Outro fim de mundo é possível | Marcelo Barbão | Digestivo Cultural

busca | avançada
74121 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Povo Fulni-ô Encontra Ponto BR
>>> QUEÑUAL
>>> Amilton Godoy Show 70 anos. Participação especial de Proveta
>>> Bacco’s promove evento ao ar livre na Lagoa dos Ingleses, em Alphaville
>>> Vera Athayde é convidada do projeto Terreiros Nômades em ação na EMEF Ana Maria Benetti sobre Cavalo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Paulinho da Viola de Meu Tempo é Hoje
>>> Pelas curvas brasileiras
>>> A pintura admirável de Glória Nogueira
>>> A Flip como Ela é... I
>>> Convivendo com a Gazeta e o Fim de Semana
>>> Eu & Ferrugem
>>> A perfeição de Spike Lee
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Guinga = Gênio
>>> Espectador idiota
Mais Recentes
>>> Garotos Incriveis (Wonder Boys) de Michael Chabon pela Record (2000)
>>> Vade Mecum RT 2009 Universitário de Vários Autores pela Revista dos Tribunais (2009)
>>> O Elixir da Longa Vida de Irving Wallace pela Círculo do Livro (1979)
>>> O Significado Oculto dos Aniversários de Nancy Arnott pela Ediouro (1998)
>>> Elementos de Eletrônica Digital de Ivan V. Idoeta; Francisco G. Capuano pela Érica (1984)
>>> A Arte no Horizonte Provável de Haroldo de Campos pela Perspectiva (1981)
>>> El Domador e Monstruos de Ana Maria Machado pela Ediciones Sm (2002)
>>> As Muitas Estratégias do Executivo de Robert Weisslberg; Joseph Cowley pela Pioneira (1977)
>>> Análise Transacional da Propaganda de Roberto Menna Barreto pela Summus (1981)
>>> Livro Saneamento Para Todos: Como universalizar serviços sustentáveis de água e esgoto no Brasil pós-pandemia de Rubens Naves pela Palavra livre (2024)
>>> O Aleph de Jorge Luis Borges pela Globo (1972)
>>> Cadernos Espinosanos - Estudos sobre o século xvii de Varios AUtores pela Sao Paulo (2006)
>>> Lições Sobre a Estética - Introdução de G W F Hegel pela Sao Paulo (1997)
>>> Cadernos Espinosanos I (2) de Varios AUtores pela Sao Paulo (1996)
>>> Cadernos Espinosanos IV de Varios AUtores pela Sao Paulo (1998)
>>> Livro O Desafio De Amar Dia A Dia. Um Ano De Devoção Para Casais de Alex Kendrick pela Bv Films (2009)
>>> Cadernos Espinosanos III de Varios AUtores pela Sao Paulo (1998)
>>> 3 Cadernos Espinosanos I (1,2 e 3) de Varios AUtores pela Sao Paulo (1997)
>>> Canibais e Cristãos de Norman Mailer pela Civilização Brasileira (1967)
>>> Cadernos Espinosanos II (1) de Varios AUtores pela Sao Paulo (1997)
>>> Cadernos Espinosanos II (2) de Varios AUtores pela Sao Paulo (1997)
>>> Planejamento de Ensino e Avaliação de Clódia Maria Godoy Turra e Outros pela Emma Puc (1975)
>>> AnaLytica - Metafísica e antropologia filosófica vol 12 de Varios Autores pela Analytica (2008)
>>> Corações Veteranos - Coleção Frenesi de Roberto Schwarz pela Fon-fon (1974)
>>> AnaLytica - Filosofia Medieval , Aristóteles, Kant vol 9 de Varios Autores pela Analytica (2005)
COLUNAS

Terça-feira, 11/2/2003
Outro fim de mundo é possível
Marcelo Barbão
+ de 5700 Acessos
+ 1 Comentário(s)

A possibilidade de Jack London nos surpreender é sempre muito, muito alta. Surpresas sempre muito agradáveis, é claro. É o caso da ficção científica "A praga escarlate" que é lançada agora no Brasil.

Talvez seja a inauguração do gênero "ficção-catástrofe", que ficou tão famosa no final do século XX. O pequeno livro (quase um maxi-conto), mostra o que sobrou da humanidade depois que uma terrível doença, que se espalha pelo mundo depois de iniciada no Brasil (sempre o nosso país).

