Maior que São Paulo, só o Masp | Jardel Dias Cavalcanti | Digestivo Cultural

busca | avançada
76521 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Rodolpho Parigi participa de live da FAAP
>>> Para fugir de ex-companheiro brasileira dá volta ao mundo com pouco dinheiro
>>> Zé Guilherme encerra série EntreMeios com participação da cantora Vania Abreu
>>> Bricksave oferece vistos em troca de investimentos em Portugal
>>> Projeto ‘Benzedeiras, tradição milenar de cura pela fé’ é lançado em multiplataformas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
>>> Mas se não é um coração vivo essa linha
>>> Zuza Homem de Mello (1933-2020)
>>> Eddie Van Halen (1955-2020)
>>> Prêmio Nobel de Literatura para um brasileiro - II
>>> Vandalizar e destituir uma imagem de estátua
>>> Partilha do Enigma: poesia de Rodrigo Garcia Lopes
>>> Meu malvado favorito
>>> A pintura do caos, de Kate Manhães
Colunistas
Últimos Posts
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
>>> Como elas publicavam?
>>> Van Halen no Rock 'n' Roll Hall of Fame
>>> A última performance gravada de Jimmi Hendrix
Últimos Posts
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
>>> Perplexo!
>>> Orgulho da minha terra
>>> Assim ainda caminha a humanidade
>>> Três tempos
>>> Matéria subtil
>>> Poder & Tensão
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Elogio Discreto: Lorena Calábria e Roland Barthes
>>> Se a vida começasse agora
>>> 9/11 books
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Cidade de Deus, de Paulo Lins
>>> Humberto Alitto
>>> Orra, meu
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Meu tio
>>> O Tigrão vai te ensinar
Mais Recentes
>>> Ilustrado de Miguel Syjuco pela Companhia das Letras (2011)
>>> Revista Viagem e Turismo - Ano 20 – Nº 2 - Quatro Roteiros na Itália Pra Ver Antes de Morrer de Vários Autores pela Abril (2015)
>>> Guia do Executivo Porto Alegre 1998 de Vários Autores pela Gazeta Mercantil (1998)
>>> Guia Quatro Rodas Brasil 2002 de Vários Autores pela Abril (2002)
>>> Éfeso de Naci Keskin pela Keskin Colors (2012)
>>> Clube do Livro, Ser Leitor - que diferença faz? de Luzia de Maria pela Literária (2009)
>>> The Good Life Guide to Sydney de Tessa Mountstephens pela Hark! (1996)
>>> Matemática - 8º Ano - 6º Edição de Edwaldo Bianchini pela Moderna (2006)
>>> Encontro com a Begõnia de Nilza de Oliveira pela Imagem (2014)
>>> Buenos Aires de Boca a River de Joaquim da Fonseca pela Artes e Ofícios (1996)
>>> Brisa Bia, Brisa Bel de Ana Maria Machado pela Record (1999)
>>> Barcelona – Um Ano Com 365 Dias de Marcos Eizerik pela Age (2008)
>>> De Mala e Cuia – Tudo o Que Você Precisa Saber Para Morar, Estudar, Trabalhar e se Divertir na Europa de Adriana Setti pela Jaboticaba (2005)
>>> Quebra de Confiança de Quebra de Confiança Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Viajando pela Europa e Pelo Mundo de José Cretella Júnior pela T. A. Queiroz (1985)
>>> Silêncio na Floresta de Harlan Coben pela Benvirá (2009)
>>> A Nova História Cultural de Lynn Hunt pela Martins Fontes (1992)
>>> O Livro dos Espíritos de Allan Kardec pela Círculo do Livro (1993)
>>> Não Conte a Ninguém de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Cyrano de Bergerac de Edmond Rostand pela Nova Cultural (2003)
>>> O Livro dos Incensos de Steven R. Smith pela Roca (1994)
>>> Confie Em Mim de Harlan Coben pela Arqueiro (2009)
>>> Romeu e Julieta - Macbeth - Otelo, O Mouro de Veneza de William Shakespeare pela Nova Cultural (2003)
>>> Consciência Cósmica de Rosabis Camaysar pela Lorenz (1994)
>>> Alta Tensão de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Os Sentidos do Trabalho - Ensaio sobre a afirmação e a negação do trabalho de Ricardo Antunes pela Boitempo (2000)
>>> Luta Armada no Brasil do Anos 60 e 70 de Jaime Sautchuk pela Anita Garibaldi (1995)
>>> Jogada Mortal de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Quando Ela Se Foi de Harlan Coben pela Arqueiro (2011)
>>> Descartes The Project of Pure Enquiry de Bernard Williams pela Routledge (2005)
>>> Desaparecido para Sempre de Harlan Coben pela Arqueiro (2010)
>>> Seis Anos Depois de Harlan Coben pela Arqueiro (2014)
>>> Estatuto da Criança e do Adolescente de Vários Autores pela Pmpa (2003)
>>> O Inocente de Harlan Coben pela Arqueiro (2013)
>>> A Dama das Camélias de Alexandre Dumas Filho pela Nova Cultural (2003)
>>> Equilíbrio Total Através da Parapsicologia de Miguel Lucas pela Almed (1981)
>>> Casa de Bonecas de Henrik Ibsen pela Nova Cultural (2003)
>>> O Poder da Oração para Mulheres de Jackie M. Johnson pela Povket ouro (2013)
>>> Jesus como Terapeuta - O Poder Curador das Palavras de Anselm Grün pela Vozes (2013)
>>> Manual do Astrônomo Amador de Jean Nicolini pela Papirus (1991)
>>> As Três Irmãs de Anton Tchekov pela Nova Cultural (2002)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Alexandre de Moraes (Org.) pela Atlas (2001)
>>> Constituição da República Federativa do Brasil de Vários Autores pela Saraiva (2000)
>>> O Livro Secreto do Banheiro Feminino de Jo Barrett pela Essência/Planeta (2008)
>>> Código de Hamurabi – Código de Manu – Lei das XII Tábuas de Jair Lot Vieira (Superv.) pela Edipro (2002)
>>> Manual de Prática Forense Civil de Edson Cosac Bortolai pela Revista dos Tribunais (2003)
>>> Vade Mecum Método Cívil 2016 de Vários Autores pela Método (2016)
>>> Nossa próxima atração. O interprograma do Canal 3 de Mário Fanucchi pela Edusp (1996)
>>> Evaristo de Moraes Filho – 100 Anos de Vida Contribuição à Sociologia e ao Direito do Trabalho de Eliana Gonçalves da Fonte Pessanha e Outros (Orgs.) pela Ministério do Trabalho (2016)
>>> O tempo e a alma de Jacob Needleman pela Ediouro (1999)
COLUNAS >>> Especial SP 450

