4 livros de 4 mulheres para conhecer | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> “Um pé de biblioteca” estimula imaginação e ajuda a criar novas bibliotecas pelo Brasil
>>> Diálogos na Web FAAP: Na pauta, festivais de cinema e crítica cinematográfica
>>> Pauta: E-books de Suspense Grátis na Pandemia!
>>> Hugo França integra a mostra norte-americana “At The Noyes House”
>>> Sesc 24 de Maio apresenta programação de mágica para toda família
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
>>> Nem morta!
>>> O pai tá on: um ano de paternidade
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - I
>>> Contentamento descontente: Niketche e poligamia
>>> Cinemateca, Cinemateca Brasileira nossa
>>> A desgraça de ser escritor
>>> Um nu “escandaloso” de Eduardo Sívori
>>> Um grande romance para leitores de... poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
>>> Sebo de Livros do Seu Odilon
>>> Sucharita Kodali no Fórum 2020
>>> Leitura e livros em pauta
>>> Soul Bossa Nova
>>> Andreessen Horowitz e o futuro dos Marketplaces
>>> Clair de lune, de Debussy, por Lang Lang
>>> Reid Hoffman sobre Marketplaces
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
>>> Stock Pickers ao vivo na Expert 2020
Últimos Posts
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
>>> Deu branco
>>> Entre o corpo e a alma
>>> Amuleto
>>> Caracóis me mordam
>>> Nome borrado
>>> De Corpo e alma
>>> Lamentável lamento
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Lucas vs. Spielberg
>>> Morando sozinha II
>>> É Julio mesmo, sem acento
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> A Piauí tergiversando sobre o fim dos jornais
>>> Mário Sérgio Cortella #EuMaior
>>> O Gabinete do Dr. Caligari
>>> Ser intelectual dói
>>> Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge
Mais Recentes
>>> Direito Ambiental Positivo de Fabrício Gaspar Rodrigues pela Campus (2012)
>>> Mandado de Segurança de Luiz Fux pela Dir (2011)
>>> Lula: A opção mais que o voto de Cândido Mendes pela Garamond (2006)
>>> Latinomérica de Marcus Accioly pela Topbooks (2015)
>>> Levando a vida leve de Laura Medioli pela Justo Junior (2005)
>>> Les Filles du Feu / Les Chimères de Gérard de Nerval pela Garnier-Flammarion (1965)
>>> Revolucione sua qualidade de vida - Navegando nas ondas da emoção de Augusto Cury pela Sextante (2002)
>>> Mulheres certas que amam homens errados de Kristina Grish pela Gente (2007)
>>> Pequenos Poemas em Prosa de Charles Baudelaire pela Nova Fronteira (1981)
>>> E de Evidência de Sue Grafton pela Ediouro (1999)
>>> M - O Homem Sensual de Record pela Record (1997)
>>> Verdura? Não! de Claire Llewellyn; Mike Gordon pela Scipione (2011)
>>> @s [email protected] de [email protected] York - as Senhoritas de Nova York de Daniel Piza pela Ftd (1999)
>>> 1 Real de Federico Delicado pela Pulo do Gato (2014)
>>> 1 Real de Federico Delicado pela Pulo do Gato (2014)
>>> 10 Anos Brasil MTV de MTV pela Mtv
>>> 10 Contos de Natal de Gilberto de Nichile pela Scortecci (2015)
>>> 100 Jogos para Grupos de Ronaldo Yudi K. Yozo pela Agora (1996)
>>> 100 Magias para Aumentar Sua Autoconfiança - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2004)
>>> 100 Magias para Ter um Supergrupo - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2002)
>>> 100 Magias para Ter um Supergrupo - os Livros Secretos Witch de Disney pela Edelbra (2002)
>>> 100 Segredos das Pessoas de Sucesso de David Niven pela Sextante (2002)
>>> 1000 Formas de Interpretar o Seu Horoscopo de Girassol Edicoes pela Girassol (2006)
>>> 1000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer de Patricia Schultz pela Sextante (2006)
>>> 1000 Lugares para Conhecer Antes de Morrer de Patricia Schultz pela Sextante (2006)
>>> 1000 Melhores Segredos Rapidos e Faceis para Voce de Jamie Novak pela Arx (2007)
>>> 1001 E-mails de Cynthia Dornelles pela Record (2003)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> 1001 Maneiras de Enriquecer (livro Muito Raro!) de Joseph Murphy pela Record (1966)
>>> 1001 Maneiras de Enriquecer (livro Muito Raro!) de Joseph Murphy pela Record (1966)
>>> 101 Brasileiros Que Fizeram História de Jorge Caldeira pela Estação Brasil (2016)
>>> 101 Experiências de Filosofia Cotidiana de Roger Pol Droit pela Sextante (2002)
>>> 101 Livros Que Mudaram a Humanidade - Coleção Super Essencial de Superinteressante pela Superinteressante (2005)
>>> 101 Lugares para Fazer Sexo Antes de Morrer de Marsha Normandy; Joseph St. James; Alexandre Rosas pela Best Seller (2010)
>>> 102 Minutos: a História Inédita da Luta de Outros; Jim Dwyer pela Jorge Zahar (2005)
>>> 111 Poemas para Crianças de Sérgio Capparelli pela L&pm (2009)
>>> 117 Maneiras de Enlouquecer um Homem na Cama de Margot Saint-loup pela Ediouro (2005)
>>> 12 Anos de Escravidão de Solomon Northup pela Lafonte (2019)
>>> 12 Fábulas de Esopo de Fernanda Lopes de Almeida; Hans Gartner; pela Atica (2000)
>>> 12 Horas de Terror de Marcos Rey pela Global (2012)
>>> 12 Lições para Ser o Pai Ideal de Kevin Leman pela Portico (2015)
>>> 120 Minutos para Blindar Seu Casamento de Renato Cardoso; Cristiane Cardoso pela Thomas Nelson Brasil (2013)
>>> 120 Músicas Favoritas para Piano 8 Edição, Livro Raro! de Mário Mascarenhas pela Irmãos Vitale (1961)
>>> 125 Brincadeiras para Estimular o Cérebro da Criança de 1 a 3 Anos de Jackie Silberg pela Ground (2008)
>>> 125 Brincadeiras para Estimular o Cérebro do Seu Bebê de Jackie Silberg pela Ground (2008)
>>> 13 Chaves para Compreender o Fim dos Tempos de Tim Lahaye; Ed Hindson pela Central Gospel
>>> 13 Mulheres e um Colar de Diamantes de Cheryl Jarvis pela Fontanar (2010)
>>> 1922 a Semana Que Não Terminou de Marcos Augusto Gonçalves pela Companhia das Letras (2012)
COLUNAS

Sexta-feira, 19/2/2016
4 livros de 4 mulheres para conhecer
Ana Elisa Ribeiro

+ de 3100 Acessos

A pilha de livros de poesia vai mais alta do que a mesa. Infelizmente, só consigo lê-los nas férias. A roda-viva geral me dá a entender que não cabe poesia no resto do ano. Mas eu insisto em desafiar essa sina. Com o Fábio Assunção declamando poesia na novela das seis, talvez haja mais um impulso para me ajudar. E tomara que as cenas estimulem mais gente. Ô dó de quem depende disso para conhecer meia dúzia de trovadores. Todos mortos, quase sempre. E não é que morrer seja demérito! Por favor. Tem muito morto bom por aí. Mas poeta bom também é poeta vivo. Ou viva.

Nestas férias, além de passear na praia e dormir até tarde, recompensas esperadas sem ansiedade, tratei de tirar o atraso de parte da pilha de livros de poesia. A maioria deles é de pessoas que conheço, amigos, parceiros, colegas. Ou de desconhecidos de quem ouvi falar, sobre os quais ouvi elogios. E como ler poesia não para por aí, entusiasmei-me em exprimir minhas impressões. Então é assim: poesia boa deixa a gente inquieta. Ou quieta para pensar. Não é como ler qualquer coisa, sair andando, comer o bife ou fritar ovo. Literatura - para além da poesia - desafia, desafina ("o coro dos contentes...") e perturba um pouco. Fiquei pronta para dizer umas coisas, mas principalmente para passar adiante. Quem sabe alimente a pilha de livros de alguém?

Adriane Garcia

Mineira de Belo Horizonte, publicou três livros de poesia e ganhou prêmio no Paraná com o primeiro deles, Fábulas para adulto perder o sono. Recebi um exemplar das mãos da própria autora, em um evento literário. Mas minha língua coça é para falar do terceiro livro: Só, com peixes, pela editora Confraria do Vento. Do meu jeito curto, meio raso, e que me perdoe a poeta (e os críticos profissionais que me ignorem), passei uns dias imersa em um aquário. Só, com peixes é um projeto, no sentido de que há intencionalidade clara ali. Adriane resolve mergulhar em um tema - aparentemente o do písceo -, mas nunca é só isso. A humanidade está lá, a desumanidade também, o deslocamento, a falta e a exuberância. Na linguagem, a poeta é econômica, embora não seja rasa. É contundente, sinuosa, inclusive. A título de exemplo, vai um "Fronteiras":

Se eu entro no mar
Não me querem que
Tenho pernas

Se eu venho pra terra
Não me querem porque
Tenho cauda

Antigamente eu mudava
De cor
Qual cavalo marinho

Mas oceânica bebi
A água doce da torneira

Entrei no táxi filha pródiga
E disse:
Siga para a Atlântida

O homem me olhou
Como se olha uma refugiada.

Ana Martins Marques

Esta poeta está em oito entre dez listas de mulheres escritoras que despontam. E não à toa. O primeiro concurso de poemas que ela venceu foi em Minas (de onde ela é), quando eu compunha o júri. Abrimos o envelope que revelaria os dados daquele poeta sob pseudônimo. Desconfiávamos ser uma mulher. Um quê... Não se sabe. E era ela, que eu já conhecia vagamente. Depois ela arrematou mais vários prêmios. Ana Martins Marques é autora de três livros. O primeiro a lançou, e saiu pela editora Scriptum, de Belo Horizonte. Em seguida, veio o contrato com a Companhia das Letras. Minhas férias foram de saborear o mais recente: O livro das semelhanças, que me mergulhou em uma linguagem delicada, de uma simplicidade exatíssima. Ana é dona de uma poesia que não diz com sobra e nem com excesso, mas é cheia de lacunas - boas. Dividido em partes, há também intenções ligadas a temas - como o do objeto livro ou o das "visitas ao lugar-comum", que muito me agradou, e a reiteração de personagens e assuntos encontráveis em outros livros dela. São mais de cem páginas de se ler saltando levemente. A despeito das grandes diferenças de dicção, vou exemplificar na mesma trilha de Adriane Garcia. Aqui vai a "Sereia" de Ana MM:

Sereia
centauro
com sal

melhor é tua metade
animal

a parte humana sendo humana
sempre mente

só mesmo um peixe pode ser
contente

de nada te serviriam
joelhos ou pés

o que és é também
o que não és

nada
é o que fazes bem

metade do que eu sou
não sou também

Prisca Agustoni

Prisca, para mim, era a tradutora. Até que recebi pelos correios seus livros de poesia autorais. Autora de cinco livros ou mais, em quatro línguas diferentes, a suíça radicada em Minas preencheu minhas férias com A morsa (Mazza Edições). É ainda um outro universo, diferente do de Adriane e do de Ana MM. Mais denso, mais opaco. Curtos, firmes, angulosos, os poemas trazem, principalmente, a questão do deslocamento, da adaptação (ou seu contrário), a saudade indizível em outras línguas, a migração. Incômodo. Profundamente poético e prenhe de imagens. Principalmente elas. Espiem o "Curta-metragem urbano", apenas para uma amostra:

1.
A indiana
envolta no tule
passou por mim
e me sorriu.

Porque eu também
sou de algures,
e estou relativamente bem
nesta cidade
sem ninguém.

2.
A casa da felicidade
alagou-se
dias após sua partida.

Regina Azevedo

Potiguar de Natal, Regina começou cedo, como costumam apontar aqueles que escrevem sobre sua poesia. Mas esqueçamos disso e vejamos este segundo livro da autora: Por isso eu amo em azul intenso, publicado pela editora Jovens Escribas - que tem pouco de jovem e já publicou nomes como Chacal, Sérgio Fantini, Braulio Tavares e vários mais. De um livro ao outro, Regina deu um salto. Neste segundo, sua voz aparece ainda mais solta, quente e feminina. Mérito. Muito encorpada, muito dela mesma, própria, voraz. Regina mete medo. Não é um livro temático, intencional como outros, mas é claro que há aqueles assuntos preferenciais, como o amor, neste caso. Ou quase. Regina faz a gente corar.

deitado ao meu lado
diz que se lembra
dos tempos em que a gente
sonhava
com o dia
de deitar
um ao lado do outro

Quatro cantos

São quatro poetas completamente diferentes. Nem sempre nos temas, mas nos olhares, nas vozes, na linguagem que escolhem para se tornarem escritoras. Preferência? Não. Estão em ordem alfabética.

Fábrica de Chocolates




Ana Elisa Ribeiro
Belo Horizonte, 19/2/2016


Quem leu este, também leu esse(s):
01. As palmeiras da Politécnica de Elisa Andrade Buzzo
02. Guimarães Rosa: um baiano de sangue de Ivan Bilheiro
03. Meu cinema em 2010 ― 1/2 de Wellington Machado
04. Empresa e consumidor: tentativa de aproximação de Adriana Baggio
05. É Natal! de André Pires


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2016
01. 12 tipos de cliente do revisor de textos - 26/2/2016
02. O que vai ser das minhas fotos? - 29/7/2016
03. Que tal fingir-se de céu? - 4/11/2016
04. Noturno para os notívagos - 10/6/2016
05. Com quantos eventos literários se faz uma canoa? - 15/1/2016


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site



Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PRONTO SOCORRO - EMMANUEL
FRANCISCO CÂNDIDO XAVIER
CULTURA ESP. UNIÃO
(1980)
R$ 9,00



LAVENEMENT DHUGUES CAPET
L. THEIS
GALLIMARD
(1984)
R$ 59,84



REPENSER LEUROPE (HISTOIRE, ECONOMIE, SOCIETE)
MARIO TELÒ E PAUL MAGNETTE (EDITORES)
EDITIONS UNIVERSITE BRUXELLES
(1996)
R$ 49,82



DIDATICA GERAL DINAMICA
IMIDEO G NERICI
ATLAS
(1980)
R$ 5,00



NOS BASTIDORES DA HISTÓRIA
PAULO SETUBAL
NACIONAL
(1928)
R$ 22,75



OS DENTES DO INSPETOR
L. SPRAGUE DE CAMP
FRANCISCO ALVES
(1976)
R$ 12,00



PESQUISA E REALIDADE NO ENSINO DE 1º GRAU
GIZELDA SANTANA MORAIS
CORTEZ
(1980)
R$ 17,25



AS CORES DO SIMPLES
JACKSON ANTUNES
PAULINAS
(1995)
R$ 6,90



RECEITAS RÁPIDAS PARA MULHERES ACTIVAS 128 RECEITAS RÁPIDAS DAS AMI...
NATHALIE LE FOLL CLAIRE BRETÉCHER
PUBLICAÇÕES DOM QUIXOTE
(1996)
R$ 16,50



LA TRANSICION POLITICA
RAUL MORODO
TECNOS
(1984)
R$ 42,28





busca | avançada
70192 visitas/dia
2,2 milhões/mês