Os 40 anos de A Banda versus Disparada | Vitor Nuzzi | Digestivo Cultural

busca | avançada
70622 visitas/dia
2,0 milhões/mês
Mais Recentes
>>> TEATRO & PODCAST_'Acervo e Memória', do Célia Helena, relembra entrevista com Nydia Licia_
>>> Projeto Cultural Samba do Caxinha cria arrecadação virtual para gravação de seu primeiro EP
>>> Designer e arquiteto brasileiro, Giovanni Vannucchi participa da VIIBienal Ibero-americana de Design
>>> Risorama anuncia retorno aos palcos com grandes nomes do humor nacional em São Paulo
>>> Inspirado nas Living Dolls, espetáculo de Dan Nakagawa tem Helena Ignez como atriz convidada
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Aos nossos olhos (e aos de Ernesto)
>>> Carol Sanches, poesia na ratoeira do mundo
>>> O fim dos livros físicos?
>>> A sujeira embaixo do tapete
>>> Moro no Morumbi, mas voto em Moema
>>> É breve a rosa alvorada
>>> Alameda de água e lava
>>> Entrevista: o músico-compositor Livio Tragtenberg
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A redoma de vidro de Sylvia Plath
Colunistas
Últimos Posts
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
>>> Chico Buarque em bate-papo com o MPB4
Últimos Posts
>>> O poder da história
>>> Caraminholas
>>> ETC. E TAL
>>> Acalanto para a alma
>>> Desde que o mundo é mundo
>>> O velho suborno
>>> Normal!
>>> Os bons companheiros, 30 anos
>>> Briga de foice no escuro
>>> Alma nua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A forca de cascavel — Angústia (Fuvest)
>>> Pouca gente sabe
>>> O chilique do cabeleireiro diante da modelo
>>> Paradiso por Metheny
>>> A nova propaganda anda ruim
>>> A Erva do Diabo, de Carlos Castaneda
>>> Manual para o leitor de transporte público
>>> Ganha-pão
>>> Comunicação: conselhos para (jovens) pesquisadores
>>> Guia Crowdfunding de Livros
Mais Recentes
>>> National Geographic Brasil Nº 224 de Diversos Autores pela National Geographic (2018)
>>> Esaú e Jacó / Memorial de Aires de Machado de Assis pela Nova Cultural (2003)
>>> National Geographic Brasil Nº 225 de Diversos Autores pela National Geographic (2018)
>>> Montaigne - Os Pensadores de Michel de Montaigne pela Nova Cultural (2004)
>>> National Geographic Brasil Nº 218 de Diversos Autores pela National Geographic (2018)
>>> Sociologia do sobrenatural de Luigi Sturzo pela Aster, Casa do castelo (1960)
>>> Do direito natural á sociologia de Jacques Leclercq pela Duas cidades
>>> Ciência x Espiritualidade de Chopra e mlodinow pela Sextante (2018)
>>> Ciência x Espiritualidade de Chopra e mlodinow pela Sextante (2018)
>>> Desvendando os Segredos da Linguagem Corporal de Allan Pease & Barbara Pease pela Sextante (2004)
>>> O Gerente Minuto de Kenneth Blanchard & Spencer Johnson pela Record (1981)
>>> Contabilidade Geral: Teoria e mais de 1.000 questões de Ed Luiz Ferrari pela Impetus (2013)
>>> Aulas de Direito Constitucional para Concursos de Vicente Paulo; Marcelo Alexandrino; Frederico Dias pela Método (2012)
>>> Finanças Públicas: Teoria e Prática no Brasil de Fabio Giambiagi; Ana Cláudia Além pela Elsevier (2011)
>>> Genética: Texto e Atlas de Eberhard Passarge pela Artmed (2004)
>>> Gestão por Processos: Uma Abordagem da Moderna Administração de José Osvaldo de Sordi pela Saraiva (2008)
>>> Gestão de Contratos: Melhores Práticas Voltadas aos Contratos Empresariais de Walter Freitas pela Atlas (2009)
>>> Desafios eclesiais e missionários da cooperação de Israel Batista (org) pela Sinodal (2007)
>>> Marketing de A a Z de Philip Kotler pela Campus (2003)
>>> Contos de Fadas e Suas Versões Originais - Sem Censura de Marina Avila (org.) pela Wish (2016)
>>> Cuidando de quem cuida de Roseli M. kuhnrich de Oliveira pela Sinodal (2007)
>>> Marketing 4.0 - do tradicional ao digital de Philip Kotler pela Sextante (2017)
>>> Admirável Mundo Novo de Aldous Huxley pela Globo (2001)
>>> Crer: informações sobre fé de Helmut Thilicke (cord). pela Sinodal /EST (2007)
>>> Com Açúcar, Com Afeto: Fiz Seu Poema Predileto de Danci Ramos pela Edigal (2009)
>>> Missão e evangelização na América Latina e Caribe de Nilton Giese (org) pela Sinodal (2012)
>>> Estratégia de Richard Luecke pela Record (2009)
>>> A Homeopatia e Você de Ernst Grimm pela Plus Saber (2001)
>>> Onde está Deus? de Jon Sobrino pela Sinodal (2020)
>>> Desafios da Educação Municipal de Donaldo Bello de Souza; Lia Ciomar Macedo de Faria pela DP&A (2003)
>>> Gerenciando mudança e transição de Mike Beer ( Org. ) pela Record (2003)
>>> Eu Sou Eternamente Livre: Ensinamentos dos Mestres Ascensionados de Luiz Carlos Silveira Dias Júnior pela Divina Presença (2008)
>>> O Que Acontece em Londres - Trilogia Bevelstoke Volume 2 de Julia Quinn pela Arqueiro (2020)
>>> A autoridade da bíblia de Gottfried Brakemeier pela Sinodal, CEBI (2014)
>>> Conectando: Ciência, Saúde e Espiritualidade Volume 1 de Carlos Eduardo Accioly Durgante pela Francisco Spinelli (2012)
>>> Tentação de Diethich Bonhoeffer pela Sinodal (2007)
>>> Hagakure de Yamamoto Tsunetomo pela Hunter Books (2014)
>>> Principio de igualdade de Wilson Engelmann pela Sinodal (2008)
>>> A Vida Como Ela É Para Cada Um de Nós: Em Busca do Eu-caleidoscópio de Denise Aerts; Christiane Ganzo pela Age (2008)
>>> Orientações para a vida de Hans Jochen Boecker pela Sinodal (2004)
>>> Martim Lutero de Ricardo Willy Rieth pela Sinodal (2007)
>>> Da Revolução Francesa até Nossos Dias: Um Olhar Histórico de Samara Feitosa pela Intersaberes (2016)
>>> Tomando Decisões de Richard Luecke pela Record (2009)
>>> A diplomacia na construção do brasil: 1750 - 2016 de Rubens Ricupero pela Versal Editores (2017)
>>> Separação: Angústia e Raiva - Apego e Perda Volume 2 de John Bowlby pela Martins Fontes (1998)
>>> Ferramentas para Empreendedores de Richard Luecke pela Record (2007)
>>> As Vinhas da Ira de John Steinbeck pela Bestbolso (2008)
>>> Contratando e Mantendo as Melhores Pessoas de Peter Cappelli pela Record (2003)
>>> Processo penal - 8 Coleção Sinopes de Leonardo Barreto Moreira Alves pela Juspodivm (2014)
>>> Mentes inquietas de Ana Beatriz B. Silva pela Gente (2003)
COLUNAS

Segunda-feira, 30/10/2006
Os 40 anos de A Banda versus Disparada
Vitor Nuzzi

+ de 4800 Acessos
+ 1 Comentário(s)

Encerrada a apuração, a classificação ficou assim: 5º lugar, "Ensaio Geral". Em 4º, "Canção de não Cantar". O 3º ficou com "Canção para Maria", enquanto o 2º foi para "De Amor ou Paz". Os candidatos eram gente como Caetano Veloso, Carlos Lyra, Capinan, Edu Lobo, Gianfrancesco Guarnieri, Gilberto Gil, Luís Carlos Paraná, Maysa, Ruy Guerra. E os votos foram apurados em quatro turnos, sendo três eliminatórios.

Eram mesmo outros tempos. "Éramos felizes. E sabíamos", diz o cantor Jair Rodrigues. 29 de outubro de 2006 marca os 40 anos de um acontecimento especial para a música brasileira - com direito, inclusive, a votação. Em 29 de outubro de 1966, um sábado, a TV Record promovia uma festa para reunir os vencedores do II Festival da MPB, realizado no teatro da emissora na rua da Consolação, em São Paulo, e encerrado no dia 10 daquele mês, com duas músicas empatadas no primeiro lugar: "A Banda", de Chico Buarque, e "Disparada", de Geraldo Vandré e Theo de Barros. Uma disputa que paralisou a cidade como uma final de Copa do Mundo. "Quem tinha um ingresso para a final era considerado um sortudo", lembra o crítico e produtor Zuza Homem de Mello, autor do livro A Era dos Festivais - Uma Parábola, que como engenheiro de som viveu todo aquele clima de perto.

Estava nascendo ali toda uma geração de talentos que até hoje apresenta as suas canções. Os então novatos e hoje sessentões Caetano e Chico, por exemplo, lançaram discos neste ano. E os festivais se tornaram um dos principais canais de expressão daquela safra, que também ia sendo descoberta em diversos programas musicais na televisão - um filão que a TV descobriu no início dos anos 60. Com o tempo, também, os festivais involuntariamente se tornaram uma válvula de escape para uma juventude que foi se sentindo sufocada com os rumos do golpe de 1964. Em fevereiro de 1966, o governo editou o Ato Institucional (AI) 3, estabelecendo eleições indiretas para governadores, que indicariam os prefeitos das capitais (as eleições indiretas para presidente já haviam sido estabelecidas no final de 1965).

Isso ficaria mais evidente em 1968, ano em que o regime se fechou definitivamente - veio o AI-5, em 13 de dezembro, Caetano e Gil foram presos, Vandré deixaria o país no início de 1969, Chico seguiria o mesmo caminho. "Embora houvesse uma preocupação dos militares em relação à cultura de esquerda, muito forte na classe média universitária, até 1968 essa preocupação não implicou numa repressão ou censura sistematizada, por parte dos aparelhos de Estado, até porque essa cultura era lida pelos militares como arroubos juvenis da classe média, que no geral apoiava o regime. A questão central é que o regime começou a perder o apoio de parte da classe média em 1968, e os jovens se radicalizaram na direção da luta armada. Nesse momento, a cultura de esquerda rompeu os limites da contestação dentro do mercado de espetáculos e passou a fornecer as bases simbólicas e identitárias de uma ação política efetiva", observa Marcos Napolitano, professor de História na Universidade de São Paulo (USP) e doutor em História Social, com pesquisa em MPB.

Tempos depois, o governo tentaria usar festivais como propaganda a seu favor, mas isso já é outra história. Voltemos a 1966. As três eliminatórias foram realizadas em 27 e 28 de setembro e em 1º de outubro, com 36 músicas finalistas, selecionadas entre nada menos que 2.635 inscritas. "O melhor dos prêmios, porém, foi encontrado não na soma das notas do júri, mas nas ruas, nos colégios, no assovio do leiteiro, nas conversas de esquina, nas manchetes dos jornais, em toda uma cidade que cantava e vivia uma coisa nova", escreveu o produtor Solano Ribeiro na contracapa do LP Viva o Festival da Música Popular Brasileira. A final, com apenas 12 composições, ficou para a noite de segunda-feira, 10 de outubro. "A expectativa era tão grande que alguns cinemas e teatros chegaram a suspender suas sessões acreditando que não haveria viva alma para assisti-las naquela segunda-feira", escreveu Zuza.

"A Banda" foi interpretada por Nara Leão e "Disparada", por Jair Rodrigues - o que não deixou de ser surpresa, já que o intérprete era mais conhecido como sambista. Mas Jair imortalizou a música composta em duas ou três noites por Vandré e Theo. A letra original era ainda mais longa. "Canção para Maria", do jovem Paulinho da Viola e de Capinan, foi interpretada também por Jair, enquanto "De Amor ou Paz" (Adauto Santos e Luís Carlos Paraná) foi ouvida na voz de Elza Soares. Elis Regina defendeu a quinta colocada, "Ensaio Geral", de Gilberto Gil, e "Canção de não Cantar" (Sérgio Bittencourt) ficou sob a responsabilidade dos rapazes do MPB 4.

A decisão sobre a canção vencedora foi um caso à parte e tornou-se uma das mais famosas polêmicas da MPB. Em seu livro, Zuza revelou que "A Banda" teve sete votos, contra cinco dados à "Disparada" - mas, ainda nos bastidores, Chico Buarque não aceitou receber o prêmio sozinho. As duas foram, então, consideradas campeãs. Resultado justo para duas belas canções (mas este colaborador, se fosse jurado, votaria na épica "Disparada"). Final feliz para uma geração musical que estava apenas começando.

Post Scriptum
Já que o assunto é festival, lembremos aqui do maestro e arranjador Rogério Duprat, que morreu no último dia 26 e navegou com maestria (com o perdão do trocadilho) entre o erudito e a vanguarda.


Vitor Nuzzi
Rio de Janeiro, 30/10/2006


Quem leu este, também leu esse(s):
01. Entrevista com o tradutor Oleg Andréev Almeida de Jardel Dias Cavalcanti
02. A imaginação do escritor de Renato Alessandro dos Santos
03. Memorial do deserto e das ruínas de Elisa Andrade Buzzo
04. Seriados made in the USA de Juliana Lima Dehne
05. A firma como ela é de Adriane Pasa


Mais Vitor Nuzzi
Mais Acessadas de Vitor Nuzzi em 2006
01. Boa nova: o semi-inédito CD de Chico - 2/5/2006
02. Um imenso Big Brother - 6/2/2006
03. Os 40 anos de A Banda versus Disparada - 30/10/2006
04. Outra palavra, da cidade Coração - 11/4/2006
05. Democracia envelhecida - 20/10/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
4/11/2006
18h08min
Maravilhoso. Ler e recordar sobre uma época que eu tive o privilégio e a sorte de viver. A gente era feliz e sabia... Agradeço por esse texto lindo. Marilena
[Leia outros Comentários de Marilena Cavalheiro]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NEGÓCIOS EM INTERATIVIDADE
PAULO PUTERMAN
DO AUTOR
(1997)
R$ 5,00



COMO SE TORNAR UM LÍDER SERVIDOR
JAMES C. HUNTER
SEXTANTE
(2006)
R$ 29,90



ESTATUTO DA TERRA (COLEÇÃO SARAIVA DE LEGISLAÇÃO) - 15º EDIÇÃO
ANTONIO LUIZ DE TOLEDO PINTO
SARAIVA
(2000)
R$ 20,00



MEIO AMBIENTE E SISTEMA TRIBUTÁRIO - NOVAS PERSPECTIVAS
CLÁUDIA CAMPOS DE ARAÚJO E OUTROS
SENAC
(2003)
R$ 6,90



AS FORÇAS OCULTAS
JIM GARRISON
RECORD
(1976)
R$ 6,90



MAR DE DENTRO
LÍLIAN GATTAZ
LIMIAR
(2007)
R$ 18,00



AFTER VOLUME 4: DEPOIS DA ESPERANÇA
ANNA TODD
PARALELA
(2015)
R$ 25,00



MÉDICA E MULHER
FRANK G SLAUGHTER
RECORD
(1974)
R$ 9,00



SE O MEU CANTO TE ALCANÇAR ( LIVRO + CD )
CARMELI LIDIA
CARMELI LIDIA
(2010)
R$ 14,00



DICIONÁRIO ENCICLOPÉDICO ILUSTRADO VEJA LAROUSSE VOL. 1
EDITORA ABRIL
ABRIL
(2006)
R$ 5,00





busca | avançada
70622 visitas/dia
2,0 milhões/mês