Segunda-feira, 19/1/2004
Maior que São Paulo, só o Masp
Jardel Dias Cavalcanti

+ de 12300 Acessos
+ 2 Comentário(s)

É impossível ficar indiferente à existência de um museu como o Masp (Museu de Arte de São Paulo). E a grandeza de São Paulo se mede, para além da alta concentração de capital e de tipos humanos, pela existência deste museu.

O Masp é o maior monumento de São Paulo, porque guarda em seu acervo uma riqueza incontestável de tesouros artísticos produzidos pela sensibilidade dos maiores artistas das maiores épocas da história da humanidade.

O Masp foi inaugurado em 1947, graças ao esforço de duas personalidades: o jornalista Assis Chateaubriand e o marchand italiano Pietro Maria Bardi.

Antes de falarmos do valioso acervo do museu, vale ressaltar que o maior problema que existe em relação a ele (e aos vários outros museus brasileiros) é o que chamaremos de "sequestro das obras de arte". Ou seja, grande parte do seu acervo não pode ser visto pelos visitantes, pois permanece guardado nos porões do museu. É quase um crime que isso aconteça. Se o problema é a falta de espaço para a exposição total do acervo, que se construa um anexo, que parem as exposições temporárias, enfim, que se faça alguma coisa. O que não pode continuar a acontecer é que esse "sequestro" de obras geniais se prolongue por mais tempo.

