Literatura e cinema na obra de Skármeta | Marcelo Barbão | Digestivo Cultural

busca | avançada
86662 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Nó na Garganta narra histórias das rodas de choro brasileiras
>>> TODAS AS CRIANÇAS NA RODA: CONVERSAS SOBRE O BRINCAR
>>> Receitas com carne suína para o Dia dos Pais
>>> Selo Anonimato Records chega ao mercado fonográfico em agosto
>>> Última semana! Peça “O Cão de Kafka” fica em cartaz até 1º de agosto
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nordeste Oriental
>>> Entrevista com Flávia Rocha
>>> Clint: legado de tolerância
>>> Sultão & Bonifácio, parte I
>>> Nicolau Sevcenko & jornalismo
>>> 25 de Julho #digestivo10anos
>>> Hugo Cabret exuma Georges Méliès
>>> Jornais do futuro?
>>> Anonimato: da literatura à internet
>>> Inesquecíveis aventuras
Mais Recentes
>>> A Mão e a Luva - Coleção Prestígio de Machado de Assis pela Ediouro (1987)
>>> Introdução à Teologia Fundamental de Rino Fisichella pela Loyola (2012)
>>> O Mulato - Coleção Prestígio de Aluísio Azevedo pela Ediouro (1987)
>>> Uma Lágrima de Mulher - Coleção Prestígio de Aluísio Azevedo pela Ediouro (1987)
>>> Filosofia Política e Liberdade de Roland Corbisier pela Paz e Terra (1975)
>>> Civilização e Cultura. Volume 1 de Luis da Câmara Cascudo pela Livraria José Olympio (1973)
>>> Antologia do Folclore Brasileiro - 2 Volumes de Luis da Câmara Cascudo pela Martins (1965)
>>> Alguém Que Anda por Aí de Julio Cortázar pela Nova Fronteira (1981)
>>> Revolução na América Latina de Augusto Boal pela Massao Ohno (1961)
>>> Arte de Amar e Contra íbis de Ovídio pela Cultrix (1962)
>>> História Concisa da Literatura de Alfredo Bosi pela Cultrix (1979)
>>> Por Que Almocei Meu Pai de Roy Harley Lewis pela Companhia das Letras (1993)
>>> A Filosofia de Descartes de Ferdinad Alquié pela Presença / Martins Fontes (1969)
>>> A . Comte - Sociologia de Evaristo de Moraes Filho; Florestan Fernandes pela Ática (1983)
>>> The Pedants Return de Andrea Barham pela Bantam Books (2007)
>>> O Ser e o Tempo da Poesia de Alfredo Bosi pela Companhia das Letras (2004)
>>> Thomas Hobbes de Os Pensadores: Hobbes pela Abril Cultural (1979)
>>> Introdução ao Filosofar de Gerd Bornheim pela Globo Livros (2003)
>>> O Caneco de Prata de João Carlos Marinho pela Global (2000)
>>> Berenice Contra o Maníaco Janeloso de João Carlos Marinho pela Global (1997)
>>> Conceptual Issues in Evolutionary Biology de Elliott Sober pela Mit Press (1993)
>>> A History Their Own Women in Europe - 2 Volumes de Bonnie S. Anderson; Judith P. Zinsser pela Harper & Rowpublishers (1988)
>>> Revelações de Uma Bruxa de Marcia Frazão pela Bertrand Brasil (1994)
>>> Eu, Malika Oufkir: Prisioneira do Rei de Malika Oufkir; Michèle Fitoussi pela Companhia das Letras (2000)
>>> O Mundo é Plano uma Breve História do Século XXI de Thomas L. Friedman pela Objetiva (2005)
COLUNAS

Terça-feira, 13/5/2003
Literatura e cinema na obra de Skármeta
Marcelo Barbão

+ de 11900 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Todo domingo era a mesma coisa: anoitecia e começava aquela leve depressão de saber que o dia seguinte começava cedo, não daria para ficar em casa descansando, lendo e escrevendo. Mas, durante um bom tempo (acho que em torno de dois anos), as minhas noites de domingo foram chacoalhadas por um senhor careca, bigodudo e sempre com um sorriso contagiante no rosto. Era o programa "Torre de Papel" apresentado pelo escritor Antonio Skármeta no canal People+Arts.

Foram centenas de domingos passeando por diversos países latino-americanos, inclusive o Brasil, entrevistando autores, mostrando lugares importantes e livros que valiam a pena ser lidos.

E, depois de tanto tempo, eu reencontro o bem humorado escritor chileno na sua última obra, "La chica del trombón". Para aqueles que ainda não sabem quem é Skármeta, precisam rever o excelente filme "O carteiro e o poeta", que foi baseado no livro "Ardente paciencia (el cartero de Neruda)". Em português, lançado pela Record em 1996, o livro perdeu até o nome original e ficou somente "O carteiro e o poeta". Essa novela mostra como a vida de Skármeta transita entre o cinema e a literatura.

A história do carteiro que ficou amigo do poeta Neruda durante o exílio deste numa ilha do Mediterrâneo, foi montada primeiro como peça de teatro, saiu publicada em livro e finalmente virou filme em 94.

