As cidades e as musas | Ana Elisa Ribeiro | Digestivo Cultural

busca | avançada
61479 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Cia. Palhadiaço comemora 10 anos com circulação de Espetáculo Espetacular na ZL
>>> Ambulantes faz show de seu novo disco na Casa de Cultura Chico Science
>>> SESI São José dos Campos apresenta a exposição J. BORGES - O Mestre da Xilogravura
>>> Festival gratuito, diurno, 8o.Festival BB Seguros de Blues e Jazz traz grandes nomes internacionais
>>> Bruno Portella ' Héstia: A Deusa do Fogo ' na Galeria Alma da Rua I
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
Colunistas
Últimos Posts
>>> Metallica homenageando Elton John
>>> Fernando Schüler sobre a liberdade de expressão
>>> Confissões de uma jovem leitora
>>> Ray Kurzweil sobre a singularidade (2024)
>>> O robô da Figure e da OpenAI
>>> Felipe Miranda e Luiz Parreiras (2024)
>>> Caminhos para a sabedoria
>>> Smoke On the Water (2024)
>>> Bill Ackman no Lex Fridman (2024)
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
Últimos Posts
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Eu Maior, o filme de Fernando, Paulo e Marco Schultz e Andre Melman
>>> Uma década no rastro de Paulo Francis
>>> Roteiro de um ano
>>> Copa 2010: transmissão ao vivo
>>> Rita de Cássia Oliveira
>>> Bel Ami, da obra de Maupassant
>>> Os filmes de Frederico Füllgraf
>>> Cinema em Atibaia (III)
>>> Jornalismo de todos para todos
Mais Recentes
>>> Puss in Boots: Level 2 de Vários Autores pela New Editions (2006)
>>> Manual de Saúde e Segurança do Trabalho - Volume 1 de Sebastião Ivone Vieira Coordenador pela Mestra
>>> Livro Homens Que Somem de Sonia Abrão pela Manole (2013)
>>> Cabine de Passageiros de Claudio Bertoli pela Jurua (1999)
>>> Desenvolvimento Econômico - Nova Edição de Aderbal Oliveira Damasceno e Outros pela Alínea (2013)
>>> Administração Financeira de A. A. Groppelli; Ehsan Nikbakht pela Saraiva (2012)
>>> Henrique Oliveira de Henrique Oliveira pela Sesi-SP (2017)
>>> Beijos Abraços & Arrepios de Toni Brandão pela Larousse Jovem (2007)
>>> Transtorno de Déficit de Atenção de José Salomão Schwartzman pela Mackenzie (2001)
>>> 100 Jogos Lógicos de Pierre Berloquin pela Gradiva (1973)
>>> Cruzando Continentes -Uma incrível jornada de Pequim a Londres em 56 dias de Richard Amante pela Pasavento (2017)
>>> Curso de Direito do Trabalho de Amauri Mascaro Nascimento pela Manole (2010)
>>> La Raison Pure de Kant pela Universitaires (1968)
>>> Létranger de Albert Camus pela Gallimard (1942)
>>> A Contestação do Réu no Processo Ordinário de Aldemir de Oliveira pela Julex (1988)
>>> A Utopia de Thomas Morus pela L&pm Pocket (1997)
>>> Manifold - Origin de Stephen Baxter pela Del Rey Usa (2002)
>>> A Física de Anna Hurwic pela Loyola (1994)
>>> Livro Programa Das 10 Semanas: Uma Proposta Para Trocar Gordura Por Músculos de Turibio Leite De Barros pela Manole (2002)
>>> A Arte no Século XX Vol 2 dos Após-guerra a Beaubourg de Hélène Lassalle pela Martins Fontes (1986)
>>> Ensino-aprendizagem Com Modelagem Matemática de Rodney Carlos Bassanezi pela Contexto (2018)
>>> Marketing da Incentivo uma Visão Legal de Vários Autores pela Manole (2008)
>>> Almanaque Desimpedidos de Org. Ubiratan Leal pela Panda Books (2018)
>>> 1986 - 2006 20 anos a serviço da saude de Fundação Faculdade de Medicina pela Fundação Faculdade de Medici
>>> Metamorfose? de Gail Carriger; Flavia Carneiro Anderson pela Valentina (2013)
COLUNAS