Outra questão interessante sobre o Museu é que parte das obras do seu acervo encontra-se ainda sobre a suspeita de terem autoria duvidosa. É o caso, por exemplo, das obras de Rafael, Rembrandt, Hieronymos Bosch e Mantengna. A este respeito existem artigos interessantes publicados na Revista de História da Arte e Arqueologia (nos seus volumes 1, 3 e 4), da Unicamp, dirigida por Jorge Coli e Pedro Paulo Funari. São artigos da autoria dos pesquisadores Nancy Ridel Kaplan, Eduardo Kickhöfel e Juliana Barone, que trazem importantes informações sobre a questão da atribuição destas obras de arte.

O conjunto do acervo do Masp compreende os principais movimentos da arte ocidental, do gótico ao modernismo, com trabalhos de artistas de diversas nações como Itália, Espanha, Portugal, França, Inglaterra, Holanda, Alemanha, México e Brasil. Contempla obras datadas do século XIII ao século XX.

Entre este percurso de séculos encontramos obras magníficas como algumas dos séculos XV e XVI, de artistas italianos, como Madona com o menino Jesus de Giovanni Bellini, o São Gerônimo de Andrea Mantegna, a Madona com Jesus e São João, de Piero di Cosimo e o imperdível Ressurreição de Cristo, de Rafael. Estas obras, pelas suas características estilísticas e pelo valor no conjunto das obras renascentistas, estão num nível de importância semelhante às obras de Da Vinci. Se isso já é muito, veja-se as obras de Ticiano, Tintoreto Bernini.

Ainda da mesma época e do século XVII da coleção francesa, podemos apreciar obras de François Clouet e Nicolas Poussin. Do acervo espanhol temos obras de El Greco e de Zurbarán, como também os poderosos retratos pintados por Velázquez e Goya.

Dos nórdicos temos obras de Hans Holbein O Jovem, Hieronymos Bosch, Rembrandt, Frans Hals e Van Dick.

Avançando mais alguns séculos temos, no acervo italiano, obras do séculos XVII e XVIII de Giovanni Battista Pitonni e trabalhos de Pellegrini, Villareale, Magnasno, Previati. Do acervo francês, nos mesmos séculos, temos obras de Jean-Marc Nattier, Jean-Baptiste Pater, Fragonard e Chardin. Ainda obras de Drouais e a famosa escultura Voltaire, que Houdon fez da cabeça do filósofo iluminista. Do acervo inglês temos obras de Reynolds, Gainsborough e Lawrence e Turner.

Do século XIX o Masp também revela surpreendentes obras como a dos artistas italianos nascidos no século XIX, mas que chegaram ao século XX, como Boldoni, Filippo de Pisis e Gaetano Previatti e Giovanni Boldini. Dos franceses da mesma época o acervo é delirante, com obras de Ingres, Corot, Daumier, Delacroix, Courbet, Manet, Degas (que pode ser apreciadas nas pinturas e esculturas do acervo). Ainda contemplamos obras de Cézanne, Monet, Renoir e Paul Gauguin. Enriquecendo ainda mais a coleção e nossa sensibilidade, podemos apreciar cinco obras de Van Gogh e oito obras de Toulouse-Lautrec.

Mas comparecem ainda outros artistas, que enriqueceram o século XX, como Matisse, Vlaminck, Laurecin, Bonnard, Vuillard, Léger, Picasso (com três obras), Modigliani, Max Ernest.

O acervo brasileiro é também importante, com obras de Pedro Américo, Luis Carlos Peixoto, Vítor Meireles, Almeida Júnior, Benedito Calixto, João Batista da Costa, Segall, Di Cavalcanti, Eliseu Visconti, Flávio Rezende de Carvalho, Anita Mafalti, Portinari e Ernesto de Fiori.

O acervo ainda reserva obras dos viajantes como Tapestry, Franz Post, Hamberlain, Debret e Taunay.

O que fizemos foi apenas relacionar uma parte dos artistas e de alguma sobras que participam do acervo do Masp. Há ali uma grande concentração de formas sensíveis, criadas por grandes artistas, que podem contaminar qualquer pessoa que venha a freqüentar o museu. Uma vez vistas, estas obras de arte exigem nossa volta freqüentemente. Torna-se quase impossível ficar longe das obras que, mais do que o tumulto barulhento e elétrico (que gera a riqueza e o vazio) da grande cidade, nos coloca em sintonia com os lugares silenciosos e ricos de nossa sensibilidade.

Quem ainda não visitou o Masp deveria fazê-lo o quanto antes, pois com certeza está deixando de conhecer um universo de riquezas num acervo de obras produzidas pela genialidade dos maiores artistas da humanidade e que estão aqui, num acesso fácil, no nosso Masp, um museu que, com certeza, faz inveja à qualquer outro museu do mundo.


Jardel Dias Cavalcanti
Londrina, 19/1/2004


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Paulo César Saraceni (1933-2012) de Humberto Pereira da Silva
02. Um Oscar para Christopher Nolan de Rafael Rodrigues
03. Copacabana e a cultura urbana carioca de Luis Eduardo Matta
04. Lembranças do Morrissey de Julio Daio Borges
05. Boa Tarde Às Coisas Aqui Em Baixo, de A L Antunes de Ricardo de Mattos


Mais Jardel Dias Cavalcanti
Mais Acessadas de Jardel Dias Cavalcanti em 2004
01. Vanguarda e Ditadura Militar - 14/4/2004
02. Maior que São Paulo, só o Masp - 19/1/2004
03. Entrevista com o poeta Armando Freitas Filho - 7/1/2004
04. Dentro da maré cósmica: Saint-John Perse - 9/8/2004
05. Tàpies, Niculitcheff e o Masp - 27/12/2004


Mais Especial SP 450
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
14/2/2004
1. MASP
00h00min
Caro Jardel, Gostei muito do seu texto, mas Considero a arquitetura do MASP superior ao seu acervo. Zamuner
[Leia outros Comentários de Luiz Antonio Zamuner]
14/2/2004
13h57min
Caro Luiz, obrigado pelo comentário. sem querer desmerecer alguns artistas da Bauhaus e seus seguidores, o que se pode ver é que sob o título de "moderno" muitas pessoas fizeram do "óbvio ululante" um modo pobre de criar. abraço, jardel
[Leia outros Comentários de jardel]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




LAS SINFONIAS DE BEETHOVEN SU HISTORIA Y ANALISIS
ERNESTO DE LA GUARDIA
RICORDI AMERICANA - B. AIRES
(1952)
R$ 59,88



LERÉIAS: HISTÓRIAS CONTADAS POR ELES MESMOS - VALDOMIRO SILVEIRA (LITERATURA BRASILEIRA)
VALDOMIRO SILVEIRA
LIVRARIA MARTINS FONTES
(1945)
R$ 15,00



SUPERBLOG DAS MARAVILHOSAS MARI, LUMA E CAROL
INÊS STANISIERE
PLANETA JOVEM
(2008)
R$ 16,00



SEXO E VIDA CONJUNTO DOS CONHECIMENTOS SEXUAIS DA VIDA CONTEMPORÂNEA
A. WILLY COLABORADORES
IBRASA
(1956)
R$ 7,84



O AGUILHAO--ABRINDO PICADAS NA DENSA MATA.
CARLOS DE MAIO
VIRTUALBOOKS
(2014)
R$ 26,00



O TESTAMENTO DE BALTAZAR
ANTÔNIO CADAR
IOMG
(1982)
R$ 6,90



MINHA HISTÓRIA MINHA VIDA
JASIZAEL CASAS
AR
(2013)
R$ 17,00



SELEÇÕES DO READERS DIGEST DE AGOSTO DE 1967
TITO LEITE (REDATOR CHEFE)
YPIRANGA
(1967)
R$ 7,00



CORAGEM DE SONHAR
MARIA DINORAH
MODERNA
(1990)
R$ 5,00



REGULAR E DEMOCRATIZAR O SISTEMA GLOBAL, UMA PARCERIA PARA O SÉCULO 21
FORUM EURO LATINO AMERICANO
PRINCPIA
(1999)
R$ 22,11





busca | avançada
76521 visitas/dia
2,1 milhões/mês