Tantas atividades fazem com que a obra de Skármeta seja pulverizada e pequena. Foram somente sete livros iniciando em 1975 com "Soñé que la nieve ardía". Durante o decênio 89-99, o chileno não publicou nenhum livro, exatamente no período em que voltou ao Chile depois de 15 anos de exílio involuntário. Se isso é coincidência ou não, é impossível saber. Agora, é embaixador na Alemanha, país no qual viveu durante a maior parte desses anos longe de sua terra natal.

Como ficou bastante evidente na resenha que fiz sobre a também chilena Isabel Allende há duas semanas atrás, é inevitável que a ditadura seja um elemento muito concreto na obra de toda uma geração que cresceu, ou no exílio, ou vivendo sob o regime do general Pinochet. Não é diferente na obra de Skármeta. Apesar conseguir abranger interessantes elementos de sua própria ascendência (a família Skármeta é croata) e também da mágica cidade de Antofagasta, cercada de desertos por todo o lado, onde ele nasceu em 1940.

O livro "La chica del trombón" é a continuação do livro anterior "La boda del poeta". É a saga da família Coppeta saída da costa de Malícia no mar Adriático até chegar a Antofagasta.

O primeiro livro foi lançado no Brasil pela editora Record. Nesta continuação, a história começa com a chegada de um trombonista vindo da Europa com uma menina de dois anos para ser entregue a Esteban Coppeta, afirmando tratar-se de sua neta. A partir daí, a narrativa passa a acompanhar a vida da menina Magdalena (que prefere mudar de nome para Alia Emar em homenagem à sua avó) que sonha em ser estrela de cinema em Hollywood e faz tudo para isso. Anticomunista quando criança acaba se tornando uma grande amiga do presidente Allende e, apaixonada pelo amigo de infância Pedro Pablo Palacios, acredita firmemente num novo Chile. Não é à toa que a história termina em setembro de 1970, quando Allende toma posse como presidente depois de haver perdido quatro eleições.

É fácil ver as influências que o cinema tem na literatura de Skármeta. As imagens estão sempre presentes e a narrativa corre fácil, apesar da jovem Alia ter excelentes momentos de introspecção. Além disso, Skármeta provou ser um grande criador de personagens. Tanto ela, quanto o avô Esteban, são construídos de forma exemplar.

Antonio Skármeta mostra que é um grande contador de histórias, misturando elementos históricos e aspectos de romance. O livro pode ser encontrado no Brasil mas, se preferirem esperar a tradução, outros cinco livros estão em catálogo: "Não foi nada", "A insurreição", "O carteiro e o poeta", "A velocidade do amor" e "A boda do poeta". Só faltam realmente, este "La chica del trombón" e o primeiro, "Soñé que la nieve ardía".


Marcelo Barbão
São Paulo, 13/5/2003


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Semana de Estréias de Juliano Maesano


Mais Marcelo Barbão
Mais Acessadas de Marcelo Barbão em 2003
01. Literatura e cinema na obra de Skármeta - 13/5/2003
02. Biblioteca básica latino-americana - 22/10/2003
03. Outro fim de mundo é possível - 11/2/2003
04. Marcos Rey e a Idade de Ouro - 15/7/2003
05. Os cyberpunks e o futuro - 9/9/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
25/5/2003
12h39min
O canal da NET que nos trazia Skarmeta - e um pouco de inteligência e beleza, no sentido clássico dos dois termos - preferiu encher sua programação com seriados sobre crimes e babação pelo policialesco. Se pelo menos pudéssemos ter acesso por cardápio ao acervo do Torre de Papel, a tecnologia faria sentido. Ou, por menos ainda, a fitas cassetes que compraríamos nas livrarias para continuar vendo nas noites de domingo. A ausência do sutil e bem humorado escritor deve fazer parte do longo adeus ao século XX. Quem se importa?! Uns poucos. Sendo poucos, não há lucro previsto.
[Leia outros Comentários de ana lagoa]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Emagreça sem segredos
Jeanne Lima
Literare Books International
(2018)



Para Mim, Chega!
Yvonne Bezerra de Mello
Rosa dos Tempos
(1998)



Orgias
Luis Fernando Veríssimo
L&pm



Cozinha Vegetariana. Maçã
Caroline Bergerot
Cultrix
(2012)



A Witch Called Wanda
Telma Guimarães Castro Andrade
Atual
(1996)



O Pensamento Judeu Como Fator de Civilização
Leon Roth
Biblos
(1965)



Entre Irmãs - 1ª Edição
Frances de Pontes Peebles
Arqueiro
(2017)



Os Thibault 1
Roger Martin Du Gard
Globo
(1986)



Unati - Espaço Aberto ao Ensino e á Criatividade
Maria Candida Soares del Masso
Cultura Academica
(2012)



Dinâmica de Grupo Iniciação a Seu Espírito e Algumas de Suas Técnicas
Jean-marie Aubry
Loyola
(1978)





busca | avançada
86662 visitas/dia
2,4 milhões/mês