Quarta-feira, 30/8/2006
As cidades e as musas
Ana Elisa Ribeiro
+ de 4300 Acessos
+ 1 Comentário(s)

As árvores frondosas cedem lugar ao amarelado do semi-árido e às árvores retorcidas pela falta d'água do solo, pela presença constante do Sol. As semprevivas aparecem para amenizar a paisagem e deixar nela umas pintas de cor. Do gado há sombra, dos pastos, nem isso. Fantasmas sentados nos cruzeiros. Às vezes meninos e suas bicicletas precárias.

Na cidade, a rota dos escravos termina em grandes construções. Às vezes em igrejas. O chão de pedras parece construído para brincar. Amarelinhas cedem espaço aos turistas. Os carros parecem desalojados. Um único semáforo parece pendurado no passado. Nem os motoristas o vêem. As meninas da cidade são diferentes das outras. Embora todas passem pelo mesmo adro, não têm os mesmos olhos. Os turistas usam roupas de nativos. Os nativos usam falares. O Banco do Brasil está escrito com Z. Discute-se se a história tombada pode ter nova ortografia. Nem mesmo as marcas sobrevivem ao patrimônio.

Diamantina parece encrustada numa pedra semi-azul. Ao redor, uma muralha, além, um portal. À noite, o cruzeiro é iluminado. Os fantasmas aparecem para os transeuntes. Os ruídos de passos são duplicados. Junto com os meus sapatos vão outros caminhantes. As janelas coloridas se ressentem dos tempos. Os beirais são justos uns nos outros. Aos pássaros resta pular. Ao meio-dia o anúncio da morte do marido de dona Maria. Dona Maria de Joana. Dona Maria de Joana de Jonas. Todos sabem quem era. Marido prestimoso, agora que morreu, presta mais ajuda ainda. Dona Maria convida para o velório. A cidade nem dá fé que é hora de almoçar. Passa o carro velho dando a notícia. Morte anunciada. O marido de dona Maria morreu. Mais um. Menos um. E todos vão almoçar.

Continuam os cheiros de feijão e lingüiça. Os pneus dos carros se ajeitam entre uma pedra lisa e outra. As lojas de pedras e semijóias aparecem como semprevivas. Vitrines coloridas sugerem histórias de garimpeiros. Lápis lázuli, ametista, ônix, quartzo rosa, turmalina, opala, madre pérola, cristal rutilado. A moça me ensina que os rutilos são chamados, popularmente, de cabelos. O anel é majestoso. As cores parecem mechas de aquarelas. Os terços são feitos em madre pérola. As jóias de coco e ouro mantêm os desenhos de séculos passados. Especialmente os brincos, que não uso. A moça se assusta: onde já se viu uma moça sem orelha furada? Pois veja, vendedora, que desgraça. Tenho cá as orelhas lisas, retas, intactas. E gosto, acredite, gosto muito delas assim. Nem brincos de coco e ouro, nem de cristal, nem de prata. Acredite. E ela me diz que isso é coisa da capital. Quem disse?

Diamantina tem febres de dia e, à noite, ela esconde seus calores. Ganhei um cachecol cor de chumbo. Isso é coisa de Ouro Preto. Diamantina, como disse o poeta, é Ouro Preto em dia de sol. Verdades. O dono da loja conta que, aos domingos, um grupo de poetas locais faz alvoroço no beco. Aproveita o comerciante para abrir a loja. E ele me diz que é tudo lindo. Conta a mãe que a filha ganhou poemas em cartazes colocados embaixo da porta. O pai, orgulhoso, conta que uma carta dava conta dos poemas: à minha musa inspiradora. Veja bem que graça tem uma filha musa. Na capital não tem dessas coisas, não é? Mal sabe ele que já fui musa. Mal sabe ele o peso que isso tem. A linda filha, Letícia, sorri delicada. Linda mesmo, merece uns poemas, e nem só de poetas locais. Musa inspiradora, ela pronuncia isso para pôr no currículo. O pôr-do-sol. Os brincos de argola bem grandes a deixam mais morena, mais importante. A prata das Gerais pende das orelhas. Musa. O pai tem orgulho da filha, da musa, dos poetas e do beco. Levei de sua loja uma flor de cristal e um anel de quartzo verde. Diz que dá sorte. Por que não tentar? Nessas coisas, tenta-se de tudo.

Contos fantasiados (em versões melhoradas)

I
Prometo acordar de bom humor
Todos os dias da minha vida,
Disse Pinochio à noiva

II
Abri os olhos
O príncipe já estava lá
E era feio
Contou Branca de Neve às amigas

III
Cinderella comeu a abóbora
Para ficar mais tempo na festa

IV
Quando o lobo soprou
A casa virou escombro
Osama nas alturas

V
O lobo comeu a avó
Porque a neta
Usava chapéu

VI
Difícil é estacionar isto
Disse Cinderella ao cocheiro
depois da meia-noite


Ana Elisa Ribeiro
Diamantina, 30/8/2006

Quem leu este, também leu esse(s):
01. Um Amor Anarquista de Marcelo Spalding


Mais Ana Elisa Ribeiro
Mais Acessadas de Ana Elisa Ribeiro em 2006
01. Digite seu nome no Google - 8/3/2006
02. Eu não uso brincos - 27/9/2006
03. Não quero encontrar você no Orkut - 8/2/2006
04. Poesia para os ouvidos e futebol de perebas - 7/6/2006
05. Ex-míope ou ficção científica? - 20/12/2006


* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

ENVIAR POR E-MAIL
E-mail:
Observações:
COMENTÁRIO(S) DOS LEITORES
30/8/2006
16h09min
Verdade mesmo, Diamantina e Tiradentes são versões de Ouro Preto com sol... muita cor e sol!
[Leia outros Comentários de Dayse Vilas Boas]
COMENTE ESTE TEXTO
Nome:
E-mail:
Blog/Twitter:
* o Digestivo Cultural se reserva o direito de ignorar Comentários que se utilizem de linguagem chula, difamatória ou ilegal;

** mensagens com tamanho superior a 1000 toques, sem identificação ou postadas por e-mails inválidos serão igualmente descartadas;

*** tampouco serão admitidos os 10 tipos de Comentador de Forum.




Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Coleção Série Crepúsculo - 4 Volumes
Stephenie Meyer
Intríseca
(2009)



Livro Economia Não Seja o Pato do Mercado Financeiro as Aventuras do Pato Rico
Otto Nogami
Avercamp
(2004)



Corporate Zombies - Manual de Sobrevivência Corporativa
Andre Ferreira, Victor Sardinha
Giostri
(2014)



Degraus de Glória
Antônio E. S. Moreira
Do Autor



Livro Literatura Estrangeira Os Limites da Lei Romance
Scott Turow
Record
(2008)



Livro Literatura Estrangeira A Casa Vazia
Rosamunde Pilcher
Bertrand Brasil
(2023)



Luna em a festa supresa 547
Celia Catunda
Salamandra
(2015)



Minhas duas meninas
Teté Ribeiro
Companhia das Letras
(2016)



Coleção 5 Revistinhas Disney Tio Patinhas + Os Turistas Disney Especial + Pateta Repórter
Walt Disney
Abril
(2017)



1000 Perguntas e Respostas de Processo Civil
Jose Cretella Junior
Forense
(2006)





busca | avançada
61479 visitas/dia
2,0 milhão/mês