Um imenso Big Brother | Vitor Nuzzi | Digestivo Cultural

busca | avançada
31843 visitas/dia
1,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
>>> Do inferno ao céu
>>> Meninos, eu vi o Bolsonaro aterrando
>>> Manual para revisores novatos
>>> A Copa, o Mundo, é das mulheres
Colunistas
Últimos Posts
>>> 100 nomes da edição no Brasil
>>> Eu ganhei tanta coisa perdendo
>>> Toda forma de amor
>>> Harvard: o que não se aprende
>>> Pedro Cardoso em #Provocações
>>> Homenagem a Paulo Francis
>>> Arte, cultura e democracia
>>> Mirage, um livro gratuito
>>> Lançamento de livro
>>> Jornada Escrita por Mulheres
Últimos Posts
>>> João Gilberto: o mito
>>> Alma em flor
>>> A mão & a luva
>>> Pesos & Contra-pesos
>>> Grito primal II
>>> Calcanhar de Aquiles
>>> O encanto literário da poesia
>>> Expressão básica II
>>> Expressão básica
>>> Minha terra, a natureza viva.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O escritor pode
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> Os 60
>>> Tico-Tico de Lucía
>>> Abdominal terceirizado - a fronteira
>>> Cinema é filosofia
>>> Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges
>>> Mulher no comando do país! E agora?
>>> YouTube, lá vou eu
>>> YouTube, lá vou eu
Mais Recentes
>>> A Alma do Poeta (Vinicius de Moraes) de Revista Bravo - Janeiro 2009- Ano 11 - nº 137 pela Abril Cultural (2009)
>>> Jardim Botânico de São Paulo de Juan Esteves & Maria Guimarães pela Terceiro Nome (2012)
>>> Música Faz - vol. 1 - A arte musical na prática escolar - Ensino médio de Yara Alves- Larissa Vitorino pela Htc (2011)
>>> Teimosia da imaginação. Dez artistas brasileiros de Maria Lúcia Montes pela Martins Fontes (2012)
>>> Panoramas. A paisagem brasileira no acervo do Instituto Moreira Salles de Carlos Martins pela Ims (2012)
>>> Andanças de Um Cavaleiro e Outras Novelas de Tennesse Williams pela Espressão e Cultura (1970)
>>> Tributação de Bens Digitais: a Disputa Tributária ... de Tathiane Piscitelli/Fernando Rezende pela FGV Direito (2018)
>>> Caiapó Metutire. Os guerreiros pintados de negro. de Paulo Pinagé & Vito D'Alessio pela Dialeto (2004)
>>> Inglês Sem Mistério Para Concursos de Robson Machado pela Fortium (2005)
>>> Carnaval Brasileiro - O Vivido e o Mito de Maria Isaura Pereira de Queiroz pela Brasiliense/ SP (1992)
>>> Treinamento da Argumentação: Persuadir Em Vez de Contrariar... de Tom Werneck e Reinhard Grasse pela Ediouro/ RJ. (1982)
>>> O encanto das aves. The magic of birds de Ricardo Martins pela Fm (2009)
>>> Portoghese Dizionario essenzaiale Portoghese-Italiano - Italiano-Portoghese de Zanichelli pela Zanichelli (1997)
>>> Princípios de Organização Japoneses: Melhor Produtividade ... de Peter Engel pela Ediouro/ RJ. (1982)
>>> O Dom de Voar de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> O Dom de Voar de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> O Dom de Voar de Richard Bach pela Record/ RJ.
>>> Licença de Marca - Aspectos Jurídicos e Econômicos de Um Contrato ... de Thiago Jabur Carneiro pela Juruá (2012)
>>> O Aleijadinho Arquiteto e Outros Ensaios Sobre o Tema/ Inclui CD de André Guilherme Dornelles Dangelo (e outro) pela Ed. da Escola de Arquit. da UFMG./ Belo Hte. (2008)
>>> Concerto Carioca de Antonio Callado pela Nova Fronteira (1985)
>>> Imperialismo / Discutindo a História de Héctor H. Bruit pela Atual/ Sp. (2001)
>>> Imperialismo / Discutindo a História de Héctor H. Bruit pela Atual/ Sp. (1995)
>>> Imperialismo / Discutindo a História de Héctor H. Bruit pela Atual/ Sp. (1995)
>>> Prêmio FCW 2004 de Fotografia Publicitária Fundação Conrado Wessel de Diversos Autores pela Fcw (2005)
>>> A Questão dos Livros - Passado Presente e Futuro de Robert Darton pela Companhia das Letras (2010)
>>> Mar de homens de Roberto Linsker pela Terra Virgem (2005)
>>> Arte de Perto - Volume Único de Maurílio Andrade Rocha e outros pela Leya (2016)
>>> Palco Paulistano. São Paulo Stage de Vânia Toledo pela Imprensa Oficial (2009)
>>> Todo Paciente Tem Uma Historia Para Contar - Mistérios médicos e a arte do diagnóstico de Dra. Lisa Sanders pela Zahar (2010)
>>> Da Ação direta de declaração de Inconstitucionalidade no Direito Brasileiro de Alfredo Buzaid pela Saraiva (1958)
>>> Ações Cominatórias no Direito Brasileiro de Moacyr Amarral Santos pela Max Limonad (1962)
>>> Do Mandado de Segurança e de Outros meios de Defesa Contra atos do poder público de Castro Nunes pela José Aguiar Dias (1967)
>>> Estudos e pareceres de direito processual Civil de Alfredo Buzaid pela Revista dos Tribunais (2002)
>>> Corinthians é preto no branco de Washington Olivetto e Nirlando Beirão pela Dba (2002)
>>> Do Mandado de Segurança Volume 1 de Alfredo Buzaid pela Saraiva (1989)
>>> Estudos de Direito de Alfredo Buzaid pela Saraiva (1972)
>>> Da Ação Renovatória de Alfredo Buzaid pela Saraiva (1981)
>>> Projeção do Corpo Astral de Sylvan J. Muldoon e Hereward Carrington pela Pensamento
>>> Atribuições dos juízes municipaes de Orphãos e Ausentes na Republica de José Tavares Bastos pela Livraria Garnier (1914)
>>> Novo Dicionário de Processo Civil de Eliézer Rosa pela Livraria Freitas Bastos S.A (1986)
>>> O Novo processo Civil Brasileiro de José Carlos Barbosa Moreira pela Forense (2005)
>>> Manual do Advogado de Valdemar P. da Luz pela Sagra (1999)
>>> Teoria e prática do Despacho Saneador de Jônatas Milhomens pela Forense (1952)
>>> Código de processo Civil Anotado de Sálvio de Figueiredo Teixeira pela Saraiva (1993)
>>> Novo processo Civil Brasileiro de José Carlos Barbosa Moreira pela Forense (1998)
>>> A Prova Civil de José Mendonça pela Livraria Jacintho (1940)
>>> A Morte de Rimbaud de Leandro Konder pela Companhia das Letras/SP. (2000)
>>> Prova Civil Legislação Doutrina Jurisprudência de Raphael Cirigliano pela Forense (1939)
>>> Código do Processo Civil e Commercial para Districto Federal de J. Miranda Valverde pela Impresa Nacional (1927)
>>> De Pessoa a Pessoa - Psicoterapia Dialógica de Richard Hycner pela Summus (1995)
COLUNAS >>> Especial Orkut

