>> A insignificância perfeita de Leonardo Fróes
>>> Soco no saco
>>> De Siegfried a São Jorge
>>> O Paulinho da Viola de Meu Tempo é Hoje
>>> Pelas curvas brasileiras
>>> A pintura admirável de Glória Nogueira
Mais Recentes
>>> Ao Redor do Mundo de Fernando Dourado Filho pela Fernando Dourado Filho (2000)
>>> O Administrador do Rei - coleção aqui e agora de Aristides Fraga Lima pela Scipione (1991)
>>> Memória do Cinema de Henrique Alves Costa pela Afrontamento (2024)
>>> Os Filhos do Mundo - a face oculta da menoridade (1964-1979) de Gutemberg Alexandrino Rodrigues pela Ibccrim (2001)
>>> Arranca-me a Vida de Angeles Mastretta pela Siciliano (1992)
>>> Globalizacão, Fragmentacão E Reforma Urbana: O Futuro Das Cidades Brasileiras Na Crise de Luiz Cezar de Queiroz Ribeiro; Orlando Alves dos Santos Junior pela Civilização Brasileira (1997)
>>> Movimento dos Trabalhadores e a Nova Ordem Mundial de Clat pela Clat (1993)
>>> Falso Amanhecer: Os Equívocos Do Capitalismo Global de John Gray pela Record (1999)
>>> Os Colegas de Lygia Bojunga pela Casa Lygia Bojunga (1986)
>>> Amazonas um Rio Conta Historias de Sergio D. T. Macedo pela Record (1962)
>>> A História de Editora Sextante pela Sextante (2012)
>>> Villegagnon, Paixaƒo E Guerra Na Guanabara: Romance de Assis Brasil pela Rio Fundo (1991)
>>> A Política de Aristóteles pela Ediouro
>>> A Morte no Paraíso a tragédia de Stefan Zweig de Alberto Dines pela Nova Fronteira (1981)
>>> Rin Tin Tin a vida e a lenda de Susan Orlean pela Valentina (2013)
>>> Estudos Brasileiros de População de Castro Barretto pela Do Autor (1947)
>>> A Origem do Dinheiro de Josef Robert pela Global (1989)
>>> Arquitetos De Sonhos de Ademar Bogo pela Expressão Popular (2024)
>>> Desafio no Pacífico de Robert Leckie pela Globo (1970)
>>> O Menino do DedoVerde de Maurice Druon pela José Olympio (1983)
>>> A Ciencia Da Propaganda de Claude Hopkins pela Cultrix (2005)
>>> Da Matriz Ao Beco E Depois de Flavio Carneiro pela Rocco (1994)
>>> Testemunho de Darcy Ribeiro pela Edições Siciliano (1990)
>>> Tarzan e o Leão de Ouro de Edgar Rice Burroughs pela Record (1982)
>>> Viagem de Graciliano Ramos pela Record (1984)
COLUNAS

Sexta-feira, 4/11/2016
Que tal fingir-se de céu?
Ana Elisa Ribeiro
+ de 5000 Acessos

Exceto por um ou outro aí que não se satisfazem com isso ou que têm uma performance mais blasé, todo autor quer ter leitores. E mais: leitor fiel, leitor cascudo, desses que compram livros, fazem coleção e não emprestam. Ou emprestam sob ameaça. Melhor: leitor que compra dois livros, sendo um para si e outro para emprestar. Leitor-consumidor, esse tipo raro, quase extinto, conforme dizem uns; ainda por nascer no Brasil, segundo outros.

Acho que sou dessa ala que olha o copo de água sempre meio vazio. É que há muito por fazer. E a culpa não é (só) do leitor. A culpa é da cadeia toda e da história editorial e educacional do país. Ou não, como diriam certos filósofos. Como aliciar leitores? Como iniciar contato com eles? Onde estão? Onde vivem? Como se reproduzem? Pauta para o Globo Repórter, cumpade.