O fim de noite, em que o professor James Howard Smith conta a história do fim do mundo para seus netos, é mais uma despedida da civilização do que uma ficção científica como conhecemos.

Despedida porque o professor é o último "espécime" civilizado que restou na superfície da Terra, pelo menos pela região do norte da Califórnia. Já velho e com poucas forças, com ele morrerá o que havia sobrado da civilização ocidental. E realmente não havia sobrado muito porque a doença ceifara bilhões. A sobrevivência de pouco mais de uma centena de pessoas não garantiu nada, já que estranhamente, como percebe o professor, nenhum cientista sobrevive e a humanidade perde uma boa parte de seus conhecimentos.

"- Mas, a pólvora voltará" - diz o velho professor com um pessimismo que Jack London consegue inserir na história com uma força contagiante. O único alento é descobrir que uma boa parte da cultura literária da época está salva em uma caverna. E que o próprio professor criou um método para que as gerações futuras voltassem a aprender a ler.

Mas, essa não será uma tarefa para os netos de Smith, já totalmente mergulhados no pesadelo pós-civilizatório, incapazes até mesmo de entender o que fala o velho professor.

Apesar das descrições políticas sobre o futuro que London inclui na narrativa, como o mundo do início do século XXI dominado pelo Conselho dos Magnatas Industriais, uma espécie de Fórum Econômico de Davos hereditário, o livro não é explicitamente um texto socialista ou anticapitalista.

O autor, apesar de ser um defensor incansável do socialismo, sempre insistiu em evitar o propagandismo explícito e pobre que marcaram outros escritores de esquerda. Morto com apenas 40 anos, deixou uma vasta obra.

Esta história de um futuro triste e marcado por catástrofes, pode ter iniciado um gênero que deu obras brilhantes como 1984, de George Orwell, e Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley. Nestes tempos em que estadunidenses e iraquianos se ameaçam com bombas químicas e nucleares, uma releitura destes clássicos (tampouco posso esquecer o psicodélico e instigante Cidades da noite escarlate de Willian Burroughs) não faria nada mal a Saddam e Bush.

Para ir além



A praga escarlate
Jack London
Editora Conrad
103 páginas


Marcelo Barbão
São Paulo, 11/2/2003

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Guinga e sua Casa de Villa de Rafael Fernandes
02. Mínimas de Ana Elisa Ribeiro


Mais Marcelo Barbão
Mais Acessadas de Marcelo Barbão em 2003
01. Literatura e cinema na obra de Skármeta - 13/5/2003
02. Biblioteca básica latino-americana - 22/10/2003
03. Outro fim de mundo é possível - 11/2/2003
04. Marcos Rey e a Idade de Ouro - 15/7/2003
05. Os cyberpunks e o futuro - 9/9/2003


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
11/2/2003
14h16min
Original e interessante, é uma ótima leitura para quem vê o mundo com outros olhos além das barreiras que nos impoem.
[Leia outros Comentários de Vinicius Brown]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Verbal e o Não Verbal
Vera Teixeira de Aguiar
Unesp
(2004)



Cidade das Almas Perdidas 583
Cassandra Clare
Galera Record
(2013)



Livro Critica Literária A Guerra Invisível de Oswald de Andrade
Mariano Marovatto
Todavia
(2023)



Quietinho feito um sapo
Eline Snel
Bicicleta Amarela
(2016)



O Cavaleiro das palavras
Luiz Antonio Aguiar
Saraiva
(2009)



Eu Receberia As Piores Notícias Dos Seus Lindos Lábios
Marcal Aquino
Companhia Das Letras
(2005)



Marcenaria Básica
Como Fazer
Globo
(1990)



Toriba - Ensaios Fotográficos
Cássio Vasconcellos / Cristiano Mascaro
Metalivros
(2017)



Português, Exercícios Resolvidos e Comentados - Vol. 1
Vários Colaboradores
Gold
(2008)



Livro Religião A Celebração Litúrgica e Seus Dramas Coleção Liturgia e Teologia
Antonio Sagrado Bogaz; Ivanir Sigorini
Paulus
(2003)





busca | avançada
74121 visitas/dia
2,4 milhões/mês