Segunda-feira, 6/2/2006
Um imenso Big Brother
Vitor Nuzzi

+ de 4700 Acessos
+ 5 Comentário(s)

"Você pode achar amigos que não vê há muitos anos, pode participar de debates interessantes, pode encontrar qualquer tipo de comunidade - que representam a personalidade de cada usuário. E, se não achar, pode criar."

"Acho uma bobagem sem tamanho. Ninguém lá diz direito a verdade. E se generalizo é porque há, sempre há, exceções. Mas tem outro lado: não existiria o meu encontro de 25 anos de formatura do ginásio sem o Orkut."

Parada difícil. Muito mais do que imaginar qual será a próxima taxa básica de juros ou palpitar sobre a Copa do Mundo que começa daqui a quatro meses. Aqui, trata-se de falar o que eu acho do Orkut. Por isso, comecei recorrendo a amigos, cujas opiniões abrem este texto.

Só no Google a comunidade Orkut reúne aproximadamente 6,5 milhões de pessoas, e aproximadamente 3/4 são brasileiros. Em julho de 2005, o repórter Sérgio Dávila, da Folha de S. Paulo, entrevistou o pai da criança - ou, para alguns, o inimigo público número 1. É o turco Orkut Buyukkokten, engenheiro com pós-doutorado em Ciência da Computação, que completará 30 anos neste dia 6 de fevereiro. Parabéns para ele, que diz não ter a menor idéia das razões que fizeram o Orkut se tornar um fenômeno verde-amarelo. "Talvez seja cultural, tenha a ver com a personalidade de vocês, que são conhecidos como um povo amigável", arriscou.

Mas nem ele escapou das ironias orkutianas. Contou ao repórter que recebe várias mensagens de brasileiros, lamentando que não entenda o idioma. Aproveitou para perguntar sobre uma mensagem que estava na tela. Era alguém xingando-o de "filho da puta". O repórter avisou, educado: "Um palavrão que envolve a reputação de sua mãe". Desapontado, Orkut passou à mensagem seguinte. Era alguém perguntando se ele era parente de um personagem do programa A Praça é Nossa. Depois dessa, ele achou melhor mudar de assunto. Talvez tenha achado que os brasileiros, afinal, são amigáveis demais.

Bom, o Orkut é isso. Se você reunir dez pessoas em uma sala, algumas falarão coisas razoavelmente interessantes, outras certamente falarão bobagens e mais outras não dirão A nem B, muito pelo contrário. Imagine reunir 6,5 milhões. O potencial de coisas interessantes e de bobagens se multiplica. As pessoas não são assim?

Durante dois anos, recebi vários convites para entrar no Orkut. Só resolvi aderir no final de outubro. Portanto, a minha vivência resume-se a quatro meses. Tenho 96 amigos - sendo 14 fãs, quem poderia imaginar? - e recebi 149 scraps até o final de janeiro. Uma média modestíssima, pelo que percebo. Humilhado, constato que alguns dos meus parceiros têm centenas de amigos e recebem milhares de mensagens. Alguns falam em linguagem incompreensível para os códigos que aprendi ao longo da vida. Fui chamado a participar de comunidades tão diversas quanto a de ex-funcionários de um jornal onde trabalhei durante dez anos, da faculdade onde estudei, do Geraldo Vandré, de literatura em língua portuguesa e de rock´n´roll.

Já participei de belas discussões sobre o Vandré, tema de um artigo neste mesmo Digestivo. Gente informada, que gosta de trocar idéias. Até me aventurei a falar de rock, área em que praticamente parei nos anos 70. Mas uma grande amiga já me chamou a atenção para um outro aspecto do Orkut: o que eu passei a chamar do povo-que-não-está-nem-aí-mas-mesmo-assim-fala-sem-parar.

A questão era simples. Alguém retomou a brincadeira do stop e propôs que os participantes listassem o nome de dez ex-presidentes da República. (Atenção, preparem as suas listas.) Fui lá ver. O primeiro respondeu: pô, essa é muito difícil. Três escreveram: passo. Teve uma que ainda quis mudar a pergunta para "os cinco melhores presidentes", e ainda por cima mandou ver um Médici, alegando que era o nome de que ela lembrava. Aflição total. Fiz a minha lista, tão básica, com Vargas, Juscelino, Jânio, Jango... Mas ficou a clássica pulga atrás da orelha. Essa moçada não conhece a história recente do Brasil?

Estou lendo aqui mesmo vários relatos sobre orkuticídios. E me inclino a pensar que o Orkut não é um mal em si. Volto à questão das dez pessoas na sala. O risco de ouvir bobagem sempre é grande, mas isso vale para qualquer situação de sua vida. E há situações que você não pode evitar. Na internet, você entra se quiser. É como na sua casa, na qual as pessoas escolhem quem receber. Basta você não deixar entrar, embora pareça antipático. E há os que estão ali para se exibir, é claro. Nessas horas, o Orkut vira um imenso Big Brother, para nosso infortúnio. Só que você ainda pode mudar o canal ou simplesmente desligar.

Mas não se pode ver o Orkut como um desfile de idiotas narcisistas. O Orkut pode ser uma bela ferramenta de busca de conhecimento e para satisfazer curiosidades. Tem de tudo lá dentro, como tem de tudo na vida e no mundo. E é claro que nenhum tipo de parafernália virtual pode substituir o mundo e a vida. O melhor contato continuará sendo aquele que inclui o abraço, a palavra falada, o olho-no-olho e a risada. A voz do melhor amigo e o beijo da namorada.


Vitor Nuzzi
Rio de Janeiro, 6/2/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Gosta de escrever? Como não leu este livro ainda? de Renato Alessandro dos Santos
02. Raio-X do imperialismo de Celso A. Uequed Pitol
03. Os Doze Trabalhos de Mónika. 12. Rumo ao Planalto de Heloisa Pait
04. Os Doze Trabalhos de Mónika. 9. Um Cacho de Banana de Heloisa Pait
05. A noite iluminada da literatura de Pedro Maciel de Jardel Dias Cavalcanti


Mais Vitor Nuzzi
Mais Acessadas de Vitor Nuzzi em 2006
01. Boa nova: o semi-inédito CD de Chico - 2/5/2006
02. Um imenso Big Brother - 6/2/2006
03. Os 40 anos de A Banda versus Disparada - 30/10/2006
04. Outra palavra, da cidade Coração - 11/4/2006
05. Democracia envelhecida - 20/10/2006


Mais Especial Orkut
* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
7/2/2006
15h55min
Muito interessante, especialmente pela parte histórica. O texto está gostoso de ler e mostra que até os mais resistentes cedem ao charme e praticidade do Orkut.
[Leia outros Comentários de Tatiana Cavalcanti]
8/2/2006
19h37min
Camarada Vitor, realmente o Orkut pode ser uma coisa interessante, mas também pode ser uma sala cheia de mediocres faladores. Tudo depende da vivência de cada um. Também resisti aos apelos de meus amigos para me agrupar nos infinitos grupos dessa aldeia global de tagarelas. Nada substitui os abraços e o aperto de mão, das boas e velhas amizades. Gostei do seu texto, parabéns, por acaso você quer ser meu amigo?!
[Leia outros Comentários de Clovis Ribeiro]
8/1/2007
15h47min
meu amigo vitor, sobre o orkut eu nao posso fazer nenhum comentario, porque nao conheco, vejo falar que tem coisas ruins/boas... Agora sobre esse tal de big brother, um programa exibido pela tv globo, meu comentario e' o seguinte: 40 anos de rede globo idiotizando o povo brasileiro, esse program, pra mim, e' uma berracao, porque muitas vezes vc vai bater um papo com um amigo ou coisa parecida, vc pergunta um nome de escritor brasileiro, ele nao sabe, mas se perguntar quem foi o ganhador do big brother, ai' meu amigo... Se caisse essa pergunta no vestibular de qualquer faculdade do pais, com certeza 100% acertaria. Que pais e este? Com certeza, e' o brasil: rede globo fatura e enfia guela abaixo, desses idiotas conformados, que nao sabem o nome de 10 ex-presidentes dessa republica de bananas... Um abraco, aldo giannazzi
[Leia outros Comentários de aldo giannazzi ]
10/1/2007
22h44min
Caro Vitor! Você fala do orkut com a propriedade de quem sabe valorizar o aperto de mão. O orkut é um vicio vazio de prazer... a única coisa boa é rever velhos amigos. Boas conversas são raras. Sai' faz tempo, por não encontrar a razão de estar alí olhando a vida dos outros, e os outros olhando a minha... Fico feliz em saber que existam pessoas como tú, no orkut. Parabéns pelo texto, principalmente pelo olho no olho. bj
[Leia outros Comentários de simone camargo]
8/11/2009
02h46min
Muito interessante seu texto e devo dizer que ele se enquadra muito bem na realidade de muitos jovens brasileiros. Parabéns pelo texto.
[Leia outros Comentários de Yonoski]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




UM AMOR DO OUTRO MUNDO
GANYMEDES JOSÉ
ATUAL
(1994)
R$ 7,00



TERRA SEM MAL
JACY DO PRADO BARBOSA NETO
PLANETA
(2013)
R$ 17,00



THE COMPLETE IDIOTS GUIDE TO DRAWING PEOPLE ILLUSTRATED
BRENDA HODDINOTT
ALPHA
(2004)
R$ 45,00



JOANINHA VIDA DE JOANA D'ARC PARA CRIANÇAS
NINA SALVI
MELHORAMENTOS
(1953)
R$ 12,00



DIVINDADE EGÍPCIAS EDIÇÃO Nº4
VÁRIOS AUTORES
ABRIL
(2005)
R$ 6,90



BACK AGAIN
RICHARD H. DAVIS
FTD
(1994)
R$ 9,78



CENTRO DE ARTE CONTEMPORÂNEA INHOTIM - CACI
LISETE HANNA RACHED
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 419,00



BEDA FOMM: LA VICTORIA CLÁSICA (EM ESPANHOL)
KENNETH MACKSEY
SAN MARTIN (MADRID)
(1975)
R$ 14,82



GUINÉ - BISSAU, O AMBIENTE AGRÍCOLA, O HOMEM E O USO DA TERRA
CARLOS COSTA E MAURO RESENDE
CLÁSSICA
(1994)
R$ 27,50



OS LUSÍADAS CLASSICOS JACKSON VOL. VII
CLASSICOS JACKSON
SAO PAULO
R$ 25,00





busca | avançada
31843 visitas/dia
1,0 milhão/mês