Meu exemplo não serve para muita coisa, mas vai que alguém se identifica com minha trajetória de formação como leitora? Se não tinha livro em casa, eu pegava emprestado. Não sei de onde vem essa mania. Meus pais não eram de ler, mas também não eram de negar leitura a ninguém. Fui formando lá minha bibliotequinha básica e a tenho até hoje. Se tinha biblioteca na escola, eu aproveitava o gancho. Se o professor mandava ler, eu lia - lia às vezes sem gosto, mas lia. É que eu achava que precisava ler até pra falar mal. Tinha certa ética nisso: não falar do que não sei. Se tinha lista de livros do vestibular - isso foi meio extinto pelo Enem -, eu prestava atenção e anotava uns nomes, uns títulos. Não havia ainda Google, mas eu pesquisava. Quem são esses? Devem ser bambambãs para estarem nessa lista, não? E pegava emprestado e lia.

Quando dava vontade de ter um livro, dessas vontades corrosivas, necessárias mesmo, eu parava de lanchar. Estudava em escola pública municipal e meus pais davam uns trocados pro lanche, todo dia. Eu parava de gastar as moedas, juntava, juntava, até dar rock. Quando fazia certo montante, eu ia até uma livraria no centro da cidade e adquiria. Às vezes era em sebo, outras, em saldão. Felicidade de estudante. Felicidade clandestina? E agora, Clarice?

Fui conhecer vídeo com poesia depois de grande. Não tinha tanta parafernália naquela época. Como eu quis um videocassete! Mas meu pai era contra. Demorou a ter um. E quando teve, eu mexia, mexia, assistia e descobria coisas. Com um videocassete e uma câmera de mão, montei vídeos, pensei em roteiros, tudo sem um pingo de ideia do que estava fazendo. E até hoje é assim: um pingo de ideia.

Até hoje não sei muito da experimentação. É cada coisa linda demais da conta! Cada coisa encantadora. Dia desses, recebi o convite para os Poemas de brinquedo , do Álvaro Garcia & cols. Olha, mas que trem! (é como dizemos aqui nas Minas). É claro que não chego a esse nível de sofisticação e nem a qualquer outro - clique, brinque, escolha! Mas que vontade de ver poesia voar em vídeo!

Que vontade de gravar vozes. Que vontade de descolar do livro, só um pouquinho, e ou/ver poesia. Ou ver-ouvindo. Quem sabe se pode cativar um leitor via YouTube? Quem sabe? Poesia por um triz, em um clique. Será o que estava faltando? Três pílulas para vocês.

Espia, vai? Este "Fronteiras", da mineira Adriane Garcia, feito em trio.


Ou este "Nem mais um minuto", tão contemplativo:


Ou mais este, "O balé", sobre... a leitura. Ah, a leitura. Finja-se de céu, se puder.




Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 4/11/2016

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Na hora do batismo de Marta Barcellos
02. Personagens secundários em séries de Rafael Fernandes
03. A filosofia fruto do tédio de Adriana Baggio
04. Cidade de Deus, de Paulo Lins de Ricardo de Mattos
05. O Futuro está de volta de Clarissa Kuschnir


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2016
01. 12 tipos de cliente do revisor de textos - 26/2/2016
02. O que vai ser das minhas fotos? - 29/7/2016
03. Que tal fingir-se de céu? - 4/11/2016
04. Noturno para os notívagos - 10/6/2016
05. Com quantos eventos literários se faz uma canoa? - 15/1/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro Biografias Vinicius sem Ponto Final
João Carlos Pecci
Saraiva
(1994)



Livro Infanto Juvenis A Chata Daquela Gorda Coleção Navegar
Regina Drummond
Cortez
(2005)



Usar a Mídia a Seu Favor
Paulo Piratininga
Cla
(2008)



Livro Direito Financeiro na Constituição de 1988
José Mauricio Conti
Oliveira Mendes
(1998)



Gestão florestal sustentável- Um diagnóstico no Espírito Santo
Luiz Fernando Schettino
Ed. do Autor
(2000)



O Hobbit
J. R. R. Tolkien
Martins Fontes
(2003)



Enquanto a Banda Tocava Um Blues
Wander Porto
Wp
(2019)



Amar, Verbo Intransitivo
Mário de Andrade
Agir
(2008)



Férias De Natal
W. Somerset Maugham
Globo
(1957)



Turismo Religioso - Ensaios Antropológicos Sobre Religião e Turismo
Edin Sued Abmanssur
Papirus
(2018)
+ frete grátis





busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês